Profissional de saúde / Médico Endereço
Administrator Endereço:
Contato::
Relatório do Eletro Intersticial Scan
Sobrenome ...
Valores Normal Unidades
I sódio 129.00 121.6 > N < 129.0 mmol/l
I potássio 3.00 3.00 > N < 3.40 mmol/l
I cloro 107.50 107....
Risco III - Funções neuromusculares
Possibilidade de fraqueza muscular: Especificidade 80% Sensibilidade 75%
Risco III - F...
Estilo de vida: Sedentário Peso normal
Altura: 1.56 m Peso: 50.00 kg
Limite mínimo de peso: 43.8 kg Limite máximo de peso:...
aves fumadas, Peixe cru, Carne gorda e gordura animal, Queijo intenso, Carne
fumada, Marisco, Anchovas, Bacon, Caviar, Cam...
Vit. B1, Vit. C, Vit. A, Vit. E, Vit. B9 (ácido fólico)
Oligoelementos
Cobalt Manganese ,Sulfur ,Iodine ,Magnesium
Fitoter...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Paciente de exame E.I.S.

1.046 visualizações

Publicada em

Relatório médico de um exame efetuado pelo Eletro Interstitial Scan.

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.046
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
75
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Paciente de exame E.I.S.

  1. 1. Profissional de saúde / Médico Endereço Administrator Endereço: Contato:: Relatório do Eletro Intersticial Scan Sobrenome Nome: Maria I. M. Data de nascimento: 10-9-1942 Sexo: Feminino Exame realizado em: 11-2-2012 10 : 20 Método de registo: A1 (65,0,100,100,0) N1 (48,0,100,100,0) Exame realizado com Sensor de Análise EIS fabricado por L.D Technology. Número de Inscrição do estabelecimento no FDA: 300614678 Número de Regulação no FDA: 882.5050 Especialidade Médica: Neurologia. Data: 02/07/07, tel.: (19)32621747 Acreditado como equipamento elétrico tipo BF de acordo com a norma EN 60601-1-1 Voltagem: 5V DC, Corrente 200mA, CEM de acordo com a norma EN 6060 1-1-2 Alerta! O resultados apresentados deverão ser associados a exames complementares específicos considerando o contexto clínico. Os valores bioquímicos são estimativas obtidas a partir do fluido intersticial. A analise sanguínea apresentará valores diferentes de acordo com as diferentes concentrações nos distintos compartimentos do organismo. Na análise estatística de risco (risco principal e riscos associados) : de acordo com os resultados a nível dos parâmetros de tecidos, microcirculação e problemas inversos dos exames clínicos, o programa propõe possíveis doenças ou disfunções com determinada especificidade e sensibilidade. Estas possibilidades não constituem um diagnóstico, no entanto ajudam a sugerir ou determinar a realização de exames complementares. O cálculo da composição do organismo é feito de acordo com a Análise de Impedância Bioelétrica (BIA). A AIB é uma análise segmentar e usa um intervalo de frequências entre 5 e 200 Hz. Contexto clínico / Medicação / Interpretação Contexto clínico: CHECK-UP ASSINTOMÁTICO, SEM TRATAMENTO Medicação: Interpretação: Assinatura: Estimativa do ionograma intersticial Estimativa dos gases intersticiais Estimativa do stress oxidativo intersticial
