PREFEITO
JOSÉ QUEIROZ DE LIMA
VICE - PREFEITO
JORGE GOMES
SECRETÁRIA ESPECIAL DA MULHER E DE DIREITOS HUMANOS
ELBA RAVANE
RESTROSPECTIVA 2013
• Programa Mulheres Mil
O objetivo do programa é melhorar a qualidade de vida das mulheres, de suas famílias e
comunidades...
• Projeto Mulheres de Barro
O programa foi criado com o objetivo de promover a autonomia econômica e a geração de
renda da...
• IX Fórum Metropolitano de Gestoras e Participação no Fórum Nacional
de Gestoras em Brasília
Secretárias e coordenadoras ...
• I Curso de Especialização em Gênero, Desenvolvimento e Políticas Públicas
• Projeto Mulheres em Situação de Prisão
A Colônia Penal Feminina de Buíque conta com cerca de 44% da população carcerária...
• Casa da Mulher Artesã
Através de convênio com o Governo Federal, está sendo construída em Caruaru, no Alto do
Moura, a C...
• Plano de Ação: Diálogo Social- Mulheres Costurando Direitos
A Secretaria Especial da Mulher e de Direitos Humanos de Car...
• De Olhos Abertos Contra a Violência
Em parceria com o Governo Federal, foram capacitados 500 profissionais de diversas á...
• Lei Maria da Penha Vai às Escolas
A Secretaria Especial da Mulher e de Direitos Humanos deu início ao projeto “Lei Maria...
• I Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Étnico-Racial de
Caruaru
A parceria firmada entre a Gerência de Direito...
• 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra a Mulher
A campanha “16 Dias de Ativismo Pelo Fim da Violência Contra a...
COMBATE A VIOLÊNCIA CONTA A MULHER: PATRULHA MARIA DA PENHA
E CENTRO DE REFERÊNCIA DA MULHER
Centro de Referência da Mulhe...
PERFIL DAS MULHERES ATENDIDAS NO CENTRO DE
REFERÊNCIA DA MULHER MARIA BONITA-CARUARU.
Universo: 191 mulheres Ano Base: 201...
PERFIL DAS MULHERES ATENDIDAS NO CENTRO DE
REFERÊNCIA DA MULHER MARIA BONITA-CARUARU.
Nº Atendimentos: 690
Universo: 191 m...
CIM - COMITÊ
INTERSETORIAL DAS
MULHERES
PERSPECTIVAS 2014
Campanha “Mulheres Independentes: É a força da caruaruense
construindo o próprio futuro”
Projeto Mulheres Construindo
Autonomia Econômica
O convênio 108/2013 –
SPM/PR, firmado entre
Prefeitura de Caruaru, atravé...
1. Capacitação:
Público Alvo: Trabalhadoras Rurais, Trabalhadoras Domésticas, Artesãs e Mulheres
em situação de privação d...
2. Criação de Núcleos de Multiplicadoras Sociais: Mobilizar
mulheres em situação de vulnerabilidade social, lésbicas,
tran...
3. Assessoria para Formalização de Associações: Considerando
que um dos empecilhos ao fortalecimento da atuação política d...
Implementação da Escola Gênero, Feminismo e Autonomia no Mundo
Trabalho
• Com o objetivo de assegurar formação na temática...
Aprovação do projeto Rede Itinerante Mulher e Cidadania
Proposta nº 025642/2014 – Ampliar a capilaridade da rede de preven...
Obrigada!
Balanço da Secretaria da Mulher de Caruaru
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Balanço da Secretaria da Mulher de Caruaru

543 visualizações

Publicada em

Balanço das ações da Secretaria Especial da Mulher e Direitos Humanos de Caruaru em 2013, além de perspectivas apra 2014.

