Dorothea Lange
Nasceu a 26 de Maio de 1895, em Hoboken, New Jersey.
Lange iniciou-se na fotografia em Nova York, com Clare...
Técnica e Equipamento
Na verdade Dorothea Lange não sabia utilizar muito bem as
técnicas fotográficas, as técnicas dela se...
Bibliografia
• http://www.americanswhotellthetruth.org/pgs/portraits/Dorothea_
Lange.php
• http://www.historyplace.com/uni...
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Dorothea Lange
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Dorothea Lange

1.934 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.934
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
172
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
21
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dorothea Lange

  1. 1. Dorothea Lange Nasceu a 26 de Maio de 1895, em Hoboken, New Jersey. Lange iniciou-se na fotografia em Nova York, com Clarence H. White. Foi aprendiz em vários estúdios fotográficos de Nova York, incluindo o do Arnold Genthe. Em 1918 mudou-se para San Francisco, e no ano seguinte abriu um estúdio de retratos. Em 1920, casou-se com o notável pintoe ocidental Maynard Dixon, com quem teve dois filhos. O primeiro nascido em 1925, chamado Daniel Rhoades Dixon, o segundo em 1929, chamado João Eaglesfeather Dixon. Com o ínicio da Grande Depressão, Lange pegou na cãmara saíu de estúdio e apontou as suas lentes para a rua. A partir daí os seus trabalhos sobre desempregados e moradores de rua chamou à atenção dos fotografos locais e levou ao seu emprego em orgãos federais de Reassentamento da Administração, mais tarde chamado de Farme Security Administration. Em dezembro de 1935, divorciou-se de Nixon e casou com o economista Paul Taylor Schuster, professor de Economia na Universidade da Califórnia. Juntos, Lange e Taylor documentavam a pobreza rural e a exploração de meneiros e trabalhadores, Taylor e Lange fotografava. De 1935 a 1939, o trabalho de Lange para a AR e FSA que retratava o sofrimento dos pobres e esquecidos, chamou a atenção do público. As suas fotos tornaram-se ícones pungente da época. Em 1941, Langue foi premiada com uma bolda da Fundação Guggenhiem para a excelência em fotografia, do qual teve que abdicar. Em 1945, foi convidada por Ansek Adams para ser docente no departamento de Arte da Fotografia na Escola de Artes da California. Em 1951, fundou a revista fotográfica Aperture. Morreu a 11 de Outubro de 1965, com cancro no esófago.
  2. 2. Técnica e Equipamento Na verdade Dorothea Lange não sabia utilizar muito bem as técnicas fotográficas, as técnicas dela sempre foram usar mais a emoção e o sentimento para expressar algo do que na qualidade dos negativos. Era simples e pouco arrojada, seguindo mais a sua intuição para decidir qual seria uma boa foto ao não.
  3. 3. Bibliografia • http://www.americanswhotellthetruth.org/pgs/portraits/Dorothea_ Lange.php • http://www.historyplace.com/unitedstates/lange/index.html • http://www.masters-of-photography.com/L/lange/lange.html

×