SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 35
Baixar para ler offline
A FINAL ESPANHOLA
Observação e Análise do Jogo em Futebol José Marques
“O conhecimento que se pode ter dos
adversários, e sobretudo a constante análise
individual e coletiva da própria equipa, são
elementos de grande importância para
potenciar o rendimento da mesma e para
consolidar ideias e/ou o modelo de
jogo…utilizando com rigor as ferramentas de
análise e observação, podemos estar mais
próximos do sucesso”
Aurélio Pereira
Scouting
Ferramenta do
treinador
Onde foi mais forte o Real Madrid?
Que mudanças existiram nas estruturas
das equipas, em relação a jogos
anteriores???
Quais os momentos críticos
identificados e como foram
combatidos pelas duas equipas??
Caracterização da equipa
Observação e Análise de jogos
Liga dos
Campeões
Campeonato
Espanhol
Construção de uma forma de jogar
Caracterização da equipa
11 Mais utilizado
Os Jogadores O Treinador
Jogador Características
Individuais
Sérgio Ramos Forte fisicamente. Rápido a dobrar os
colegas. Jogador mais procurado nas
bolas paradas ofensivas. Desequilibra
quando sai a jogar
Modric Principal elemento de ligação de
setores.
G.Bale Muito Rápido, e forte fisicamente.
Jogador mais perigoso nas transições
ofensivas, a sair de trás com bola.
C.Ronaldo Referencia da equipa. Jogador mais
solicitado nas bolas colocadas em
profundidade. Muito forte a decidir
na hora de finalizar. Jogador mais
livre e móvel no ataque do Real
Madrid.
Calculista;
Conservador;
Equilibrado;
Capaz de colocar as suas
ideias sem perder as
características dos seus
jogadores
“Para conhecer um adversário em profundidade,
precisamos de 4 ou 5 jogos. Porque temos que
perceber se as coisas acontecem por acaso ou se
são, de facto movimentos-padrão, dinâmicas da
equipa.”
André Villas-Boas
Bayern-Real Madrid
Real Madrid-Bayern
Atlético Madrid – Real Madrid
Real Madrid-Barcelona
Real Madrid - Atlético Madrid
Organização Defensiva
1x4x42 clássico, com 3 linhas
bem definidas;
Pouca pressão no portador da
bola, apenas ocupação de
espaços
Procura evitar inferioridades na
zona central do campo;
Ocupação dos espaços na zona
média-baixa do terreno;
Recuperação e transições
rápidas.
Transição Defensiva
Não há pressão na primeira fase;
Khedira/Xavi Alonso cobrem
esquerda no apoio a Marcelo
(principalmente quando sobe)
Modric cobre direita no apoio a
Arbeloa (Principalmente quando sobe)
Os dois médios mais defensivos
muito posicionais. Não existe
descompensação até organizar
defensivamente a equipa.
Organização Ofensiva
1X4X3X3 que e diversos
momentos do jogo,se transforma
em 1x4x2x3x1;
Procura das linhas na 1ª e
2ªfase de construção;
Laterais apoiam com
frequência o ataque;
1x4x2x3x1 Modric e Khedira
jogam atrás de Ronaldo (apoio ao
ponta de lança)
1x4x3x3 Modric avança e joga
ao lado de Isco ou Di Maria, com
Ronaldo e Bale bem abertos nas
linhas e Benzema a ponta de
lança.
Extremos, trocados (Ronaldo
pé direito na esquerda e Bale ou
Di Maria pé esquerdo na direita)
Liberdade de CRISTIANO
RONALDO
Transição Ofensiva
Aproveita o campo em toda a sua
amplitude (Ronaldo a sair para a
esquerda e Benzema a sair para a
direita)
Levam a bola para o exterior
(Ronaldo ou Benzema)
Sobreposição ao companheiro que
leva a bola por parte de um colega
que vem de trás (Bale, Marcelo, Di
Maria)
Ataca a profundidade com jogador
na zona central (normalmente
avançado que abriu no corredor
contrário)
Esquemas Táticos
Caracterização da equipa
Observação e Análise de jogos
Liga dos
Campeões
Campeonato
Espanhol
Construção de uma forma de jogar
Caracterização da equipa
11 Mais utilizado
Os Jogadores O Treinador
Jogador Características
Individuais
Godín Forte fisicamente. Vence quase todos
os duelos 1x1. Rápido a dobrar os
colegas. Jogador mais procurado nas
bolas paradas ofensivas.
Gabi Jogador que pauta o jogo da equipa;
Marcador oficial das bolas paradas.
D.Costa Referencia no ataque. Primeira opção
para o primeiro passe. Muito forte a
jogar de costas; Jogador com muita
capacidade de pressionar.
D.Villa Jogador mais posicional de área;
Trabalha muito para a equipa; Muito
forte a guardar a bola e a ganhar
faltas para a sua equipa.
Motivador;
Vive intensamente o jogo;
Fiel á sua forma de jogar e
pensar;
Bastante interventivo;
Cria uma equipa á sua
imagem.
“É mais uma ferramenta para que se possa tirar o
máximo rendimento em termos de jogo e para
que os jogadores possam estar bem
documentados sobre o adversário. Para as
equipas que tenham objetivos elevados, este é um
departamento indispensável, pois ajuda muito os
treinadores na preparação do jogo, no treino e
comunicação com os jogadores”
Paulo Bento
Chelsea – Atlético Madrid
Atlético Madrid - Chelsea
Atlético Madrid – Real Madrid
Atlético Madrid-Barcelona
