SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Escola E.B. 2,3/Sec. de Maceira

Curso de Formação Complementar
                                                                                                                        Módulo 19


SEMÂNTICA LEXICAL

   A semântica consiste no estudo do significado das palavras e expressões e das transformações de sentido
ao longo do tempo e no espaço; a lexicologia ocupa-se do estudo do vocabulário nos seus múltiplos aspectos.


POLISSEMIA
   Uma palavra polissémica é aquela que adquire variados e diferentes significados, consoante o contexto em
que se insere.

Exemplo:
O exercício está mal. [=          ]                                            Não há mal que lhe chegue. [= achaque]
A Raquel anda mal de amores. [=                                 ]              O teu mal é seres preguiçoso. [=             ]
Ele sofre de um mal incurável. [=                           ]


CAMPO SEMANTICO
   O campo semântico está intimamente ligado à polissemia, dado que tem a ver com os diferentes sentidos
que uma palavra pode ter, mediante o contexto em que surge. Deste modo, os vários sentidos que uma
palavra possui constituem o seu campo semântico.
   Como foi exemplificado no ponto anterior, mal pode adquirir vários significados: “errado, achaque, infeliz,
defeito, doença”, entre outros. Estes significados constituem o campo semântico de mal.


CAMPO LEXICAL
  O campo lexical é o conjunto de palavras relacionadas entre si, dado pertencerem à mesma realidade.

Exemplo:
                                                   cantina
quadro                                             giz
alunos                                             salas de aula
funcionários                                       professores
carteiras                                          (...)



HIPONíMIA E HIPERONíMIA
   As palavras que possuem um sentido mais restrito, relativamente a outras de sentido mais geral, chamam-
se hipónimos.

Exemplos:
               rosa                                                 flor
               andorinha             é HIPÓNIMO de                  .......................
               leão                                                 .......................


   As palavras de sentido mais geral, relativamente a outras de sentido mais restrito, chamam-se
hiperónimos. Englobam os elementos de um conjunto, de uma classe.

Exemplos:          Flor
                  ..............       é HIPERÓNIMO de                 rosa, malmequer, ...
                  Felino                                              andorinha, gaivota, ...
                                                                      ...............................................
                                   Acção financiada pelo Fundo Social Europeu e Estado Português
SINONÍMIA E ANTONÍMIA
   Sinónimos são vocábulos que têm um significado semelhante.
   Ao escolhermos o sinónimo de uma palavra, devemos ter em atenção o contexto em que esta se encontra,
de modo a usar o termo mais adequado.

Exemplos:    nascer – brotar                    feliz-                                 bonito -


   Antónimos são palavras que têm significado oposto.

Exemplos:    nascer – morrer                 feliz -                                bonito -          –



HOMONÍMIA, HOMOGRAFIA, HOMOFONIA E PARONÍMIA

    Palavras homónimas são aquelas cuja grafia e pronúncia são iguais, mas têm significado e origem
diferentes.

         Exemplos:
         O bebé nasceu são e escorreito. (=                )
         No dia 11 de Novembro, comemora-se o dia de São Martinho. (=                             )
         Os lápis são do Hugo. (=              )


   As palavras homógrafas têm idêntica grafia (os acentos não interferem na grafia), mas a pronúncia (acentuação) e
o significado são diferentes.

         Exemplos:
         A sé do Porto é um monumento histórico. (=                             )
         Sê bom rapaz! (=                    )


   Palavras homófonas são aquelas cuja pronúncia é igual, mas têm grafia e significado diferentes.

         Exemplos:
         .................. muito tempo que não te via! (= verbo haver}
         Hoje fui ........... piscina. (= contracção da preposição a com o artigo definido a)
         ...........! que lindo dia para passear! (= interjeição)


    As palavras parónimas são muito semelhantes, gerando, por vezes, confusão. Embora tenham significados
diferentes, são muito parecidas na grafia e na pronúncia.

