Introdução a Engenharia Aula2

501 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Introdução a Engenharia Aula2

  1. 1. INTRODUÇÃO À ENGENHARIA Prof. Dr. Eduardo Zancul Aula 2 – Inovação e desenvolvimento de produto. O conceito de inovação está ligado à idéia de mercado, ou seja, criar algo que possa ser comercializado. Por isso, é preciso distinguir esse conceito de outros dois: descoberta e invenção. Descoberta: conceito físico e científico, que precisa ser validade socialmente. Invenção: um constructo físico ou intelectual. Geralmente resulta em desenho ou protótipo. Inovação: está ligada a idéia de mercado. É, portanto, um conceito econômico e social. Ou seja, para ser inovação, não adianta apenas inventar algo. É preciso torna-lo vendável. Deve ser algo novo que gera negócio, como mostra o gráfico a seguir. Como exemplos de inovação podemos citar o computador, o pão-de-queijo congelado, o filtro de barro, etc. Ou seja, como pode-se observar, a inovação não ocorre somente com a utilização de alta tecnologia. Qualquer solução, mesmo que seja simples, que possa ir para o mercado e ser comercializada pode ser considerada inovação. Mas, qual a importância de inovar? Inovar é importante porque, dentre outras coisas, mantém a empresa competitiva, traz lucros maiores, aumenta a possibilidade de exportação e colocação no mercado externo, gera empregos e traz resultados para a sociedade.
  2. 2. De acordo com o grau da inovação, o impacto pode ser maior ou menor no mercado e na sociedade. Isso é levado em conta para classificar uma inovação como incremental ou radical. Quanto maior o impacto, mais radical é a inovação. Pequenos ajustes e pequenas mudanças no produto são considerados como inovação incremental. Tudo, incluindo os serviços, que vai para o mercado e é considerado novo pode ser chamado de inovação. Porém, o foco desse curso será na inovação do produto. Processo desenvolvimento do Produto (PDP). A inovação não é fruto do acaso, mas sim de muito trabalho. Trata-se de um processo que dá para organizar e gerenciar. Para isso, a inovação precisa ser dividida em fases e cada fase do processo precisa ser controlado. Com o objetivo de controlar as fases do processo de inovação, existe o PDP (Processo de Desenvolvimento do Produto). PDP é uma metodologia utilizada para se acompanhar passo a passo o desenvolvimento do produto, desde o seu planejamento até a fase final, que é a comercialização. O PDP pode ser dividido e fases, em que cada uma delas tem uma função diferente, mas com o objetivo final de inovar com qualidade. Seguem abaixo as fases do PDP: Pode-se observar, portanto, que o PDP é um processo produplo e que deve envolver a participação de vários profissionais, de diversas áreas do conhecimento. Sendo assim, o trabalho multidiciplinar e alinhado deve estar presente em casa fase, até a entrega do produto final. INCREMENTAL: Importante para manter os produtos atualizados. RADICAL: Maior oportunidades de ganhos, mas é mais arriscada.
  3. 3. Joel Vieira de Lima Júnior. 05/08/2014.

×