Reencarnação:processo universal de aplicação dos    códigos de                                          Jorge Hessenjustiç...
As primeiras referências à idéia dereencarnação se perdem na história.Temos notícias dela há dois mil equinhentos    anos,...
Neste mesmo período, Pitágoras, filósofoe matemático, grego, nascido por volta doano 580 a.C., dizia que a alma era imorta...
Pelas fontes históricas, é a primeiravez que a teoria da reencarnação foimencionada no Ocidente.Posteriormente, Platão (42...
Nos primeiros séculos, muitos gruposcristãos, majoritários, defenderam apalingenesia especialmente os gnósticos,com sua vi...
Para os "donos" do poderclerical o chamado"origenismo" tornava-senefasto e tumultuavamormente a Palestina, emface disso o ...
O imperador escreveu um tratado contraOrígenes e levou o "dono" da igreja deConstantinopla a reunir um sínodo em 543,que c...
Dez anos depois, com a aquiescênciaambígua do papa Virgílio, o ImperadorJustiniano convocou o II Concílio deConstantinopla...
E a reencarnação foi definitivamentebanida dos preceito de direitoeclesiástico. Lógico! a Igreja estavadefendendo nesse at...
Antes disso, no século III o notávelClemente de Alexandria observou em suaobra Stromata (Miscelâneas): "A hipótesede Basíl...
Nessa mesma época Tertuliano, o primeiroautor cristão a escrever em latim, negandoa metempsicose, se expressa muitas vezes...
E quão mais ridículo é o ensino herdado(pagão) de que o espírito humano devereaparecer em um cão, cavalo ou pavão!".Fica e...
A tese da metempsicose conflitava amente de alguns teólogos, questão que arigor só foi melhor esclarecida com aadvento do ...
Em outro ponto de sua obra As InstitutasDivinas, ele afirma: "Pitágoras insiste queas almas migram de corpos desgastadospe...
Ele também diz que asmesmas almas sãoreproduzidas ora em umhomem, ora em umaovelha, ora em um animalselvagem, ora em umpás...
Outro testemunho importante vemde Santo Agostinho. Ele estavafamiliarizado com as teorias dereencarnação tanto maniqueísta...
Em um comentário sobre Gênesis,ele rejeitou como contrária à fécristã a idéia de que as almashumanas retornavam em corpos ...
Em A Cidade de Deus o bispo de Hiponaobserva que, embora o filósofoneoplatônico Porfírio tenha rejeitadoesse conceito ensi...
Atualmente para alguns cristãos a"prova" da unicidade da vida humanaestá inserta no cap. 9 versículo 27 dacarta de Paulo a...
No debate, os convictos da unicidadeproclamam a ressurreição , mas sobreesse fenômeno sobrenatural é imperiosorefletir sob...
Jesus asseverou que a verdadelibertaria o homem, se a verdade(reencarnação) está sendo negada aoscristãos atualmente, fica...
Na máxima "nascer, viver, morrer,renascer       ainda      e    progredirincessantemente,      tal    é  a   Lei"encontram...
Que Deus abençoe    a todos!
Montagem e Apresentação:Samara Luiza de Castro Hessen
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Reencarnação ok

248 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
248
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
38
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Reencarnação ok

