SlideShare uma empresa Scribd logo
ISSN 1678­0701
Número 51, Ano XIII.
Março/2015.
Números anteriores  ...
 Início       Cadastre­se!       Procurar       Submeter artigo       Contato
 Sementes
16/03/2015
O CONTROLE REMOTO ESTÁ AO NOSSO ALCANCE
Link permanente: http://www.revistaea.org/artigo.php?idartigo=2045
Ensaio elaborado a convite de Berenice Gehlen Adams para a seção Sementes, na 51ª edição da Revista Educação Ambiental em
Ação, cujo tema é Educação Ambiental e nossa existência. Propõe a ampliação do uso das tecnologias de informação e
comunicação para compartilhamento de conteúdo educacional a respeito de impacto socioambiental positivo.
O CONTROLE REMOTO ESTÁ AO NOSSO ALCANCE
 
José André Verneck Monteiro
Mestrando em Práticas em Desenvolvimento Sustentável
Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
http://lattes.cnpq.br/3632798164833445
Email: educativo@live.com
 
 
RESUMO
 
Ensaio elaborado a convite de Berenice Gehlen Adams para a seção Sementes, na 51ª edição da
Revista  Educação  Ambiental  em  Ação,  cujo  tema  é  Educação  Ambiental  e  nossa  existência.
Propõe  a  ampliação  do  uso  das  tecnologias  de  informação  e  comunicação  para
compartilhamento de conteúdo educacional a respeito de impacto socioambiental positivo.
 
 
2015
 
A aprovação dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável pela Assembleia Geral da
Organização  das  Nações  Unidas  (ONU)  ocorre  simultaneamente  ao  reconhecimento  de  2015
como Ano Internacional dos Solos.
 
“Os  solos  saudáveis  estão  na  base  da  agricultura  familiar,  na  produção  de
alimentos e na luta contra a fome e ainda cumprem um papel de reservatórios da
biodiversidade.  Além  disso,  compõem  o  ciclo  de  carbono,  por  isso  que  o  seu
cuidado é necessário para mitigar e enfrentar as mudanças climáticas. Os solos
são  de  enorme  importância  para  a  produção  mundial  de  alimentos,  mas  não
prestamos suficiente atenção neste “aliado silencioso”  Organização das Nações
Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO).
 
Já somos mais do que sete bilhões de pessoas, juntas a todas as outras formas de vida,
diariamente em busca de luz, água, alimento, habitação, saúde, mobilidade, segurança e paz para
sobrevivermos na mesma Terra.
 
E o que isso traz de responsabilidade adicionalmente a cada pessoa, família, empresa,
governo e nação?
As letras dos acordos e leis a favor da sustentabilidade só passam a ter valor quando
inspiram  nas  pessoas  a  ética  e  o  ato  de  cuidar,  de  nós  e  dos  demais  coabitantes  de  nossa
existência terrena. 
Pois as palavras, aliadas às práticas, é que são capazes de promover melhorias.
O propósito principal deste trabalho é incentivar a ampliação do uso das tecnologias de
informação e comunicação para compartilhamento de conteúdo educacional sobre tecnologias
de baixo custo voltadas a promover impacto socioambiental positivo.
 
TODO MUNDO, ALGUÉM, QUALQUER UM E NINGUÉM
 
Alguma vez já ouviu sobre a necessidade de economizar para não faltar?
A crise socioambiental que atravessamos hoje já vinha sendo alertada há décadas, mas
algo importante deixou de ser feito.
A sabedoria do povo nos faz lembrar:
 
“Onde havia um grande trabalho a ser feito e Todo Mundo tinha certeza de que
Alguém o faria. Qualquer Um poderia tê­lo feito, mas Ninguém o fez. Alguém se
zangou  porque  era  um  trabalho  de  Todo  Mundo.  Todo  Mundo  pensou  que
Qualquer Um poderia fazê­lo, mas Ninguém imaginou que Todo Mundo deixasse
de  fazê­lo.  Ao  final,  Todo  Mundo  culpou  Alguém  quando  Ninguém  fez  o  que
Qualquer Um poderia ter feito".
 
Como  há  múltiplas  definições  sobre  o  Desenvolvimento  Sustentável  também  existem
inúmeras formas de se fazer algo, mas só uma para deixar de fazer.
Todos nós temos uma parcela de responsabilidade pela degradação da Natureza, às vezes
sem notar.
O impacto da atividades humanas se intensifica à medida que se amplia a produção e
distribuição de bens de consumo.
Ao se medir as alterações ambientais desde a obtenção e transporte das matérias­primas
até o beneficiamento, embalagem, distribuição, aquisição, consumo e descarte dos produtos da
atividade  humana,  é  possível  estimar  o  quanto  se  debilita,  diariamente,  os  ecossistemas  para
manter  viva  tal  engrenagem,  responsável  expressiva  pela  fragmentação  e  perda  de  habitats,
profusão  de  espécies  exóticas  invasoras,  sobrexploração,  poluição,  mudanças  climáticas,
extinção de espécies, escassez de água.
Se pensar no ciclo de vida de cada material que é empregado em suas atividades diárias,
perceberá que de vários modos, há interferência degradante na Natureza.
E,  ao  mesmo  tempo  em  que  os  avanços  tecnológicos  trazem­nos  sensações  de
interatividade,  rapidez,  conforto,  agilidade,  comodidade,  praticidade  e  felicidade,  há  de  se
considerar  o  quanto  mais  nos  distanciamos  de  hábitos  saudáveis,  ar  livre,  exercícios  físicos,
alimentação ideal e uso do nosso potencial cerebral em plenitude.
A  conservação  é  estudada  por  especialistas  do  mundo  inteiro,  que  constroem  o
conhecimento científico, apresentam o resultado de suas pesquisas e comprovam a gravidade das
alterações provocadas pela ação humana sobre (e sob) a Terra.
Mas não é exclusividade dos cientistas a aptidão para perceber que algo está errado em
nosso modo de relação.
 
