SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 5
Baixar para ler offline
O BATISMO NAS ÁGUAS
10.1 - Introdução
O caminho do verdadeiro discipulado começa quando uma pessoa nasce de novo.
O novo nascimento não inicia quando a pessoa desce as águas batismais, mas este processo
tem seu início no interior dela. Começa quando se dão os seguintes fatos:
1 - Quando uma pessoa compreende que é pecadora, que está perdida, e que está permanente-
mente desnuda diante de Deus;
2 - quando reconhece que não pode se salvar por ter bom caráter ou pelas boas obras;
3 - Quando crê que o Senhor Jesus Cristo morreu como seu substituto na cruz;
4 - quando, por uma definida decisão de fé, reconhece Jesus Cristo como o seu único Senhor e
Salvador.
É assim que uma pessoa se torna cristã, é importante salientar isto desde o início.
Muitíssimas pessoas acham que você se torna cristão vivendo a vida cristã. Absolutamente
NÃO! É preciso que você se torne cristão, antes de poder viver a vida cristã.
"Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide, portanto; fazei discípulos de
toas as nações, batizando-0os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo." (Mateus
28:18-19) (ver Atos 2:38-41).
10.2 - O Batismo nas Águas
O batismo nas águas é um ato de obediência, no qual o cristão declara publica-
mente a sua fé em Cristo.
O batismo nas águas é também uma ordenança de Jesus: "... batizando em Nome
do Pai, e do Filho e do Espírito Santo." (Mateus 28:18-20). Simboliza o fim de uma vida e o
início de outra.
"... fomos sepultados com ele [Cristo] pelo batismo, e como Cristo ressurgiu den-
tre os mortos, andemos também em novidade de vida" (Romanos 6:4-5).
O batismo nas águas não é o novo nascimento, mas apenas simboliza o mesmo.
Uma pessoa pode ser batizada nas águas e não ser nascida de novo, bem como ser nascida de
novo e não ser batizada.
O batismo nas águas, é também a maneira que Deus quer que nos identifiquemos
com a obra de Cristo realizada em seu sacrifício na cruz. (Romanos 6:3).
O batismo nas águas, simboliza, portanto a morte e sepultamento do nosso velho
eu e a chegada da nova vida. (Romanos 6:4).
A palavra batismo vem do grego 'batizo" que significa imergir, mergulhar. Ser
batizado então significa ser totalmente imerso nas águas.
Quando uma pessoa se arrepende do seu pecado e crê que Jesus morreu por ela
diante de muitas testemunhas, esta deve ser levada às águas. Porque Jesus ordenaria que os
seus crentes fizessem uma coisa tão estranha assim?
Mais especificamente, porque o batismo nos identifica com três realidades, reali-
dade esta que tomamos posse conforme Romanos 6:1-4:
a) nos identifica com a morte de Cristo;
b) nos identifica com o sepultamento de Cristo;
c) nos identifica com a ressurreição de Cristo, para que andemos em novidade de vida.
10.3 - O que Significa esta Identificação
Através desta identificação nos apropriamos de toas as bênçãos da obra de Cristo:
a) através da morte de Cristo recebemos perdão de nossos pecados;
b) através do sepultamento de Cristo recebemos a bênção da morte para o pecado;
c) através de sua ressurreição recebemos a bênção da novidade de vida. Um novo coração e
uma nova vida. (João 3:5).
d) ele morreu... eu morri com Ele (Romanos 6:6-7);
e) ele foi sepultado... eu fui sepultado com Ele (Romanos 6:3-4);
f) ele ressuscitou... eu tenho uma nova vida nEle (Romanos 6:4, 5);
g) Ele subiu ao céu... também subi com Ele (Efésios 2:6; Colossenses 3:1).
10.4 - A Necessidade do Batismo
A finalidade do batismo não é salvar, ou seja, levar a pessoa para o céu, nem
mesmo para lavar os pecados, como muitos pensam.
O batismo nem é realizado para ajudar na salvação, nem mesmo para garantir as
bênçãos de Deus.
O batismo é necessário para obediência e para, como já dissemos, para a identifi-
cação com a obra de Cristo, também para que o novo convertido confesse publicamente a sua
fé.
O batismo é também o meio legal de ingressarmos na Igreja local, pois todo aque-
le que crê e confessa publicamente que Jesus é o Senhor de sua vida faz parte da Igreja de
Jesus Cristo.
10.5 - O Batismo nas Águas é:
10.5.1 - Seu sepultamento:
Um culto de sepultamento não é para matar alguém, Ele é somente realizado
quando a pessoa já está morta. E assim, pelo fato de você já ter "morrido" em Cristo, você
enterra a sua antiga vida no batismo nas águas.
10.5.2 - A sua ressurreição a uma nova vida:
Você se levanta da água demonstrando e declarando que você é uma criação em
Cristo!
"Ora, se morremos com Cristo, cremos que também viveremos com ele. Pois sa-
bendo que uma vez que Cristo ressuscitou dentre os mortos ele não pode morrer novamente.
A morte não mais tem domínio sobre Ele.
Em sua morte, ele morreu para o pecado de uma vez por todas, mas a vida que ele
vive, ele vive para Deus. Semelhantemente, considerem-se mortos para o pecado, porém vivos
para Deus em Cristo Jesus." (Romanos 6:8-11).
10.6 - Os Dois Reinos
"Pois ele nos resgatou do domínio das trevas e nos introduziu no Reino do seu
filho que ele ama." (Colossenses 1:13).
Todos os homens nascidos no mundo são nascidos no Reino das trevas - são nas-
cidos escravos do ditador Satanás. Não há nenhum caminho de saída do reino, exceto pela
morte, e não há nenhum caminho de entrada no Reino de Deus, exceto pelo nascimento.
