Quero ser radioamador! Mas..... o que é preciso? 
Quero ser um radioamador... mas o que é preciso para ser um radioamador?...
Requisitos: 
Classe C: 
 Maior de 10 anos (menores de idade precisam da autorização do responsável legal); Aprovação nos ...
Qual a diferença entre Radio Amadorismo e CB ? 
A tabela seguinte enuncia algumas das diferenças entre RA e CB (banda do c...
5. Exames ? São difíceis ? Que matéria sai? 
Sim, exames. Pois para s er Radio Amador é necessário atingir um nível de int...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Radioamador

420 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
420
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Radioamador

  1. 1. Quero ser radioamador! Mas..... o que é preciso? Quero ser um radioamador... mas o que é preciso para ser um radioamador? Iniciando a conversa, vamos esclarecer que radioamador é a pessoa habilitada a executar o Serviço de Radioamador e NÃO o equipamento. O equipamento é um rádio, transceptor, receptor, transmissor, ou qualquer outro nome. Já o Serviço de Radioamador é modalidade de serviço de radiocomunicações, destinado ao treinamento próprio, à intercomunicação e a investigações técnicas, levadas ao efeito por amadores devidamente autorizados, interessados na radio técnica a título pessoal, que não visam qualquer objetivo pecuniário ou comercial ligado à exploração do serviço, inclusive utilizando estações espaciais situadas em satélites da Terra. O Serviço de Radioamador está regulamentado pela Resolução N.º 449, de 17 de novembro de 2006 e deve ser estudada por todos os interessados em conhecer e ingressar no radioamadorismo. O que identifica uma pessoa legalmente como um Radioamador é o Certificado de Operador de Estação de Radioamador (COER), que vem a ser o documento expedido à pessoa natural que tenha comprovado ser possuidora de capacidade operacional e técnica para operar estação de radioamador. O COER possibilita ao seu titular operar estação de radioamador e obter permissão para executar o Serviço de Radioamador. Esse documento é pessoal, intransferível e obedecerá ao modelo previsto na Norma. Quem pode obter o COER? Podem obter o COER as seguintes pessoas: 1. Os brasileiros com idade acima de 10 anos (se menores, cabe aos respectivos pais ou tutores a responsabilidade por atos ou omissões); 2. Os portugueses, que tenham obtido o reconhecimento da igualdade de direitos e deveres para com os brasileiros; 3. Os radioamadores estrangeiros, nas condições estabelecidas em acordos de reciprocidade de tratamento; 4. Os radioamadores, funcionários de organismos internacionais, dos quais o Governo Brasileiro participe desde que estejam prestando serviço no Brasil. O COER será concedido aos aprovados em testes de avaliação da capacidade operacional e técnica para operar estação de radioamador, obedecendo a critérios determinados para cada classe.Ou seja, há uma pequena prova (cujo programa varia para cada classe) e devemos "passar" na prova para iniciarmos o processo burocrático para a obtenção de nosso COER e da Licença da nossa estação. Para obter a licença da estação (indicativo), existem uma série de procedimentos burocráticos que devem ser observados e seguidos, pois a responsabilidade de se operar uma estação de rádio de grande potência, alcance, e múltiplas freqüências de operação com possibilidade de interferências inclusive em serviços públicos e de segurança é grande. Como fazer a prova para obter um COER Você poderá realizar seu exame diretamente na Anatel do seu estado ou em outra cidade onde seja aplicada as provas. Para efetuar o exame, faca o cadastro na pagina seguinte, e entre em INSCRIÇÃO: http://sistemas.anatel.gov.br/sec . Pesquise a data desejada e siga os passos no site. A prova é gratuita, porém por meio de um convênio a ANATEL autorizou a LABRE (Liga dos Amadores Brasileiros de Rádio Emissão) a cobrar uma taxa de R$ 13,42 (VALOR MÁXIMO) para cobrir custos da instituição para apoiar a ANATEL na das provas. Se você for reprovado em alguma das provas, poderá fazê-las novamente numa próxima oportunidade (somente as provas nas quais você foi reprovado). E depois... Depois de obter o COER - Certificado de Operador de Estacao Radioamador, você vai precisar cadastrar o seu servico para então solicitar o seu prefixo, algo do tipo PP5CIT. Você pode fazer isso online mas terá que enviar pra ANATEL o formulário impresso.
