Contando com o Sistema Decimal Posicional - Parte II

474 visualizações

Publicada em

Matemática
Contagem

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
474
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
81
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Contando com o Sistema Decimal Posicional - Parte II

  1. 1. CONTANDO COM O SISTEMA DECIMAL POSICIONAL PARTE II SME – Campinas / PNAIC Slides elaborados por Adriana Correia Coodernadora geral: Bete Pimentel Colaboradoras: Cristina Pauluci, Eliana Boscolo, Idelvandre,Isnary, Ìtala Rizzo, Kelly Arduíno, Laís Alendes, Patrícia Infanger. 03 DE SETEMBRO / 2014
  2. 2. PAUTA  Leitura deleite  1 – Contagem (contagem)  2 - Estimativas e cálculo mental  Continuidade das apresentações das Sequências Didáticas
  3. 3. Analise a tarefa abaixo e discuta com seus pares quais direitos de aprendizagem as crianças necessitam para realizá-la.
  4. 4. JOGO CUBRA E DESCUBRA Organização da turma: em duplas Materiais: um tabuleiro (anexo), 22 fichas (sendo 11 de cada cor) e 2 dados. Meta: conseguir tirar todas as fichas do seu lado do tabuleiro Regras (iniciais...): Cada jogador coloca todas as fichas no seu lado do tabuleiro, de modo a cobrir todos os números que nele aparecem. Na sua vez, cada jogador lança os dois dados, adiciona os pontos que saírem nos dados e tira do tabuleiro a ficha que cobre a soma. Quem erra a soma, ou ao tirar a ficha, perde a vez. O vencedor será aquele que primeiro tirar todas as fichas do seu lado do tabuleiro.
  5. 5. AS BOAS PERGUNTAS...  Por que o menor número do tabuleiro é o 2?  Por que não tem o número 1 no tabuleiro?  É possível ter o número 0 no tabuleiro? Por quê?  O que é mais fácil conseguir soma 12 ou 7? Por quê?  Júlia jogou os dados e tirou sua ficha do 8. Quais números podem ter saído nos dados?
  6. 6. MONTE TODAS AS POSSIBILIDADES QUE PODEM SAIR NOS DOIS DADOS PARA CADA UM DOS NÚMEROS DO TABULEIRO 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12
  7. 7. Objetivos pedagógicos: associar uma quantidade ao símbolo que representa, compreender a ideia de adição como ação de adicionar uma quantidade à outra, a efetuar adições mentalmente e a construir os fatos fundamentais da adição a partir de situações-problema.
  8. 8. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS Caderno 1 de apoio de aprendizagem da Prefeitura Municipal de São Paulo (2010). Cadernos 2 e 3 do PNAIC-Matemática (2014). Caderno 1 do EMAI – SESSP (2014). Cadernos do Mathema – Jogos de matemática do 1º ao 5º (Smole, Diniz e Cândido). Artmed.
  9. 9. OS INDICADORES DO SENTIDO DE NÚMERO  A) Realizar cálculo mental flexível.  B) Realizar estimativas e usar pontos de referência.  C) Estabelecer relações matemáticas (fazer inferências, registros, algoritmos, cálculos...)  Leitura do caderno 2,páginas: 22-29 (solicitei como leitura em casa)
  10. 10. ANALISE ESTA IMAGEM DE UM SHOW
  11. 11. QUAL SHOW VOCÊ ACHA QUE ESSAS PESSOAS ESTAVAM ASSISTINDO? Você consegue contar quantas pessoas estavam nesse show? Por quê? Quantas pessoas você acha que estão nesse show: a) Mais de 100 b) Mais de 1000 c) Mais de 2000 d) Se você não concordar com nenhuma das alternativas acima, quantas você sugere?
  12. 12. Outro dia comi um bolinho de chuva que Dona Maria fez e estava muito bom! Pedi a receita para ela que me respondeu: - Ah não sei dizer...Fiz a olho! Fui colocando um punhado de farinha de trigo, 2 ovos, uma pitada de fermento, um pouco de leite. O que Dona Maria quis dizer com “um punhado” de farinha de trigo? Como ela mediu?
  13. 13. O JOGADOR DE BASQUETE MAIS ALTO DO MUNDO  Manute Bol, nascido no Sudão, foi um grande jogador de basquete da NBA, o maior do mundo. Além do basquete, Manute era admirado por dedicar seu tempo livre à realização de trabalhos humanitários em seu país.
  14. 14. QUANTO VOCÊ ACHA QUE ELE TEM DE ALTURA? Mais de um metro? Quase dois metros? Mais de dois metros?
  15. 15. INCRÍVEL... Ele tinha 2,31 metros de altura! Infelizmente ele faleceu aos 47 anos, no ano de 2010.
  16. 16. A ESTIMATIVA Além de possibilitar um tipo de aprendizagem que favorece uma relação pessoal com um novo conhecimento matemático, permite que a criança faça descobertas e vivencie situações coletivas em que deve considerar a solução do outro.
  17. 17. O CÁLCULO MENTAL  O que caracteriza o cálculo mental é o fato de se associar os números a algum referente (quantidade de dinheiro, de pessoas, de objetos, do comprimento ou altura de um objeto, resultados de contas simples – dobro, triplo, metades...etc.). Através do cálculo mental são estabelecidas relações numéricas importantes que se relacionam às propriedades das operações (distributividade, comutatividade, associatividade, etc.).
  18. 18. VÍDEO SOBRE RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS E CÁLCULO MENTAL - IMENES  https://www.youtube.com/watch?v=eZr1wOpaiOg (16min)
  19. 19. SEM UTILIZAR O PROCESSO CLÁSSICO 99 + 26 PODE SER ESCRITO ASSIM... 100 + 26 = 126 126 - 1 = 125
  20. 20. COMO PODEMOS ENCONTRAR 9 X 4? A) 9 x 2 x 2 = 18 x 2 = 36 B) 4 x 10 = 40 – 4
  21. 21. RESOLVENDO 15 + 14...  A) 10 + 10 + 5 + 4 = 29 B) 20 + 9 = 29 C) 15 + 15 = 30 e 30 – 1 = 29
  22. 22. ALGUMAS CARACTERÍSTICAS DO CÁLCULO MENTAL  - Operação sobre os números (visão do número como um todo).  - Unem relações numéricas com algumas propriedades dos números.  - Mesmo se tratando de contas “de cabeça”, é possível se utilizar de registros.
  23. 23. BIBLIOGRAFIA  Brocardo, J. e Serrazina, L. O sentido de número no currículo. In Brocardo, J. e Serrazina, L. Sentido de número: reflexões que entrecruzam teoria e prática. Ano, Lisboa.  Cadernos 2 e 3 do PNAIC-MEC/Brasil.  Revista Nova Escola. Nº. Ano.
  24. 24. TAREFA LEITURA DO TEXTO: “EU TRABALHO PRIMEIRO NO CONCRETO”, DA PROFESSORA ADAIR NACARATO

×