Assim sendo, Jesus tornou-se a nossa morte, como também o nosso novo nasci-
mento - e isto declaramos no batismo nas águas.
10.7 - As Duas Raças
Assim, como há dois reinos, assim também, dentro de cada reino, existe uma ra-
ção diferente de pessoas:
a) a ração adâmica povoa o reino das trevas
b) a nova criação povoa o reino de Deus.
10.7.1 - O primeiro Adão
"Pois em Adão todos morreram..." (I Coríntios 15:22). (ver. Romanos 5:12).
Adão foi o pai de todos nós, de toda a raça humana. O pecado de Adão alienou a
todos nós de Deus. Devido ao seu pecado, todos nós herdamos a sua natureza rebelde e en-
ferma, e tornamo-nos sujeitos à morte. Os descendentes de Adão são chamados de "raça adâ-
mica".
10.7.2 - O último Adão
"Assim que, no tempo exatamente certo, quando éramos ainda débeis, Cristo mor-
reu pelos ímpios." (Romanos 5:6).
Não havia nenhuma maneira pela qual Deus pudesse transformar a ração adâmica
caída. Ele tinha que dar um fim a esta raça e começar uma raça humana totalmente nova.
Jesus foi o último Adão. Ele veio como o último nascido da raça adâmica e como
o primog6enito de uma nova raça.
Enquanto estava pendurado na cruz, ele ficou lá na qualidade de último Adão - o
último nascido da raça adâmica. Quando ele morreu na cruz, morreram também a ração adâ-
mica e a natureza pecaminosa.
Nele, Deus aniquilou a criação caída. A raça adâmica morreu ali com Cristo.
10.8 - O Segundo Homem
"... assim também em Cristo todos serão vivificados" (I Coríntios 15:22"). Jesus
veio na qualidade de novo homem de Deus; através do qual uma nova raça seria criada. Jesus
ressuscitou dentre os mortos - não na qualidade de último Adão, mas na qualidade de segundo
homem, a cabeça da nova criação.
"assim está também escrito: o primeiro homem Adão tornou-se uma alma vivente;
o último Adão [Cristo], um espírito vivificante... o primeiro homem era do pó da terra, o se-
gundo homem do céu.
"Assim como era o homem terreno, assim também são os que são da terra; e assim
como é o homem do céu, assim também são os que são do céu. E exatamente como recebemos
a semelhança do homem terreno, assim também receberemos a semelhança do homem do céu.
(I Coríntios 15:45-49).
10.9 - A Nova Criação
"Portanto, se qualquer pessoa está em Cristo, ela é uma nova criatura. As coisas
velhas já são passado e as coisas novas já são presente." [tudo se fez novo]. (II Coríntios 5:17)
(ver Efésios 2:10).
No batismo da água declaramos a todos os nossos amigos e conhecidos que não
mais fazemos parte da raça adâmica e do reino das trevas. Somos uma nova criação em Cristo
e pertencemos ao reino de Deus.
10.10 - Para quem é o Batismo?
1 - O batismo nas águas é para quem crê; 'quem crer e for batizado será salvo" (Marcos
16:16).
"... o que impede que eu seja batizado?... responde Filipe: é lícito se tu creres de
todo o coração." (Atos 8:37).
2 - O batismo é para quem se arrepende de seus pecados: "arrependei-vos e cada um seja bati-
zado." (Atos 2:38).
10.11 - Como Deve ser Feito o Batismo nas Águas?
O batismo deve ser feito em nome do Pai, e do filho e do Espírito Santo, conforme
Mateus 28:19.
O batismo deve ser feito por imersão, conforme Mateus 3:3-17 e Atos 8:36-39.
10.12 - Desenrolar da Cerimônia
LOCAL: pode ser feito num rio, lago ou numa piscina (geralmente na igreja).
APRESENTAÇÃO: é colocado todo o grupo a ser batizado diante da igreja, logo
o ministério, juntamente com a igreja, realizam uma oração de agradecimento e interseção
pelos candidatos.
BATISMO: logo é formado filas (se for na piscina da igreja) ou grupos (se for
num rio ou lago). O candidato entra na água e aguarda o início do ato, um por um.
ATO: no ato do batismo o ministro realiza algumas perguntas ao candidato. De-
senrola-se da seguinte maneira:
Ministro: qual é o seu nome?
Candidato: Fulano de Tal.
Ministro: Sr. Fulano de Tal já aceitou Jesus como único e suficiente Salvador de sua alma?
Candidato: Sim
Ministro: Sr. Fulano de Tal promete diante de Deus, da Igreja, e do seu ministro que vai ser
fiel a Deus, vai obedecer a palavra de Deus e guardar os princípios e ensinamentos desta igreja
enquanto viver?
Candidato: Sim.
Ministro: Conforme a sua declaração de fé, eu te batizo em nome do Pai, e do Filho e do
Espírito Santo de Deus.
IMERSÃO: o candidato coloca as duas mãos espalmadas, junta uma com a outra e ao mesmo
tempo fechando o nariz para evitar que entre água no mesmo.
Logo o ministro inclina o candidato para trás, até uma imersão total e a imersão
ocorre rapidamente.
Pós ato: enquanto a Igreja canta cânticos alusivos à cerimônia, o batizado começa
a sair da água e os diáconos e diaconisas envolvem-no com uma grande toalha, OBS.: o can-
didato vai vestir roupas batismais para participar da cerimônia e o mesmo deverá vestir por
baixo das vestes batismais um abrigo ou calça e camisa, que não sejam transparentes.
ENTREGA DE CERTIFICADOS: o batizado, logo após o batismo, deverá trocar
de roupa e voltar para o templo, onde será entregue certificados de conclusão de discipulado
básico e batismo.
Amém!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Estudo batismo oficialmontesinai
Estudo batismo oficialmontesinaiEstudo batismo oficialmontesinai
Estudo batismo oficialmontesinaiElisa Schenk
 