  2. 2. Requisitos: Classe C:  Maior de 10 anos (menores de idade precisam da autorização do responsável legal); Aprovação nos testes de Técnica e Ética Operacional (70%) e Legislação de Telecomunicações (70%) Classe B:  Se radioamador classes “C” (menores de 18 anos, somente após decorridos dois anos da data de expedição do COER classe “C”) e aprovação nos testes de Conhecimentos Básicos de Eletrônica e Eletricidade (50%) e Transmissão (70%) e Recepção (70%) Auditiva de Sinais em Código Morse;  Aos maiores de 18 anos, sem COER, que desejam ingressar diretamente na classe “B”, desde que aprovados nos testes de Técnica e Ética Operacional (70%), Legislação de Telecomunicações (70%), Conhecimentos Básicos de Eletrônica e Eletricidade (70%) e Transmissão (70%) e Recepção (70%) Auditiva de Sinais em Código Morse. Classe A:  Acesso restrito aos radioamadores classe "B", decorrido um ano da data de expedição do COER classe “B”, e aprovação no teste de Conhecimentos Técnicos de Eletrônica e Eletricidade (70%). Para saber mais, procure a Coordenação de Radioescotismo da sua região, a LABRE, ou um clube de radioamadores de seu município. E quanto custa? Para orientação, segue o valor das taxas praticadas para a habilitação do Serviço de Radioamador (valores referentes a jan/2011): COER - Certificado de Operador de Estação Radioamadora R$ 12,07 O COER tem validade indeterminada. Esta taxa somente é cobrada novamente caso haja alteração na classe do Radioamador PPDESS - Preço Público pelo Direito de Exploração de Serviços de Telecomunicações e pelo Direito de Exploração de Satélite R$ 20,00 O PPDESS é pago somente uma vez, na emissão da primeira Licença de Estação PPDUR - Preço Público pelo Direito de Uso de Radiofrequências R$ 20,00 O PPDUR é pago uma vez a cada 10 anos ou por ocasião de alteração de classe TFI - Taxa de Fiscalização de Instalação Estação Fixa: R$ 33,52 e Estação Móvel: R$ 26,83 A TFI é devida na emissão da Licença de Estação TFF - Taxa de Fiscalização de Funcionamento Estação Fixa: R$ 15,08 e Estação Móvel: R$ 12,08 A TFF é anual, com validade até 31/dez de cada ano, devendo ser recolhida até 31/03 CFRP - Contribuição para o Fomento da Radiodifusão Pública Estação Fixa: R$ 1,68 e Estação Móvel: R$ 1,34 A CFRP é anual, com validade até 31/dez de cada ano, devendo ser recolhida até 31/03
  3. 3. Qual a diferença entre Radio Amadorismo e CB ? A tabela seguinte enuncia algumas das diferenças entre RA e CB (banda do cidadão): BANDA CIDADÃO RADIO AMADORISMO Só se pode operar na faixa de 27 MHz (11 metros) Existem várias faixas de frequências ao longo de todo o espectro A potência máxima permitida é de 5 Watt A potência máxima depende da categoria (A=1500W B=750W C=150W) Tem de se licenciar o rádio O que se licencia é o operador Não é necessário fazer exame de aptidão É necessário fazer exame de aptidão que varia conforme a categoria 2. O que posso fazer sendo Radio Amador ? A quantidade de coisas que se podem fazer é interminavel e depende do equipamento e da imaginação de cada um; de qualquer mod o aqui ficam algumas:  Falar com outras pessoas quer localmente quer a longas distâncias(DX)  Ligar o computador ao rádio e utilizar comunicação digital.  Cons truir rádios, antenas, aprender um pouco de electrónica e radioelectricidade.  Uti l izar os satélites em órbita para servi r de repetidor, para receber imagens, receber telemetria, etc...  Falar com astronautas no espaço (por exemplo na estação orbital MIR).  Usar a lua para reflectir s inais de volta para a terra.  Fazer experiências com Slow-Scan TV (SSTV), Fax, ATV (Amateur TV).  Ajudar em emergências providenciando comunicações.  Ajudar outras pessoas a tirar a licença de amador.  Coleccionar cartões de QSL e diplomas  Participar em concursos  Fazer jantaradas ( vi tamínicos ).  Participar em expedições ( por exemplo ás Caraíbas ). 3. O que não posso fazer sendo Radio Amador ? Sob pena de ficarem com a carteira mais leve e quem sabe ficarem sem licença convém nao fazerem nenhuma das seguintes habilidades:  Interferir intencionalmente outra estação de amador ou qualquer outro s erviço de radiocomunicações. Especialmente a TV do vi zinho que é o primei ro a reclamar mesmo que a culpa nao seja nos sa. :(  Uti l izar codigos nas emissões. Embora para quem nao esteja dentro do ramo, as conversas de radioamadores pareçam ser em codig o, os codigos uti l i zados são aceites pela entidade l icenciadora.  