SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
GÊNERO TEXTUAL: CHARGE
[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Elementos da narrativa
Elementos da narrativaElementos da narrativa
Elementos da narrativa
Ana Castro
 
Slide introdução à literatura
Slide introdução à literaturaSlide introdução à literatura
Slide introdução à literatura
fabrinnem
 

Mais procurados (20)

Estrutura do-artigo-de-opinião
Estrutura do-artigo-de-opiniãoEstrutura do-artigo-de-opinião
Estrutura do-artigo-de-opinião
 
Crônica
CrônicaCrônica
Crônica
 
AULA 2 - GÊNEROS LITERÁRIOS E GÊNEROS DISCURSIVOS.pdf
AULA 2 - GÊNEROS LITERÁRIOS E GÊNEROS DISCURSIVOS.pdfAULA 2 - GÊNEROS LITERÁRIOS E GÊNEROS DISCURSIVOS.pdf
AULA 2 - GÊNEROS LITERÁRIOS E GÊNEROS DISCURSIVOS.pdf
 
Tudo sobre POEMAS
Tudo sobre POEMASTudo sobre POEMAS
Tudo sobre POEMAS
 
. LÍNGUA PORTUGUESA – 1ª SÉRIE – HABILIDADE DA BNCC | (EM13LP02) D15
. LÍNGUA PORTUGUESA – 1ª SÉRIE – HABILIDADE DA BNCC | (EM13LP02) D15. LÍNGUA PORTUGUESA – 1ª SÉRIE – HABILIDADE DA BNCC | (EM13LP02) D15
. LÍNGUA PORTUGUESA – 1ª SÉRIE – HABILIDADE DA BNCC | (EM13LP02) D15
 
Elementos da narrativa
Elementos da narrativaElementos da narrativa
Elementos da narrativa
 
Artigo de opinião
Artigo de opiniãoArtigo de opinião
Artigo de opinião
 
O que é Literatura?
O que é Literatura?O que é Literatura?
O que é Literatura?
 
Gênero Textual: Conto
Gênero Textual: ContoGênero Textual: Conto
Gênero Textual: Conto
 
Charge e Cartum
Charge e CartumCharge e Cartum
Charge e Cartum
 
Gênero poesia
Gênero poesiaGênero poesia
Gênero poesia
 
Pronomes
PronomesPronomes
Pronomes
 
Conotacao e denotacao
Conotacao e denotacaoConotacao e denotacao
Conotacao e denotacao
 
Conto
ContoConto
Conto
 
Resenha crítica
Resenha crítica Resenha crítica
Resenha crítica
 
Romance
RomanceRomance
Romance
 
Gênero Cronica
Gênero Cronica Gênero Cronica
Gênero Cronica
 
Slide introdução à literatura
Slide introdução à literaturaSlide introdução à literatura
Slide introdução à literatura
 
Os tipos de discurso
Os tipos de discursoOs tipos de discurso
Os tipos de discurso
 
Aula sobre argumentação
Aula sobre argumentaçãoAula sobre argumentação
Aula sobre argumentação
 

Destaque (8)

Charge, Cartum, Caricatura
Charge, Cartum, CaricaturaCharge, Cartum, Caricatura
Charge, Cartum, Caricatura
 
Interpretações variadas charges atuais
Interpretações variadas charges atuaisInterpretações variadas charges atuais
Interpretações variadas charges atuais
 
Charges e cartuns
Charges e cartunsCharges e cartuns
Charges e cartuns
 
Caricatura x Charge x Cartum x História em Quadrinho
Caricatura x Charge x Cartum x História em Quadrinho Caricatura x Charge x Cartum x História em Quadrinho
Caricatura x Charge x Cartum x História em Quadrinho
 
Inglês - Interpretando Charges
Inglês - Interpretando ChargesInglês - Interpretando Charges
Inglês - Interpretando Charges
 
Plano De Aula - Trabalhando a Língua Inglesa no cotidiano
Plano De Aula - Trabalhando a Língua Inglesa no cotidianoPlano De Aula - Trabalhando a Língua Inglesa no cotidiano
Plano De Aula - Trabalhando a Língua Inglesa no cotidiano
 