Os sacramentos da igreja - Aula 03
Os sacramentos da igreja - Aula 03Os sacramentos da igreja - Aula 03
Os sacramentos da igreja - Aula 03Rubens Júnior
 
Estudo 3 (Maturidade)
Estudo 3 (Maturidade)Estudo 3 (Maturidade)
Estudo 3 (Maturidade)Daniel Junior
 
Pastoral do batismal 01
Pastoral do batismal 01Pastoral do batismal 01
Pastoral do batismal 01torrasko
 
A importância de ser Batizado.pdf
A importância de ser Batizado.pdfA importância de ser Batizado.pdf
A importância de ser Batizado.pdfJooAlbertoSoaresdaSi
 
Lição 4 – A história da Igreja até a Reforma Protestante
Lição 4 – A história da Igreja até a Reforma ProtestanteLição 4 – A história da Igreja até a Reforma Protestante
Lição 4 – A história da Igreja até a Reforma ProtestanteÉder Tomé
 
Sacramento do Batismo
Sacramento do BatismoSacramento do Batismo
Sacramento do BatismoPaulo Triches
 
Lição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo Jesus
Lição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo JesusLição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo Jesus
Lição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo JesusÉder Tomé
 
A Doutrina da Salvação - A Conversão
A Doutrina da Salvação - A ConversãoA Doutrina da Salvação - A Conversão
A Doutrina da Salvação - A ConversãoJonathan Anderson
 
estudo biblico
estudo biblicoestudo biblico
estudo biblicovalmarques
 
Apostila sobre o batismo nas aguas - Volume 1.pdf
Apostila sobre o batismo nas aguas - Volume 1.pdfApostila sobre o batismo nas aguas - Volume 1.pdf
Apostila sobre o batismo nas aguas - Volume 1.pdfJooAlbertoSoaresdaSi
 
Os sacramentos da igreja - Aula 02
Os sacramentos da igreja - Aula 02Os sacramentos da igreja - Aula 02
Os sacramentos da igreja - Aula 02Rubens Júnior
 
Lição 07 - A ordenança do batismo em águas
Lição 07 - A ordenança do batismo em águasLição 07 - A ordenança do batismo em águas
Lição 07 - A ordenança do batismo em águasÉder Tomé
 
Lição 10 o processo da salvação
Lição   10 o processo da salvaçãoLição   10 o processo da salvação
Lição 10 o processo da salvaçãoCicero
 

Mais procurados (20)

Estudo batismo oficialmontesinai
Estudo batismo oficialmontesinaiEstudo batismo oficialmontesinai
Estudo batismo oficialmontesinai
 
Os sacramentos da igreja - Aula 03
Os sacramentos da igreja - Aula 03Os sacramentos da igreja - Aula 03
Os sacramentos da igreja - Aula 03
 
Estudo 3 (Maturidade)
Estudo 3 (Maturidade)Estudo 3 (Maturidade)
Estudo 3 (Maturidade)
 
Pastoral do batismal 01
Pastoral do batismal 01Pastoral do batismal 01
Pastoral do batismal 01
 
A importância de ser Batizado.pdf
A importância de ser Batizado.pdfA importância de ser Batizado.pdf
A importância de ser Batizado.pdf
 
Batismo nas aguas
Batismo nas aguasBatismo nas aguas
Batismo nas aguas
 
Lição 4 – A história da Igreja até a Reforma Protestante
Lição 4 – A história da Igreja até a Reforma ProtestanteLição 4 – A história da Igreja até a Reforma Protestante
Lição 4 – A história da Igreja até a Reforma Protestante
 
Sacramento do Batismo
Sacramento do BatismoSacramento do Batismo
Sacramento do Batismo
 
Lição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo Jesus
Lição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo JesusLição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo Jesus
Lição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo Jesus
 
A Doutrina da Salvação - A Conversão
A Doutrina da Salvação - A ConversãoA Doutrina da Salvação - A Conversão
A Doutrina da Salvação - A Conversão
 
QUEM É O ESPIRITO SANTO
QUEM É O ESPIRITO SANTOQUEM É O ESPIRITO SANTO
QUEM É O ESPIRITO SANTO
 
estudo biblico
estudo biblicoestudo biblico
estudo biblico
 
Apostila sobre o batismo nas aguas - Volume 1.pdf
Apostila sobre o batismo nas aguas - Volume 1.pdfApostila sobre o batismo nas aguas - Volume 1.pdf
Apostila sobre o batismo nas aguas - Volume 1.pdf
 
LBJ Lição 5 - Ordenanças da igreja
LBJ Lição 5 - Ordenanças da igrejaLBJ Lição 5 - Ordenanças da igreja
LBJ Lição 5 - Ordenanças da igreja
 