Real Madrid - Atlético Madrid
Organização Defensiva
1x4x4x2 , Bloco Médio/Baixo
3 linhas não muito distantes
umas das outras (compacto)
Basculação da linha média,
bola na ala contrária, fecha por
dentro
Pressão forte na 1ªzona,
adversário organiza e passa
linha média, defende mais
zonal ocupando espaços, entra
na última zona, aproxima linhas
e novamente pressão forte para
ganhar bola e procurar
transição rápida.
Procuram canalizar as bolas
para as linhas, alguma
dificuldade dos médios em
fechar o espaço interior
Transição Defensiva
Pressão rápida no portador da bola
no sentido de destruir qualquer tipo
de contra-ataque ou ataque rápido;
Na zona mais ofensiva Diego Costa é
o primeiro jogador a fazer pressão;
Organização Ofensiva
1ªfase de construção, bolas
entram nos médios centro para
colocarem bola em profundidade
nos avançados que descaem para
as linhas (muitas vezes são os
centrais a colocar bolas)
Médios-alas (falsos médios-ala)
entram por dentro para receber
bola do avançado;
3 opções:
-Jogam na linha (avançado passa
e entra, ou lateral faz dá
profundidade)
-Passe de rutura no meio (para
avançado contrário ou para o
avançado que passou a bola e fez
um movimento de quebra)
-Conduz bola, pelo meio e
procura finaliza
Transição Ofensiva
1º ou 2º Passe direto ao avançado;
Entrada do segundo avançado no
meio para finalizar
Esquemas Táticos
Momentos do jogo
Inicio do jogo
Saída de Diego Costa Golo D.Godín
Entradas Marcelo e Isco Golo S.Ramos
Inicio Prolongamento
Golo G.Bale
Inicio do jogo
1X4X3X3 que
defensivamente se
transforma no 1x4x4x2
Jogo mais canalizado
para a esquerda, Com Di
Maria como interior e
Ronaldo na linha
Modric pouco
solicitado
Khedira, muito
posicional
Pouco jogo nas linhas
Real Madrid
Inicio do jogo
1X4X4X2
Rapidamente a
procurar D.Costa e
D.Villa na frente
Atletico Madrid
Saída D.Costa
Referência no ataque
passa a ser Villa (maior
desgaste nas ações
ofensivas e defensivas)
Equipa perde intensidade
na 1ªzona de pressão
(Adrian não pressiona
como D.Costa)
Jogo c/ D.Costa e
Villa
Jogo c/ Adrian e
Villa
Golo D.Godín
Real Madrid mais
ofensivo, mas com
reduzida percentagem de
passes corretos no ultimo
terço do terreno
Pouco jogo de Ronaldo,
Bale mais ativo na direita
Atlético Madrid mantém
identidade, apesar de
menor intensidade na
1ªzona de pressão
Entradas Marcelo e Isco
Marcelo envolve-se mais no processo
ofensivo que Fábio Coentrão;
Dí Maria passa a ser mais solicitado,
criando espaços na zona interior do
terreno (Zona de dificuldades para a
defesa do Atlético Madrid)
Modric assume a posição de Khedira,
mas passa a ser mais solicitado e
constrói o jogo que Khedira não
construía
Isco passa a assumir um lugar ao lado de
Modric, libertado Di Maria para a
esquerda e Ronaldo a aparecer mais no
meio – mais próximo de 1x4x2x3x1
Golo S.Ramos
Atlético Madrid baixou
linhas para zonas onde
não é normal baixar,
permitindo que o Real
Madrid joga-se no seu
ultimo terço do terreno
Atlético Madrid Não
consegue contrariar o
jogo interior dos médios
do Real Madrid
Real Madrid aumentou
bastante número de
passes conseguidos na
ultima zona do terreno
Inicio Prolongamento
Atlético Madrid procura
jogo mais direto para
Adrian
Real Madrid, jogo mais
organizado, com Marcelo,
Dí Maria dinamizarem o
ataque;
Inclusão de S.Ramos na
solicitação de passes
mostra que central passa
a ser importante na
estratégia ofensiva da
equipa, principalmente no
jogo interior
Golo G.Bale
Obriga Atlético Madrid
de procurar o golo
Maior envolvência dos
laterias e dos médio-
centro, vai criar espaços
nas costas
Real Madrid aproveita o espaço
para provocar rápidas
transições (características do
seu modelo)
Conclusão
A equipas mantiveram as identidades de jogos anteriores;
A lesão de D.Costa, obriga a equipa a perder intensidade na primeira zona de pressão, e a um esforço
redobrado por parte de D.Villa;
As entradas de Marcelo e Isco, libertaram Di Maria para terrenos mais próprios do seu jogo (junto às
linhas);
Atlético Madrid, foi obrigado a recuar, para zonas onde normalmente não o permite;
A equipa passou a explorar o jogo interior, principal dificuldade defensiva da equipa do Atlético
Madrid;
A inclusão de Sérgio Ramos na construção ofensiva, ajudou a conquistar espaços na zona central do
terreno;
O golo de G.Bale, obrigou o Atlético Madrid a assumir o jogo e o Real a aproveitar o que melhor sabe
fazer (transições rápidas)
José Marques
Pós Graduação “Observação e análise
do jogo em futebol”
marquesze_@hotmail.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Relatório FC Bayern München vs FC Porto - VideObserver
Relatório FC Bayern München vs FC Porto - VideObserverRelatório FC Bayern München vs FC Porto - VideObserver
Relatório FC Bayern München vs FC Porto - VideObserverMauro Saraiva
 
