Pré barra bizantino

601 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Pré barra bizantino

  1. 1. Profº Jorge MarcosCIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS PRÉIDADE MÉDIA OCIDENTALBIZÂNCIO – TEXTO & QUESTÕESUNIVERSITÁRIOPRÉ UNIVERSITÁRIO – PÓLO BARRAJOSÉ FRANKLINANO BASE20131. OrigensA palavra bizantino vem de Bizâncio, o antigo nomeda capital bizantina. O Império Bizantino foi herdeirodo Império Romano do Oriente tendo sua capitalem Constantinopla. A cidade foi convertida na capital doImpério Romano do Oriente no ano 330, depois queConstantino I, o Grande, transferiu a capital do ImpérioRomano para a cidade oriental de Bizâncio, dando-lhe seupróprio nome. A mudança significava a queda do poder noocidente. Sua localização (entre o mar Negro e o marMármara), facilitava o comércio, fato que favoreceu arestauração da cidade, transformando-a em uma NovaRoma.Constantinopla unia a organização urbana de Romaà arquitetura e arte gregas, com claras influências orientais.É uma cidade estrategicamente muito bem localizada, e suaresistência a dezenas de cercos prova a boa escolha deConstantino.O Império sobreviveu às migrações e incursões dosgodos e dos hunos durante os séculos V e VI. Em 1071, osSeljúcidas invadiram a maior parte da Ásia Menorbizantina. Os bizantinos perderam suas últimas possessõesna Itália e foram separados do Ocidente cristão devido aocisma de 1054 aberto entre a Igreja ortodoxa e o Papado.2. Governo de JustinianoO apogeu do Império Bizantino ocorreu durante ogoverno do Imperador Justiniano (527-565). A marca maiorde seu governo foi o expansionismo militar e territorial. Oobjetivo era reconquistar o poder que o Império Romanohavia perdido no ocidente. Assim, buscou uma relaçãopacífica com os persas, retomou o norte da África, a Itália ea Espanha.Internamente enfrentou a Revolta de Nika, ummovimento de caráter popular contra o imperadorJustiniano. Essa revolta teve como motivos a burocraciacentralizada, os pesados impostos e os gastos militares. Aofinal, foi violentamente reprimida.3. A Economia.Toda economia estava sob o controle do Estado. Abase econômica era o comércio marítimo. A produçãoagrícola se dava nos latifúndios e trabalho de colonos livresou escravos.4. Política.O governo bizantino era monarquia despótica,centralizada e teocêntrica. O imperador comandava oexército e a Igreja. Isto ficou conhecido por Cesaropapismo(supremacia do estado sobre a Igreja).
  2. 2. 5. A Questão Religiosa.No âmbito religioso, os principais problemasenfrentados pelos bizantinos chamavam-se heresias(questionamento dos dogmas da doutrina cristã). Entre elas,podemos destacar: O arianismo. Seus seguidores negavam a SantíssimaTrindade e diziam que cristo não era deus, mas simum privilegiado; O monofisismo. Os adeptos negam a naturezahumana de Cristo, afirmando que Cristo tinhaapenas natureza divina (o monofisismo foi difundidonas províncias do Império Bizantino e acabouidentificada com aspirações de independência porparte da população do Egito e da Síria); Iconoclastia. Movimento contrário o uso deimagens. Seus seguidores destruíam as imagens edefendiam a proibição das mesmas nos templos.A outra polemica religiosa foi o Cisma do Oriente(1054). É o nome que se dá a divisão da Igreja Católica emduas: Católica Romana e Ortodoxa Grega.6. SociedadeA sociedade bizantina era totalmente hierarquizada.Ela se constituía