"Penso que  nós,  seres  humanos,  precisamos  reaprender  a  nossa  existência 
na  Terra"  Ellen Regina Mayhé Nunes
 
A solução para os problemas que se apresentam podem estar ao alcance das mãos e pés
motivados por exemplos positivos.
 
A UM CLIQUE DA INFORMAÇÃO
 
Há o que você pode fazer diariamente e o que outrem também poderia colaborar.
Apresentar  sua  ideia  e  prática  a  alguém,  contribui  para  que  este  as  adapte,  aplique  e
replique com outros suas tecnologias de promover o impacto socioambiental positivo.
Essa construção em mutirão, que vem sendo facilitada pelas tecnologias de informação e
comunicação  repercute  e  multiplica  em  pontos  focais,  e  espalha  soluções  para  os  problemas
ambientais nos locais onde se apresentam.
E quanto mais a sociedade tiver acesso aos meios de informação tanto maior pode vir a
ser  a  oferta  de  sugestões  criativas  para  reusar  água,  captar  água  pluvial,  plantar,  compostar,
ampliar os usos da energia solar, construir com materiais locais, fazer a economia circular com o
que faz bem à Terra.
Se você tiver a paciência de ler este ensaio deve mesmo estar interessado em contribuir
para os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável.
Complemente então a pesquisa e avalie quais ações sugeridas podem ser implantadas em
sua casa.
Planeje com sua família e se possível, envolva seus vizinhos nas iniciativas.
Pode ser uma alternativa economicamente viável, se uma rua inteira for contemplada, ou
todo o condomínio, para que localmente se construa a solução de gestão e do manejo ambiental,
adequados a tratar da forma correta os recursos e as pessoas.
Ser ambientalista hoje é importante, e não só para quem admira a Natureza e pensa em
salvar o planeta.
É a forma de melhorar a nossa vida, já não temos alternativa.
Promover  um  melhor  uso  dos  recursos  não  depende  somente  dos  governos  e  das
empresas.  Ao  pensar  no  assunto,  notamos  que  nossa  contribuição  individual  pode  significar
muito em nosso universo de atuação.
E compartilhar o aprendizado ajuda a mobilizar várias outras pessoas.
Qual o legado de seu trabalho?
Quais os meios de compensar, ao menos parte da sua pegada ecológica.
PRECICLAGEM
 
Pense antes de adquirir algo, em toda sua jornada, e o que vai causar no descarte.
 
Repensar o valor e o preço, a durabilidade, o volume de lixo...
Reduzir o uso de combustíveis e exercitar­se...
Reaproveitar o que for possível...
Reciclar os materiais: livros, revistas podem ser deixados em terminais rodoviários...
Replicar o modo de operar o controle remoto a favor da sustentabilidade...
Reclamar se o feirante não tiver alimentos orgânicos...
Retribuir à Terra pela oportunidade diária...
 
 
ERA DO PLÁSTICO E DA PILHA
 
            Verifica­se na história da humanidade a denominação de eras como marcos temporais
relacionados  aos  momentos  de  transição  da  capacidade  humana  de  transformar  materiais  em
objetos e de engendrar seu próprio desenvolvimento, a partir dos recursos que estiveram ao seu
alcance.
Por exemplo, tivemos a era da Pedra lascada, da Pedra Polida, dos Metais.
Durante  cada  uma  destas,  foram  notáveis  os  avanços  conquistados  pela  mente  e  ação
humana,  desde  a  criação  das  primeiras  ferramentas  rudimentares  (roda,  cunha,  martelo,  fuso,
alavanca, eixo, pêndulo, mola, lente), ao domínio do fogo, da agricultura, matemática e política,
até  a  nanotecnologia  difícil  de  explicar,  mas  onipresente  nos  equipamentos  e  aparelhos
eletrônicos que fazem parte de nosso cotidiano, os quais permitem inclusive, o acesso a este
trabalho por leitores de qualquer lugar do mundo.
Pode ser que hoje estejamos vivenciando a era do Plástico e da Pilha.
Nos quarenta anos recentes houve expressiva profusão de objetos confeccionados à base
de polímeros derivados de petróleo, em substituição a materiais como cerâmica, louça, metal,
vidro, madeira e papel, cestos e tecidos de fibras naturais.
A disponibilização da matéria plástica também impactou em crescimento relevante para
as indústrias petroquímicas.
Indústrias  dos  outros  setores  também  incrementaram  seus  negócios  ao  adotarem
materiais leves e coloridos, como se isso significasse agregação de valor aos seus produtos. E o
público  consumidor,  acompanhando  as  campanhas  publicitárias,  em  certa  medida  passou  a
preferir e depender de tais materiais.
Com a industrialização e ampliação do aceso aos bens de consumo a vida tende a exigir
menos esforço físico, e até pode sobrar mais tempo para se estar em família, socializar, praticar
o altruísmo, lazer contemplativo, esportes, meditar sobre a vida.
Mas ao economizar tempo nas atividades de sobrevivência, sobrou mais tempo também
para dedicar­se às atividades que demandam o uso de automóveis e aparelhos eletroeletrônicos,
consolidando assim o uso massivo de combustíveis fósseis, pilhas e baterias.
Estamos experimentando algumas das consequências nocivas ocasionadas pela produção
e lançamento na biosfera de gases proveniente da queima de combustíveis fósseis, agrotóxicos,
dejetos industriais.
 E em meio a tantos aparelhos que atravessam as ruas diariamente, é de se pensar quanta
atenção se dá ao descarte adequado de tais aparelhos, suas pilhas e baterias.
Pilhas e baterias são agrupamentos de metais capazes de gerar energia elétrica.
Alguns  modelos  incluem  em  sua  composição  metais  pesados  como  cádmio  chumbo,
cromo,  mercúrio,  níquel,  zinco,  dentre  outras  substâncias,  que  se  forem  descartados
inadequadamente chegam ao solo e pela água se acumulam nos organismos, ocasionando várias
enfermidades. Sabe quantas pilhas são vendidas e onde são descartadas diariamente?
Prefira as pilhas recarregáveis e pesquise onde se pode descartar lixo eletrônico.
Verifique  em  sua  cidade  quais  são  os  pontos  de  coleta  de  aparelhos  usados,  pilhas  e
baterias para fazer o descarte adequado.
Normalmente  as  lojas  de  operadoras  de  celular  possuem  esse  tipo  de  coleta,  além  de
outras instituições.
Informe­se e antes de trocar de aparelho, pense bem!
 