  2. 2. Valores Normal Unidades I sódio 129.00 121.6 > N < 129.0 mmol/l I potássio 3.00 3.00 > N < 3.40 mmol/l I cloro 107.50 107.5 > N < 115.0 mmol/l I magnésio 0.53 0.40 > N < 0.56 mmol/l I cálcio 1.20 1.45 > N < 1.63 mmol/l I fosfatos 2.80 1.60 > N < 2.70 mmol/l I Ferro 24.67 10.0 > N < 30.0 µmol/l Valores Normal Unidades ipH 7.48 7.29 > N < 7.37 iHCO3- 42.16 22 > N < 26 mEq/l ipCO2 58.42 41 > N < 51 mmHg i[H+] 33.26 42.6 > N < 51.3 nM/L iSBE 18.00 -2 > N < +2 Alcalose metabólica severa e acidose respiratória, típicas de uma compensação parcial de um distúrbio metabólico Valores Normal Escala I ONOOH 0 N <= 20 0/50 I NO 0 N <= 20 0/50 I H2O2 40 N <= 20 0/50 I O2- 30 N <= 20 0/50 I OH- 0 N <= 20 0/50 Estimativa dos neurotransmissores cerebrais intersticiais Estimativa da avaliação hormonal intersticial Estimativa estatística da bioquímica Valores Normal Escala I Serotonina cerebral -25 -20 > N < +20 -40/+40 I Dopamina cerebral -30 -20 > N < +20 -40/+40 I Catecolamina -20 -20 > N < +20 -40/+40 I Acetilcolina -20 -20 > N < +20 -40/+40 Valores Normal Escala iTSH 0 -20 > N < +20 -40/+40 iFSH 30 -20 > N < +20 -40/+40 iDHEA -20 -20 > N < +20 -40/+40 iCortisol 20 -20 > N < +20 -40/+40 iAldost. 0 -20 > N < +20 -40/+40 iAd. e Norand 10 -20 > N < +20 -40/+40 iEst -30 -20 > N < +20 -40/+40 iInsulina 30 -20 > N < +20 -40/+40 iParatir. -10 -20 > N < +20 -40/+40 iTiroid. 0 -20 > N < +20 -40/+40 iADH 10 -20 > N < +20 -40/+40 iACTH -20 -20 > N < +20 -40/+40 Valores Normal Espec / Sens Triglicérides 0.0 -20 > N < +20 81%/79% Ureia 20.0 -20 > N < +20 75%/73% Creatinina 10.0 -20 > N < +20 74%/75% Glicose 0.0 -20 > N < +20 82%/80% C. A. 0.0 -20 > N < +20 83%/79% Risco principal Risco I - Funções cardiovasculares Possibilidade de arteriosclerose coronária e angina associadas a hipertensão de origem neurovegetativa (stress) e/ ou distúrbios renais: Especificidade 76% Sensibilidade 75% Riscos associados Situação subjacente Risco II - Funções renais e genitourinárias Possibilidade de pedras nos rins ou filtração renal reduzida: Especificidade 72% Sensibilidade 74% Risco III - Funções digestivas Possibilidade de inflamações digestivas: Especificidade 79% Sensibilidade 69% Risco III - Funções respiratórias Hipercapnia: Especificidade 80% Sensibilidade 80% Edema Risco de trombose Distúrbios na concentração de sódio Possibilidade de edema Retenção de líquidos e edemas Desequilíbrio homeostático que pode provocar astenia: Especificidade 80% Sensibilidade 84%
  3. 3. Risco III - Funções neuromusculares Possibilidade de fraqueza muscular: Especificidade 80% Sensibilidade 75% Risco III - Funções neurológicas Possibilidade de stress: Especificidade 87% Sensibilidade 84% Desordem homeostática relacionada com stress (causa ou consequência): Especificidade 80% Sensibilidade 84% Possibilidade de anemia com concentração normal de ferro : Especificidade 75% Sensibilidade 78% Aumento do metabolismo basal: 17.00% Distúrbio metabólico É RECOMENDADA A REALIZAÇÃO DE EXAMES ADICIONAIS É ACONSELHADA A REALIZAÇÃO DE EXAMES ADICIONAIS Examinacões convencionais: Holter - ECG ECG de esforço Ecografia Cardíaca Urografia Ecografia Urogenital Exames laboratoriais: Hemograma completo VSG PCR (Proteína C-reactiva) CPK Aldosteronemia Ácido úrico Albumina Ureia / Creatinina / Ionograma - ANÁLISE DE URINA: Análise microbiológica - ANÁLISE DE SANGUE: Análise microbiológica Marcadores biológicos Homocistina Examinacões convencionais: Fibroscopia Colonoscopia Exames laboratoriais: - Helicobacter pylori Equilíbrio fosfocálcico Transaminases / gama GT / bilirrubina Amilases Estimativa de composição corporal:
