BREVES REFLEXÕESSOBRE A EFICÁCIA DA      PRECE                                          Jorge Hessen                      ...
Existem pesquisas sobre os efeitos da     prece na saúde das pessoas.     Uma delas foi realizada pelo Laboratório de Imun...
A pesquisa, segundo divulgação no final de outubro, nos principais jornais do País, apresentou resultados positivos  que s...
De acordo com o estudo em foco umdos principais mecanismos de defesa do organismo - a fagocitose - pode ter afunção estabi...
"Na análise dos cinqüenta e dois voluntários, a cada semana, uma dupla fornecia amostras de   sangue e respondia a um ques...
A prece atua sobre indivíduos sadios,  influenciando o sistema imunológico, segundo estudo pioneiro realizado noano de 198...
Nesse hospital "foi possível comprovar que os  pacientes que receberam preces apresentaramsignificativas melhoras, necessi...
Para nós, espíritas, ela se reveste de   características especiais, pois “o magnetismo nos dá a conhecer o poder da ação f...
Muito se tem dito a respeito da prece, mas muito pouco ainda conhecemos do seu mecanismo de funcionamento. Porisso mesmo, ...
Uma coisa é clara, a prece não pode mudar a natureza das provas pelasquais o homem tem que passar, ou até mesmo desviar-lh...
Muitas vezes surgem aqueles que   contestam a eficácia da prece,  alegando que, pelo fato de Deus conhecer as necessidades...
No entanto, não pode perder de mira a assertiva do Mestre "O que quer que seja que pedirdes na prece crede que obtereis, e...
Embora as preces que fazemos não irão  desviar-nos de nossos problemas e   desilusões, elas são um bálsamo   reconfortante...
Tem, assim, a prece o inefável dom dedar-nos forças para suportarmos lutase problemas, internos e externos, decolocar-nos ...
Kardec dava tanta importância ao ato de pensar que um dia escreveu no livro "A Gênese": "O pensamento produz uma espécie d...
É o pensamento que dá qualidadecurativa aos fluidos, que existem emestado natural ao nosso redor. É ele que transforma o f...
É o pensamento também o fio que nospermite estabelecer um relacionamentopositivo com os espíritos que participam    das at...
A prece é, sem dúvida, um dos meiospelos quais a cura de um mal pode ser alcançada. Mas é, também, um meiodos mais difícei...
Contudo, a prece é algo que dependeenormemente do pensamento e da vontade.  Sem esses dois requisitos, a prece se  transfo...
Destarte, cremos que a temática prece  deveria se constituir em matéria deconstante estudo nos centros espíritas, porém, e...
"A mediunidade curadora não vem suplantar a medicina os médicos; vem simplesmente provar que há coisas que eles não sabem ...
Montagem e Apresentação:Samara Luiza de Castro Hessen
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Prece ok

551 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
551
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
68
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Prece ok

  1. 1. BREVES REFLEXÕESSOBRE A EFICÁCIA DA PRECE Jorge Hessen E-Mail: jorgehessen@gmail.com Site: http://meuwebsite.com.br/jorgehessen
  2. 2. Existem pesquisas sobre os efeitos da prece na saúde das pessoas. Uma delas foi realizada pelo Laboratório de Imunologia Celular daFaculdade de Medicina da Universidade de Brasília, com a participação de mais de cinqüenta estudantes de medicina durante o período de 2000 a 2003.
  3. 3. A pesquisa, segundo divulgação no final de outubro, nos principais jornais do País, apresentou resultados positivos que se materializam no aumento daestabilidade celular dos indivíduos que receberam a prece.
  4. 4. De acordo com o estudo em foco umdos principais mecanismos de defesa do organismo - a fagocitose - pode ter afunção estabilizada com preces feitas à distância.
  5. 5. "Na análise dos cinqüenta e dois voluntários, a cada semana, uma dupla fornecia amostras de sangue e respondia a um questionário sobre estresse. Encaminhava-se uma foto dovoluntário, identificada apenas pelo nome, a umgrupo de dez religiosos de diferentes credos que, por uma semana, faziam preces para aquela pessoa.”
  6. 6. A prece atua sobre indivíduos sadios, influenciando o sistema imunológico, segundo estudo pioneiro realizado noano de 1988, no Hospital Geral de São Francisco, na Califórnia.
  7. 7. Nesse hospital "foi possível comprovar que os pacientes que receberam preces apresentaramsignificativas melhoras, necessitando inclusive de menor quantidade de medicamentos".
  8. 8. Para nós, espíritas, ela se reveste de características especiais, pois “o magnetismo nos dá a conhecer o poder da ação fluídica e o Espiritismo nos revela outra forçapoderosa na mediunidade curadora e a influência da prece“. Allan Kardec afirma que "o pensamento e a vontade representam em nós umpoder de ação que alcança muito além dos limites da nossa esfera corporal".
  9. 9. Muito se tem dito a respeito da prece, mas muito pouco ainda conhecemos do seu mecanismo de funcionamento. Porisso mesmo, pouco a valorizamos, e por vezes até a esquecemos.
  10. 10. Uma coisa é clara, a prece não pode mudar a natureza das provas pelasquais o homem tem que passar, ou até mesmo desviar-lhe seu curso, e istoporque elas estão nas mãos de Deus ehá as que devem ser suportadas até ofim, mas Deus leva sempre em conta a resignação.
  11. 11. Muitas vezes surgem aqueles que contestam a eficácia da prece, alegando que, pelo fato de Deus conhecer as necessidades humanas,torna-se dispensável o ato de orar,pois sendo o Universo regido por leissábias e eternas, as súplicas jamais poderão alterar os desígnios do Criador.
  12. 12. No entanto, não pode perder de mira a assertiva do Mestre "O que quer que seja que pedirdes na prece crede que obtereis, e vos será concedido".
  13. 13. Embora as preces que fazemos não irão desviar-nos de nossos problemas e desilusões, elas são um bálsamo reconfortante para a nossa alma enfermiça, pois faz-nos penetrar emestados de suave sossego e gozos que somente aquele que ora é capaz de decifrar.
  14. 14. Tem, assim, a prece o inefável dom dedar-nos forças para suportarmos lutase problemas, internos e externos, decolocar-nos em posição de vencermos obstáculos que, antes, pareciam irremovíveis.
  15. 15. Kardec dava tanta importância ao ato de pensar que um dia escreveu no livro "A Gênese": "O pensamento produz uma espécie de efeito físicoque reage sobre o moral: é isso unicamente o que o Espiritismo poderia fazer compreender".
  16. 16. É o pensamento que dá qualidadecurativa aos fluidos, que existem emestado natural ao nosso redor. É ele que transforma o fluido inerte emenergia capaz de recompor um tecidodoente ou reduzir os males de ordemespiritual que afetam os indivíduos .
  17. 17. É o pensamento também o fio que nospermite estabelecer um relacionamentopositivo com os espíritos que participam das atividades curadoras. Mas ao mesmo tempo ele também poderá nos ligar a espíritos destruidores. As leis da natureza são estradas de duas mãos. A mente é fonte de energia (curativa ou destruidora).
  18. 18. A prece é, sem dúvida, um dos meiospelos quais a cura de um mal pode ser alcançada. Mas é, também, um meiodos mais difíceis, haja vista a pequenacapacidade mental que temos para orar. Isto porque a oração tem sido um atomecânico, que se realiza pelos lábios.
  19. 19. Contudo, a prece é algo que dependeenormemente do pensamento e da vontade. Sem esses dois requisitos, a prece se transforma em algo sem maior valor.
  20. 20. Destarte, cremos que a temática prece deveria se constituir em matéria deconstante estudo nos centros espíritas, porém, estudo sério e não se tornar objeto de considerações puramente místicas, que impedem alcançar a sua essência e importância.
  21. 21. "A mediunidade curadora não vem suplantar a medicina os médicos; vem simplesmente provar que há coisas que eles não sabem e os convidar para estudá-las; que a natureza tem recursos que eles ignoram; que o elemento espiritual que eles desconhecem, não é uma quimera, e que, quando o levarem em conta abrirão novos horizontes à ciência e terão mais êxitos do que agora". Allan Kardec
  22. 22. Montagem e Apresentação:Samara Luiza de Castro Hessen

×