Aulas de Inglês, criativas, divertidas
Aulas de Inglês, criativas, divertidasAulas de Inglês, criativas, divertidas
Aulas de Inglês, criativas, divertidas
 
Avaliação diagnóstica de língua inglesa 9º ano
Avaliação diagnóstica de língua inglesa 9º anoAvaliação diagnóstica de língua inglesa 9º ano
Avaliação diagnóstica de língua inglesa 9º ano
 

Semelhante a GÊNERO TEXTUAL: CHARGE

Relações entre a poesia marginal e a política dos anos 70 no brasil
Relações entre a poesia marginal e a política dos anos 70 no brasilRelações entre a poesia marginal e a política dos anos 70 no brasil
Relações entre a poesia marginal e a política dos anos 70 no brasil
Luciana Borges
 
[C6] hq no brasil (paula)
[C6] hq no brasil (paula)[C6] hq no brasil (paula)
[C6] hq no brasil (paula)
agaoque
 
OQueÉIssoCompanheiro?
OQueÉIssoCompanheiro?OQueÉIssoCompanheiro?
OQueÉIssoCompanheiro?
PortuguesIFSC
 
Muitos poetas simbolistas
Muitos poetas simbolistasMuitos poetas simbolistas
Muitos poetas simbolistas
Valkiria Marks
 
A segunda geração modernista no brasil
A segunda geração modernista no brasilA segunda geração modernista no brasil
A segunda geração modernista no brasil
Maria De Lourdes Ramos
 
Vocês não estão entendendo nada! uma análise do discurso de caetano veloso no...
Vocês não estão entendendo nada! uma análise do discurso de caetano veloso no...Vocês não estão entendendo nada! uma análise do discurso de caetano veloso no...
Vocês não estão entendendo nada! uma análise do discurso de caetano veloso no...
Guilherme Werner
 

Semelhante a GÊNERO TEXTUAL: CHARGE (20)

Oqueeisso 2
Oqueeisso 2Oqueeisso 2
Oqueeisso 2
 
Relações entre a poesia marginal e a política dos anos 70 no brasil
Relações entre a poesia marginal e a política dos anos 70 no brasilRelações entre a poesia marginal e a política dos anos 70 no brasil
Relações entre a poesia marginal e a política dos anos 70 no brasil
 
[C6] hq no brasil (paula)
[C6] hq no brasil (paula)[C6] hq no brasil (paula)
[C6] hq no brasil (paula)
 
Mesa Redonda Arquivo, Memória e Ditadura - Edição 2013
Mesa Redonda Arquivo, Memória e Ditadura - Edição 2013Mesa Redonda Arquivo, Memória e Ditadura - Edição 2013
Mesa Redonda Arquivo, Memória e Ditadura - Edição 2013
 
A era erico!
A era erico!A era erico!
A era erico!
 
OQueÉIssoCompanheiro?
OQueÉIssoCompanheiro?OQueÉIssoCompanheiro?
OQueÉIssoCompanheiro?
 
Prova 3 ano 3 bimestre historia
Prova 3 ano 3 bimestre historiaProva 3 ano 3 bimestre historia
Prova 3 ano 3 bimestre historia
 
Modernismo segunda fase
Modernismo segunda faseModernismo segunda fase
Modernismo segunda fase
 
modernismo-2a-fase-30-a-45.pptx
modernismo-2a-fase-30-a-45.pptxmodernismo-2a-fase-30-a-45.pptx
modernismo-2a-fase-30-a-45.pptx
 
modernismo-2a-fase-30-a-45.pptx
modernismo-2a-fase-30-a-45.pptxmodernismo-2a-fase-30-a-45.pptx
modernismo-2a-fase-30-a-45.pptx
 
A literatura brasileira de protesto destaque vidas secas, de graciliano ramos
A literatura brasileira de protesto destaque vidas secas, de graciliano ramosA literatura brasileira de protesto destaque vidas secas, de graciliano ramos
A literatura brasileira de protesto destaque vidas secas, de graciliano ramos
 
