Igreja Ortodoxa

1.649 visualizações

Publicada em

Vendo em HISTORIA: ’Igreja Ortodoxa

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.649
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
63
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Igreja Ortodoxa

  1. 1. ‘’IGREJA ORTODOXA’’
  2. 2. • A Igreja Ortodoxa é uma igreja cristã, considerada, com uma doutrina semelhante à da Igreja Católica, mas como o termo mesmo diz, possui uma doutrina mais reta, mais rígida. A ortodoxia é a corrente doutrinal que declara que representa a visão correta, fundada em princípios sistemáticos e científicos. O contrário é a heterodoxia.
  3. 3. • Os cristãos ortodoxos, por força da denominação, são os que professam toda a doutrina da fé cristã de acordo com o magistério da Igreja. Se apoderaram, porém, da designação da Igreja bizantina depois do cisma que os opôs a Roma (nos séculos IX e XI) ao se arvorarem em depositários da fé verdadeira em oposição à Igreja latina. Ficaram, por isso, a ser denominados ortodoxos os cristãos da Europa Oriental, que se mantêm separados da Igreja Católica Romana.
  4. 4. • A Igreja Ortodoxa se vê como a verdadeira igreja criada por Jesus Cristo, além de não reconhecerem o Papa como autoridade. Para os cristãos ortodoxos, como são chamados, não existe purgatório e não acreditam na virgindade de Maria após a concepção.
  5. 5. • Na Igreja Ortodoxa, os padres são liberados para o casamento, desde que este tenha ocorrido antes da sua conversão, e apenas os bispos são obrigados a manter o celibato. No século XI, no ano de 1054, houve um cisma entre as Igrejas Cristãs, dividindo- as entre o Catolicismo, e Igreja Ortodoxa.
  6. 6. • Os cristãos ortodoxos não aceitam os dogmas católicos, e nem consideram válidos os sacramentos. A Igreja Ortodoxa chegou ao Brasil no ano de 1904, e a primeira instituição foi criada em São Paulo, em 195 A maior autoridade na Igreja Ortodoxa é o Santo Sínodo Ecumênico, desde a fundação até os dias atuais. As igrejas ortodoxas mais importantes são a Igreja Ortodoxa Grega e Igreja Ortodoxa Russa.
  7. 7. • Há pelo menos quatorze Igrejas Ortodoxas Autocéfalas – as quatro mais antigas, ou seja, Constantinopla, Alexandria, Antioquia e Jerusalém (todas elas constituem patriarcados); bem como as dez Igrejas Ortodoxas que surgiram ao longo do tempo: Rússia, Sérvia, Romênia, Bulgária, Geórgia (estas também são consideradas patriarcados), Chipre, Grécia, Albânia e República Tcheco-Eslováquia (estas últimas são lideradas por um arcebispo ou por um Metropolita).
  8. 8. • Seus rituais são constantemente revestidos de pompa e constituem a essência da fé ortodoxa. A parte musical dispensa os instrumentos, expressando-se apenas através dos cantos realizados por corais. A ortodoxia não permite o uso de imagens esculturais na decoração, somente pintura sobre madeira representando os santos, Jesus e sua mãe, Maria.
  9. 9. SURGIRAM NAS DIVERSAS IGREJAS, DEVIDO À SUA AUTONOMIA, AS MAIS VARIADAS CERIMÔNIAS ECLESIÁSTICAS, QUE CORRESPONDEM MAIS À DIVERSIDADE DAS LÍNGUAS E DAS CULTURAS REGIONAIS, DO QUE A QUALQUER DISCORDÂNCIA DOUTRINÁRIA. OS CINCO RITUAIS MAIS IMPORTANTES SÃO O BIZANTINO – ENCONTRADO NA MAIOR PARTE DAS IGREJAS ORTODOXAS -, O ALEXANDRINO, O ANTIOQUINO, O ARMÊNIO E O CALDEU.
  10. 10. NO BRASIL A IGREJA ORTODOXA DESEMBARCOU JUNTO COM OS IMIGRANTES ÁRABES. A PRIMEIRA INSTITUIÇÃO FOI EDIFICADA EM SÃO PAULO, NO ANO DE 1904. A IMPONENTE CATEDRAL ORTODOXA FOI ABERTA AO PÚBLICO EM 1954, NO AUGE DA CELEBRAÇÃO DO IV CENTENÁRIO DA METRÓPOLE.
  11. 11. •Fim •Por: Joemille

×