         Exemplos:
         Ele conseguiu rebelar uma multidão. (= revoltar)
         Ela não quis .......................... o nome dos candidatos. (= divulgar)




                             Acção financiada pelo Fundo Social Europeu e Estado Português
Palavras Homófonas

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Relações semânticas entre palavras
Relações semânticas entre palavrasRelações semânticas entre palavras
Relações semânticas entre palavrasSofia Antunes
 
Denotação e conotação
Denotação e conotaçãoDenotação e conotação
Denotação e conotaçãoMarluci Brasil
 
Casa portugues - interpretação
Casa   portugues - interpretaçãoCasa   portugues - interpretação
Casa portugues - interpretaçãoChristiano Morais
 
Português
PortuguêsPortuguês
Portuguêssufia1
 
Homófonas, Homógrafas e Homónimas
Homófonas, Homógrafas e HomónimasHomófonas, Homógrafas e Homónimas
Homófonas, Homógrafas e HomónimasAna PAtrícia Lima
 
Sinonimia slide apresentação
Sinonimia slide apresentaçãoSinonimia slide apresentação
Sinonimia slide apresentaçãoTharcy
 
Recursos morfossintáticos, lexicais,semânticos
Recursos morfossintáticos, lexicais,semânticosRecursos morfossintáticos, lexicais,semânticos
Recursos morfossintáticos, lexicais,semânticosMarcia Oliveira
 
Figuras de-linguagem
Figuras de-linguagemFiguras de-linguagem
Figuras de-linguagemBovary16
 
Relações de palavras e de sentido
Relações de palavras e de sentidoRelações de palavras e de sentido
Relações de palavras e de sentidoma.no.el.ne.ves
 
Figuras de linguagem e efeitos de sentido.
Figuras de linguagem e efeitos de sentido.Figuras de linguagem e efeitos de sentido.
Figuras de linguagem e efeitos de sentido.Flávio Ferreira
 

Mais procurados (20)

Relações semânticas entre palavras
Relações semânticas entre palavrasRelações semânticas entre palavras
Relações semânticas entre palavras
 
Semântica.PDF
Semântica.PDFSemântica.PDF
Semântica.PDF
 
Gramática - Semântica
Gramática - SemânticaGramática - Semântica
Gramática - Semântica
 
Relação entre palavras
Relação entre palavrasRelação entre palavras
Relação entre palavras
 
Relações Semânticas
Relações SemânticasRelações Semânticas
Relações Semânticas
 
Hiperonimo
HiperonimoHiperonimo
Hiperonimo
 
Recursos estilísticos
Recursos estilísticosRecursos estilísticos
Recursos estilísticos
 
Denotação e conotação
Denotação e conotaçãoDenotação e conotação
Denotação e conotação
 
Casa portugues - interpretação
Casa   portugues - interpretaçãoCasa   portugues - interpretação
Casa portugues - interpretação
 
Português
PortuguêsPortuguês
Português
 
Homófonas, Homógrafas e Homónimas
Homófonas, Homógrafas e HomónimasHomófonas, Homógrafas e Homónimas
Homófonas, Homógrafas e Homónimas
 
Relações entre palavras
Relações entre palavrasRelações entre palavras
Relações entre palavras
 
Sinonimia slide apresentação
Sinonimia slide apresentaçãoSinonimia slide apresentação
Sinonimia slide apresentação
 
Relacoes entre palavras
Relacoes entre palavrasRelacoes entre palavras
Relacoes entre palavras
 
Semantica
SemanticaSemantica
Semantica
 
Recursos morfossintáticos, lexicais,semânticos
Recursos morfossintáticos, lexicais,semânticosRecursos morfossintáticos, lexicais,semânticos
Recursos morfossintáticos, lexicais,semânticos
 
Figuras de-linguagem
Figuras de-linguagemFiguras de-linguagem
Figuras de-linguagem
 
Relações de palavras e de sentido
Relações de palavras e de sentidoRelações de palavras e de sentido
Relações de palavras e de sentido
 
Recursos Estilísticos
Recursos EstilísticosRecursos Estilísticos
Recursos Estilísticos
 
Figuras de linguagem e efeitos de sentido.
Figuras de linguagem e efeitos de sentido.Figuras de linguagem e efeitos de sentido.
Figuras de linguagem e efeitos de sentido.
 