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
543
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Balanço da Secretaria da Mulher de Caruaru

  1. 1. PREFEITO JOSÉ QUEIROZ DE LIMA VICE - PREFEITO JORGE GOMES SECRETÁRIA ESPECIAL DA MULHER E DE DIREITOS HUMANOS ELBA RAVANE
  2. 2. RESTROSPECTIVA 2013
  3. 3. • Programa Mulheres Mil O objetivo do programa é melhorar a qualidade de vida das mulheres, de suas famílias e comunidades, incentivando o potencial produtivo e ampliando as chances de empregabilidade. Total de capacitadas: 94 mulheres
  4. 4. • Projeto Mulheres de Barro O programa foi criado com o objetivo de promover a autonomia econômica e a geração de renda das artesãs do barro em Caruaru, além de contribuir para a divulgação da tradição da cultura local. Através do projeto, as artesãs participaram de oficinas para aprimorar o uso artístico do barro. Total de capacitadas: 123 mulheres
  5. 5. • IX Fórum Metropolitano de Gestoras e Participação no Fórum Nacional de Gestoras em Brasília Secretárias e coordenadoras dos Organismos Municipais de Políticas para as Mulheres da Região Metropolitana do Recife (RMR) e do município de Goiana e das cidades-polo de Caruaru, Garanhuns e Petrolina, foram recebidas para a realização do IX Fórum de Gestoras. Pela primeira vez sediado em Caruaru, o Fórum de Gestoras adotou o tema “Gênero e Cultura” como foco dos debates que aconteceram no Museu do Barro, localizado no Pátio de Eventos Luiz "Lua" Gonzaga.
  6. 6. • I Curso de Especialização em Gênero, Desenvolvimento e Políticas Públicas
  7. 7. • Projeto Mulheres em Situação de Prisão A Colônia Penal Feminina de Buíque conta com cerca de 44% da população carcerária de mulheres caruaruenses e mais de 75% da região Agreste. Levando em consideração este cenário, a Secretaria Especial da Mulher e de Direitos Humanos, em parceria com a Secretaria Executiva de Ressocialização – SERES, Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Secretaria Municipal da Criança, do Adolescente e de Políticas Sociais – SCAPS, e a Secretaria Estadual da Mulher, criou o Projeto Mulheres em Situação de Prisão. O projeto consiste no desenvolvimento de ações que aproximam as mulheres dos seus vínculos afetivos, através da disponibilização de transporte para visitação de familiares e parentes, e a promoção de oficinas de profissionalização e escolarização.
  8. 8. • Casa da Mulher Artesã Através de convênio com o Governo Federal, está sendo construída em Caruaru, no Alto do Moura, a Casa da Mulher Artesã. A proposta da Prefeitura é que a gestão da casa seja compartilhada com a sociedade civil. A instalação da unidade, que está em andamento, faz parte do projeto Revitalino, que tem por objetivo melhorar a qualidade da vida dos/as moradores/as do Alto do Moura, fomentar o turismo do local e torná-lo sustentável.
  9. 9. • Plano de Ação: Diálogo Social- Mulheres Costurando Direitos A Secretaria Especial da Mulher e de Direitos Humanos de Caruaru, a Secretaria da Mulher de Toritama, a Coordenadoria da Mulher de Santa Cruz do Capibaribe, em parceria com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIESSE), a Nova Central Sindical dos Trabalhos e instituições de Ensino Superior e Técnico, promovem o plano de ação: “Diálogo Social- Mulheres Costurando Direitos. como objetivo promover uma série de discussões e reflexões sobre o Polo de Confecções do Agreste mobilizando toda a comunidade que é envolvida pela confecção, numa perspectiva de formação no que diz respeito a Educação Previdenciária.
  10. 10. • De Olhos Abertos Contra a Violência Em parceria com o Governo Federal, foram capacitados 500 profissionais de diversas áreas e instituições da Rede de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher para o atendimento especializado às vítimas de violência sexual, física, psicológica, moral, patrimonial e econômica.
  11. 11. • Lei Maria da Penha Vai às Escolas A Secretaria Especial da Mulher e de Direitos Humanos deu início ao projeto “Lei Maria da Penha Vai às Escolas”, que será desenvolvido agora a nível estadual. A iniciativa teve como referência o projeto municipal desenvolvido também pela secretaria, desde agosto de 2012, intitulado de “Lei Maria da Penha nas Escolas”.
  12. 12. • I Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Étnico-Racial de Caruaru A parceria firmada entre a Gerência de Direitos Humanos de Caruaru, as comunidades tradicionais de terreiros e representantes da população negra, cigana e de demais minorias étnicas realiza a I Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Étnico-Racial de Caruaru. O encontro debateu a construção do Plano Municipal de Políticas Públicas para a população negra e o Conselho Municipal voltado para o mesmo tema. Em 2014, Secretaria Especial da Mulher e de Direitos Humanos inicia a formação do Conselho de Políticas de Promoção da Igualdade Étnico-Racial (CPPIER), a Lei do Conselho garante que 50% das integrantes sejam mulheres.
  13. 13. • 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra a Mulher A campanha “16 Dias de Ativismo Pelo Fim da Violência Contra a Mulher” acontece simultaneamente em 159 países. Durante o período de 16 dias, foram promovidos debates, palestras, oficinas e capacitações em diferentes espaços sociais para a mobilização educativa da comunidade pela erradicação deste tipo de violência. Entre as ações de 2013, foi realizada uma ação e prevenção e combate à feminização da AIDS e panfletagem nos parques municipais.
  14. 14. COMBATE A VIOLÊNCIA CONTA A MULHER: PATRULHA MARIA DA PENHA E CENTRO DE REFERÊNCIA DA MULHER Centro de Referência da Mulher (CRM) Maria Bonita - Caruaru Rua Felipe Camarão, nº 93 - Bairro: Nossa Senhora das Dores Cep: 55004-350 (81)8648-2318 crm.caruaru@hotmail.com
  15. 15. PERFIL DAS MULHERES ATENDIDAS NO CENTRO DE REFERÊNCIA DA MULHER MARIA BONITA-CARUARU. Universo: 191 mulheres Ano Base: 2013 Faixa Etária 18 a 29 anos 36% 30 a 45 anos 48% 46 a 60 anos 14% 61 ou mais 2% TOTAL 100% Estado Civil Solteira 59,68% Casada 26,18% Divorciada 9,95% Viúva 3,14% Separada Judicialmente 1,05% TOTAL 100% Orientação Sexual Heterossexual 94,24% Bissexual 2,10% Lésbica 0,52% Não informado 3,14% TOTAL 100% Benefício Sim 43,45% Não 54,98% Não Informado 1,57% TOTAL 100% Renda Até 1 salário 42,93% 1 a 2 salários 7,85% + de 2 salários 0,52% Não informado 24,60% Não tem 24,10% TOTAL 100% Profissional Trabalha 48,69% Não Trabalha 50,26% Não Informado 1,05% TOTAL 100% Escolaridade Alfabetizada 84,8% Não-Alfabetizada 7,35% Não informado 7,85% TOTAL 100% Filhos/as 1 a 2 56,54% 3 a 4 17,8% 5 a 6 3,14% + de 7 0% Não tem 15,71% Não informado 6,81% TOTAL 100%
  16. 16. PERFIL DAS MULHERES ATENDIDAS NO CENTRO DE REFERÊNCIA DA MULHER MARIA BONITA-CARUARU. Nº Atendimentos: 690 Universo: 191 mulheres Ano Base: 2013 Cor/Raça Branca 43,98% Preta 5,76% Parda 43,46% Amarela 0,52% Índia 0,0% Não informado 6,28% TOTAL 100% Religião Evangélica 29,32% Católica 27,23% Espírita 0,52% Outros 1,05% Não tem 15,70% Não informado 26,18% TOTAL 100% Prestou Queixa Sim 56,54% Não 40,84% Não informado 2,62% TOTAL 100% Tipo de Violência Física 37,24% Psicológica 45,31% Sexual 5,73% Patrimonial 11,72% A mesma mulher pode ter sido vítima de mais de um tipo de violência. Deste modo, o universo avaliado neste item foi de 384. TOTAL 100%
  17. 17. CIM - COMITÊ INTERSETORIAL DAS MULHERES
  18. 18. PERSPECTIVAS 2014
  19. 19. Campanha “Mulheres Independentes: É a força da caruaruense construindo o próprio futuro”
  20. 20. Projeto Mulheres Construindo Autonomia Econômica O convênio 108/2013 – SPM/PR, firmado entre Prefeitura de Caruaru, através da Secretaria Especial da Mulher e de Direitos Humanos, com o Governo Federal, através da Secretaria de Políticas para as mulheres visa capacitar mulheres para promoção da autonomia econômica e igualdade no mundo do trabalho e cidadania participativa. Sua execução divide-se em:
  21. 21. 1. Capacitação: Público Alvo: Trabalhadoras Rurais, Trabalhadoras Domésticas, Artesãs e Mulheres em situação de privação de liberdade e mulheres em geral. Capacitar cerca de 120 mulheres para o segmento da construção civil e 30 na área têxtil. • Formar cerca de 270 mulheres em autonomia econômica e igualdade de direitos; • Qualificar cerca de 90 mulheres como agentes da política pública municipal para a mulher; • Qualificar em Políticas Públicas para a Mulher, com ênfase em autonomia econômica, 20 Conselheiras Municipais do Conselho Municipal da Mulher de Caruaru. • Após a conclusão dos cursos, as participantes serão acompanhadas, a fim de que se possa analisar o impacto gerado pela capacitação nas suas vidas profissional e social. Será ofertada capacitação técnica com a finalidade de viabilizar o acesso às linhas de crédito e acompanhamento técnica/produtiva e gerencial para microempreendedoras, para fundação de associações, cooperativas e previdência social.
  22. 22. 2. Criação de Núcleos de Multiplicadoras Sociais: Mobilizar mulheres em situação de vulnerabilidade social, lésbicas, transexuais, negras, jovens, idosas, deficientes, de comunidades tradicionais, usuárias do Centro de Referência da Mulher, trabalhadoras rurais e outras lideranças comunitárias, para a formação de núcleos territoriais de multiplicadoras sociais; com ênfase nos direitos das mulheres e na autonomia econômica. Formação de equipes multidisciplinares, organizadas pelas nove Regiões Político- Administrativas - RPAs que atuem como multiplicadoras sociais nas comunidades periféricas da zona urbana e rural do município, discutindo, junto com a comunidade questões de gênero, feminismo, diversidade sexual, discriminação racial, divisão sexual do trabalho e autonomia econômica, violência doméstica e participação popular. A partir dos núcleos de multiplicadoras sociais em Políticas públicas, Gênero, Cidadania, divisão sexual do trabalho e autonomia econômica.
  23. 23. 3. Assessoria para Formalização de Associações: Considerando que um dos empecilhos ao fortalecimento da atuação política das mulheres de forma organizada é a não formalização dos grupos produtivos e associações, com o objetivo de assessorar e apoiar a legalização dos grupos existentes e que venham a ser formados como resultado do processo de formação e atuação das multiplicadoras sociais. 4. Fortalecimento do Conselho Municipal da Mulher: Com o objetivo de fortalecer a atuação dessa instância central de controle social da Política Pública Municipal da Mulher, será realizada uma oficina com as integrantes do Conselho Municipal da Mulher. Cada uma das oficinas terá duração de 4 horas-aula e contará com a participação de 20 conselheiras.
  24. 24. Implementação da Escola Gênero, Feminismo e Autonomia no Mundo Trabalho • Com o objetivo de assegurar formação na temática de gênero nos cursos profissionalizantes oferecidos no município, será lançado o projeto Escola Gênero, Feminismo e Autonomia no Mundo Trabalho. A proposta é incluir na grade dos cursos de qualificação oferecidos pelos diversos órgãos do município temas que relacionem gênero e autonomia econômica, afim de conscientizarmos as caruaruenses para enfrentar a reprodução das práticas sexistas nos ambientes de trabalho.
  25. 25. Aprovação do projeto Rede Itinerante Mulher e Cidadania Proposta nº 025642/2014 – Ampliar a capilaridade da rede de prevenção e atendimento às mulheres em situação de violência doméstica, familiar, sexista, residentes nos contextos rurais do Município de Caruaru.
  26. 26. Obrigada!

×