  4. 4. Estilo de vida: Sedentário Peso normal Altura: 1.56 m Peso: 50.00 kg Limite mínimo de peso: 43.8 kg Limite máximo de peso: 60.8 kg Peso ideal: 52.32 kg IMC: 20.55 Massa magra: 38.09 kg Massa gorda: 11.91 kg Água total: 27.88 kg Massa muscular: 11.63 kg Água extracelular: 12.94 kg Água intracelular: 14.94 kg Taxa Metabolismo basal / 24 horas: 1096 Kcal ALIMENTOS NÃO RECOMENDADOS ALIMENTOS RECOMENDADOS Alerta! A recomendação ou não de certos alimentos é temporária (4 a 6 semanas) e será revista num próximo exame. A recomendação é feita de acordo com um programa de análise que leva em consideraçao o equilíbrio ácido-base, o risco funcional principal, o IMC e a composição corporal. Legumes Espargo, Abacate, Alcachofra, Lentilhas, Ervilhas, Feijão vermelho, Couves de Bruxelas, Legumes secos, Tomate, Cebola, Verduras em juliana, Castanhas, Pimentão, Pepino, Feijão seco, Rabanete, Milho, Fécula, Aipo, Beterraba, Funcho, Espinafres Proteína animal Clara de ovo, Caça, Carnes frias, Fígado, Rins, Vísceras, Cérebro, Carne, peixe e Legumes Sementes de abóbora, sésamo e girassol, Sementes germinadas, Legumes verdes cozinhados, Feijão verde, Cenouras, Endívias, Batatas , Beringela, Nabo, Azeitonas, Alho francês, Dente de leão, Soja, Grão de bico, Alho, Raiz de aipo, Abóbora Bebidas Chá verde Comidas gordurosas Amêndoas, Noz-do- brasil Fruta Todas as frutas excepto alperce e ameixa, Ananás, Groselha negra, Cerejas, Framboesas, Mirtilho, Uva, Toranja, Maçã, Mandarinas, Limão, Melão, Melancia
  5. 5. aves fumadas, Peixe cru, Carne gorda e gordura animal, Queijo intenso, Carne fumada, Marisco, Anchovas, Bacon, Caviar, Camarões, Arenque, Presunto, Lagosta , Bacalhau, Parmesão Bottarga, Sardinhas, Salmão, Bacon, Toucinho, Cordeiro, Enguia, Toucinho, , Moleja de vitela Consumir pouca carne (1 vez por semana é suficiente), e substituí-la por peixe, gordo se possível Produtos lácteos Queijo intenso e fermentado, Manteiga, Produtos lácteos Hidratos de carbono Farinha branca e derivados, Pão refinado, Tostas, Bolos, Semolina, Açúcar branco, Massa, Chocolate, Arroz branco, Alimentos doces, Pão, Aveia, Pão integral, Glutamato de sódio (usado frequentemente na cozinha chinesa), Pastelaria, Corn- flakes, Pipocas Marmelada, Alcaçuz, Reduzir e, se possível, eliminar todos os alimentos que possam conter fosfatos, por um período minimo de um mês Gorduras Gorduras saturadas, Óleos refinados, Caldos gordos, Margarina, Alimentos fritos, Maionese Bebidas Chá preto, Bebidas destiladas, Vinagre comercial, Todas as bebidas doces Comidas gordurosas Amendoins, Caju, Noz pecan, Nozes, Óleo de amendoim, Avelãs Fruta Fruta crua, Bananas, Tâmara, Laranja, Fruta seca Medicação Medicação, se for possível Sal Com moderação Ervas aromáticas Agrião, Ruibarbo Diminuir a ingestão de alimentos que contenham glúten (por 1 mês): Trigo, cevada, centeio, aveia, kamut, trigo selvagem, bolos, pães doces e pastelaria de qualquer tipo, barras de cereais, cereais de pequeno almoço e muesli, pizzas, quiches e qualquer produto comercial não verificado que possa conter: malte (cevada), maltodextrina e amido, excepto no caso de arroz específico. Ervas Alho, Sésamo, Cerefólio Ervas aromáticas Mel e pólen, Vinagre de cidra, Canela, Caril, Gengibre, Limão Proteína vegetal Algas Óleos Azeite Peixe Atum, óleo de peixe e mariscos (incluindo polvo) A dieta Cretense é recomendada tendo em conta que: Os ácidos poliinsaturados são essenciais até 10g diárias. Têm 2 origens: Origem vegetal: reduzem o mau colesterol Ácido Linoleico: óleos de girassol, milho, soja e amendoim Ácido Alfa-linoleico: óleos de noz, soja e canola Origem animal: reduz os triglicéridos e aumenta a fluidez do sangue MICRONUTRIÇÃO MÉTODOS DE COZINHAR Alerta! A micronutrição é indicada para indivíduos particularmente vuneráveis tais como