Relatório Real Madrid com VideObserver
Relatório Real Madrid com VideObserverRelatório Real Madrid com VideObserver
Relatório Real Madrid com VideObserverMauro Saraiva
 
Análise ao Processo Defensivo do Leicester por João Araújo
Análise ao Processo Defensivo do Leicester por João AraújoAnálise ao Processo Defensivo do Leicester por João Araújo
Análise ao Processo Defensivo do Leicester por João AraújoJoão Araújo
 
Report SC Internacional - Brasileirão
Report SC Internacional - BrasileirãoReport SC Internacional - Brasileirão
Report SC Internacional - BrasileirãoJoão Araújo
 
Relatório de Observação e Análise de jogo - Figueirense 2 x 2 Palmeiras - Cop...
Relatório de Observação e Análise de jogo - Figueirense 2 x 2 Palmeiras - Cop...Relatório de Observação e Análise de jogo - Figueirense 2 x 2 Palmeiras - Cop...
Relatório de Observação e Análise de jogo - Figueirense 2 x 2 Palmeiras - Cop...Carlos Eduardo Arissa Vargas
 
Análise ao paços
Análise ao paçosAnálise ao paços
Análise ao paçosEdu84
 
Análise ao Cova da Piedade
Análise ao Cova da PiedadeAnálise ao Cova da Piedade
Análise ao Cova da PiedadeJoão Araújo
 