New slide 0
New slide 0New slide 0
New slide 0
 
Muitos poetas simbolistas
Muitos poetas simbolistasMuitos poetas simbolistas
Muitos poetas simbolistas
 
A segunda geração modernista no brasil
A segunda geração modernista no brasilA segunda geração modernista no brasil
A segunda geração modernista no brasil
 
Charge
ChargeCharge
Charge
 
Zombaria como-arma-anti-feminista
Zombaria como-arma-anti-feministaZombaria como-arma-anti-feminista
Zombaria como-arma-anti-feminista
 
O papel dos movimentos sócio-culturaisnos anos de chumbo
O papel dos movimentos sócio-culturaisnos anos de chumboO papel dos movimentos sócio-culturaisnos anos de chumbo
O papel dos movimentos sócio-culturaisnos anos de chumbo
 
Terceira geração modernista
Terceira geração modernistaTerceira geração modernista
Terceira geração modernista
 
Vocês não estão entendendo nada! uma análise do discurso de caetano veloso no...
Vocês não estão entendendo nada! uma análise do discurso de caetano veloso no...Vocês não estão entendendo nada! uma análise do discurso de caetano veloso no...
Vocês não estão entendendo nada! uma análise do discurso de caetano veloso no...
 
Movimentos sociais e políticos na America Latina e no Brasil nas décadas de 1...
Movimentos sociais e políticos na America Latina e no Brasil nas décadas de 1...Movimentos sociais e políticos na America Latina e no Brasil nas décadas de 1...
Movimentos sociais e políticos na America Latina e no Brasil nas décadas de 1...
 

Mais de Jomari

O Jovem e o seu Direito de Aprendizagem
O Jovem e o seu Direito de AprendizagemO Jovem e o seu Direito de Aprendizagem
O Jovem e o seu Direito de Aprendizagem
Jomari
 
Período Literário Romantismo Português
Período Literário Romantismo PortuguêsPeríodo Literário Romantismo Português
Período Literário Romantismo Português
Jomari
 
Prova 2 bim - ENSINO MÉDIO
Prova 2  bim - ENSINO MÉDIOProva 2  bim - ENSINO MÉDIO
Prova 2 bim - ENSINO MÉDIO
Jomari
 
Prova 1 bim - ENSINO MÉDIO
Prova 1  bim - ENSINO MÉDIOProva 1  bim - ENSINO MÉDIO
Prova 1 bim - ENSINO MÉDIO
Jomari
 
Estrutura das Palavras
Estrutura das PalavrasEstrutura das Palavras
Estrutura das Palavras
Jomari
 
Slide Regras Acentuação Língua Portuguesa
Slide Regras Acentuação Língua PortuguesaSlide Regras Acentuação Língua Portuguesa
Slide Regras Acentuação Língua Portuguesa
Jomari
 
Atividades de Revisão de Ortografia
Atividades de Revisão de OrtografiaAtividades de Revisão de Ortografia
Atividades de Revisão de Ortografia
Jomari
 
Aula Gênero Textual Lenda
Aula Gênero Textual LendaAula Gênero Textual Lenda
Aula Gênero Textual Lenda
Jomari
 
Slide Genero Textual Estatuto
Slide Genero Textual EstatutoSlide Genero Textual Estatuto
Slide Genero Textual Estatuto
Jomari
 
Prova frase oração período
Prova frase oração períodoProva frase oração período
Prova frase oração período
Jomari
 
Funções da linguagem
Funções da linguagemFunções da linguagem
Funções da linguagem
Jomari
 
Literatura Portuguesa Trovadorismo
Literatura Portuguesa TrovadorismoLiteratura Portuguesa Trovadorismo
Literatura Portuguesa Trovadorismo
Jomari
 
Quadro geral do desenvolvimento das literaturas portuguesa e
Quadro geral do desenvolvimento das literaturas portuguesa eQuadro geral do desenvolvimento das literaturas portuguesa e
Quadro geral do desenvolvimento das literaturas portuguesa e
Jomari
 
Slide os gêneros literários
Slide os gêneros literáriosSlide os gêneros literários
Slide os gêneros literários
Jomari
 
