Herança Nicolina<br />
A Senhora Aninhas – mãe dos estudantes<br />
A senhora Aninhas era natural de Quinchães, freguesia do concelho de Fafe.<br />Mulher simples pois, de formação popular, ...
Ficava muito próximo do Internato Municipal, depois Liceu,  tornando fácil o encontro a todas as horas        do dia com g...
A Senhora Aninhas ganhou, reconhecida  por gerações de nicolinos, um espaço no seu coração e, ainda, a condição  de Mãe ou...
TRAJE NICOLINO<br />
LARGO DO CARMO<br />Local onde tem ligar a Assembleia Eleitoral       da Academia Vimaranense.                            ...
GASTRONOMIA NICOLINA<br />
BOLINHOS À MODA DA SR.ª ANINHAS  <br />RABANADAS<br />Fatias de pão de cacete passadas por água açucarada ou vinho doce   ...
CALDO DE UNTO DO CALONDRO     <br /> Água quente da cozedura da barriga de porco     ou do bacalhau é deitada sobre cebola...
PASTEIS DA JOANINHA  BOLETES   <br />Massa tenra com recheio de batata-doce ou chila ou castanhas.     <br />A Joaninha ti...
CEIA NICOLINA <br />Rojões com papas e castanhas e/ou arroz de bacalhau ou de penozas       ( pica-no-chão )<br /> Leite-c...
IRMANDADE DE S. NICOLAU<br />Fundada em 1691 com sede na Insigne e Real Colegiada de Nossa Senhora da Oliveira com o objec...
AAELG<br />Associação dos Antigos Estudantes do Liceu de Guimarães<br />- Velhos Nicolinos<br />Fundada em 1961 por um gru...
A AAELG tem sede         na Torre dos Almadas<br />
ARTESANATO<br />As Nicolinas e os seus números geraram a produção     de peças artesanais que são, hoje ainda, a memória  ...
Caixas, bombos            e lanças são ainda feitos segundo            os processos e com    os materiais tradicionais, em...
CAIXAS E BOMBOS<br />O timbre muito próprio do som       que sai destes instrumentos            de percussão só é possível...
Comissão dos Novos<br /> Anualmente é eleita uma comissão de jovens responsáveis pela realização das Festas, a quem       ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Patrimonio Nicolino

613 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Turismo
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
613
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Patrimonio Nicolino

  1. 1. Herança Nicolina<br />
  2. 2. A Senhora Aninhas – mãe dos estudantes<br />
  3. 3. A senhora Aninhas era natural de Quinchães, freguesia do concelho de Fafe.<br />Mulher simples pois, de formação popular, condizente com a sua origem modesta.<br />Vivia do rendimento que tirava do negócio, pouco vultuoso, da sua loja, ao nº 57, rés-do-chão, da Rua de Santa Maria, morando ela por cima.<br />
  4. 4. Ficava muito próximo do Internato Municipal, depois Liceu, tornando fácil o encontro a todas as horas do dia com grupos de estudantes que acarinhava, protegia, apoiava. Ao longo de várias gerações contribuiu, para a fraternidade da festa e da vivência da tradição.<br />. <br />
  5. 5. A Senhora Aninhas ganhou, reconhecida por gerações de nicolinos, um espaço no seu coração e, ainda, a condição de Mãe ou Madrinha, quantas vezes amiga, conselheira e educadora. <br />
  6. 6. TRAJE NICOLINO<br />
  7. 7. LARGO DO CARMO<br />Local onde tem ligar a Assembleia Eleitoral da Academia Vimaranense. Eram as únicas eleições livres no tempo do Estado Novo<br />
  8. 8. GASTRONOMIA NICOLINA<br />
  9. 9. BOLINHOS À MODA DA SR.ª ANINHAS <br />RABANADAS<br />Fatias de pão de cacete passadas por água açucarada ou vinho doce e depois fritas. Eram brancas ou tintas, mas doces, porque no fim eram polvilhadas por açúcar e canela.<br />
  10. 10. CALDO DE UNTO DO CALONDRO <br /> Água quente da cozedura da barriga de porco ou do bacalhau é deitada sobre cebola e ovo cozido acompanhado de pão de milho.<br />
  11. 11. PASTEIS DA JOANINHA BOLETES <br />Massa tenra com recheio de batata-doce ou chila ou castanhas. <br />A Joaninha tinha uma tasca na Praça da Oliveira e tinha sido anteriormente criada acompanhante no Convento das Clarissas onde teria aprendido a arte da doçaria de Guimarães.<br />
  12. 12. CEIA NICOLINA <br />Rojões com papas e castanhas e/ou arroz de bacalhau ou de penozas ( pica-no-chão )<br /> Leite-creme e figos e tinto carrascão.<br /> Antigamente havia ainda em alternativa sardinha assada e bolinhos de bacalhau, broa e caldo verde.<br />
  13. 13. IRMANDADE DE S. NICOLAU<br />Fundada em 1691 com sede na Insigne e Real Colegiada de Nossa Senhora da Oliveira com o objectivo de promover o culto e veneração ao seu padroeiro, S. Nicolau, Bispo de Mira.<br />
  14. 14. AAELG<br />Associação dos Antigos Estudantes do Liceu de Guimarães<br />- Velhos Nicolinos<br />Fundada em 1961 por um grupo de Velhos Nicolinos que faziam a sua ceia no Jordão<br />Tornou-se uma instituição importante pois durante quase meio século albergou a Alma e o Espírito Nicolino e dinamizou a Festa com uma nova geração, a da década de 60.<br />
  15. 15. A AAELG tem sede na Torre dos Almadas<br />
  16. 16. ARTESANATO<br />As Nicolinas e os seus números geraram a produção de peças artesanais que são, hoje ainda, a memória do trabalho do artesão.<br />Para além, da simbologia e dos valores que encerram, as Nicolinas são também agente de preservação do património artesanal, o que lhes confere um papel cultural precioso.<br />
  17. 17. Caixas, bombos e lanças são ainda feitos segundo os processos e com os materiais tradicionais, em que o trabalho é todo manual, com o apoio de uma ou outra máquina, alimentada também pela energia muscular.<br />
  18. 18. CAIXAS E BOMBOS<br />O timbre muito próprio do som que sai destes instrumentos de percussão só é possível porque os materiais de que são feitos continuam os mesmos de há séculos e a forma como são trabalhados mantém-se.<br />
  19. 19. Comissão dos Novos<br /> Anualmente é eleita uma comissão de jovens responsáveis pela realização das Festas, a quem é reconhecida autoridade para o cumprimento dos objectivos da Festa ao Santo.<br />Os números das Festas são organizados conforme a garra e voluntariedade dos jovens que a compõem. <br />

×