Anexo 6 fichas de observação
Anexo 6   fichas de observaçãoAnexo 6   fichas de observação
Anexo 6 fichas de observaçãoJose Pires
 
Análise ao Chelsea FC - adversário do SL Benfica na Final da Liga Europa
Análise ao Chelsea FC - adversário do SL Benfica na Final da Liga EuropaAnálise ao Chelsea FC - adversário do SL Benfica na Final da Liga Europa
Análise ao Chelsea FC - adversário do SL Benfica na Final da Liga EuropaTacticZone
 
Relatório CF Os Belenenses vs Casa Pia AC
Relatório CF Os Belenenses vs Casa Pia ACRelatório CF Os Belenenses vs Casa Pia AC
Relatório CF Os Belenenses vs Casa Pia ACMauro Saraiva
 

Mais procurados (20)

Sporting CP - Relatório de Observação
Sporting CP - Relatório de ObservaçãoSporting CP - Relatório de Observação
Sporting CP - Relatório de Observação
 
Espanha - Confed Cup (2013)
Espanha - Confed Cup (2013)Espanha - Confed Cup (2013)
Espanha - Confed Cup (2013)
 
Relatório FC Bayern München vs FC Porto - VideObserver
Relatório FC Bayern München vs FC Porto - VideObserverRelatório FC Bayern München vs FC Porto - VideObserver
Relatório FC Bayern München vs FC Porto - VideObserver
 
Relatório Real Madrid com VideObserver
Relatório Real Madrid com VideObserverRelatório Real Madrid com VideObserver
Relatório Real Madrid com VideObserver
 
Análise ao Processo Defensivo do Leicester por João Araújo
Análise ao Processo Defensivo do Leicester por João AraújoAnálise ao Processo Defensivo do Leicester por João Araújo
Análise ao Processo Defensivo do Leicester por João Araújo
 
Report SC Internacional - Brasileirão
Report SC Internacional - BrasileirãoReport SC Internacional - Brasileirão
Report SC Internacional - Brasileirão
 
Benfica x Sporting - Antevisão Derby
Benfica x Sporting - Antevisão DerbyBenfica x Sporting - Antevisão Derby
Benfica x Sporting - Antevisão Derby
 
Relatorio scp vs fcp jun c
Relatorio scp vs fcp   jun cRelatorio scp vs fcp   jun c
Relatorio scp vs fcp jun c
 
Relatório de Observação e Análise de jogo - Figueirense 2 x 2 Palmeiras - Cop...
Relatório de Observação e Análise de jogo - Figueirense 2 x 2 Palmeiras - Cop...Relatório de Observação e Análise de jogo - Figueirense 2 x 2 Palmeiras - Cop...
Relatório de Observação e Análise de jogo - Figueirense 2 x 2 Palmeiras - Cop...
 
Chelsea 2016-2017
Chelsea 2016-2017Chelsea 2016-2017
Chelsea 2016-2017
 
AS DUAS FACES TÁCTICAS DA VECCHIA SIGNORA
AS DUAS FACES TÁCTICAS DA VECCHIA SIGNORAAS DUAS FACES TÁCTICAS DA VECCHIA SIGNORA
AS DUAS FACES TÁCTICAS DA VECCHIA SIGNORA
 
Análise ao paços
Análise ao paçosAnálise ao paços
Análise ao paços
 
Análise ao Cova da Piedade
Análise ao Cova da PiedadeAnálise ao Cova da Piedade
Análise ao Cova da Piedade
 
Anexo 6 fichas de observação
Anexo 6   fichas de observaçãoAnexo 6   fichas de observação
Anexo 6 fichas de observação
 
Maccabi Tel Aviv
Maccabi Tel AvivMaccabi Tel Aviv
Maccabi Tel Aviv
 
Análise ao Chelsea FC - adversário do SL Benfica na Final da Liga Europa
Análise ao Chelsea FC - adversário do SL Benfica na Final da Liga EuropaAnálise ao Chelsea FC - adversário do SL Benfica na Final da Liga Europa
Análise ao Chelsea FC - adversário do SL Benfica na Final da Liga Europa
 
Sevilla 2013/2014
Sevilla 2013/2014Sevilla 2013/2014
Sevilla 2013/2014
 
Relatorio sporting.
Relatorio sporting.Relatorio sporting.
Relatorio sporting.
 