 
OPERE O CONTROLE REMOTO
 
ÁGUA (use com moderação)
 
Economize água, o maior patrimônio da humanidade.
 
 
 
A água é um bem fundamental para a continuidade da vida. A disponibilidade da água
interfere em nossa história, cultura, modos de vida. Ela está presente em toda parte e em
aproximadamente 70% de nosso organismo.
O Brasil é o país mais rico do mundo em recursos hídricos, com aproximadamente 13%
da água doce disponível na Terra, porém sua distribuição é desigual. O acesso à água potável
dependerá cada vez mais de sua gestão eficiente e responsável, de forma a se evitar a escassez.
Preserve os mananciais construindo fossa séptica, filtro anaeróbio e sumidouro, caso sua
rua não tenha tratamento de esgoto, de modo a não contaminar os lençóis freáticos.
Replante as matas ciliares e não interfira no leito natural dos rios e nascentes.
Não realize queimadas, nem solte balões. Ao invés de causar poluição sonora e gastar
seu dinheiro com fogos de artifício, valorize e contrate artistas locais quando for comemorar!
Economize energia elétrica para que não de tenha de construir mais reservatórios, que
modificam a harmonia natural do fluxo de águas.
Captar e armazenar água da chuva, utilizar a capacidade de peso em roupa por ciclo de
lavagem e reutilizar água da máquina de lavar roupas, instalar sistemas de descarga inteligentes
com menor vazão, adotar o banho rápido, não despejar óleo pelo ralo e utilizar menos produtos
químicos não biodegradáveis são atos simples de por em prática.
Mantenha limpos e tampados os poços, cisternas e caixas d’água.
Um filtro de barro pode suprir uma família inteira com água purificada, sem ter de se
recorrer à compra de água mineral.
 
 
HORTA CASEIRA
 
Implante uma horta caseira.
Mesmo em pequenos espaços e até em apartamento que receba sol é possível cultivar em
vasos, condimentos e alimentos, sem venenos.
Realize a compostagem doméstica com o “lixo verde” (restos em geral): aparas de grama,
poda de arbustos e árvores, folhas, flores, frutos, cascas de legumes e ovos, borra de café e
chimarrão, saquinho de chá, algas secas, esterco curtido, húmus de minhoca.
O composto orgânico é um revitalizador do solo que contribuirá para o sucesso de suas
atividades de jardinagem e horticultura.
Utilize integralmente cada alimento, preferindo adquiri­los frescos, a granel e reaproveitando
suas embalagens.
Quanto mais campanhas publicitárias veiculadas em redes nacionais de emissoras,
embalagens e processos industriais na fabricação desse alimento, tanto mais caro, poluído e
pobre em energia.
Além dos danos causados na fabricação e consumo de parafina, tintas, colas, agrotóxicos,
aromatizantes, corantes, antioxidantes, conservantes, antiuumectantes, estabilizantes, corantes,
acidulantes.
 Reduza a ingestão de alimentos de origem animal e diversifique o cardápio com vegetais.
Dependendo do espaço disponível, do clima e do solo de sua região, você pode cultivar e utilizar
em sua alimentação: abóbora, abacate, abacaxi, abricó, açafrão, açaí, acelga, acerola, açúcar­
mascavo, agrião, aipo, alecrim, alface, alho, almeirão, ameixa, amêndoas, amendoim, amora,
araticum, arroz, aspargos, aveia, azeitonas, banana, batatas, berinjela, bertalha, beterraba, birí­
birí, boldo, brócolis, brotos, buriti, cacau, caju, camboinha, cambucá, cambucí, cana, canela,
caqui, cará, carambola, carqueja, castanhas, catuaba, cebola, cenoura, cereja, cevada, chicória,
chuchu, cidreira, coalhada, coco, coentro, cogumelos, cominho, couve, cravo, cupuaçú,
damasco, dendê, erva­doce, ervilhas, espinafre, feijões, figo, gengibre, gergelim, goiaba,
granola, grão­de­bico, graviola, guando, guaraná, hortelã, ingá, inhame, jabuticaba, jaca, jambo,
jenipapo, jiló, juá, jurubeba, kiwi, laranja, levedo de cerveja, limão, louro, maçã, mamão,
manga, mangaba, manjericão, maracujá, marapuama, marmelo, maxixe, mel de abelhas, melaço,
melancia, melão, milho, morango, mostarda, murucí, nabo, nêspera, nozes, ora pro nobis,
orégano, palma, palmito, passas, patioba, pepino, pequí, pequiá, pêra, pêssego, pimentas, pinha,
pitanga, pitomba, pupunha, queijo, quiabo, quinoa, rabanete, repolho, romã, rúcula, saião, salsa,
sálvia, sapotí, segurelha, serigüela, serralha, taioba, tamarindo, tanchagem, tangerina, taperebá,
tomate, tomilho, trigo, tucumã, umbu, urucum, uva, uvaia, uxí, entre outras excelentes fontes de
vitaminas, sais minerais, aminoácidos, proteínas, energia e água.
 
