Successfully reported this slideshow.

Os Esportes de Roma/ Único Slide, Imperdivél

1.919 visualizações

Publicada em

Os Esportes de Roma/ Único Slide, Imperdível
Espetacular!

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Os Esportes de Roma/ Único Slide, Imperdivél

  1. 1. Os Esportes de Roma
  2. 2.  Os antigos romanos já praticavam um jogo de bola com as mãos chamado: Expulsium Ludere.  Este jogo chegou a ser tão popular no Império que todas as termas de banhos e vilas privadas reservavam um espaço para a prática. Posteriormente, na Idade Média, esportes similares ao atual handebol empolgavam os habitantes das principais cidades da França e da Alemanha. Foi regulamentado em 1914 pelo alemão Karl Schellenz. Professor de Educação Física, jogado por moças, num campo de 40 x 20 m, era chamado handebol de campo. Com o passar do tempo, começou a ser disputado por homens. Suas medidas foram aumentadas, adaptadas ao tamanho do campo de futebol, e jogavam duas equipes de 11 cada uma. O esporte foi evoluindo e, em 1927,foi criada a Federação Internacional de Handebol. Em 1936, foi incluído no programa dos Jogos Olímpicos.
  3. 3.  Os países que mais se destacaram nesse esporte foram Alemanha, França, Dinamarca e Suécia. Na Suécia, para que pudesse ser praticado no inverno, o esporte foi adaptado para recinto fechado. Aí surgiu o handebol de salão com 7 jogadores de cada lado. A Alemanha é o pais onde é mais praticado e no Brasil o handebol chegou em 1930 e vem se desenvolvendo ano após ano. E em 1979 foi criada a Confederação Brasileira de Handebol (CBHd).
  4. 4.  O Andebol ou Handebol , do alemão handball, é uma modalidade esportiva criada pelo alemão Karl Schelenz, em 1919 — embora se baseasse em outros desportos praticados desde fins do século XIX, na Europa setentrional e no Uruguai. O jogo inicialmente era praticado na relva em um campo similar ao do futebol com dimensões entre 90m a 110m de comprimento e entre 55m a 65m de largura, a área do gol com raio de 13m, o gol com 7,32m de largura por 2,44m de altura (o mesmo usado no futebol), a bola usada é a mesma da versão em quadra e é disputado por duas equipes de onze jogadores cada. Hoje em dia as maiorias dos jogadores praticam apenas o handebol de quadra.
  5. 5.  Atualmente o handebol do Brasil está em ascensão apesar de nunca ter obtido um ouro olímpico. O desporto já é largamente praticado em nível escolar, uma vez ser fácil o aproveitamento das já muito disseminadas quadras de futebol de salão para o handebol. 
  6. 6. Praticavam a natação, incluindo-a no treinamento dos soldados. 
  7. 7.  Sabe se que desde a pré história, o homem‐ ‐ já nadava, seja com finalidades utilitárias para recolher alimento, seja em momentos de outras necessidades como, por exemplo, para fugir de um perigo em terra, lançando se no meio liquido e nele se‐ deslocando.  A primeira ilustração da arte de nadar foi encontrada nas grutas de uma caverna do deserto da Líbia. Os arqueólogos estimam que ela tenha cerca de 9.000 anos. Os primeiros registros históricos que fazem referência à natação aparecem no Egito, no ano 5.000 a.C.   
  8. 8.  A própria educação do Egito Antigo, há cerca de 3.000 anos, indica a existência de professores de natação para as crianças nobres. Entre os gregos, o culto da beleza física fez da natação um dos exercícios mais importantes para o desenvolvimento harmonioso o corpo.  A civilização clássica grega aponta a presença de associação de provas de natação nos Jogos Istmicos, disputados em homenagem a Poseidon. Acredita se que‐ já nesta época a competição era praticada: aos melhores nadadores eram erguidas estátuas.   
  9. 9.  O esporte também era incluído no treino dos guerreiros. Na Grécia antiga, onde a atividade física fazia parte do treinamento dos soldados. Inclusive era pauta de assunto entre os filósofos da época.  Platão, por exemplo, afirmava aquele que o homem tinha habilidades com o nado, ou simplesmente não sabia nadar, era uma pessoa sem educação. Em Roma, a natação também configurava num método e preparação física do povo incluída entre as matérias do sistema educacional romano.
  10. 10.  Eram praticadas em magníficas termas, construções suntuosas onde ficavam as piscinas, de tamanho variável as comuns mediam 100x25 metros. Com a queda do império Romano, ela praticamente desapareceram. Durante a Idade Média o interesse pela natação decresce em grande parte, porque a igreja condenava a tudo que se relacionava como o corpo humano e difundia a ideia que a modalidade disseminasse epidemias.   
  11. 11.  No renascimento, algumas dessas falsas noções começaram a cair em descrédito. Surgiram então várias piscinas públicas, sendo a primeira construída em Paris, no reinado de Luís XIV e a natação volta a ser considera como uma matéria idônea dentro das atividades físicas. Aos poucos, a modalidade ganhou formas de esporte, a partir de disputas que passaram a ocorrer. A organização, no entanto, só apareceu na primeira metade do século XIX, quando foi fundada a National Swimming Society, na Inglaterra.
  12. 12.  Os homens aprenderam a lição de tal forma que, na antiga Grécia e em Roma, a natação foi adotada como exercício para treinamento de soldados. Como esporte, a natação foi prejudicada durante muito tempo. É que havia a crença de que ajudava a disseminar epidemias.  Mas isso foi mudando com o passar do tempo. Hoje, felizmente, é um esporte que, além do prazer físico e psicológico que proporciona, é recomendado por médicos, fisioterapeutas e professores de educação física para combater diversas males que nos afligem. A natação pode ser feita em quatro estilos: crawl,  costas, peito e borboleta.
  13. 13. Corridas de Bigas foi um dos esportes mais populares da Roma Antiga. 
  14. 14. Biga foi um carro de combate utilizado na Antiguidade.  Muito comum em manifestações artísticas e filmes que representam o período conhecido como Idade Antiga, a Biga era muito utilizada e um importante recurso para combates. Tratava-se de um modelo de carro de guerra que era movido por dois cavalos puxando uma carroceria suportada por duas rodas na qual os combatentes se deslocavam.
  15. 15.  A Biga  foi utilizada em diversas partes do mundo antigo e obteve sucesso e repercussão graças à invenção dos aros na roda. O alívio e a distribuição do peso cansavam menos os cavalos, que, em geral, eram pequenos demais para suportar o peso dos combatentes por muito tempo nos campos de batalha. A Biga revolucionou os combates, especialmente em terrenos planos e abertos, pois favoreciam seu deslocamento. Outros tipos de terreno também exigiam muito dos animais, causando prejuízo nos combates.
  16. 16.  A grande necessidade dos cavalos exigiu maiores cuidados com os animais, que eram alimentados e tratados com mais atenção para se tornaram maiores e mais fortes, capazes de puxar o carro por mais tempo e maiores distâncias. No início, os cavalos não passavam de grandes pôneis, na verdade. Mas o desenvolvimento das Bigas aumentou o tamanho e a resistência dos animais, permitindo, mais tarde, o surgimento da cavalaria.As Bigas surgiram por volta do ano 2000 a.C., mas o ápice de sua utilização parece ter sido em torno do ano 1300 a.C.. A Batalha de Kadesh, travada entre egípcios e o Império Hitita, entre os séculos XIV e XIII a.C., foi um conflito no qual houve muita utilização de Bigas.
  17. 17.  Passado o apogeu de utilização verificado na era militar, as Bigas permaneceram em uso, mas com adaptações para o transporte e para jogos. O recurso se tornou obsoleto no campo de batalha, mas fez muito sucesso nos jogos romanos em função das corridas disputadas. O entretenimento foi popular em Constantinopla até o século VI.Por fim, as Bigas deram a base para recursos de guerra que foram utilizados em diversos conflitos ao longo da história e nas guerras do século XX.
  18. 18. Lutas de gladiadores nos estádios (o mais famoso foi o Coliseu de Roma).  As mais famosas desse período são a corrida de bigas e a luta armada dos gladiadores até a morte.
  19. 19.  Os romanos também tinham seu esporte, o qual, em termos de propósitos e processo, retrocedeu dos ideais gregos.  O esporte romano, caracterizado como brutal e violento, refletiu o declínio e a queda do império.  Com a queda de Roma, os anos obscuros tornaram-se um campo infértil para criar e nutrir o esporte.  Da era pré-histórica aos anos obscuros (idade média).  Assim, os cristãos rebelaram-se contra a cultura e o ceticismo romano que se tornou uma influência negativa.  Entretanto, os anos obscuros atraíram o encerramento e a civilização ocidental começou lentamente a escalada para fora do abismo causado pelo impacto bárbaro, houve um renascimento da cultura grega e romana.  Várias modalidades esportivas começaram a se desenvolver.
  20. 20. Fim
  21. 21. Por:  Joemille

×