Relatório CF Os Belenenses vs Casa Pia AC
Relatório CF Os Belenenses vs Casa Pia ACRelatório CF Os Belenenses vs Casa Pia AC
Relatório CF Os Belenenses vs Casa Pia AC
 
SC Braga
SC BragaSC Braga
SC Braga
 

Destaque

A Organização Dinâmica do Jogo de Futebol
A Organização Dinâmica do Jogo de FutebolA Organização Dinâmica do Jogo de Futebol
A Organização Dinâmica do Jogo de FutebolFundação Real Madrid
 
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de FutebolProgramação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de FutebolFundação Real Madrid
 
Dragonforce (Presentación alternativa)
Dragonforce (Presentación alternativa)Dragonforce (Presentación alternativa)
Dragonforce (Presentación alternativa)Juan Pablo Narbondo
 
Exercicios de pressing e posse de bola
Exercicios de pressing e posse de bolaExercicios de pressing e posse de bola
Exercicios de pressing e posse de bolaPedro Sousa
 
José Mourinho - Modelo de jogo (FCP)
José Mourinho - Modelo de jogo (FCP)José Mourinho - Modelo de jogo (FCP)
José Mourinho - Modelo de jogo (FCP)oscarbarbedofaria
 
Construção de um Estilo (Modelo) de Jogo
Construção de um Estilo (Modelo) de JogoConstrução de um Estilo (Modelo) de Jogo
Construção de um Estilo (Modelo) de JogoFundação Real Madrid
 
Concepção e Prática de Exercícios Específicos de Treino
Concepção e Prática de Exercícios Específicos de TreinoConcepção e Prática de Exercícios Específicos de Treino
Concepção e Prática de Exercícios Específicos de TreinoFundação Real Madrid
 

Destaque (9)

A Organização Dinâmica do Jogo de Futebol
A Organização Dinâmica do Jogo de FutebolA Organização Dinâmica do Jogo de Futebol
A Organização Dinâmica do Jogo de Futebol
 
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de FutebolProgramação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
Programação, Periodização e Planificação do Treino de Futebol
 
O treino sem baliza
O treino sem balizaO treino sem baliza
O treino sem baliza
 
Dragonforce (Presentación alternativa)
Dragonforce (Presentación alternativa)Dragonforce (Presentación alternativa)
Dragonforce (Presentación alternativa)
 
Exercicios de pressing e posse de bola
Exercicios de pressing e posse de bolaExercicios de pressing e posse de bola
Exercicios de pressing e posse de bola
 
José Mourinho - Modelo de jogo (FCP)
José Mourinho - Modelo de jogo (FCP)José Mourinho - Modelo de jogo (FCP)
José Mourinho - Modelo de jogo (FCP)
 
Construção de um Estilo (Modelo) de Jogo
Construção de um Estilo (Modelo) de JogoConstrução de um Estilo (Modelo) de Jogo
Construção de um Estilo (Modelo) de Jogo
 
Modelo de jogo
Modelo de jogoModelo de jogo
Modelo de jogo
 
Concepção e Prática de Exercícios Específicos de Treino
Concepção e Prática de Exercícios Específicos de TreinoConcepção e Prática de Exercícios Específicos de Treino
Concepção e Prática de Exercícios Específicos de Treino
 

Semelhante a A final espanhola: análise tática da vitória do Real Madrid sobre o Atlético

Semelhante a A final espanhola: análise tática da vitória do Real Madrid sobre o Atlético (20)

Análise Alemanha - Jogo: Alemanha 6 vs 1 Arménia
Análise Alemanha - Jogo: Alemanha 6 vs 1 ArméniaAnálise Alemanha - Jogo: Alemanha 6 vs 1 Arménia
Análise Alemanha - Jogo: Alemanha 6 vs 1 Arménia
 
Grandolense
GrandolenseGrandolense
Grandolense
 
Brasil - Confed Cup 2013
Brasil - Confed Cup 2013Brasil - Confed Cup 2013
Brasil - Confed Cup 2013
 
Relatório de jogo barça
Relatório de jogo barçaRelatório de jogo barça
Relatório de jogo barça
 