desta forma: Imperador e sua família – ocupando o topo dasociedade; Nobreza (assessores do rei); Alto clero; Ricos fazendeiros, comerciantes e donos de oficinasartesanais; Camada média (pequenos agricultores, trabalhadoresdas oficinas de artesanato e pelo baixo claro); e, Camponeses pobres (trabalhavam muito, ganhavampouco e pagavam altas taxas de impostos).7. CulturaMosaico Igreja de Santa SofiaOs bizantinos se encarregaram da propagação dacultura greco-romana. Utilizavam das artes em geral paraexaltar ideais religiosos. As manifestações culturais é umacombinação de elementos culturais do Oriente e doOcidente. Merecem destaque os mosaicos coloridos e, naArquitetura, a Igreja de Santa Sofia – simples por fora egrandiosa por dentro.No Campo jurídico o destaque fica com a elaboraçãodo Corpus Juris Civilis ou Código do Direito Civil(compilação do Direito romano) e que estava dividido em 4partes: Código Justiniano - compilação de todas as leisromanas desde Adriano (117-138); Digesto ou Pandectas - reunião de trabalhos dejurisprudência de grandes juristas; Institutas - espécie de manual que facilitava o uso doCódigo ou do Digesto (princípios fundamentais doDireito romano); Novelas ou Autênticas - novas leis decretadas porJustiniano e seus sucessores.8. DecadênciaDepois da morte de Justiniano, o Império Bizantinoficou a mercê de diversas invasões, e, a partir daí, deu-seinício a queda de Constantinopla. Com seuenfraquecimento, o império foi divido entre diferentesrealezas feudais.Constantinopla teve sua queda definitiva no ano de1453, após ser tomada pelos turcos. A tomada deConstantinopla pelos turco-otomanos, em 1453, marcou ofim do Império Bizantino.
  3. 3. 9. AtividadeQuestões propostas1) Em relação às realizações do imperador Justiniano nosplanos interno, externo e cultural pode-se afirmar que:1. Combateu as heresias, procurando dar unidadereligiosa ao Império, para facilitar a consolidação desua monarquia.2. Reconquistou a África aos vândalos, a Itália aosostrogodos e o sul da Espanha aos visigodos.3. Construiu a Igreja de Santa Sofia, simples por fora esuntuosa por dentro, com sua cúpula apoiada emcolunas terminadas em capitéis ricamente trabalhados.4. Introduziu novas técnicas comerciais que provocarama ampliação dos mercados e o desenvolvimento decidades na Europa.5. Decidiu reunir em apenas uma obra, o Corpus JurisCivilis, o direito romano.[A] Se todas as afirmativas forem verdadeiras;[B] Se apenas as afirmativas 1 e 2 forem verdadeiras;[C] Se apenas as afirmativas 2 e 3 forem verdadeiras;[D] Se apenas as afirmativas 3 e 4 forem verdadeiras;[E] Se apenas as afirmativas 4 e 5 forem verdadeiras;2) Sobre o Império Bizantino, durante algum tempotambém chamado de Império Romano do Oriente, écorreto afirmar que.1. As Cruzadas contribuíram para sua decadência, poiscausaram a reabertura do Mediterrâneo aos mercadosocidentais, um maior contato entre os mundos cristãoocidental, muçulmano e bizantino e o aumento doantissemitismo na Europa.2. A herança da filosofia grega, de enorme influência nasociedade bizantina, contribuiu para a existência deum ambiente de debates em torno de temas religiosos,a exemplo da origem e natureza de Jesus Cristo.3. A civilização bizantina exerceu pouquíssimasinfluências culturais sobre as sociedades medievais,principalmente sobre as eslavas.4. A arte bizantina foi marcada pela fusão de elementosculturais asiáticos, gregos e latinos, condicionadospelo Cristianismo.5. Em 1453, Constantinopla foi conquistada pelos turcosotomanos, liderados pelo sultão Maomé II, sendotransformada na capital do Império Otomano,momento em que seu nome foi mudado para Istambul.