REARBORIZAÇÃO
 
Plante árvores a cada estação do ano, dê preferência a essências nativas e frutíferas.
Obtenha informação sobre as espécies mais adequadas ao plantio em cada local, evitando
assim problemas futuros com a rede elétrica, tubulações, queda de frutos, etc.
 
 
COMPRA SELETIVA
 
Ajude a diminuir a montanha de plástico, papel, latas, vidros, sacos, pvc, isopor, metais,
caixas  e  outros  tipos  de  embalagens  que  só  encarecem  os  produtos  e  podem  contaminar  os
alimentos.
Apoie a coleta seletiva.  LIXO pode ser MATÉRIA PRIMA.
Lixo  acumulado,  entulho  e  materiais  empilhados  podem  animais  transmissores  de
doenças. Mantenha limpo e organizado seu quintal.
Ajude a combater os focos de proliferação de mosquitos da dengue mantendo tampados
ou de boca virada para baixo os reservatórios de água.
Reaproveite os materiais de construção (entulho pode virar bloco de construção).
Se for utilizar madeira nova prefira as de reflorestamento.
 
 
UTILIZE SUA MÁQUINA CORPORAL
 
Caminhar e pedalar são hábitos que além de trazer benefícios à saúde, ocasionam muito
menos poluição do que o uso de veículos automotores.
Reduza  a  emissão  de  gases  poluentes  de  efeito  estufa  provenientes  da  queima  de
combustíveis fósseis (gasolina, diesel, querosene, gás de cozinha).
Ande  mais  a  pé  e  use  o  transporte  coletivo.  Quando  dirigir  mantenha  regulado  seu
veículo e respeite as normas de tráfego.
Ajude a conscientizar outros motoristas da importância da direção defensiva.
Nunca dirija quando ingerir bebida alcoólica.
 
 
SEJA UM CRIADOR CONSCIENTE
 
Busque orientar aos criadores de cães, cavalos e bois sobre os acidentes que esses animais
podem causar se estiverem soltos nas ruas e à beira de estradas.
Oferecer  água  e  ração  a  cães  e  gatos  soltos  nas  ruas  pode  até  parecer  um  ato  de
solidariedade, mas se desejar verdadeiramente ajudar um animal adote­o, vacine­o, e dedique­se
a ele dentro dos limites de sua habitação.
Leve­o para passear em coleira apropriada.
Se não tiver espaço, mas tiver boa vontade de ajudar, procure alguma organização que cuida
de animais e os disponibiliza para adoção. Tais organizações têm demanda contínua por doações
de ração e de recursos financeiros para continuidade de seu trabalho.
Em vez de mantê­las presas em gaiolas, saiba como atrair aves para seu quintal e jardim.
Denuncie  à  Associação  de  Proteção  aos  Animais,  ainda  que  em  anonimato,  maus  tratos
observados.
 
DESESTIMULE A ILEGALIDADE
 
Não  adquira  plantas  e  animais  que  tenham  sido  ilegalmente  extraídos  de  seus  ambientes
naturais.
Procure sensibilizar as pessoas que tem a caça como hobby, que este é um ato incivilizado,
cruel e desumano, que tira suas alegrias do sofrimento alheio.
Conheça a Lei de Crimes Ambientais.
 
PROATIVIDADE
 
Não  seja  omisso.  Informe­se  sobre  a  AGENDA  21  LOCAL  e  saiba  como  você  pode
colaborar para elevar a qualidade de vida em seu município.  
Exerça sua cidadania elegendo candidatos que apresentem propostas sensatas.
Pesquise seu passado e avalie se realmente merece seu voto.
Quem não participa das decisões, não pode reclamar ou exigir resultados.
O controle remoto está em nossas mãos. Contribua para divulgar estas e outras dicas em prol
do desenvolvimento sustentável em sua região.
 
Agradecimentos
 
            À equipe da Revista Educação Ambiental em Ação;
Ao Ed Meirelles pelas ilustrações;
Aos colegas do PPGPDS, pelas sugestões acolhidas durante o Mestrado.
 