  1. 1. Reencarnação:processo universal de aplicação dos códigos de Jorge Hessenjustiça nas leis do E-Mail: jorgehessen@gmail.com Site: http://meuwebsite.com.br/jorgehessen criador
  2. 2. As primeiras referências à idéia dereencarnação se perdem na história.Temos notícias dela há dois mil equinhentos anos, nas Upanichades[escrituras sagradas do hinduísmo], atéhoje a maior religião da Índia.
  3. 3. Neste mesmo período, Pitágoras, filósofoe matemático, grego, nascido por volta doano 580 a.C., dizia que a alma era imortale, depois da morte do corpo, ela ocupavaoutro corpo -palingenesia - às vezes, deum animal - metempsicose [teseequivocada do matemático].
  4. 4. Pelas fontes históricas, é a primeiravez que a teoria da reencarnação foimencionada no Ocidente.Posteriormente, Platão (429-347a.C.), também filósofo grego,discípulo de Sócrates , ensinava quea alma nasce muitas vezes, atémesmo durante 10 mil anos, e, depois,parte para a bem-aventurançacelestial.
  5. 5. Nos primeiros séculos, muitos gruposcristãos, majoritários, defenderam apalingenesia especialmente os gnósticos,com sua visão inteligente do corpo e damatéria em geral. O cristão Orígenes, deAlexandria, defendeu a reencarnação. Apartir das suas reflexões, surgiu um gruposábio de monges que passaram a professartambém a doutrina das preexistências.
  6. 6. Para os "donos" do poderclerical o chamado"origenismo" tornava-senefasto e tumultuavamormente a Palestina, emface disso o patriarca daigreja de Jerusalém, noséculo VI, solicitou aoimperador bizantinoJustiniano que interviesse.
  7. 7. O imperador escreveu um tratado contraOrígenes e levou o "dono" da igreja deConstantinopla a reunir um sínodo em 543,que condenou as teses relativas àpreexistência da alma e outras posiçõesorigenistas.
  8. 8. Dez anos depois, com a aquiescênciaambígua do papa Virgílio, o ImperadorJustiniano convocou o II Concílio deConstantinopla no qual com astutamaquinação retirou definitivamente achamada "controvérsia origenista",mediante eleição espúria que venceu por3 a 2 votos.
  9. 9. E a reencarnação foi definitivamentebanida dos preceito de direitoeclesiástico. Lógico! a Igreja estavadefendendo nesse ato extravagante adoutrina do céu e do inferno e naspenas eternas porque centrava maispoder em suas mãos. E dessa forma areencarnação foi banida num dos maisgraves equívocos cometidos peloCristianismo.
  10. 10. Antes disso, no século III o notávelClemente de Alexandria observou em suaobra Stromata (Miscelâneas): "A hipótesede Basílides, um mestre gnóstico, diz que aalma, tendo pecado anteriormente emoutra vida, experimenta punição nestavida".
  11. 11. Nessa mesma época Tertuliano, o primeiroautor cristão a escrever em latim, negandoa metempsicose, se expressa muitas vezessobre o assunto, como nessa passagem:"Quão mais digno de aceitação é o nossoensino de que as almas irão retornar aosmesmos corpos.
  12. 12. E quão mais ridículo é o ensino herdado(pagão) de que o espírito humano devereaparecer em um cão, cavalo ou pavão!".Fica evidente que tanto quanto osespíritas, os sábios da igreja também nãoaceitavam a metempsicose.
  13. 13. A tese da metempsicose conflitava amente de alguns teólogos, questão que arigor só foi melhor esclarecida com aadvento do Espiritismo. Vejamos, ohistoriador Lactâncio no século IVexpressa o pensamento dos seuscontemporâneos cristãos: "Os pitagóricose estóicos afirmavam que a alma nãonasce com o corpo. Antes, eles dizem queela foi introduzida no mesmo e que migrade um corpo para outro."
  14. 14. Em outro ponto de sua obra As InstitutasDivinas, ele afirma: "Pitágoras insiste queas almas migram de corpos desgastadospela velhice e pela morte. Ele diz que elassão admitidas em corpos novos e recém-nascidos.
  15. 15. Ele também diz que asmesmas almas sãoreproduzidas ora em umhomem, ora em umaovelha, ora em um animalselvagem, ora em umpássaro... Essa opinião deum homem insensato éridícula."
  16. 16. Outro testemunho importante vemde Santo Agostinho. Ele estavafamiliarizado com as teorias dereencarnação tanto maniqueístasquanto platônicas do seu tempo.
  17. 17. Em um comentário sobre Gênesis,ele rejeitou como contrária à fécristã a idéia de que as almashumanas retornavam em corpos dediferentes animais, de acordo com asua conduta moral (transmigração).
  18. 18. Em A Cidade de Deus o bispo de Hiponaobserva que, embora o filósofoneoplatônico Porfírio tenha rejeitadoesse conceito ensinado por Platão ePlotino, e não hesitasse em corrigir osseus mestres nesse ponto, ele achavaque as almas humanas voltavam emoutros corpos humanos. Sobre essaquestão (metempsicose) o Espiritismocorrige o equívoco de Pitágoras.
  19. 19. Atualmente para alguns cristãos a"prova" da unicidade da vida humanaestá inserta no cap. 9 versículo 27 dacarta de Paulo aos Hebreus: "aoshomens está ordenado morrerem umasó vez, vindo, depois disto, o juízo".Será que Jesus atribuiu para a vidaatual um valor decisivo para todaexistência posterior a morte?
  20. 20. No debate, os convictos da unicidadeproclamam a ressurreição , mas sobreesse fenômeno sobrenatural é imperiosorefletir sobre os casos da filha de Jairo,do filho da viúva de Naim, e do próprioLázaro, se ambos "ressuscitaram" comocrêem tais cristãos, como ficaria aevocação da carta aos Hebreus acimapara se negar a “reencarnação"?recordemos que ambos os"ressuscitados" não teriam morrido umasó vez. Á propósito sequer estavammortos, apenas acometidos de catalepsia.
  21. 21. Jesus asseverou que a verdadelibertaria o homem, se a verdade(reencarnação) está sendo negada aoscristãos atualmente, fica evidente queos mesmos não se encontram livres, ou oque é pior estão algemados aos férreosdogmas humanos, disseminados pelosnegadores contumazes do princípionatural da reencarnação, forjadores deuma fé entronizada nos pináculos daficção, do mito e dos celestes devaneiosdo imaginário teológico.
  22. 22. Na máxima "nascer, viver, morrer,renascer ainda e progredirincessantemente, tal é a Lei"encontramos o mais legítimo processouniversal de aplicação dos códigos dejustiça nas Leis do Criador.
  23. 23. Que Deus abençoe a todos!
  24. 24. Montagem e Apresentação:Samara Luiza de Castro Hessen

×