O Que é
 A União Européia (UE) foi criada após a 2ª Guerra Mundial. O processo de
integração européia foi lançado a 9 de ...
 Com a unificação da Europa, as empresas estão ocupando
um mercado mais amplo, fazendo até fusões com empresas
de outros ...
Proposta principal
 A União Européia assenta no princípio do Estado de direito e na democracia. Não
se trata nem de um no...
 A UE é gerida, com base no princípio do Estado de direito, por cinco
instituições, desempenhando cada uma delas o seu pa...
Fundação
 A Comunidade Econômica Européia foi criada pelo Tratado
de Roma em 25 de março de 1957 com o objetivo do
estabe...
Países membros
 Foram seis os países fundadores
(Bélgica, Alemanha, França,
Itália, Luxemburgo e Holanda).
Após quatro va...
Principais Problemas
 Um porém nesta unificação é que os países dela
compostos, devem dar prioridade aos produtos que
são...
Sua relação com o Brasil
 União Européia (UE) e o Brasil assinaram um
acordo que elimina todas as quotas às
importações d...
União européia
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

União européia

247 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
247
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

União européia

  1. 1. O Que é  A União Européia (UE) foi criada após a 2ª Guerra Mundial. O processo de integração européia foi lançado a 9 de Maio de 1950 quando França propôs oficialmente a criação da "primeira fundação concreta de uma federação européia"  Todos os países que estão neste mercado, abriram suas fronteiras alfandegárias sendo que os países restantes podem vender suas mercadorias em qualquer destes, sem pagar nenhum imposto. Sucessivos tratados foram negociados para uma unificação na economia e também, em parte, na política avançando enormemente. Sendo que áreas mais atrasadas neste bloco estão recebendo apoio por parte dos outros integrantes para que haja desenvolvimento, num todo; e é claro tendo um segredo para todo este sucesso, que é, um grande mercado consumidor de 360 milhões de pessoas.
  2. 2.  Com a unificação da Europa, as empresas estão ocupando um mercado mais amplo, fazendo até fusões com empresas de outros países deste bloco. E com essa unificação, o conceito de cidadania mudou junto, já que um belga pode fazer um seguro na Itália, um alemão pode comprar um carro inglês do mesmo preço que se é praticado neste país e um espanhol pode abrir a filial de sua firma na Holanda.
  3. 3. Proposta principal  A União Européia assenta no princípio do Estado de direito e na democracia. Não se trata nem de um novo Estado que pretende substituir os Estados atuais, nem é comparável com outras organizações internacionais. Os seus Estados-Membros delegam soberania em instituições comuns que representam os interesses de toda a União em questões de interesse comum. Todas as decisões e procedimentos decorrem dos tratados de base, ratificados pelos Estados Membros.  Os principais objetivos da União são os seguintes: Instituir uma cidadania européia (Os direitos fundamentais; Liberdade de circulação; Direitos civis e políticos); Criar um espaço de liberdade, de segurança e de justiça (Cooperação nos domínios da justiça e dos assuntos internos); Promover o progresso econômico e social (Mercado Único; Euro, a moeda comum; Criação de emprego; Desenvolvimento regional; Proteção do ambiente); Afirmar o papel da Europa no mundo (Política externa e de segurança comum; A União Européia no Mundo).
  4. 4.  A UE é gerida, com base no princípio do Estado de direito, por cinco instituições, desempenhando cada uma delas o seu papel específico:  O Parlamento Europeu (eleito pelos cidadãos dos Estados Membros);  O Conselho da União (composto pelos governos dos Estados Membros);  A Comissão Européia (força motora e órgão executivo);  O Tribunal de Justiça (garante do respeito pela legislação);  O Tribunal de Contas (garante da boa gestão do orçamento da UE).  Os seguintes cinco órgãos também fazem parte da União Européia:  O Comitê Econômico e Social Europeu (que representa as posições da sociedade civil organizada sobre questões econômicas e sociais);  O Comitê das Regiões (que representa as posições das autoridades regionais e locais em matéria de política regional, de ambiente, de educação, etc.);  O Provedor de Justiça Europeu (que instrui as queixas dos cidadãos acerca de casos de má administração por parte de uma instituição ou órgão da UE);  O Banco Europeu de Investimento (que contribui para a realização dos objetivos da UE através do financiamento de investimentos públicos e privados a longo prazo);  O Banco Central Europeu (responsável pela política monetária e pelas operações de câmbio). O sistema é completado por uma série de agências e organismos.
  5. 5. Fundação  A Comunidade Econômica Européia foi criada pelo Tratado de Roma em 25 de março de 1957 com o objetivo do estabelecimento progressivo de uma união aduaneira e econômica e de um mercado comum. O Tratado de Maastricht (7 de fevereiro de 1992), que consagrou o nascimento da União Européia, fixou para 1.º de janeiro de 1999, o mais tardar, a UEM (União Econômica e Monetária), concebida em 1988 e reiterada em 1990. Foram lançadas as bases de uma união política entre os Estados membros. O Tratado de Maastricht, ratificado em 1992-1993 por todos os integrantes da Comunidade, entrou em vigor a 1.º de novembro de 1993.
  6. 6. Países membros  Foram seis os países fundadores (Bélgica, Alemanha, França, Itália, Luxemburgo e Holanda). Após quatro vagas de adesão (1973: Dinamarca, Irlanda e Reino Unido; 1981: Grécia; 1986: Espanha e Portugal; 1995: Áustria, Finlândia e Suécia), a UE reúne atualmente quinze Estados-Membros e prepara-se para a adesão de treze países da Europa de Leste e do Sul.  Países candidatos: Bulgária República Checa Estónia Chipre Letônia Lituânia Hungria Malta Polônia Romênia Eslovênia Eslováquia Turquia
  7. 7. Principais Problemas  Um porém nesta unificação é que os países dela compostos, devem dar prioridade aos produtos que são fabricados dentro da união, como é o caso da Grã-Bretanha que deixou de comprar lã da Austrália e Nova Zelândia para dar este direito aos italianos e dinamarqueses, mesmo seus preços sendo mais elevados.  Outro grande problema nesta união é a mão-de- obra desempregada, que hoje contém 19 milhões de pessoas.
  8. 8. Sua relação com o Brasil  União Européia (UE) e o Brasil assinaram um acordo que elimina todas as quotas às importações de produtos têxteis e de vestuário brasileiros  O Brasil está deixando de exportar US$ 1 bilhão em açúcar por ano, por causa dos subsídios que a União Européia dá ao setor sucroalcooleiro.

×