Roteiro desert

392 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
392
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
17
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Roteiro desert

  1. 1. Roteiro
  2. 2. DESERTO Em meio a um deserto gigantesco, cheio de cactos, cranios de animais mortos, rochas e terra vermelha, mais muita terra, eis que surge nessa imensidão um garoto de lambreta. Ele vem cortando a estrada de chão em alta velocidade, levantando poeira por onde passa. O garoto está todo tranquilo pisando fundo no acelerador, até que sua lambreta vai perdendo velocidade e ele muda sua feição para desconfiado. Ele olha para o velocímetro e pra marcação de gasolina ao lado, tudo no painel da lambreta. A gasosa tá acabando. Ele fala: Merda! Anda porcaria! A lambreta vai se arrastando, dando os últimos solavancos até párar completamente. GAROTO: Maravilha! (com ironia) Garoto desce da lambreta e começa a empurrá-la, subindo uma pequena depressão da estrada de chão. Ao chegar no topo, visualiza um posto de gasolina logo à frente, a uns 200 metros. Ele muda sua expressão para alegre e continua a empurrar sua lambreta. Anúncio de tela - Meia hora depois... Aparece o posto de gasolina e lá, um frentista sentado num banquinho, com ânimo algum, mais uma gorda também. A gorda percebe a aproximação do garoto e cutuca o homem ao seu lado. Eles se espantam e ela corre para dentro da lojinha de conveniencia e ele para a bomba de gasolina. O garoto se aproxima cansado e aponta para a bomba.O frentista, todo contente, se disponibiliza a colocar gasosa. O garoto se dirige ao banheiro. O frentista olha para a gorda dentro da lojinha e dah um sorriso maroto. Ela retribui. Garoto dentro do banheiro se aliviando e, de repente ouve o som do motor de sua lambreta. Ele se assusta e sai correndo para fora e ve os dois, o frentista e a gorda se mandarem com sua lambreta. Ele grita: GAROTO: Hey! E corre um pouco em direção a moto. Garoto fica super zangado. (CONTINUED)
  3. 3. CONTINUED: 2. Os dois em cima da moto riem. Eles percorrem mais um pouco e, de repente, o pneu traseiro da moto estoura. Os dois se assustam e o homem briga com a mulher, devido a seu peso. Ele faz gestos simbolizando sua gorda e peso. O homem abre o banco da moto e tem nenhum estepe lá. Ele arrasta a moto para o acostamento e senta por cima da moto, mais a gorda, atrás de uma placa de transito. POSTO DE GASOLINA Uma mulher de carro conversível pára no posto. O garoto, que estava sentado no mesmo banquinho dos ladrões, corre até o carro da mulher e pede uma carona. Ela tira os óculos e olha desconfiada. ESTRADA O sol está quase se pondo, quando no horizonte eles avistam um veiculo se aproximando. O homem corre para o meio da pista gesticulando com os braços. É uma mulher no volante. O homem faz sinal de carona. A mulher desconfiada, abaixa os oculos roxos um pouco e olha para o homem e para a gorda no acostamento e para a moto. Ela dá sinal de positivo e os dois embarcam no banco de trás. Mulher continua com seu carro na estrada. Ela olha denovo para eles através do retrovisor interno. Andam mais um pouco, num silêncio que incomoda. Mulher rodando os dedoes entre si no banco de trás. Aparece uma curva brusca em um abismo. A mulher faz a curva rapida e a gorda cai do carro no abismo. Mulher pára o carro. Homem olha assustado para fora e sente o cano de uma arma em sua nuca. Mulher dispara 1 unico tiro em sua nuca e fica de pé no banco do carro e chuta o cara para o abismo também. (CONTINUED)
  4. 4. CONTINUED: 3. Ela ouve um som de lambreta aproximando do carro. Ela olha para trás e vê um cara muito parecido com o garoto, só que de bigode. Ele passa rápido pelo carro. Ela pega outra foto de procurado no porta-luva e lá está este sujeito de bigode, como também a foto da mulher gorda e do frentista, todas escritas "WANTED/Procurado". Depois disso, ela sai do carro, abre o porta mala e lá está o garoto morto. Ela diz: Merda! Matei o cara errado! Ela entra depressa no carro e acelera atrás da lambreta. FIM

×