A necessidade de um novo nascimento
A necessidade de um novo nascimentoA necessidade de um novo nascimento
A necessidade de um novo nascimento
 
O batismo nas águas
O  batismo nas águasO  batismo nas águas
O batismo nas águas
 
Os sacramentos da igreja - Aula 02
Os sacramentos da igreja - Aula 02Os sacramentos da igreja - Aula 02
Os sacramentos da igreja - Aula 02
 
Catequese iniciacao a vida cristã ii
Catequese   iniciacao a vida cristã iiCatequese   iniciacao a vida cristã ii
Catequese iniciacao a vida cristã ii
 
Lição 07 - A ordenança do batismo em águas
Lição 07 - A ordenança do batismo em águasLição 07 - A ordenança do batismo em águas
Lição 07 - A ordenança do batismo em águas
 
Lição 10 o processo da salvação
Lição   10 o processo da salvaçãoLição   10 o processo da salvação
Lição 10 o processo da salvação
 

Destaque

Discipulado lição 4 conhecendo a igreja
Discipulado lição 4 conhecendo a igrejaDiscipulado lição 4 conhecendo a igreja
Discipulado lição 4 conhecendo a igrejaJosue Lima
 
Mercado romano da antiguidade
Mercado romano da antiguidadeMercado romano da antiguidade
Mercado romano da antiguidadeMaria Ribeiro
 
O Batismo nas Águas
O Batismo nas ÁguasO Batismo nas Águas
O Batismo nas ÁguasKarla Nielle
 
Lição 04 - Conhecendo o arrependimento bíblico e frutífero
Lição 04 - Conhecendo o arrependimento bíblico e frutíferoLição 04 - Conhecendo o arrependimento bíblico e frutífero
Lição 04 - Conhecendo o arrependimento bíblico e frutíferoÉder Tomé
 
Lição 5 - É necessário nascer de novo
Lição 5 - É necessário nascer de novoLição 5 - É necessário nascer de novo
Lição 5 - É necessário nascer de novoÉder Tomé
 
Lição 02 - Pecado: uma realidade humana
Lição 02 - Pecado: uma realidade humanaLição 02 - Pecado: uma realidade humana
Lição 02 - Pecado: uma realidade humanaÉder Tomé
 
Lição 01 - O Deus Todo-Poderoso se revelou
Lição 01 - O Deus Todo-Poderoso se revelouLição 01 - O Deus Todo-Poderoso se revelou
Lição 01 - O Deus Todo-Poderoso se revelouÉder Tomé
 
Slide Lição 03 - A maravilhosa e inefável graça de Deus
Slide Lição 03 - A maravilhosa e inefável graça de DeusSlide Lição 03 - A maravilhosa e inefável graça de Deus
Slide Lição 03 - A maravilhosa e inefável graça de DeusÉder Tomé
 
Lição 03 - A Salvação e o Advento do Salvador
Lição 03 - A Salvação e o Advento do SalvadorLição 03 - A Salvação e o Advento do Salvador
Lição 03 - A Salvação e o Advento do SalvadorÉder Tomé
 
Lição 02 - A Salvação na Páscoa Judaíca
Lição 02 - A Salvação na Páscoa JudaícaLição 02 - A Salvação na Páscoa Judaíca
Lição 02 - A Salvação na Páscoa JudaícaÉder Tomé
 
Lição 01 - Uma promessa de Salvação
Lição 01 - Uma promessa de SalvaçãoLição 01 - Uma promessa de Salvação
Lição 01 - Uma promessa de SalvaçãoÉder Tomé
 
Lição 6 - A Abrangência Universal da Salvação
Lição 6 - A Abrangência Universal da SalvaçãoLição 6 - A Abrangência Universal da Salvação
Lição 6 - A Abrangência Universal da SalvaçãoÉder Tomé
 
Lição 05 - A Obra Salvífica de Jesus Cristo
Lição 05 - A Obra Salvífica de Jesus CristoLição 05 - A Obra Salvífica de Jesus Cristo
Lição 05 - A Obra Salvífica de Jesus CristoÉder Tomé
 
Lição 04 - Salvação - O Amor e a Misericórdia de Deus
Lição 04 - Salvação - O Amor e a Misericórdia de DeusLição 04 - Salvação - O Amor e a Misericórdia de Deus
Lição 04 - Salvação - O Amor e a Misericórdia de DeusÉder Tomé
 
Lição 08 - Salvação e Livre-Arbítrio
Lição 08 - Salvação e Livre-ArbítrioLição 08 - Salvação e Livre-Arbítrio
Lição 08 - Salvação e Livre-ArbítrioÉder Tomé
 
Lição 07 - A Salvação pela Graça
Lição 07 - A Salvação pela GraçaLição 07 - A Salvação pela Graça
Lição 07 - A Salvação pela GraçaÉder Tomé
 

Destaque (17)

Discipulado lição 4 conhecendo a igreja
Discipulado lição 4 conhecendo a igrejaDiscipulado lição 4 conhecendo a igreja
Discipulado lição 4 conhecendo a igreja
 
O batismo em águas
O batismo em águasO batismo em águas
O batismo em águas
 
Mercado romano da antiguidade
Mercado romano da antiguidadeMercado romano da antiguidade
Mercado romano da antiguidade
 
O Batismo nas Águas
O Batismo nas ÁguasO Batismo nas Águas
O Batismo nas Águas
 
Lição 04 - Conhecendo o arrependimento bíblico e frutífero
Lição 04 - Conhecendo o arrependimento bíblico e frutíferoLição 04 - Conhecendo o arrependimento bíblico e frutífero
Lição 04 - Conhecendo o arrependimento bíblico e frutífero
 
