1. A ilustração abaixo representa um bloco de 2 kg de massa, que é comprimido contra uma mola de constanteelástica K = 200...
verticalmente para cima e atingir um ponto a 4,5 m de altura, em movimento uniformemente acelerado, numintervalo de tempo ...
As acelerações experimentadas por A e B têm o mesmo módulo de       0,2m s2 . Com base nesses dados, écorreto afirmar que ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Espcex revisão 1

1.150 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.150
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
90
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Espcex revisão 1

  1. 1. 1. A ilustração abaixo representa um bloco de 2 kg de massa, que é comprimido contra uma mola de constanteelástica K = 200 N/m. Desprezando qualquer tipo de atrito, é CORRETO afirmar que, para que o bloco atinja oponto B com uma velocidade de 1,0 m/s, é necessário comprimir a mola em:a) 0,90 cm. b) 90,0 cm. c) 0,81 m. d) 81,0 cm. e) 9,0 cm.R-B2-Um corpo é abandonado do alto de um plano inclinado, conforme a figura abaixo. Considerando assuperfícies polidas ideais, a resistência do ar nula e 10 m/s2 como a aceleração da gravidade local, determine ovalor aproximado da velocidade com que o corpo atinge o solo:a) v = 84 m/s b) v = 45 m/s c) v = 25 m/s d) v = 10 m/s e) v = 5 m/sR-D3- Em um dia de calmaria, um barco reboca um paraquedista preso a um paraglider. O barco e o paraquedistadeslocam-se com velocidade vetorial e alturas constantes.Nessas condições,a) o peso do paraquedista é a força resultante sobre ele.b) a resultante das forças sobre o paraquedista é nula.c) a força resultante exercida no barco é maior que a resultante no paraquedista.d) a força peso do paraquedista depende da força exercida pelo barco sobre ele.e) o módulo da tensão na corda que une o paraquedista ao paraglider será menor que o peso do paraquedista.R-B4- Em uma obra, para permitir o transporte de objetos para cima, foi montada uma máquina constituída poruma polia, fios e duas plataformas A e B horizontais, todos de massas desprezíveis, como mostra a figura. Umobjeto de massa m = 225 kg, colocado na plataforma A, inicialmente em repouso no solo, deve ser levado
  2. 2. verticalmente para cima e atingir um ponto a 4,5 m de altura, em movimento uniformemente acelerado, numintervalo de tempo de 3 s. A partir daí, um sistema de freios passa a atuar, fazendo a plataforma A parar naposição onde o objeto será descarregado.Considerando g  10 m/s2 , desprezando os efeitos do ar sobre o sistema e os atritos durante o movimentoacelerado, a massa M, em kg, do corpo que deve ser colocado na plataforma B para acelerar para cima a massam no intervalo de 3 s é igual aa) 275. b) 285. c) 295. d) 305. e) 315.R-A5-Em um processo de demolição de um prédio, foi utilizado um guindaste como o mostrado na figura.Nesse guindaste há um pêndulo formado por um cabo de aço de comprimento, L, e por uma esfera de ferro(esfera de demolição) de massa, M.Para realizar a demolição, a esfera é puxada pelo guindaste até a posição mostrada na figura e, logo após, ésolta, indo, assim, de encontro ao prédio a ser demolido.Considerando a aceleração da gravidade, g; o comprimento do arco, S, formado pelo movimento da esfera; adiferença de altura, h, entre a posição inicial e sua posição no momento da colisão; a altura, H, da esfera emrelação ao solo na posição inicial; e o comprimento do cabo, L, conforme mostrados na figura, pode-seconcluir que a energia máxima disponível em uma colisão é:a) MgS. b) MgH. c) MgL. d) Mgh. e) FdGab.D6-Uma partícula se move de A para B segundo a trajetória da figura abaixo.Sabendo-se que cada divisão da trajetória corresponde a 1 m, o deslocamento resultante da partícula foi dea) 43 m. b) 10 m. c) 7 m. d) 5 m. e) 4 m.Gab. D7-Duas partículas, A e B, que executam movimentos retilíneos uniformemente variados, se encontram em t = 0na mesma posição. Suas velocidades, a partir desse instante, são representadas pelo gráfico abaixo.
  3. 3. As acelerações experimentadas por A e B têm o mesmo módulo de 0,2m s2 . Com base nesses dados, écorreto afirmar que essas partículas se encontrarão novamente no instantea) 10 s b) 50 s c) 100 s d) 500 s e) 1000sGab. D8-Uma caixa d’água de 66 kg precisa ser içada até o telhado de um pequeno edifício de altura igual a 18 m. Acaixa éiçada com velocidade constante, em 2,0 min. Calcule a potência mecânica mínima necessária para realizar essatarefa, em W.Despreze o efeito do atrito.a) 11 b) 33 c) 66 d) 77 e) 99Gab.E9- Três blocos A, B e C de massas 4 kg, 6 kg e 8 kg, respectivamente, são dispostos, conforme representado 2no desenho abaixo, em um local onde a aceleração da gravidade g vale 10m / s .Desprezando todas as forças de atrito e considerando ideais as polias e os fios, a intensidade da forçahorizontal F que deve ser aplicada ao bloco A, para que o bloco C suba verticalmente com uma aceleração 2constante de 2m / s , é de:a) 100 Nb) 112 Nc) 124 Nd) 140 Ne) 176 NR-E

×