Estrutura das palavras
Estrutura das palavrasEstrutura das palavras
Estrutura das palavras
Jomari
 
Como Escrever um Artigo
Como Escrever um ArtigoComo Escrever um Artigo
Como Escrever um Artigo
Jomari
 
Intertextualidade e Paráfrase
Intertextualidade e ParáfraseIntertextualidade e Paráfrase
Intertextualidade e Paráfrase
Jomari
 

Mais de Jomari (20)

O Jovem e o seu Direito de Aprendizagem
O Jovem e o seu Direito de AprendizagemO Jovem e o seu Direito de Aprendizagem
O Jovem e o seu Direito de Aprendizagem
 
Período Literário Romantismo Português
Período Literário Romantismo PortuguêsPeríodo Literário Romantismo Português
Período Literário Romantismo Português
 
Conteúdos Programáticos 2º ano do Ensino Médio
Conteúdos Programáticos 2º ano do Ensino MédioConteúdos Programáticos 2º ano do Ensino Médio
Conteúdos Programáticos 2º ano do Ensino Médio
 
Conteúdos Programáticos 1o. Ano Ensino Médio
Conteúdos Programáticos 1o. Ano Ensino MédioConteúdos Programáticos 1o. Ano Ensino Médio
Conteúdos Programáticos 1o. Ano Ensino Médio
 
Slide Gênero Textual Notícia
Slide Gênero Textual NotíciaSlide Gênero Textual Notícia
Slide Gênero Textual Notícia
 
Prova 2 bim - ENSINO MÉDIO
Prova 2  bim - ENSINO MÉDIOProva 2  bim - ENSINO MÉDIO
Prova 2 bim - ENSINO MÉDIO
 
Prova 1 bim - ENSINO MÉDIO
Prova 1  bim - ENSINO MÉDIOProva 1  bim - ENSINO MÉDIO
Prova 1 bim - ENSINO MÉDIO
 
Estrutura das Palavras
Estrutura das PalavrasEstrutura das Palavras
Estrutura das Palavras
 
Slide Regras Acentuação Língua Portuguesa
Slide Regras Acentuação Língua PortuguesaSlide Regras Acentuação Língua Portuguesa
Slide Regras Acentuação Língua Portuguesa
 
Atividades de Revisão de Ortografia
Atividades de Revisão de OrtografiaAtividades de Revisão de Ortografia
Atividades de Revisão de Ortografia
 
Aula Gênero Textual Lenda
Aula Gênero Textual LendaAula Gênero Textual Lenda
Aula Gênero Textual Lenda
 
Slide Genero Textual Estatuto
Slide Genero Textual EstatutoSlide Genero Textual Estatuto
Slide Genero Textual Estatuto
 
Prova frase oração período
Prova frase oração períodoProva frase oração período
Prova frase oração período
 
Funções da linguagem
Funções da linguagemFunções da linguagem
Funções da linguagem
 
Literatura Portuguesa Trovadorismo
Literatura Portuguesa TrovadorismoLiteratura Portuguesa Trovadorismo
Literatura Portuguesa Trovadorismo
 
Quadro geral do desenvolvimento das literaturas portuguesa e
Quadro geral do desenvolvimento das literaturas portuguesa eQuadro geral do desenvolvimento das literaturas portuguesa e
Quadro geral do desenvolvimento das literaturas portuguesa e
 
Slide os gêneros literários
Slide os gêneros literáriosSlide os gêneros literários
Slide os gêneros literários
 
Estrutura das palavras
Estrutura das palavrasEstrutura das palavras
Estrutura das palavras
 
Como Escrever um Artigo
Como Escrever um ArtigoComo Escrever um Artigo
Como Escrever um Artigo
 
Intertextualidade e Paráfrase
Intertextualidade e ParáfraseIntertextualidade e Paráfrase
Intertextualidade e Paráfrase
 

Último

AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
ssuserbb4ac2
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
carlaOliveira438
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Pastor Robson Colaço
 

Último (20)

Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docxGeometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
 
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfRespostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptAula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
 
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptxTIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 

GÊNERO TEXTUAL: CHARGE