Lição 5 - É necessário nascer de novo
Lição 5 - É necessário nascer de novoLição 5 - É necessário nascer de novo
Lição 5 - É necessário nascer de novo
 
Lição 02 - Pecado: uma realidade humana
Lição 02 - Pecado: uma realidade humanaLição 02 - Pecado: uma realidade humana
Lição 02 - Pecado: uma realidade humana
 
Lição 01 - O Deus Todo-Poderoso se revelou
Lição 01 - O Deus Todo-Poderoso se revelouLição 01 - O Deus Todo-Poderoso se revelou
Lição 01 - O Deus Todo-Poderoso se revelou
 
Slide Lição 03 - A maravilhosa e inefável graça de Deus
Slide Lição 03 - A maravilhosa e inefável graça de DeusSlide Lição 03 - A maravilhosa e inefável graça de Deus
Slide Lição 03 - A maravilhosa e inefável graça de Deus
 
Lição 03 - A Salvação e o Advento do Salvador
Lição 03 - A Salvação e o Advento do SalvadorLição 03 - A Salvação e o Advento do Salvador
Lição 03 - A Salvação e o Advento do Salvador
 
Lição 02 - A Salvação na Páscoa Judaíca
Lição 02 - A Salvação na Páscoa JudaícaLição 02 - A Salvação na Páscoa Judaíca
Lição 02 - A Salvação na Páscoa Judaíca
 
Lição 01 - Uma promessa de Salvação
Lição 01 - Uma promessa de SalvaçãoLição 01 - Uma promessa de Salvação
Lição 01 - Uma promessa de Salvação
 
Lição 6 - A Abrangência Universal da Salvação
Lição 6 - A Abrangência Universal da SalvaçãoLição 6 - A Abrangência Universal da Salvação
Lição 6 - A Abrangência Universal da Salvação
 
Lição 05 - A Obra Salvífica de Jesus Cristo
Lição 05 - A Obra Salvífica de Jesus CristoLição 05 - A Obra Salvífica de Jesus Cristo
Lição 05 - A Obra Salvífica de Jesus Cristo
 
Lição 04 - Salvação - O Amor e a Misericórdia de Deus
Lição 04 - Salvação - O Amor e a Misericórdia de DeusLição 04 - Salvação - O Amor e a Misericórdia de Deus
Lição 04 - Salvação - O Amor e a Misericórdia de Deus
 
Lição 08 - Salvação e Livre-Arbítrio
Lição 08 - Salvação e Livre-ArbítrioLição 08 - Salvação e Livre-Arbítrio
Lição 08 - Salvação e Livre-Arbítrio
 
Lição 07 - A Salvação pela Graça
Lição 07 - A Salvação pela GraçaLição 07 - A Salvação pela Graça
Lição 07 - A Salvação pela Graça
 

Semelhante a O batismo nas águas

O principio da Criação
O principio da CriaçãoO principio da Criação
O principio da Criaçãooitavaera
 
O avivamento do Espirito Santo
O avivamento do Espirito SantoO avivamento do Espirito Santo
O avivamento do Espirito Santooitavaera
 
Lição 9 mortos para o pecado
Lição 9 mortos para o pecadoLição 9 mortos para o pecado
Lição 9 mortos para o pecadoboasnovassena
 
FOCO2014 - O Que É A Vida Cristã
FOCO2014 - O Que É A Vida CristãFOCO2014 - O Que É A Vida Cristã
FOCO2014 - O Que É A Vida Cristãibmalphaville
 
ESTUDO PREPARATÓRIO AO BATISMO.docx
ESTUDO PREPARATÓRIO AO BATISMO.docxESTUDO PREPARATÓRIO AO BATISMO.docx
ESTUDO PREPARATÓRIO AO BATISMO.docxJooAlbertoSoaresdaSi
 
Lição 7 - A ordenança do batismo em águas
Lição 7 - A ordenança do batismo em águasLição 7 - A ordenança do batismo em águas
Lição 7 - A ordenança do batismo em águasErberson Pinheiro
 
Lição 5 - O Arrebatamento da Igreja
Lição 5 - O Arrebatamento da IgrejaLição 5 - O Arrebatamento da Igreja
Lição 5 - O Arrebatamento da IgrejaAndrew Guimarães
 
O Velho e o Novo Homem em Crentes – Thomas Boston
O Velho e o Novo Homem em Crentes –  Thomas BostonO Velho e o Novo Homem em Crentes –  Thomas Boston
O Velho e o Novo Homem em Crentes – Thomas BostonSilvio Dutra
 
Livreto: Na contramão do verdadeiro Evangelho
Livreto: Na contramão do verdadeiro EvangelhoLivreto: Na contramão do verdadeiro Evangelho
Livreto: Na contramão do verdadeiro EvangelhoDaniela Sipert
 
Foco na profecia_16_apocalipse_14
Foco na profecia_16_apocalipse_14Foco na profecia_16_apocalipse_14
Foco na profecia_16_apocalipse_14jailtoneas
 
Em Cristo - Silvio Dutra
Em Cristo - Silvio DutraEm Cristo - Silvio Dutra
Em Cristo - Silvio DutraSilvio Dutra
 

Semelhante a O batismo nas águas (20)

O principio da Criação
O principio da CriaçãoO principio da Criação
O principio da Criação
 