Emi ti r mús ica gravada ou não. Mas então os radios nao servem para ouvi r mús ica ? : -)  Transmi ti r publ icidade de qualquer natureza.  Uti l izar nas comunicações palavras ou expressões que contrariem a moral ou os bons costumes. O que s ignifica que não podem conta r a maior parte do vos so reportorio de anedota s .  Transmi ti r fal sos s inai s de alarme ou notícias tendenciosas .  Comunicar com estações nao licenciadas. Sim, porque os radioamadores não falam com qualquer um... Portanto se estas a ler i s to e ainda não tens l icença toca a mandar a papelada! 4. O que é necessário fazer para ser Radio Amador ? Para s er Radio Amador é preciso candidatar-se a exame de aptidão, e depois de passar nesse exame pedir a l icença de amador. Para s e candidatarem ao exame têm de fazer o seguinte:  Apresentar um requerimento em impresso proprio. Podem pedi-lo à entidade licenciadora (ICP ) ou então di ri jam-se a uma As sociação de Radioamadores. Neste requerimento têm de mencionar qual a classe a que querem concorrer e se pretendem fazer exame de telegrafia (morse) que é facul ta tivo.  Certi ficado de registo criminal, ou documento equivalente passado pela respectiva embaixada, se s e trata r de um cidadão de nacional idade es trangeira. Isto costuma demorar algum tempo, por isso é a primeira coisa a pedir. De preferência convém que não tenham as sa l tado nenhum banco nem dado nenhum ti ro na sogra. ;-) O ano passado o impresso para pedir o registo criminal custava 100$00 e o s elo fi s cal 250$00. Alguem tem informações mais actuais? O tempo de espera indicado na repartição de Aveiro foi dez dias. ( o meu demorou mais de um mê s mas pedi -o lá na terreola! )  Ates tado de autori zação de res idência no nos so país , se se trata r de um cidadão de nacional idade es trangei ra.  Juntem a taxa de exame. O seu valor vem no verso do impres so. Depois metem tudo num envelope (ou entregam em mão) e enviam para o ICP - Instituto das Comunicacoes de Portugal , que é a entidade l icenciadora. Depois é esperar que eles avisem a data e local do exame. Em seguida têm de voltar a esperar que eles informem o resultado do exame. Supondo que o resultado foi positivo está agora na hora de pedir a licença. Para isso é necessário:  Requerimento em impresso proprio. Este impresso é igual ao que é preciso para pedir o exame.  Caso o registo criminal que entregaram já tenha perdido a validade, o que acontece quase sempre, têm de entregar outro. : -(  Taxa de licenciamento. Ver verso do impresso. Mandem tudo isto para o ICP e ... esperem que chegue a licença. BOA SORTE!
  4. 4. 5. Exames ? São difíceis ? Que matéria sai? Sim, exames. Pois para s er Radio Amador é necessário atingir um nível de inteligência que só com muito treino e dedicação pod erá ser alcançado. :-) Os exames são em geral acessiveis principalmente para quem tem conhecimentos sobre electricidade e electrónica. A materia que sai é a seguinte: 1.- Lesgilação e segurança 2.- Electricidade 3.- Radioelectricidade 4.- Conhecimentos sobre a aparelhagem utilizada nas comunicações do serviço de amador. Para a categoria saem os pontos C 1 B 1,2 e 3 A 4 Para s e poder candidatar para a categoria A é necessário s er radioamador à pelo menos doi s anos . Os candidatos a amador que comprovem pos suir habilitações escolares abrangendo as matérias constantes dos pontos 2 e 3 es tão di spensados de fazer exame des tes pon tos . Para informações mai s deta lhadas consulte a Porta ria No. 358/95 de 24 de Abri l . 6. Onde posso arranjar mais informação ? Para ver uma colecção de ponteiros para outras fontes de informação sobre radioamadorismo na Internet, carregue aqui. Exi stem tambem várias revistas das quais s e destacam a QSP (Portuguesa), RADio COMmunication (da RSGB), CQ, 73, QST (da ARRL). O ICP e as Associações de Radioamadores poderão dar muitas informações. 7. O que é o alfabeto fonético ? O al fabeto fonético é utilizado em diversas situações, nomeadamente quando o sinal recebido é fraco, para soletrar palavras. Existem diversas variantes do alfabeto fonético mas a que s e segue é a mais utilizada: A - Al fa B - Bravo C - Charl ie D - Del ta E - Echo F - Foxtrot G - Gol f H - Hotel I - India J - Jul i et K - Ki lo L - Lima M - Mike N - November O - Os car P - Papa Q - Quebec R - Romeu S - Sierra T - Tango U - Uni form V - Victor W - Whi sky X - X-Ray Y - Yankee Z –- Zulu Por exemplo para soletrar o indicativo CT6ARU pode-se dizer: Charlie Tango Seis(Six) