Escola paineiras 2

1.730 visualizações

Publicada em

Trabalho acadêmico sobre escola.

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.730
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
50
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Escola paineiras 2

  1. 1. LocalizaçãoLocalização Avenida Senhor dos Passos, 2102 São Pedro – Juiz de Fora – MG Terreno da Escola – 7.590 m² Área construída Escola – 1.500 m² Terreno Geral – 21.578 m²
  2. 2. AcessosAcessos Acesso dos alunos Acesso dos funcionários, sala dos professores e administração Acesso de Veículos Estacionamento
  3. 3. AcessibilidadeAcessibilidade Rampa de acesso á marcenaria Escada com guarda corpo e corrimão Banheiros acessíveis á cadeirante
  4. 4. • A escola possui dois pavimentos, com acessibilidade, através de escadas com corrimão que atende á crianças menores também, e rampas de acesso. • Com um grande pátio central, onde são realizados as festas da escola e a socialização das crianças, durante o intervalo. EdifícioEdifício
  5. 5. ImplantaçãoImplantação Paineira Escola WaldorfPaineira Escola Waldorf Pontos de referências: - Igreja de São Pedro - Estação São Pedro Entrada na Av. Senhor dos Passos
  6. 6. Lógica FuncionalLógica Funcional Intenção/Organização Volumétrica do ConjuntoIntenção/Organização Volumétrica do Conjunto Arquitetura das salas de aula configuradas em formato de “conchas” formando um pátio central. Intuito de trazer aconchego como se fosse um abraço. Área educacional Área administrativa
  7. 7. Insolação/VentosInsolação/Ventos  O modo com que o prédio de salas de aula foi implantado propicia a ventilação cruzada.  Boa iluminação.  Aberturas predominantes no sentido norte-sul.  Durante a tarde, o sol mais forte bate em todo o pátio, sem atingir, diretamente as salas de aulas. Sol da Manhã Sol da Tarde Sol poente
  8. 8. Sistema estruturalSistema estrutural  Tijolo de cerâmica pintado com terra e cola diluídos em água. Pilares e guarda corpo de eucalipto tratado
  9. 9. EsquadriasEsquadrias
  10. 10. Análise das salas de aulasAnálise das salas de aulas FuncionalidadeFuncionalidade Na Pedagogia Waldorf, cada sala recebe um layout diferente, de acordo com a etapa que está sendo cursada. Maternal Idade de 2 a 3,5 anos
  11. 11. Jardim de Infância Idade de 3,5 a 7 anos Análise das salas de aulasAnálise das salas de aulas FuncionalidadeFuncionalidade
  12. 12. Parque para Maternal e Jardim deParque para Maternal e Jardim de InfânciaInfância
  13. 13. Análise das salas de aulasAnálise das salas de aulas FuncionalidadeFuncionalidade
  14. 14. Parque para o 2° setênioParque para o 2° setênio
  15. 15. Análise das salas de atividadesAnálise das salas de atividades FuncionalidadeFuncionalidade Marcenaria
  16. 16. Análise das salas de atividadesAnálise das salas de atividades FuncionalidadeFuncionalidade Atividade do grão de trigo que dura o ano inteiro, onde as crianças, semeiam a terra, plantam o trigo, tratam o mesmo, é colhido este trigo, feito a farinha para fazerem o pão. Depois é assado este pão no forno que as próprias crianças fabricaram em barro, e levado para casa para o natal.
  17. 17. AtividadesAtividades
  18. 18. EntrevistasEntrevistas Entrevistas feitas 20 funcionários.
  19. 19. Poema dos DesejosPoema dos Desejos Entrevistas feitas 15 alunos. O que você gostaria que tivesse na sua escola?
  20. 20. Escola PublicadaEscola Publicada
  21. 21. PrimetimePrimetime Child DevelopmentChild Development Marcio Kogan e Lair ReisMarcio Kogan e Lair Reis • Localizada no bairro Morumbi em São Paulo, SP •Início do projeto 2005 •Conclusão da obra 2007 •Área do terreno 900 m2 •Área construída 870 m2
  22. 22. O projeto foi premiado no concurso do IAB-SP 2008 como melhor projeto comercial concluído no ano. Foi concebida para oferecer um serviço pedagógico específico para 75 crianças entre zero e três anos. O projeto arquitetônico nasceu para tornar possível essa missão. PrimetimePrimetime Child DevelopmentChild Development Marcio Kogan e Lair ReisMarcio Kogan e Lair Reis
  23. 23. A Escola – Berçário adota uma filosofia de ensino que proporciona condições favoráveis ao desenvolvimento do potencial de crianças com até três anos de idade. Nesse contexto,a arquitetura assume um papel primordial de estimular os sentidos. A proposta de Márcio kogan e Lair Reis explora as possibilidades implícitas nesse objetivo e estabelece um dinâmico e colorido jogo de volumes,construídos com diferentes materiais. PrimetimePrimetime Child DevelopmentChild Development Marcio Kogan e Lair ReisMarcio Kogan e Lair Reis
  24. 24. A arquitetura de linhas contemporâneas, com caráter lúdico e sem apelo fácil da infantilização dos espaços, já era uma das premissas da cliente antes de contratar o projeto. Ficou fácil, então, escapar dos modelos convencionais e propor uma construção baseada na composição de volumes e cores e na mescla de concreto,vidro e policarbonato. O resultado é um conjunto de caixas que interagem e,à primeira vista, fazem o observador supor que se trata de um escritório. PrimetimePrimetime Child DevelopmentChild Development Marcio Kogan e Lair ReisMarcio Kogan e Lair Reis
  25. 25. Para dispor todos os itens do programa no terreno de esquina, relativamente pequeno, foi necessário verticalizar a construção. Com três pavimentos interligados por rampas.No piso intermediário ficam crianças maiores, que podem caminhar, e no superior os bebês em idade de colo. PrimetimePrimetime Child DevelopmentChild Development Marcio Kogan e Lair ReisMarcio Kogan e Lair Reis
  26. 26. ProgramaPrograma Planta baixa pavimento térreo
  27. 27. Programa Planta baixa pavimento intermediário
  28. 28. Planta baixa pavimento superior Programa
  29. 29. •A transparência da fachada expõe as áreas internas de circulação. •A iluminação noturna valoriza o conjunto •A caixa de policarbonato faz o fechamento da rampa no nível térreo e embute a linha de pilares. Fachada SudesteFachada Sudeste
  30. 30. • Brise-soleil de chapas metálicas perfuradas, instaladas a 1,20 m de distância da fachada posterior torna os ambientes ventilados e iluminados e garante a segurança da varanda da sala de atividades do pavimento intermediário para o uso das crianças. • Chapa de alumínio torna-se opaca durante o dia enquanto à noite é transparente. Fachada NoroesteFachada Noroeste
  31. 31. •A luz azul cria uma atmosfera tranqüila na sala de descanso dos bebês. •Esta fachada também acomoda as diferentes aberturas do programa (quase todos os ambientes estão abertos para esta face), mantendo a integridade do edifício. Fachada NoroesteFachada Noroeste
  32. 32. Fachada NordesteFachada Nordeste • Um volume cúbico amarelo se projeta além do limite da construção. Ele abriga uma sala de reuniões e se destaca no conjunto. • Outros dois blocos complementam o conjunto.O bloco laranja,onde está a cozinha e o refeitório, ambientes também usados em atividades didáticas.E o bloco amarelo, que abriga a sala de múltiplo uso com palco.
  33. 33. InteriorInterior Foi um trabalho construído ao longo de anos de estudo e planejamento, período em que,paralelamente, ela adquiriu diversos itens de mobiliário importado, selecionados pelo design e por oferecerem soluções consideradas adequadas e atuais. Emprego de certos materiais como pisos absorventes de impacto foram fundamentais para a criação de um ambiente confortável e seguro, no qual as crianças pudessem desenvolver plenamente suas atividades.
  34. 34. InteriorInterior O mobiliário, louças e aberturas são todos adaptados à altura média das crianças. Aproveitamento do espaço perdido, como uma biblioteca por debaixo da rampa e a utilização do hall de passagem.
  35. 35. ExteriorExterior O paisagismo foi igualmente concebido para garantir a interação segura com as crianças. Playground adaptado para crianças pequenas.
  36. 36. Fim.Fim. Grupo:Grupo: Beatriz OliveiraBeatriz Oliveira Joice SilvaJoice Silva Kelly CarvalhoKelly Carvalho Letícia MendesLetícia Mendes Phelipe TavaresPhelipe Tavares

×