Semelhante a Palavras Homófonas

FACELI - D1 - Zilda Maria Fantin Moreira - Linguagem Jurídica - AULA 03
FACELI - D1 - Zilda Maria Fantin Moreira  -  Linguagem Jurídica - AULA 03FACELI - D1 - Zilda Maria Fantin Moreira  -  Linguagem Jurídica - AULA 03
FACELI - D1 - Zilda Maria Fantin Moreira - Linguagem Jurídica - AULA 03Jordano Santos Cerqueira
 
Revisão 9ºano último
Revisão 9ºano  últimoRevisão 9ºano  último
Revisão 9ºano últimoLurdes Augusto
 
recursos morfossintáticos-lexicais-semânticos.pptx
recursos morfossintáticos-lexicais-semânticos.pptxrecursos morfossintáticos-lexicais-semânticos.pptx
recursos morfossintáticos-lexicais-semânticos.pptxMarluceBrum1
 
Relações entre palavras
Relações entre palavrasRelações entre palavras
Relações entre palavrasMaria Frade
 
Relações entre palavras
Relações entre palavrasRelações entre palavras
Relações entre palavrasMaria Frade
 
Compreensão Textual
Compreensão TextualCompreensão Textual
Compreensão TextualAprova Saúde
 
Atividade de porgues campo lexical (1)
Atividade de porgues   campo lexical (1)Atividade de porgues   campo lexical (1)
Atividade de porgues campo lexical (1)patricia_sousa
 
Expressões com valor homonímico, metafórico e metonímico..ppt
Expressões com valor homonímico, metafórico e metonímico..pptExpressões com valor homonímico, metafórico e metonímico..ppt
Expressões com valor homonímico, metafórico e metonímico..pptJosRibamarcosta
 
1882 ponto 3 semântica
1882  ponto 3 semântica1882  ponto 3 semântica
1882 ponto 3 semânticaAna Costa
 
FIGURA DE LINGUAGEM E TEXTO DE LINGUAGEM POÉTICA (1).pdf
FIGURA DE LINGUAGEM E TEXTO DE LINGUAGEM POÉTICA (1).pdfFIGURA DE LINGUAGEM E TEXTO DE LINGUAGEM POÉTICA (1).pdf
FIGURA DE LINGUAGEM E TEXTO DE LINGUAGEM POÉTICA (1).pdfAnna Vaz Boechat
 
Estudo das Classes de Palavras do Português
Estudo das Classes de Palavras do PortuguêsEstudo das Classes de Palavras do Português
Estudo das Classes de Palavras do PortuguêsSônia Guedes
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 160-161
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 160-161Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 160-161
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 160-161luisprista
 
Estudo das palavras (aula 4)
Estudo das palavras (aula 4)Estudo das palavras (aula 4)
Estudo das palavras (aula 4)Helen Cristina
 
CONOTAÇÃO E DENOTAÇÃO .pptx
CONOTAÇÃO E DENOTAÇÃO .pptxCONOTAÇÃO E DENOTAÇÃO .pptx
CONOTAÇÃO E DENOTAÇÃO .pptxAstroHero1
 
22195856 figuras-de-linguagem
22195856 figuras-de-linguagem22195856 figuras-de-linguagem
22195856 figuras-de-linguagemcaio_phb
 

Semelhante a Palavras Homófonas (20)