[A] Se todas as afirmativas forem verdadeiras;[B] Se apenas as afirmativas 1 e 2 forem verdadeiras;[C] Se apenas as afirmativas 2, 4 e 5 forem verdadeiras;[D] Se apenas as afirmativas 3 e 4 forem verdadeiras;[E] Se apenas as afirmativas 4 e 5 forem verdadeiras;3) O Império Bizantino, originário do Império Romanodo Oriente resistiu às investidas de diversos povos econsolidou uma nova e brilhante civilização, durante aidade Média. Abaixo são apresentado 5 itens queidentificam características dessa civilização. Julgue-os:1. “(...) a corte era o centro de toda vida social eintelectual e modelava o gosto artístico. O objetivoda arte (...) era exprimir a autoridade absoluta, degrandeza sobre-humana do monarca”.2. “(...) essa civilização conservou e, posteriormenteespalhou a herança cultural greco-romana.Cristianizou os sérvios, os búlgaros e os russos.‟.3. (...) a Igreja (...) era rica e poderosa devido asdoações que recebia de fiéis e do Estado, mas agrande autoridade, mesmo em matéria de fé, era oimperador.”“.4. (...) trouxeram do Oriente para a Europa a culturado algodão, da cana-de-açúcar e do bicho da seda,além da técnica de irrigação e drenagem depântanos.5. (...) nele o fundamento do poder político era areligião. Por isso era teocrático, com os „vigários‟possuindo o poder religioso, militar e político.”[A] Se todas as afirmativas forem verdadeiras;[B] Se apenas as afirmativas 1 e 4 forem verdadeiras;[C] Se apenas a afirmativa 4 é falsa;[D] Se apenas as afirmativas 3 e 4 forem verdadeiras;[E] Se todas as afirmativas forem falsas;4) No século VI, o Império Bizantino foi governado peloseu mais célebre imperador, Justiniano. Conseguiuanexar várias regiões ao seu território, praticou oCesaropapismo, isto é, fazia constantes intervençõesnos assuntos religiosos e mandou edificar a suntuosaIgreja de Santa Sofia. Na cultura jurídica, organizou oCorpus Juris Civilis, no qual podemos destacar:1. Um código, que continha toda a legislação romanarevisada desde o Imperador Adriano.2. O Digesto ou Pandectas, que incluía um sumário dajurisprudência romana.3. A Recomendação, que teve suas origens no antigoPatronato romano.4. As Institutas, que constituíram um resumo para serutilizado pelos estudiosos de Direito.5. As Novelas ou Autênticas, que reuniam as novas leisdo Imperador.[A] Se todas as afirmativas forem falsas;[B] Se apenas as afirmativas 1 e 2 forem falsas;[C] Se apenas a afirmativa 3 for falsa;[D] Se apenas as afirmativas 3 e 4 forem falsas;[E] Se apenas as afirmativas 4 e 5 forem falsas;5) “É bizantino esperar de uma política bancária queaumenta os depósitos compulsórios e que eleva aalíquota do PIS/Cofins uma redução expressiva dastaxas de crédito. Também o é culpar a Selic e o lucrodos bancos pelos empréstimos caros no Brasil,ignorando as demais causas. A superação da barreirado crédito demanda um diagnóstico realista e aeliminação das bizantinices.” (Roberto Luis Troster,Folha de S.Paulo, 03. Ago.2006, p.A3).O autor nos compara, com muita propriedade, com oImpério Bizantino, onde:[A] Seus habitantes deleitavam-se com discussõesfilosóficas, sutis e que não levavam a nenhumaconclusão.
