Prova Orações Subordinadas

16.058 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
16.058
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
51
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
252
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Prova Orações Subordinadas

  1. 1. Escola : _________________________________________ - ProfªJociane – L. Portuguesa. Aluno(a): __________________________________ Turma: _________ Data: ___________ ATIVIDADES DE AVALIAÇÃO I – O texto abaixo apresenta algumas curiosidades sobre beijos. Para que ele tenha sentido, insira dentro de cada ( ) (parênteses) a letra que corresponde à oração subordinada substantiva do quadro a seguir que completa adequadamente o sentido da oração principal. HISTÓRIA DE BEIJOS... O beijo tem muitas histórias. Conheça alguma delas. Na Grécia foi observado que ( ). Na Inglaterra, os historiadores descobriram que, no século XII, ( ). Esse pacto só era quebrado quando ocorria a morte de um deles. Na Escócia antiga, após o padre declarar que ( ), ele teria de ( ). Os antigos acreditavam que ( ). Estranho? Mas não era só isso. Para a felicidade ficar ainda mais garantida, era preciso que ( )! II – Agora, escreva e classifique as duas primeiras orações subordinadas do texto acima sobre beijo. __________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________ III – No texto a seguir, contém informações sobre o beijo e sua origem. As frases estão fora da lógica dos acontecimentos. Após lê-lo, reescreva-o de forma lógica. O coração dispara, o corpo se aquece quando se dá um beijo apaixonado. Ou um ato de amor das mães na época das cavernas. Acredita-se que o beijo seja uma evolução das lambidas do homen pré-histórico em suas mulheres para que estas suprissem a necessidade de sal no organismo. Quanto mais se beija, mais vontade se tem de beijar, não importa onde se esteja. Elas não tinham utensílios para cortar alimentos, então, à medida que mastigavam os alimentos, iam depositando na boca dos filhos pequenos. __________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ (1) Beijar ambos nos lábios. (2) Esse gesto traria felicidade ao casal. (3) Os noivos eram marido e mulher. (4) A noiva beijasse todos os convidados do sexo masculino, na boca, é claro. (5) O beijo na boca só era dado em pessoa da mesma família ou entre amigos bem próximos. (6) Os pactos entre vassalos e senhores eram selados com um beijo.
  2. 2. IV – Retire do texto sobre o beijo e sua origem: a) Oração subordinada adverbial temporal: _________________________________________ b) Or. Subord.Adverbial Final: ____________________________________________________ c) Or. Subord. AdverbialProporcional: ____________________________________________ d) Or. Subord. Adverbial Circunstancial: _____________________________________________ A reportagem a seguir relata a ação extremamente corajosa de uma menina de apenas 11. Leia e responda as questões abaixo de acordo com este texto: Jéssica veio do céu Jéssica é somente uma garota de 11 anos (...). Mas tem a coragem de uma leoa e acalma de um anjo da guarda. Na noite de domingo, a casa em que ela mora se transformounum inferno que ardia em chamas porque um de seus irmãos causou o acidente ao riscarum fósforo. Larissa, de 7 anos, Letícia, de 3, e o menino de 8, que involuntariamenteprovocou o incêndio, foram salvos porque Jéssica (apesar de seus 11 anos) se esqueceu desentir medo. Mesmo com a casa queimando, a garganta sufocando com a fumaça e a portada rua trancada por fora (a mãe saíra), a menina não se desesperou. Abriu a janela de umquarto e através dela colocou, um por um, todos os irmãos para fora. Enquanto fazia isso,rezava. Ninguém sofreu sequer um arranhão. Só então Jéssica pensou em si própria. Esentiu muito medo. Pulou a janela e disparou a correr. Revista Veja. São Paulo: Abril, 18 de fevereiro de 2004. V- No trecho “Larissa, de 7 anos, Letícia, de 3 anos, e o menino de 8, que involuntariamenteprovocou o incêndio, foram salvos porque Jéssica (apesar de seus 11 anos) se esqueceude sentir medo”.(l . 4), o trecho destacado se refere a(ao): (A) Larissa (de 7).(B) Letícia (de 3).(C) menino (de 8).(D) Jéssica (de 11). VI- A expressão que poderia substituir adequadamente a oração subordinada é: (A)provocador de incêncio (B) o causador involuntário do incêndio (C) o responsável pelo incêndio VII – Assinale a(s) oração(ões) que é/são subordinada(s) adjetiva(s): (A) A fumaça sufocante tomou a ação de Jéssica ainda mais difícil. (B) A fumaça, que sufocava, tornou a ação de Jéssica ainda mais difícil. (C) A situação vivida por Jéssica e seus irmãos é um fato inacreditável. (D) A situação vivida por Jéssica e seus irmãos é um fato em que não se acredita. (E) A menina, corajosa, conseguiu salvar seus irmãos. (F) A menina, que foi corajosa, conseguiu salvar seus irmãos. (G) Pessoas que passam por situações como a de Jéssica e seus irmãos ficam assustadas por muito tempo. (H) Jéssica, que só sentiu medo no final, é uma menina de 11 anos. Valor cada questão certa: 0,5X nº questões acertadas ________ = _________ Nota Final.
  3. 3. GABARITO: I – 5,6,3,1,2,4 II-foi observado que o beijo n boca só era dado em pessoas da mesma família (oração subordinada substantiva subjetiva); os historiadores descobriram que, no século XII, os pactos entre os vassalos e senhores eram selados com um beijo. (or. Subord.Subst.obj. direta). III - Acredita-se que o beijo seja uma evolução das lambidas do homen pré-histórico em suas mulheres para que estas suprissem a necessidade de sal no organismo.Ou um ato de amor das mães na época das cavernas.Elas não tinham utensílios para cortar alimentos, então, à medida que mastigavam os alimentos, iam depositando na boca dos filhos pequenos.Quanto mais se beija, mais vontade se tem de beijar, não importa onde se esteja.O coração dispara, o corpo se aquece quando se dá um beijo apaixonado. VI –a) quando se dá um beijo apaixonado VI-b) para que estas suprissem a necessidade de sal no organismo. VI - c)Quanto mais se beija, mais vontade se tem de beijar VI - d)à medida que mastigavam os alimentos, iam depositando na boca dos filhos pequenos. V – C VI – B VII- B,D,F,G,H Bibliografia Consultada; BELTRÃO, Eliana Santos. GORDILHO, Tereza. Diálogo. Edição revisada. Língua Portuguesa. 8º ano. SP: SP – Ed.FTD, 2009. pp.238-239. BELTRÃO, Eliana Santos. GORDILHO, Tereza. Diálogo. Edição revisada. Língua Portuguesa. 9º ano. SP: SP – Ed.FTD, 2009.pp. 24, 65-68.

×