O avivamento do Espirito Santo
O avivamento do Espirito SantoO avivamento do Espirito Santo
O avivamento do Espirito Santo
 
O nascer de novo
O nascer de novoO nascer de novo
O nascer de novo
 
Romanos 10 palavra
Romanos 10   palavraRomanos 10   palavra
Romanos 10 palavra
 
Lição 9 mortos para o pecado
Lição 9 mortos para o pecadoLição 9 mortos para o pecado
Lição 9 mortos para o pecado
 
FOCO2014 - O Que É A Vida Cristã
FOCO2014 - O Que É A Vida CristãFOCO2014 - O Que É A Vida Cristã
FOCO2014 - O Que É A Vida Cristã
 
ESTUDO PREPARATÓRIO AO BATISMO.docx
ESTUDO PREPARATÓRIO AO BATISMO.docxESTUDO PREPARATÓRIO AO BATISMO.docx
ESTUDO PREPARATÓRIO AO BATISMO.docx
 
Regeneração
RegeneraçãoRegeneração
Regeneração
 
Regeneração
RegeneraçãoRegeneração
Regeneração
 
Lição 7 - A ordenança do batismo em águas
Lição 7 - A ordenança do batismo em águasLição 7 - A ordenança do batismo em águas
Lição 7 - A ordenança do batismo em águas
 
Lição 5 - O Arrebatamento da Igreja
Lição 5 - O Arrebatamento da IgrejaLição 5 - O Arrebatamento da Igreja
Lição 5 - O Arrebatamento da Igreja
 
DISCIPULADO-BATISMO-docx.docx
DISCIPULADO-BATISMO-docx.docxDISCIPULADO-BATISMO-docx.docx
DISCIPULADO-BATISMO-docx.docx
 
Romanos 6
Romanos   6Romanos   6
Romanos 6
 
O Velho e o Novo Homem em Crentes – Thomas Boston
O Velho e o Novo Homem em Crentes –  Thomas BostonO Velho e o Novo Homem em Crentes –  Thomas Boston
O Velho e o Novo Homem em Crentes – Thomas Boston
 
Lição 3
Lição 3Lição 3
Lição 3
 
Lição 3 - A vida do Novo Convertido
Lição 3 - A vida do Novo ConvertidoLição 3 - A vida do Novo Convertido
Lição 3 - A vida do Novo Convertido
 
Livreto: Na contramão do verdadeiro Evangelho
Livreto: Na contramão do verdadeiro EvangelhoLivreto: Na contramão do verdadeiro Evangelho
Livreto: Na contramão do verdadeiro Evangelho
 
Estudo
EstudoEstudo
Estudo
 
Foco na profecia_16_apocalipse_14
Foco na profecia_16_apocalipse_14Foco na profecia_16_apocalipse_14
Foco na profecia_16_apocalipse_14
 
Em Cristo - Silvio Dutra
Em Cristo - Silvio DutraEm Cristo - Silvio Dutra
Em Cristo - Silvio Dutra
 

Mais de Joselito Machado

Mais de Joselito Machado (20)

A família e a igreja
 A família e a igreja A família e a igreja
A família e a igreja
 
As obras da carne e do Espírito
As obras da carne e do EspíritoAs obras da carne e do Espírito
As obras da carne e do Espírito
 
Orar não é obrigação
Orar não é obrigaçãoOrar não é obrigação
Orar não é obrigação
 
Aguia
AguiaAguia
Aguia
 
Marketing do relacionamento
Marketing do relacionamentoMarketing do relacionamento
Marketing do relacionamento
 
As melhores sementes
As melhores sementesAs melhores sementes
As melhores sementes
 
A boa semente
A boa sementeA boa semente
A boa semente
 
Batismo com o Espírito Santo
Batismo com o Espírito SantoBatismo com o Espírito Santo
Batismo com o Espírito Santo
 
Lucifér convoca convenção mundial de demônios
Lucifér convoca convenção mundial de demôniosLucifér convoca convenção mundial de demônios
Lucifér convoca convenção mundial de demônios
 
Jesus, o bom pastor
Jesus, o bom pastorJesus, o bom pastor
Jesus, o bom pastor
 
Submissão espiritual
Submissão espiritualSubmissão espiritual
Submissão espiritual
 
A lógica de eistein
A lógica de eisteinA lógica de eistein
A lógica de eistein
 
A travessia do mar vermelho
A travessia do mar vermelhoA travessia do mar vermelho
A travessia do mar vermelho
 
Quando foi que jesus cristo nasceu
Quando foi que jesus cristo nasceuQuando foi que jesus cristo nasceu
Quando foi que jesus cristo nasceu
 
Entrevista com satanás
Entrevista com satanásEntrevista com satanás
Entrevista com satanás
 
Áreas Críticas do Casamento
Áreas Críticas do CasamentoÁreas Críticas do Casamento
Áreas Críticas do Casamento
 
O que é sucesso
O que é sucessoO que é sucesso
O que é sucesso
 
Construção de um vaso de benção
Construção de um vaso de bençãoConstrução de um vaso de benção
Construção de um vaso de benção
 
Discipulado
DiscipuladoDiscipulado
Discipulado
 
A história dos sete crente anões
A história dos sete crente anõesA história dos sete crente anões
A história dos sete crente anões
 