  4. 4. [B] As decisões econômicas eram tomadasdemocraticamente.[C] Havia programas de previdência e aposentadoriasbastante complexos.[D] As decisões políticas eram tomadas com grandeobjetividade e rapidez.[E] O povo não era atingido por tributações exageradas,causa da paz e equilíbrio sempre presentes naquelasociedade.6) (Mackenzie) O ano de 1054 foi marcado pelo "Cismado Oriente". Após um longo processo de conflitos,ocorreu a ruptura entre o papado romano e o patriarcade Constantinopla, ocasionando:[A] A criação da igreja Cristã Ortodoxa Grega.[B] A transferência da sede do papado para a cidade deAvignon.[C] O conflito denominado Querela das Investiduras.[D] A fundação da Igreja Cristã Protestante.[E] A divisão do Clero em secular ortodoxo e regularmonástico.7) (Ufes) Segundo a crença dos cristãos de Bizâncio, osícones (imagens pintadas ou esculpidas de Cristo, daVirgem e dos Santos) constituíam a "revelação daeternidade no tempo, a comprovação da própriaencarnação, a lembrança de que Deus tinha se reveladoao homem e por isso era possível representá-Lo deforma visível." (Franco Jr., H. e Andrade Filho, R. O.O IMPÉRIO BIZANTINO. São Paulo: Brasiliense,1994. p. 27).Apesar da extrema difusão da adoração dos ícones noImpério Bizantino, o imperador Leão III, em 726, condenoutal prática por idolatria, desencadeando assim a chamada"crise iconoclasta".Dentre os fatores que motivaram a ação de Leão III,podemos citar o (a):[A] Intolerância da corte imperial para com os habitantesda Ásia Menor, região onde o culto aos ícones serviade pretexto para a aglutinação de povos quepretendiam se emancipar.[B] Necessidade de conter a proliferação de culto àsimagens, num contexto de reaproximação da Sé deRoma com o imperador bizantino, uma vez que opapado se posicionava contra a instituição dos íconese exigia a sua erradicação.[C] Tentativa de mirar as bases políticas de apoio à suairmã, Teodora, a qual valendo-se do prestígio de quegozava junto aos altos dignitários da Igreja Bizantina,aspirava secretamente a sagrar-se imperatriz.[D] Aproximação do imperador, por meio do califado deDamasco, com o credo islâmico que, recuperando osprincípios originais do monoteísmo judaico-cristão,condenava a materialização da essência sagrada dadivindade em pedaços de pano ou madeira.[E] Descontentamento imperial com o crescente prestígioe riqueza dos mosteiros (principais possuidores efabricantes de ícones), que atraíam para o serviçomonástico numerosos jovens, impedindo-os, com issode contribuírem para o Estado na qualidade desoldados, marinheiros e camponeses.GABARITO: 1) A, 2) C, 3) C, 4) C, 5) A, 6) A, 7) E.Questões complementares1) Entre os fatores citados abaixo, assinale aquele quenão concorreu para a difusão da civilização bizantinana Europa Ocidental:[A] Fuga dos sábios bizantinos para o Ocidente, após aqueda de Constantinopla.[B] Expansão da Reforma Protestante, que marcou aquebra da unidade da Igreja Católica.[C] Divulgação e estudo da legislação de Justiniano,conhecida como Corpus Juris Civilis.[D] Intercâmbio cultural ligado ao movimento dasCruzadas.[E] Contatos comerciais das repúblicas marítimas italianascom os portos bizantinos nos mares Egeu eNegro.2) Justiniano (527 - 565), no Império Romano doOriente, enfrentou diferentes dificuldades internas,inclusive nas relações entre a Igreja e o Estado, devidoa heresias como a dos monofisistas. Estes, entre outrosprincípios:[A] Pretendiam a destruição de todas as imagens;[B] Negavam a natureza humana de Cristo;[C] Defendiam o conhecimento de Deus inspirado nomisticismo;[D] Admitiam o dualismo de inspiração budista;[E] Acreditavam na reencarnação das almas em corposanimais.3) (PUC) Em relação ao Império Bizantino, é certoafirmar que:[A] O governo era ao mesmo tempo teocrático e liberal;[B] O Estado não tinha influência na vida econômica;[C] O comércio era sobretudo marítimo;[D] O Império Bizantino nunca conheceu crises sociais;[E] O imperialismo bizantino restringiu-se à Ásia Menor.4) Sobre o Império Bizantino, considere as afirmaçõesabaixo se são verdadeiras ou falsas:1. ( ) Constantinopla, a "Nova Roma" de Constantino,foi fundada para servir como capital do Império.2. ( ) Sua localização geográfica era péssima,descampada por todos os lados, facilitando asinvasões.3. ( ) O grande imperador de Bizâncio foi Justiniano,de origem humilde, mas protegido por seu tio,o imperador Justino.4. ( ) No Corpus Juris Civilis, Justiniano organizouuma compilação das leis romanas desde a Repúblicaaté o Império.5. ( ) Com o objetivo de reconstruir o Antigo ImpérioRomano, Justiniano empreendeu campanhas militaresconhecidas pelo nome genérico de "Reconquista".GABARITO: 01. B, 02. B, 03. C, 04. VFVVV

×