FACELI - D1 - Zilda Maria Fantin Moreira - Linguagem Jurídica - AULA 03
FACELI - D1 - Zilda Maria Fantin Moreira  -  Linguagem Jurídica - AULA 03FACELI - D1 - Zilda Maria Fantin Moreira  -  Linguagem Jurídica - AULA 03
FACELI - D1 - Zilda Maria Fantin Moreira - Linguagem Jurídica - AULA 03
 
Revisão 9ºano
Revisão 9ºanoRevisão 9ºano
Revisão 9ºano
 
Revisão 9ºano último
Revisão 9ºano  últimoRevisão 9ºano  último
Revisão 9ºano último
 
recursos morfossintáticos-lexicais-semânticos.pptx
recursos morfossintáticos-lexicais-semânticos.pptxrecursos morfossintáticos-lexicais-semânticos.pptx
recursos morfossintáticos-lexicais-semânticos.pptx
 
Relações entre palavras
Relações entre palavrasRelações entre palavras
Relações entre palavras
 
Relações entre palavras
Relações entre palavrasRelações entre palavras
Relações entre palavras
 
Fundamento Histórico da Semântica Lexical
Fundamento Histórico da Semântica LexicalFundamento Histórico da Semântica Lexical
Fundamento Histórico da Semântica Lexical
 
Compreensão Textual
Compreensão TextualCompreensão Textual
Compreensão Textual
 
Aula Semântica.pdf
Aula Semântica.pdfAula Semântica.pdf
Aula Semântica.pdf
 
Atividade de porgues campo lexical (1)
Atividade de porgues   campo lexical (1)Atividade de porgues   campo lexical (1)
Atividade de porgues campo lexical (1)
 
S emântica
S emânticaS emântica
S emântica
 
Expressões com valor homonímico, metafórico e metonímico..ppt
Expressões com valor homonímico, metafórico e metonímico..pptExpressões com valor homonímico, metafórico e metonímico..ppt
Expressões com valor homonímico, metafórico e metonímico..ppt
 
1882 ponto 3 semântica
1882  ponto 3 semântica1882  ponto 3 semântica
1882 ponto 3 semântica
 
FIGURA DE LINGUAGEM E TEXTO DE LINGUAGEM POÉTICA (1).pdf
FIGURA DE LINGUAGEM E TEXTO DE LINGUAGEM POÉTICA (1).pdfFIGURA DE LINGUAGEM E TEXTO DE LINGUAGEM POÉTICA (1).pdf
FIGURA DE LINGUAGEM E TEXTO DE LINGUAGEM POÉTICA (1).pdf
 
Estudo das Classes de Palavras do Português
Estudo das Classes de Palavras do PortuguêsEstudo das Classes de Palavras do Português
Estudo das Classes de Palavras do Português
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 160-161
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 160-161Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 160-161
Apresentação para décimo segundo ano de 2016 7, aula 160-161
 
Estudo das palavras (aula 4)
Estudo das palavras (aula 4)Estudo das palavras (aula 4)
Estudo das palavras (aula 4)
 
CONOTAÇÃO E DENOTAÇÃO .pptx
CONOTAÇÃO E DENOTAÇÃO .pptxCONOTAÇÃO E DENOTAÇÃO .pptx
CONOTAÇÃO E DENOTAÇÃO .pptx
 
22195856 figuras-de-linguagem
22195856 figuras-de-linguagem22195856 figuras-de-linguagem
22195856 figuras-de-linguagem
 
ESTILÍSTICA.ppt
ESTILÍSTICA.pptESTILÍSTICA.ppt
ESTILÍSTICA.ppt
 

Último

Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivararambomarcos
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfprofesfrancleite
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leiteprofesfrancleite
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...marioeugenio8
 
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)Centro Jacques Delors
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024azulassessoria9
 
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxSlides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASricardo644666
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialDouglasVasconcelosMa
 
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaApresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaCentro Jacques Delors
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...LuizHenriquedeAlmeid6
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSPedroMatos469278
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxKeslleyAFerreira
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoVitor Vieira Vasconcelos
 
13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................mariagrave
 

Último (20)

Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
 
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxSlides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaApresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
 
13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................
 