O batismo nas águas

  • 1. O BATISMO NAS ÁGUAS 10.1 - Introdução O caminho do verdadeiro discipulado começa quando uma pessoa nasce de novo. O novo nascimento não inicia quando a pessoa desce as águas batismais, mas este processo tem seu início no interior dela. Começa quando se dão os seguintes fatos: 1 - Quando uma pessoa compreende que é pecadora, que está perdida, e que está permanente- mente desnuda diante de Deus; 2 - quando reconhece que não pode se salvar por ter bom caráter ou pelas boas obras; 3 - Quando crê que o Senhor Jesus Cristo morreu como seu substituto na cruz; 4 - quando, por uma definida decisão de fé, reconhece Jesus Cristo como o seu único Senhor e Salvador. É assim que uma pessoa se torna cristã, é importante salientar isto desde o início. Muitíssimas pessoas acham que você se torna cristão vivendo a vida cristã. Absolutamente NÃO! É preciso que você se torne cristão, antes de poder viver a vida cristã. "Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide, portanto; fazei discípulos de toas as nações, batizando-0os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo." (Mateus 28:18-19) (ver Atos 2:38-41). 10.2 - O Batismo nas Águas O batismo nas águas é um ato de obediência, no qual o cristão declara publica- mente a sua fé em Cristo. O batismo nas águas é também uma ordenança de Jesus: "... batizando em Nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo." (Mateus 28:18-20). Simboliza o fim de uma vida e o início de outra. "... fomos sepultados com ele [Cristo] pelo batismo, e como Cristo ressurgiu den- tre os mortos, andemos também em novidade de vida" (Romanos 6:4-5). O batismo nas águas não é o novo nascimento, mas apenas simboliza o mesmo. Uma pessoa pode ser batizada nas águas e não ser nascida de novo, bem como ser nascida de novo e não ser batizada. O batismo nas águas, é também a maneira que Deus quer que nos identifiquemos com a obra de Cristo realizada em seu sacrifício na cruz. (Romanos 6:3). O batismo nas águas, simboliza, portanto a morte e sepultamento do nosso velho eu e a chegada da nova vida. (Romanos 6:4). A palavra batismo vem do grego 'batizo" que significa imergir, mergulhar. Ser batizado então significa ser totalmente imerso nas águas. Quando uma pessoa se arrepende do seu pecado e crê que Jesus morreu por ela diante de muitas testemunhas, esta deve ser levada às águas. Porque Jesus ordenaria que os seus crentes fizessem uma coisa tão estranha assim?
  • 2. Mais especificamente, porque o batismo nos identifica com três realidades, reali- dade esta que tomamos posse conforme Romanos 6:1-4: a) nos identifica com a morte de Cristo; b) nos identifica com o sepultamento de Cristo; c) nos identifica com a ressurreição de Cristo, para que andemos em novidade de vida. 10.3 - O que Significa esta Identificação Através desta identificação nos apropriamos de toas as bênçãos da obra de Cristo: a) através da morte de Cristo recebemos perdão de nossos pecados; b) através do sepultamento de Cristo recebemos a bênção da morte para o pecado; c) através de sua ressurreição recebemos a bênção da novidade de vida. Um novo coração e uma nova vida. (João 3:5). d) ele morreu... eu morri com Ele (Romanos 6:6-7); e) ele foi sepultado... eu fui sepultado com Ele (Romanos 6:3-4); f) ele ressuscitou... eu tenho uma nova vida nEle (Romanos 6:4, 5); g) Ele subiu ao céu... também subi com Ele (Efésios 2:6; Colossenses 3:1). 10.4 - A Necessidade do Batismo A finalidade do batismo não é salvar, ou seja, levar a pessoa para o céu, nem mesmo para lavar os pecados, como muitos pensam. O batismo nem é realizado para ajudar na salvação, nem mesmo para garantir as bênçãos de Deus. O batismo é necessário para obediência e para, como já dissemos, para a identifi- cação com a obra de Cristo, também para que o novo convertido confesse publicamente a sua fé. O batismo é também o meio legal de ingressarmos na Igreja local, pois todo aque- le que crê e confessa publicamente que Jesus é o Senhor de sua vida faz parte da Igreja de Jesus Cristo. 10.5 - O Batismo nas Águas é: 10.5.1 - Seu sepultamento: Um culto de sepultamento não é para matar alguém, Ele é somente realizado quando a pessoa já está morta. E assim, pelo fato de você já ter "morrido" em Cristo, você enterra a sua antiga vida no batismo nas águas.
  • 3. 10.5.2 - A sua ressurreição a uma nova vida: Você se levanta da água demonstrando e declarando que você é uma criação em Cristo! "Ora, se morremos com Cristo, cremos que também viveremos com ele. Pois sa- bendo que uma vez que Cristo ressuscitou dentre os mortos ele não pode morrer novamente. A morte não mais tem domínio sobre Ele. Em sua morte, ele morreu para o pecado de uma vez por todas, mas a vida que ele vive, ele vive para Deus. Semelhantemente, considerem-se mortos para o pecado, porém vivos para Deus em Cristo Jesus." (Romanos 6:8-11). 10.6 - Os Dois Reinos "Pois ele nos resgatou do domínio das trevas e nos introduziu no Reino do seu filho que ele ama." (Colossenses 1:13). Todos os homens nascidos no mundo são nascidos no Reino das trevas - são nas- cidos escravos do ditador Satanás. Não há nenhum caminho de saída do reino, exceto pela morte, e não há nenhum caminho de entrada no Reino de Deus, exceto pelo nascimento. Assim sendo, Jesus tornou-se a nossa morte, como também o nosso novo nasci- mento - e isto declaramos no batismo nas águas. 