Slide de anisio pronto para apresentação de susana

2.365 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.365
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
125
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Slide de anisio pronto para apresentação de susana

  1. 1. Conversando com Anísio Teixeira
  2. 2. PARA VOCÊ QUAL O MODELO DE ESCOLA IDEAL ?
  3. 3. Jurista, intelectual, escritor brasileiro. educador e Personagem central na história da educação no Brasil, nas décadas de 1920 e 1930, difundiu os pressupostos do movimento da Escola Nova, que tinha como princípio a ênfase no desenvolvimento do intelecto e na capacidade preferência de julgamento, à em memorização.
  4. 4. PARA VOCÊ QUAL O MODELO DE ESCOLA IDEAL ? ISSO É POSSÍVEL COMO?
  5. 5.  Anísio Spínola Teixeira nasceu em 12 de julho de 1900 em Caetité (BA). CAETITÉ -BA
  6. 6. CASA DE ANÍSIO TEXEIRA EM CAETITE- BA INFÂNCIA
  7. 7. PAI DE ANÍSIO TEXEIRA BUSTO DE ANISIO TEXEIRA EM CAETITE -BA
  8. 8. Certamente viagens realizadas por Anísio e pensamentos como o Dewey contribuíram para seu novo olhar em relação a educação brasileira ,para você como é uma educação em e para o aluno? ANÍSIO TEXEIRA JOHN DEWEY
  9. 9.  Diretor Geral de Instrução Pública na cidade do Distrito federal (1931-1935). Universidade do Distrito Federal (UDF)  Golpe do estado novo com Getulio Vargas (volta para a Bahia )   Secretário da Educação e Saúde em Salvador (1945-1950) Secretário de Educação e Saúde da Bahia (1947-1950)Escola Parque.
  10. 10.  E investiu ainda na criação do Centro Brasileiro de Pesquisas Educacionais (CBPE) em 1955, na Universidade de Brasília UnB (1960), tornando-se membro do Conselho Federal de Educação em 1962 e, posteriormente Reitor da UnB (1964).  (Volta ao Rio de janeiro)Diretor do Instituto Nacional de Estudos Pedagógicos Aperfeiçoamento de CAPES (1951 e 1964); (INEP) Pessoal e de da Campanha Nível Superior de –
  11. 11. CERTAMENTE ANÍSIO CONTRIBUI MUITO PARA A EDUCAÇÃO BRASILEIRA NO PERÍODO DE 1920 A 1930 VOCÊ ACHA QUE ISSO REFLETIU DE ALGUMA FORMA NA EDUCAÇÃO ATUAL ? Universidade do Distrito Federal (UDF)
  12. 12. REFLEXÃO: Você acredita que a tão sonhada transformação da escola proposta por Anísio Teixeira acontece na atualidade? “escola de poucos para a escola de todos” ESCOLA PARQUE ATUALMENTE ESCOLA PARQUE 1947
  13. 13. A escola ,educação e seus cincos aspectos de idealização por Anísio Teixeira
  14. 14. DÍVIDA EDUCACIONAL: E SE O POVO COBRASSE? Dívida educacional: e se o povo cobrasse?
  15. 15. Essa é a nossa realidade ?
  16. 16. ISSO ACONTECE ?
  17. 17. Como a escola pública, pode ser a maquina que prepara para democracia?
  18. 18. O que é democracia para você ? Você acha que vivemos em uma democracia ?
  19. 19. “Educar é crescer .E crescer é viver. Educação é ,assim, vida no sentido mais autêntico da palavra.”
  20. 20. •Defensores da escola particular e da educação religiosa. •Anísio passa a ser um dos líderes intelectuais no movimento de luta em defesa da escola pública e laica e, com o início dos trabalhos para a elaboração da LDB, transforma-se no principal opositor de Dom Hélder e Carlos Lacerda, representantes da esfera católica privatista, que queriam entregar os recursos públicos às escolas privadas.
  21. 21. “ sou contra a educação como processo exclusivo de formação de uma elite ,mantendo a grande maioria em estado de analfabetismo e ignorância”
  22. 22.  Acusado de socialista – “representante, entre nós, do socialismo militante” – o que na época significava incluí-lo entre aqueles que não eram bem vistos e, que de certa forma eram considerados pela sociedade brasileira – pelo menos no imaginário da época – uma ameaça aos padrões de moral, decência e bons costumes.
  23. 23.  Em 1931 assume o cargo de Diretor Geral da Instrução Pública do Distrito Federal, o qual pedirá demissão em 1935, devido ao Golpe do Estado Novo ficando alguns anos afastado.  Anísio Teixeira assume a Presidência do Conselho Diretor da Fundação Universidade de Brasília, sendo o 4º reitor da UnB, cargo que ocuparia até 13 de abril de 1964, quando todos os membros do Conselho Diretor são exonerados pelo governo provisório dos golpistas militares.
  24. 24.                     BUFFA, Ester e NOSELLA, Paolo. A Educação Negada: Introdução ao Estudo da Educação Brasileira Contemporânea. São Paulo: Cortez Editora, 1991. CARVALHO, Delgado de. “Anísio, Vulcão de Idéias.” In: Anísio Teixeira: Pensamento e Ação. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira, 1960. COUTO, Ronaldo Costa. Memória Viva do Regime Militar Brasil 1964-1985. Rio de Janeiro: Record, 1999. CÓRDOVA, Rogério de Andrade. C A P E S: origem, realizações, significações (1951-1999). Brasília, DF: 2000. CUNHA, Luiz Antônio e GÓES, Moacyr de. O Golpe na Educação. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1985. FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA. “Atas da 15ª a 20ª Reunião do Conselho Diretor da Fundação Universidade de Brasília,” Brasília: 1963. ______. “Ata da 22ª Reunião do Conselho Diretor da Fundação Universidade de Brasília,” em 04.06.1964. ______. “Ata da 21ª Reunião Ordinária do Conselho Diretor da Fundação Universidade de Brasília,” em 13.01.1964. ______. “Resolução do Conselho Diretor da Fundação Universidade de Brasília” nº 55/64. LAGÔA, Ana. “A Utopia da educação pública.” Entrevista. Jornal do Brasil On-Line. Rio de Janeiro, 18 jul. 1999. Seção Empregos e Educação para o Trabalho. LIMA, Hermes. Anísio Teixeira Estadista da Educação. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira, 1978. Plano Orientador da Universidade de Brasília (1962). Brasília: Editora da Universidade de Brasília, 1962. RIBEIRO, Darcy. A Invenção da Universidade de Brasília 1961-1995. Cartas: falas, reflexões, memórias. Brasília: Gabinete do Senador Darcy Ribeiro, 1995. SALMERON, Roberto .A Universidade Interrompida: Brasília 1964-1965. Brasília: Editora da UnB, 1999. SILVA, Francisco de Assis. História do Brasil. São Paulo: Moderna, 1992. TEIXEIRA, Anísio. Educação é um direito. 2ªed. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 1996. ______. “1963: ano da educação.” Boletim Informativo CAPES. Rio de Janeiro, 122 (jan. 1963): 1-2. ______. “Curso, estágio e seminário para formação do professor.” Entrevista. Jornal do Comércio. Rio de Janeiro, 20 abr. 1958. ______. “Fazer de Brasília um modêlo para a educação no País.” Entrevista. Correio Braziliense. Brasília, 21 jun. 1963. ______.
  25. 25. Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) Sociologia e Antropologia da Educação. Docente :Susana Couto Pimentel . Discentes:Adriano Monteiro Rodrigo luz Joselia Cirqueira Suelen Conceição Uilham Santana

×