Para saber mais acesse
 
Bioarquitetura
 
Agroecologia
 
Consumo consciente
 
O veneno está na mesa
 
A natureza está falando
 
Objetivos do Desenvolvimento Sustentável
 
 
 
 Início       Cadastre­se!       Procurar       Submeter artigo       Contato

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a O controle remoto está ao nosso alcance

Consumo prev drogas_meio escolar
Consumo prev drogas_meio escolarConsumo prev drogas_meio escolar
Consumo prev drogas_meio escolarCristiana Gomes
 
Educacao em Saude - RMSF Betim
Educacao em Saude - RMSF BetimEducacao em Saude - RMSF Betim
Educacao em Saude - RMSF BetimLeonardo Savassi
 
Ensino de Habilidades Básicas para Pessoas com Autismo.pdf
Ensino de Habilidades Básicas para Pessoas com Autismo.pdfEnsino de Habilidades Básicas para Pessoas com Autismo.pdf
Ensino de Habilidades Básicas para Pessoas com Autismo.pdfFbioMoraes47
 
Apresentacao de ponta grossa
Apresentacao de ponta grossaApresentacao de ponta grossa
Apresentacao de ponta grossaPriscila Alves
 
Educação Ambiental e Mudanças de Hábitos
Educação Ambiental e Mudanças de HábitosEducação Ambiental e Mudanças de Hábitos
Educação Ambiental e Mudanças de Hábitoscarlosbidu
 
IAPS 3 UFMG Educação em saúde mudança de comportamento e habilidade de comuni...
IAPS 3 UFMG Educação em saúde mudança de comportamento e habilidade de comuni...IAPS 3 UFMG Educação em saúde mudança de comportamento e habilidade de comuni...
IAPS 3 UFMG Educação em saúde mudança de comportamento e habilidade de comuni...Leonardo Savassi
 
Portfolio_Trilha_Meio_Ambiente_e_Sociedade.pdf
Portfolio_Trilha_Meio_Ambiente_e_Sociedade.pdfPortfolio_Trilha_Meio_Ambiente_e_Sociedade.pdf
Portfolio_Trilha_Meio_Ambiente_e_Sociedade.pdfjanainadfsilva
 
AVi - Um Mundo de Novas Possibilidades
AVi - Um Mundo de Novas PossibilidadesAVi - Um Mundo de Novas Possibilidades
AVi - Um Mundo de Novas PossibilidadesRubens Mancini
 
5MIN INTERESSANTES | R3SET by Marta Bilbao
5MIN INTERESSANTES | R3SET by Marta Bilbao5MIN INTERESSANTES | R3SET by Marta Bilbao
5MIN INTERESSANTES | R3SET by Marta BilbaoNOSSA
 
5MIN INTERESSANTES | R3SET by Marta Bilbão.pdf
5MIN INTERESSANTES | R3SET by Marta Bilbão.pdf5MIN INTERESSANTES | R3SET by Marta Bilbão.pdf
5MIN INTERESSANTES | R3SET by Marta Bilbão.pdfNOSSA8
 
Semana Mundial da Amamentação 2017 WABA Brasil - folder de ação
Semana Mundial da Amamentação 2017 WABA Brasil - folder de ação Semana Mundial da Amamentação 2017 WABA Brasil - folder de ação
Semana Mundial da Amamentação 2017 WABA Brasil - folder de ação Prof. Marcus Renato de Carvalho
 

Semelhante a O controle remoto está ao nosso alcance (20)

4403 14375-1-pb
4403 14375-1-pb4403 14375-1-pb
4403 14375-1-pb
 
P8-11_CH343_Entrevista
P8-11_CH343_EntrevistaP8-11_CH343_Entrevista
P8-11_CH343_Entrevista
 
Maria Helena Larcher Caliri
Maria Helena Larcher CaliriMaria Helena Larcher Caliri
Maria Helena Larcher Caliri
 
Consumo prev drogas_meio escolar
Consumo prev drogas_meio escolarConsumo prev drogas_meio escolar
Consumo prev drogas_meio escolar
 
Educacao em Saude - RMSF Betim
Educacao em Saude - RMSF BetimEducacao em Saude - RMSF Betim
Educacao em Saude - RMSF Betim
 
Ensino de Habilidades Básicas para Pessoas com Autismo.pdf
Ensino de Habilidades Básicas para Pessoas com Autismo.pdfEnsino de Habilidades Básicas para Pessoas com Autismo.pdf
Ensino de Habilidades Básicas para Pessoas com Autismo.pdf
 
Ajuri 2009-2011
Ajuri 2009-2011Ajuri 2009-2011
Ajuri 2009-2011
 
Apresentacao de ponta grossa
Apresentacao de ponta grossaApresentacao de ponta grossa
Apresentacao de ponta grossa
 
Educação Ambiental e Mudanças de Hábitos
Educação Ambiental e Mudanças de HábitosEducação Ambiental e Mudanças de Hábitos
Educação Ambiental e Mudanças de Hábitos
 
IAPS 3 UFMG Educação em saúde mudança de comportamento e habilidade de comuni...
IAPS 3 UFMG Educação em saúde mudança de comportamento e habilidade de comuni...IAPS 3 UFMG Educação em saúde mudança de comportamento e habilidade de comuni...
IAPS 3 UFMG Educação em saúde mudança de comportamento e habilidade de comuni...
 