Racing Club Avellaneda
Racing Club AvellanedaRacing Club Avellaneda
Racing Club Avellaneda
 
Relatório Beira-Mar
Relatório Beira-MarRelatório Beira-Mar
Relatório Beira-Mar
 
Futsal-Curso Iniciação a Tática
Futsal-Curso Iniciação a Tática Futsal-Curso Iniciação a Tática
Futsal-Curso Iniciação a Tática
 
Relatório sesimbra
Relatório sesimbraRelatório sesimbra
Relatório sesimbra
 
Athletic Bilbau
Athletic BilbauAthletic Bilbau
Athletic Bilbau
 
Shakhtar Donetsk
Shakhtar DonetskShakhtar Donetsk
Shakhtar Donetsk
 
Alemanha vs Gana - Analise Completa da Alemanha
Alemanha vs Gana - Analise Completa da AlemanhaAlemanha vs Gana - Analise Completa da Alemanha
Alemanha vs Gana - Analise Completa da Alemanha
 
Chelsea FC
Chelsea FCChelsea FC
Chelsea FC
 
Valencia - 3x5x2
Valencia - 3x5x2Valencia - 3x5x2
Valencia - 3x5x2
 
Desportivo das Aves - Apontamentos
Desportivo das Aves - ApontamentosDesportivo das Aves - Apontamentos
Desportivo das Aves - Apontamentos
 
Observação Dinamarca
Observação DinamarcaObservação Dinamarca
Observação Dinamarca
 
Juniores Portimonense Època Desportiva 2014/2015
Juniores Portimonense Època Desportiva 2014/2015Juniores Portimonense Època Desportiva 2014/2015
Juniores Portimonense Època Desportiva 2014/2015
 
FC Porto - "era" P. Fonseca
FC Porto - "era" P. FonsecaFC Porto - "era" P. Fonseca
FC Porto - "era" P. Fonseca
 
Aspectos taticos do futebol
Aspectos taticos do futebolAspectos taticos do futebol
Aspectos taticos do futebol
 
Paços de Ferreira
Paços de FerreiraPaços de Ferreira
Paços de Ferreira
 
Monte Caparica
Monte CaparicaMonte Caparica
Monte Caparica
 

A final espanhola: análise tática da vitória do Real Madrid sobre o Atlético

  • 1. A FINAL ESPANHOLA Observação e Análise do Jogo em Futebol José Marques
  • 2. “O conhecimento que se pode ter dos adversários, e sobretudo a constante análise individual e coletiva da própria equipa, são elementos de grande importância para potenciar o rendimento da mesma e para consolidar ideias e/ou o modelo de jogo…utilizando com rigor as ferramentas de análise e observação, podemos estar mais próximos do sucesso” Aurélio Pereira Scouting Ferramenta do treinador
  • 3. Onde foi mais forte o Real Madrid? Que mudanças existiram nas estruturas das equipas, em relação a jogos anteriores??? Quais os momentos críticos identificados e como foram combatidos pelas duas equipas??
  • 4.
  • 5. Caracterização da equipa Observação e Análise de jogos Liga dos Campeões Campeonato Espanhol Construção de uma forma de jogar
  • 7. Os Jogadores O Treinador Jogador Características Individuais Sérgio Ramos Forte fisicamente. Rápido a dobrar os colegas. Jogador mais procurado nas bolas paradas ofensivas. Desequilibra quando sai a jogar Modric Principal elemento de ligação de setores. G.Bale Muito Rápido, e forte fisicamente. Jogador mais perigoso nas transições ofensivas, a sair de trás com bola. C.Ronaldo Referencia da equipa. Jogador mais solicitado nas bolas colocadas em profundidade. Muito forte a decidir na hora de finalizar. Jogador mais livre e móvel no ataque do Real Madrid. Calculista; Conservador; Equilibrado; Capaz de colocar as suas ideias sem perder as características dos seus jogadores
  • 8. “Para conhecer um adversário em profundidade, precisamos de 4 ou 5 jogos. Porque temos que perceber se as coisas acontecem por acaso ou se são, de facto movimentos-padrão, dinâmicas da equipa.” André Villas-Boas Bayern-Real Madrid Real Madrid-Bayern Atlético Madrid – Real Madrid Real Madrid-Barcelona Real Madrid - Atlético Madrid
  • 9. Organização Defensiva 1x4x42 clássico, com 3 linhas bem definidas; Pouca pressão no portador da bola, apenas ocupação de espaços Procura evitar inferioridades na zona central do campo; Ocupação dos espaços na zona média-baixa do terreno; Recuperação e transições rápidas.
  • 10. Transição Defensiva Não há pressão na primeira fase; Khedira/Xavi Alonso cobrem esquerda no apoio a Marcelo (principalmente quando sobe) Modric cobre direita no apoio a Arbeloa (Principalmente quando sobe) Os dois médios mais defensivos muito posicionais. Não existe descompensação até organizar defensivamente a equipa.
  • 11. Organização Ofensiva 1X4X3X3 que e diversos momentos do jogo,se transforma em 1x4x2x3x1; Procura das linhas na 1ª e 2ªfase de construção; Laterais apoiam com frequência o ataque; 1x4x2x3x1 Modric e Khedira jogam atrás de Ronaldo (apoio ao ponta de lança) 1x4x3x3 Modric avança e joga ao lado de Isco ou Di Maria, com Ronaldo e Bale bem abertos nas linhas e Benzema a ponta de lança. Extremos, trocados (Ronaldo pé direito na esquerda e Bale ou Di Maria pé esquerdo na direita) Liberdade de CRISTIANO RONALDO
  • 12. Transição Ofensiva Aproveita o campo em toda a sua amplitude (Ronaldo a sair para a esquerda e Benzema a sair para a direita) Levam a bola para o exterior (Ronaldo ou Benzema) Sobreposição ao companheiro que leva a bola por parte de um colega que vem de trás (Bale, Marcelo, Di Maria) Ataca a profundidade com jogador na zona central (normalmente avançado que abriu no corredor contrário)
  • 14.
  • 15. Caracterização da equipa Observação e Análise de jogos Liga dos Campeões Campeonato Espanhol Construção de uma forma de jogar
  • 17. Os Jogadores O Treinador Jogador Características Individuais Godín Forte fisicamente. Vence quase todos os duelos 1x1. Rápido a dobrar os colegas. Jogador mais procurado nas bolas paradas ofensivas. Gabi Jogador que pauta o jogo da equipa; Marcador oficial das bolas paradas. D.Costa Referencia no ataque. Primeira opção para o primeiro passe. Muito forte a jogar de costas; Jogador com muita capacidade de pressionar. D.Villa Jogador mais posicional de área; Trabalha muito para a equipa; Muito forte a guardar a bola e a ganhar faltas para a sua equipa. Motivador; Vive intensamente o jogo; Fiel á sua forma de jogar e pensar; Bastante interventivo; Cria uma equipa á sua imagem.
  • 18. “É mais uma ferramenta para que se possa tirar o máximo rendimento em termos de jogo e para que os jogadores possam estar bem documentados sobre o adversário. Para as equipas que tenham objetivos elevados, este é um departamento indispensável, pois ajuda muito os treinadores na preparação do jogo, no treino e comunicação com os jogadores” Paulo Bento Chelsea – Atlético Madrid Atlético Madrid - Chelsea Atlético Madrid – Real Madrid Atlético Madrid-Barcelona Real Madrid - Atlético Madrid