indivíduos subnutridos, alcoólicos, com cancro ou mulheres grávidas. Esta lista de micronutrientes é uma sugestão de alguns produtos, de acordo com a análise dos parâmetros de tecidos,a análise estatística de risco, a composição corporal e o IMC. O profissional de saúde deverá eleger a prescrição final em função do contexto clínico. Vitaminas · Cozinhar em vapor é um método preferencial a todos os outros. · Para cozinhar alimentos: azeite, óleo de amendoim ou palma, sem permitir aquecimento elevado. · Para melhorar a digestão dos carotenóides, as cenouras, tomates, bróculos e espinafres devem ser cozinhados e
  6. 6. Vit. B1, Vit. C, Vit. A, Vit. E, Vit. B9 (ácido fólico) Oligoelementos Cobalt Manganese ,Sulfur ,Iodine ,Magnesium Fitoterapia Papoila ,Flor de maracujá ,Espinheiro ,Espinheiro ,Alho ,Cipreste ,Castanheiro ,Cavalinha em seguida adicionar-lhes um pouco de azeite ou óleo de colza. · Para preparar peixe, marinar primeiro num pouco de sumo de limão, vinho ou óleo, depois cozer a vapor ou estufar num pouco de caldo. Não deve deixar-se queimar ou carbonizar a carne e deve dispensar-se o molho. CONSELHOS NUTRICIONAIS ASSOCIAÇÕES ALIMENTARES Calorias totais diárias recomendadas: 1860 · Carne - batata · Carne - cereais- vegetais (complementaridade ideal) · Frutas e vegetais diversos (acção sinergética de plantas - micronutrientes) DIETARY ADVICE Reduzir o sal, álcool, açúcares de absorção rápida, evitar comida grelhada no carvão que esteja sobrecozinhada ou queimada, assim como proteína animal fumada (carne, peixe ou aves), evitar alimentos fritos e não reutilizar gordura ou óleo para cozinhar. O total de calorias diárias ingeridas deve ser constituído por: 10 a 15% de proteína animal e vegetal 30 a 35 % de gorduras 50 a 55% de glicose, 10% dos quais devem ser açúcares de absorção rápida 30 a 40 g de fibra diária Uma dieta equilibrada deve incluir todas estas substâncias Vitaminas e oligoelementos devem ser adicionados. A qualidade da água é essencial para complementar uma dieta equilibrada. Neste caso a água recomendada depende do seu pH: pH alcalino Deve ingerir-se sempre um bom pequeno almoço, um almoço moderado e uma refeição ligeira ao fim do dia. Deve evitar-se o uso de fornos microondas. É também recomendada a ingestão de chá verde (até 1L diário), fruta fresca e legumes (consumo recomendado é de 400-600 g diárias), soja e sementes de sésamo. Os ácidos gordos Ómega 3 (ácido a-linoleico, EPA/DHA) podem ser encontrados nos óleos de canola, de linho e de noz mas também nos óleos de peixe. É recomendada a ingestão de óleos Ómega 3 até 700mg diários. É benéfica a ingestão de 1 a 2 copos de vinho tinto (flavonóides) diários. Os fitoestrogéneos são compostos de origem vegetal que têm propriedades estrogenomimétricas. O seu consumo previne várias doenças hormonodependentes incluindo cancros da mama e próstata. Os fitoestrogénios provocam a diminuição dos níveis de colesterol, prevenindo portanto a formação da placa ateromatosa. Aumentam também a actividade enzimática antioxidante. É recomendado um suplemento de 70 mg diárias. O alho, a cebola e a chalota protegem da ocorrência do cancro de estômago e devem ser consumidos diariamente. O alho é um dos pilares da dieta Cretense (protegendo o sistema cardiovascular) e da cozinha Asiática. Contém um grande número de antioxidantes (manganésio, zinco, selénio, germanio, cálcio, ferro, enxofre, vitaminas A, B1, B6 e C). O alho deve ser consumido fresco e em cru se possível.

×