Portfolio_Trilha_Meio_Ambiente_e_Sociedade.pdf
Portfolio_Trilha_Meio_Ambiente_e_Sociedade.pdfPortfolio_Trilha_Meio_Ambiente_e_Sociedade.pdf
Portfolio_Trilha_Meio_Ambiente_e_Sociedade.pdf
 
Pre projeto ufrr
Pre projeto ufrrPre projeto ufrr
Pre projeto ufrr
 
AVi - Um Mundo de Novas Possibilidades
AVi - Um Mundo de Novas PossibilidadesAVi - Um Mundo de Novas Possibilidades
AVi - Um Mundo de Novas Possibilidades
 
Coromandel meio ambiente g3
Coromandel meio ambiente g3Coromandel meio ambiente g3
Coromandel meio ambiente g3
 
Atividade 4 roselioliveira
Atividade 4 roselioliveiraAtividade 4 roselioliveira
Atividade 4 roselioliveira
 
5MIN INTERESSANTES | R3SET by Marta Bilbao
5MIN INTERESSANTES | R3SET by Marta Bilbao5MIN INTERESSANTES | R3SET by Marta Bilbao
5MIN INTERESSANTES | R3SET by Marta Bilbao
 
5MIN INTERESSANTES | R3SET by Marta Bilbão.pdf
5MIN INTERESSANTES | R3SET by Marta Bilbão.pdf5MIN INTERESSANTES | R3SET by Marta Bilbão.pdf
5MIN INTERESSANTES | R3SET by Marta Bilbão.pdf
 
Semana Mundial da Amamentação 2017 WABA Brasil - folder de ação
Semana Mundial da Amamentação 2017 WABA Brasil - folder de ação Semana Mundial da Amamentação 2017 WABA Brasil - folder de ação
Semana Mundial da Amamentação 2017 WABA Brasil - folder de ação
 
Jornal Linneu 6 maio 2023.pdf
Jornal Linneu 6 maio 2023.pdfJornal Linneu 6 maio 2023.pdf
Jornal Linneu 6 maio 2023.pdf
 
Webquest genética e biotecnologia
Webquest genética e  biotecnologiaWebquest genética e  biotecnologia
Webquest genética e biotecnologia
 

Mais de José André

[Artigo] Implantação do Horto Escola Jardim Vital
[Artigo] Implantação do Horto Escola Jardim Vital[Artigo] Implantação do Horto Escola Jardim Vital
[Artigo] Implantação do Horto Escola Jardim VitalJosé André
 
[Artigo] benefícios da compostagem doméstica de resíduos orgânicos
[Artigo]   benefícios da compostagem doméstica de resíduos orgânicos[Artigo]   benefícios da compostagem doméstica de resíduos orgânicos
[Artigo] benefícios da compostagem doméstica de resíduos orgânicosJosé André
 
[Artigo] - PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA CONSERVAÇÃO DA FLORA BRASILEIR...
[Artigo] - PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA CONSERVAÇÃO DA FLORA BRASILEIR...[Artigo] - PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA CONSERVAÇÃO DA FLORA BRASILEIR...
[Artigo] - PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA CONSERVAÇÃO DA FLORA BRASILEIR...José André
 
Monteiro 2015 Conservação ex situ de espécies ameaçadas da flora brasileira: ...
Monteiro 2015 Conservação ex situ de espécies ameaçadas da flora brasileira: ...Monteiro 2015 Conservação ex situ de espécies ameaçadas da flora brasileira: ...
Monteiro 2015 Conservação ex situ de espécies ameaçadas da flora brasileira: ...José André
 
[Artigo] Educação ambiental no âmbito familiar
[Artigo]   Educação ambiental no âmbito familiar[Artigo]   Educação ambiental no âmbito familiar
[Artigo] Educação ambiental no âmbito familiarJosé André
 
[Artigo] a pé onde a natureza acontece revista educação ambiental em ação 50
[Artigo]   a pé onde a natureza acontece revista educação ambiental em ação 50[Artigo]   a pé onde a natureza acontece revista educação ambiental em ação 50
[Artigo] a pé onde a natureza acontece revista educação ambiental em ação 50José André
 
Monteiro & NunesFreitas 2014 IX FPG UFRRJ
Monteiro & NunesFreitas 2014 IX FPG UFRRJMonteiro & NunesFreitas 2014 IX FPG UFRRJ
Monteiro & NunesFreitas 2014 IX FPG UFRRJJosé André
 
A educação ambiental desenvolvida no jardim botânico plantarum em 2012 josé a...
A educação ambiental desenvolvida no jardim botânico plantarum em 2012 josé a...A educação ambiental desenvolvida no jardim botânico plantarum em 2012 josé a...
A educação ambiental desenvolvida no jardim botânico plantarum em 2012 josé a...José André
 
Jardim Botânico Plantarum apresentação
Jardim Botânico Plantarum apresentaçãoJardim Botânico Plantarum apresentação
Jardim Botânico Plantarum apresentaçãoJosé André
 
MONTEIRO et al. Projeto Político Pedagógico do Jardim Botânico Plantarum
MONTEIRO et al. Projeto Político Pedagógico do Jardim Botânico PlantarumMONTEIRO et al. Projeto Político Pedagógico do Jardim Botânico Plantarum
MONTEIRO et al. Projeto Político Pedagógico do Jardim Botânico PlantarumJosé André
 