Palavras Homófonas

  • 1. Escola E.B. 2,3/Sec. de Maceira Curso de Formação Complementar Módulo 19 SEMÂNTICA LEXICAL A semântica consiste no estudo do significado das palavras e expressões e das transformações de sentido ao longo do tempo e no espaço; a lexicologia ocupa-se do estudo do vocabulário nos seus múltiplos aspectos. POLISSEMIA Uma palavra polissémica é aquela que adquire variados e diferentes significados, consoante o contexto em que se insere. Exemplo: O exercício está mal. [= ] Não há mal que lhe chegue. [= achaque] A Raquel anda mal de amores. [= ] O teu mal é seres preguiçoso. [= ] Ele sofre de um mal incurável. [= ] CAMPO SEMANTICO O campo semântico está intimamente ligado à polissemia, dado que tem a ver com os diferentes sentidos que uma palavra pode ter, mediante o contexto em que surge. Deste modo, os vários sentidos que uma palavra possui constituem o seu campo semântico. Como foi exemplificado no ponto anterior, mal pode adquirir vários significados: “errado, achaque, infeliz, defeito, doença”, entre outros. Estes significados constituem o campo semântico de mal. CAMPO LEXICAL O campo lexical é o conjunto de palavras relacionadas entre si, dado pertencerem à mesma realidade. Exemplo: cantina quadro giz alunos salas de aula funcionários professores carteiras (...) HIPONíMIA E HIPERONíMIA As palavras que possuem um sentido mais restrito, relativamente a outras de sentido mais geral, chamam- se hipónimos. Exemplos: rosa flor andorinha é HIPÓNIMO de ....................... leão ....................... As palavras de sentido mais geral, relativamente a outras de sentido mais restrito, chamam-se hiperónimos. Englobam os elementos de um conjunto, de uma classe. Exemplos: Flor .............. é HIPERÓNIMO de rosa, malmequer, ... Felino andorinha, gaivota, ... ............................................... Acção financiada pelo Fundo Social Europeu e Estado Português
  • 2. SINONÍMIA E ANTONÍMIA Sinónimos são vocábulos que têm um significado semelhante. Ao escolhermos o sinónimo de uma palavra, devemos ter em atenção o contexto em que esta se encontra, de modo a usar o termo mais adequado. Exemplos: nascer – brotar feliz- bonito - Antónimos são palavras que têm significado oposto. Exemplos: nascer – morrer feliz - bonito - – HOMONÍMIA, HOMOGRAFIA, HOMOFONIA E PARONÍMIA Palavras homónimas são aquelas cuja grafia e pronúncia são iguais, mas têm significado e origem diferentes. Exemplos: O bebé nasceu são e escorreito. (= ) No dia 11 de Novembro, comemora-se o dia de São Martinho. (= ) Os lápis são do Hugo. (= ) As palavras homógrafas têm idêntica grafia (os acentos não interferem na grafia), mas a pronúncia (acentuação) e o significado são diferentes. Exemplos: A sé do Porto é um monumento histórico. (= ) Sê bom rapaz! (= ) Palavras homófonas são aquelas cuja pronúncia é igual, mas têm grafia e significado diferentes. Exemplos: .................. muito tempo que não te via! (= verbo haver} Hoje fui ........... piscina. (= contracção da preposição a com o artigo definido a) ...........! que lindo dia para passear! (= interjeição) As palavras parónimas são muito semelhantes, gerando, por vezes, confusão. Embora tenham significados diferentes, são muito parecidas na grafia e na pronúncia. Exemplos: Ele conseguiu rebelar uma multidão. (= revoltar) Ela não quis .......................... o nome dos candidatos. (= divulgar) Acção financiada pelo Fundo Social Europeu e Estado Português