  • 19. Organização Defensiva 1x4x4x2 , Bloco Médio/Baixo 3 linhas não muito distantes umas das outras (compacto) Basculação da linha média, bola na ala contrária, fecha por dentro Pressão forte na 1ªzona, adversário organiza e passa linha média, defende mais zonal ocupando espaços, entra na última zona, aproxima linhas e novamente pressão forte para ganhar bola e procurar transição rápida. Procuram canalizar as bolas para as linhas, alguma dificuldade dos médios em fechar o espaço interior
  • 20. Transição Defensiva Pressão rápida no portador da bola no sentido de destruir qualquer tipo de contra-ataque ou ataque rápido; Na zona mais ofensiva Diego Costa é o primeiro jogador a fazer pressão;
  • 21. Organização Ofensiva 1ªfase de construção, bolas entram nos médios centro para colocarem bola em profundidade nos avançados que descaem para as linhas (muitas vezes são os centrais a colocar bolas) Médios-alas (falsos médios-ala) entram por dentro para receber bola do avançado; 3 opções: -Jogam na linha (avançado passa e entra, ou lateral faz dá profundidade) -Passe de rutura no meio (para avançado contrário ou para o avançado que passou a bola e fez um movimento de quebra) -Conduz bola, pelo meio e procura finaliza
  • 22. Transição Ofensiva 1º ou 2º Passe direto ao avançado; Entrada do segundo avançado no meio para finalizar
  • 24.
  • 25. Momentos do jogo Inicio do jogo Saída de Diego Costa Golo D.Godín Entradas Marcelo e Isco Golo S.Ramos Inicio Prolongamento Golo G.Bale
  • 26. Inicio do jogo 1X4X3X3 que defensivamente se transforma no 1x4x4x2 Jogo mais canalizado para a esquerda, Com Di Maria como interior e Ronaldo na linha Modric pouco solicitado Khedira, muito posicional Pouco jogo nas linhas Real Madrid
  • 27. Inicio do jogo 1X4X4X2 Rapidamente a procurar D.Costa e D.Villa na frente Atletico Madrid
  • 28. Saída D.Costa Referência no ataque passa a ser Villa (maior desgaste nas ações ofensivas e defensivas) Equipa perde intensidade na 1ªzona de pressão (Adrian não pressiona como D.Costa) Jogo c/ D.Costa e Villa Jogo c/ Adrian e Villa
  • 29. Golo D.Godín Real Madrid mais ofensivo, mas com reduzida percentagem de passes corretos no ultimo terço do terreno Pouco jogo de Ronaldo, Bale mais ativo na direita Atlético Madrid mantém identidade, apesar de menor intensidade na 1ªzona de pressão
  • 30. Entradas Marcelo e Isco Marcelo envolve-se mais no processo ofensivo que Fábio Coentrão; Dí Maria passa a ser mais solicitado, criando espaços na zona interior do terreno (Zona de dificuldades para a defesa do Atlético Madrid) Modric assume a posição de Khedira, mas passa a ser mais solicitado e constrói o jogo que Khedira não construía Isco passa a assumir um lugar ao lado de Modric, libertado Di Maria para a esquerda e Ronaldo a aparecer mais no meio – mais próximo de 1x4x2x3x1
  • 31. Golo S.Ramos Atlético Madrid baixou linhas para zonas onde não é normal baixar, permitindo que o Real Madrid joga-se no seu ultimo terço do terreno Atlético Madrid Não consegue contrariar o jogo interior dos médios do Real Madrid Real Madrid aumentou bastante número de passes conseguidos na ultima zona do terreno
  • 32. Inicio Prolongamento Atlético Madrid procura jogo mais direto para Adrian Real Madrid, jogo mais organizado, com Marcelo, Dí Maria dinamizarem o ataque; Inclusão de S.Ramos na solicitação de passes mostra que central passa a ser importante na estratégia ofensiva da equipa, principalmente no jogo interior
  • 33. Golo G.Bale Obriga Atlético Madrid de procurar o golo Maior envolvência dos laterias e dos médio- centro, vai criar espaços nas costas Real Madrid aproveita o espaço para provocar rápidas transições (características do seu modelo)
  • 34. Conclusão A equipas mantiveram as identidades de jogos anteriores; A lesão de D.Costa, obriga a equipa a perder intensidade na primeira zona de pressão, e a um esforço redobrado por parte de D.Villa; As entradas de Marcelo e Isco, libertaram Di Maria para terrenos mais próprios do seu jogo (junto às linhas); Atlético Madrid, foi obrigado a recuar, para zonas onde normalmente não o permite; A equipa passou a explorar o jogo interior, principal dificuldade defensiva da equipa do Atlético Madrid; A inclusão de Sérgio Ramos na construção ofensiva, ajudou a conquistar espaços na zona central do terreno; O golo de G.Bale, obrigou o Atlético Madrid a assumir o jogo e o Real a aproveitar o que melhor sabe fazer (transições rápidas)
  • 35. José Marques Pós Graduação “Observação e análise do jogo em futebol” marquesze_@hotmail.com