CONSERVAÇÃO DE Victoria amazonica (NYMPHEACEAE) NO JARDIM BOTÂNICO PLANTARUM
CONSERVAÇÃO DE Victoria amazonica (NYMPHEACEAE) NO JARDIM BOTÂNICO PLANTARUM CONSERVAÇÃO DE Victoria amazonica (NYMPHEACEAE) NO JARDIM BOTÂNICO PLANTARUM
CONSERVAÇÃO DE Victoria amazonica (NYMPHEACEAE) NO JARDIM BOTÂNICO PLANTARUM José André
 
CONSERVAÇÃO EX SITU DE ESPÉCIES AMEAÇADAS: O EXEMPLO DA FAMÍLIA AMARYLLIDACEA...
CONSERVAÇÃO EX SITU DE ESPÉCIES AMEAÇADAS: O EXEMPLO DA FAMÍLIA AMARYLLIDACEA...CONSERVAÇÃO EX SITU DE ESPÉCIES AMEAÇADAS: O EXEMPLO DA FAMÍLIA AMARYLLIDACEA...
CONSERVAÇÃO EX SITU DE ESPÉCIES AMEAÇADAS: O EXEMPLO DA FAMÍLIA AMARYLLIDACEA...José André
 
Sala Verde Inhotim Informativo 13
Sala Verde Inhotim   Informativo 13Sala Verde Inhotim   Informativo 13
Sala Verde Inhotim Informativo 13José André
 
Sala Verde Inhotim Informativo 05
Sala Verde Inhotim   Informativo 05Sala Verde Inhotim   Informativo 05
Sala Verde Inhotim Informativo 05José André
 
Sala Verde Inhotim Informativo 01
Sala Verde Inhotim   Informativo 01Sala Verde Inhotim   Informativo 01
Sala Verde Inhotim Informativo 01José André
 
Sala Verde Inhotim Informativo 22
Sala Verde Inhotim   Informativo 22Sala Verde Inhotim   Informativo 22
Sala Verde Inhotim Informativo 22José André
 
Sala Verde Inhotim Informativo 09
Sala  Verde  Inhotim    Informativo 09Sala  Verde  Inhotim    Informativo 09
Sala Verde Inhotim Informativo 09José André
 
Sala Verde Inhotim Informativo 10
Sala  Verde  Inhotim    Informativo 10Sala  Verde  Inhotim    Informativo 10
Sala Verde Inhotim Informativo 10José André
 
Sala Verde Inhotim Informativo 02
Sala  Verde  Inhotim    Informativo 02Sala  Verde  Inhotim    Informativo 02
Sala Verde Inhotim Informativo 02José André
 
Sala Verde Inhotim Informativo 12
Sala  Verde  Inhotim    Informativo 12Sala  Verde  Inhotim    Informativo 12
Sala Verde Inhotim Informativo 12José André
 

Mais de José André (20)

[Artigo] Implantação do Horto Escola Jardim Vital
[Artigo] Implantação do Horto Escola Jardim Vital[Artigo] Implantação do Horto Escola Jardim Vital
[Artigo] Implantação do Horto Escola Jardim Vital
 
[Artigo] benefícios da compostagem doméstica de resíduos orgânicos
[Artigo]   benefícios da compostagem doméstica de resíduos orgânicos[Artigo]   benefícios da compostagem doméstica de resíduos orgânicos
[Artigo] benefícios da compostagem doméstica de resíduos orgânicos
 
[Artigo] - PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA CONSERVAÇÃO DA FLORA BRASILEIR...
[Artigo] - PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA CONSERVAÇÃO DA FLORA BRASILEIR...[Artigo] - PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA CONSERVAÇÃO DA FLORA BRASILEIR...
[Artigo] - PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA CONSERVAÇÃO DA FLORA BRASILEIR...
 
Monteiro 2015 Conservação ex situ de espécies ameaçadas da flora brasileira: ...
Monteiro 2015 Conservação ex situ de espécies ameaçadas da flora brasileira: ...Monteiro 2015 Conservação ex situ de espécies ameaçadas da flora brasileira: ...
Monteiro 2015 Conservação ex situ de espécies ameaçadas da flora brasileira: ...
 
[Artigo] Educação ambiental no âmbito familiar
[Artigo]   Educação ambiental no âmbito familiar[Artigo]   Educação ambiental no âmbito familiar
[Artigo] Educação ambiental no âmbito familiar
 
[Artigo] a pé onde a natureza acontece revista educação ambiental em ação 50
[Artigo]   a pé onde a natureza acontece revista educação ambiental em ação 50[Artigo]   a pé onde a natureza acontece revista educação ambiental em ação 50
[Artigo] a pé onde a natureza acontece revista educação ambiental em ação 50
 
Monteiro & NunesFreitas 2014 IX FPG UFRRJ
Monteiro & NunesFreitas 2014 IX FPG UFRRJMonteiro & NunesFreitas 2014 IX FPG UFRRJ
Monteiro & NunesFreitas 2014 IX FPG UFRRJ
 
A educação ambiental desenvolvida no jardim botânico plantarum em 2012 josé a...
A educação ambiental desenvolvida no jardim botânico plantarum em 2012 josé a...A educação ambiental desenvolvida no jardim botânico plantarum em 2012 josé a...
A educação ambiental desenvolvida no jardim botânico plantarum em 2012 josé a...
 