10.7 - As Duas Raças Assim, como há dois reinos, assim também, dentro de cada reino, existe uma ra- ção diferente de pessoas: a) a ração adâmica povoa o reino das trevas b) a nova criação povoa o reino de Deus. 10.7.1 - O primeiro Adão "Pois em Adão todos morreram..." (I Coríntios 15:22). (ver. Romanos 5:12). Adão foi o pai de todos nós, de toda a raça humana. O pecado de Adão alienou a todos nós de Deus. Devido ao seu pecado, todos nós herdamos a sua natureza rebelde e en- ferma, e tornamo-nos sujeitos à morte. Os descendentes de Adão são chamados de "raça adâ- mica". 10.7.2 - O último Adão "Assim que, no tempo exatamente certo, quando éramos ainda débeis, Cristo mor- reu pelos ímpios." (Romanos 5:6). Não havia nenhuma maneira pela qual Deus pudesse transformar a ração adâmica caída. Ele tinha que dar um fim a esta raça e começar uma raça humana totalmente nova. Jesus foi o último Adão. Ele veio como o último nascido da raça adâmica e como o primog6enito de uma nova raça.
  • 4. Enquanto estava pendurado na cruz, ele ficou lá na qualidade de último Adão - o último nascido da raça adâmica. Quando ele morreu na cruz, morreram também a ração adâ- mica e a natureza pecaminosa. Nele, Deus aniquilou a criação caída. A raça adâmica morreu ali com Cristo. 10.8 - O Segundo Homem "... assim também em Cristo todos serão vivificados" (I Coríntios 15:22"). Jesus veio na qualidade de novo homem de Deus; através do qual uma nova raça seria criada. Jesus ressuscitou dentre os mortos - não na qualidade de último Adão, mas na qualidade de segundo homem, a cabeça da nova criação. "assim está também escrito: o primeiro homem Adão tornou-se uma alma vivente; o último Adão [Cristo], um espírito vivificante... o primeiro homem era do pó da terra, o se- gundo homem do céu. "Assim como era o homem terreno, assim também são os que são da terra; e assim como é o homem do céu, assim também são os que são do céu. E exatamente como recebemos a semelhança do homem terreno, assim também receberemos a semelhança do homem do céu. (I Coríntios 15:45-49). 10.9 - A Nova Criação "Portanto, se qualquer pessoa está em Cristo, ela é uma nova criatura. As coisas velhas já são passado e as coisas novas já são presente." [tudo se fez novo]. (II Coríntios 5:17) (ver Efésios 2:10). No batismo da água declaramos a todos os nossos amigos e conhecidos que não mais fazemos parte da raça adâmica e do reino das trevas. Somos uma nova criação em Cristo e pertencemos ao reino de Deus. 10.10 - Para quem é o Batismo? 1 - O batismo nas águas é para quem crê; 'quem crer e for batizado será salvo" (Marcos 16:16). "... o que impede que eu seja batizado?... responde Filipe: é lícito se tu creres de todo o coração." (Atos 8:37). 2 - O batismo é para quem se arrepende de seus pecados: "arrependei-vos e cada um seja bati- zado." (Atos 2:38). 10.11 - Como Deve ser Feito o Batismo nas Águas? O batismo deve ser feito em nome do Pai, e do filho e do Espírito Santo, conforme Mateus 28:19. O batismo deve ser feito por imersão, conforme Mateus 3:3-17 e Atos 8:36-39. 10.12 - Desenrolar da Cerimônia LOCAL: pode ser feito num rio, lago ou numa piscina (geralmente na igreja).
  • 5. APRESENTAÇÃO: é colocado todo o grupo a ser batizado diante da igreja, logo o ministério, juntamente com a igreja, realizam uma oração de agradecimento e interseção pelos candidatos. BATISMO: logo é formado filas (se for na piscina da igreja) ou grupos (se for num rio ou lago). O candidato entra na água e aguarda o início do ato, um por um. ATO: no ato do batismo o ministro realiza algumas perguntas ao candidato. De- senrola-se da seguinte maneira: Ministro: qual é o seu nome? Candidato: Fulano de Tal. Ministro: Sr. Fulano de Tal já aceitou Jesus como único e suficiente Salvador de sua alma? Candidato: Sim Ministro: Sr. Fulano de Tal promete diante de Deus, da Igreja, e do seu ministro que vai ser fiel a Deus, vai obedecer a palavra de Deus e guardar os princípios e ensinamentos desta igreja enquanto viver? Candidato: Sim. Ministro: Conforme a sua declaração de fé, eu te batizo em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo de Deus. IMERSÃO: o candidato coloca as duas mãos espalmadas, junta uma com a outra e ao mesmo tempo fechando o nariz para evitar que entre água no mesmo. Logo o ministro inclina o candidato para trás, até uma imersão total e a imersão ocorre rapidamente. Pós ato: enquanto a Igreja canta cânticos alusivos à cerimônia, o batizado começa a sair da água e os diáconos e diaconisas envolvem-no com uma grande toalha, OBS.: o can- didato vai vestir roupas batismais para participar da cerimônia e o mesmo deverá vestir por baixo das vestes batismais um abrigo ou calça e camisa, que não sejam transparentes. ENTREGA DE CERTIFICADOS: o batizado, logo após o batismo, deverá trocar de roupa e voltar para o templo, onde será entregue certificados de conclusão de discipulado básico e batismo. Amém!