Jardim Botânico Plantarum apresentação
Jardim Botânico Plantarum apresentaçãoJardim Botânico Plantarum apresentação
Jardim Botânico Plantarum apresentação
 
MONTEIRO et al. Projeto Político Pedagógico do Jardim Botânico Plantarum
MONTEIRO et al. Projeto Político Pedagógico do Jardim Botânico PlantarumMONTEIRO et al. Projeto Político Pedagógico do Jardim Botânico Plantarum
MONTEIRO et al. Projeto Político Pedagógico do Jardim Botânico Plantarum
 
CONSERVAÇÃO DE Victoria amazonica (NYMPHEACEAE) NO JARDIM BOTÂNICO PLANTARUM
CONSERVAÇÃO DE Victoria amazonica (NYMPHEACEAE) NO JARDIM BOTÂNICO PLANTARUM CONSERVAÇÃO DE Victoria amazonica (NYMPHEACEAE) NO JARDIM BOTÂNICO PLANTARUM
CONSERVAÇÃO DE Victoria amazonica (NYMPHEACEAE) NO JARDIM BOTÂNICO PLANTARUM
 
CONSERVAÇÃO EX SITU DE ESPÉCIES AMEAÇADAS: O EXEMPLO DA FAMÍLIA AMARYLLIDACEA...
CONSERVAÇÃO EX SITU DE ESPÉCIES AMEAÇADAS: O EXEMPLO DA FAMÍLIA AMARYLLIDACEA...CONSERVAÇÃO EX SITU DE ESPÉCIES AMEAÇADAS: O EXEMPLO DA FAMÍLIA AMARYLLIDACEA...
CONSERVAÇÃO EX SITU DE ESPÉCIES AMEAÇADAS: O EXEMPLO DA FAMÍLIA AMARYLLIDACEA...
 
Sala Verde Inhotim Informativo 13
Sala Verde Inhotim   Informativo 13Sala Verde Inhotim   Informativo 13
Sala Verde Inhotim Informativo 13
 
Sala Verde Inhotim Informativo 05
Sala Verde Inhotim   Informativo 05Sala Verde Inhotim   Informativo 05
Sala Verde Inhotim Informativo 05
 
Sala Verde Inhotim Informativo 01
Sala Verde Inhotim   Informativo 01Sala Verde Inhotim   Informativo 01
Sala Verde Inhotim Informativo 01
 
Sala Verde Inhotim Informativo 22
Sala Verde Inhotim   Informativo 22Sala Verde Inhotim   Informativo 22
Sala Verde Inhotim Informativo 22
 
Sala Verde Inhotim Informativo 09
Sala  Verde  Inhotim    Informativo 09Sala  Verde  Inhotim    Informativo 09
Sala Verde Inhotim Informativo 09
 
Sala Verde Inhotim Informativo 10
Sala  Verde  Inhotim    Informativo 10Sala  Verde  Inhotim    Informativo 10
Sala Verde Inhotim Informativo 10
 
Sala Verde Inhotim Informativo 02
Sala  Verde  Inhotim    Informativo 02Sala  Verde  Inhotim    Informativo 02
Sala Verde Inhotim Informativo 02
 
Sala Verde Inhotim Informativo 12
Sala  Verde  Inhotim    Informativo 12Sala  Verde  Inhotim    Informativo 12
Sala Verde Inhotim Informativo 12
 

Último

Apresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao AssédioApresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao Assédioifbauab
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxMartin M Flynn
 
00Certificado - MBA - Gestão de projetos
00Certificado - MBA - Gestão de projetos00Certificado - MBA - Gestão de projetos
00Certificado - MBA - Gestão de projetosLeonardoHenrique931183
 
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimentoApresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimentoPedroFerreira53928
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 
manual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdf
manual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdfmanual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdf
manual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdfLeandroTelesRocha2
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Rosana Andrea Miranda
 
Desastres ambientais e vulnerabilidadess
Desastres ambientais e vulnerabilidadessDesastres ambientais e vulnerabilidadess
Desastres ambientais e vulnerabilidadessRodrigoGonzlez461291
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaCludiaRodrigues693635
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
Evangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdf
Evangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdfEvangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdf
Evangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdfPastor Robson Colaço
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfPastor Robson Colaço
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxAULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxGraycyelleCavalcanti
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfrarakey779
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalcarlaOliveira438
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalcarlamgalves5
 
Atividade português 7 ano página 38 a 40
Atividade português 7 ano página 38 a 40Atividade português 7 ano página 38 a 40
Atividade português 7 ano página 38 a 40vitoriaalyce2011
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfrarakey779
 

Último (20)

Apresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao AssédioApresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao Assédio
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
 
00Certificado - MBA - Gestão de projetos
00Certificado - MBA - Gestão de projetos00Certificado - MBA - Gestão de projetos
00Certificado - MBA - Gestão de projetos
 
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimentoApresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
manual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdf
manual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdfmanual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdf
manual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdf
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Desastres ambientais e vulnerabilidadess
Desastres ambientais e vulnerabilidadessDesastres ambientais e vulnerabilidadess
Desastres ambientais e vulnerabilidadess
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
 
Evangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdf
Evangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdfEvangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdf
Evangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdf
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
 
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxAULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
Atividade português 7 ano página 38 a 40
Atividade português 7 ano página 38 a 40Atividade português 7 ano página 38 a 40
Atividade português 7 ano página 38 a 40
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
 

O controle remoto está ao nosso alcance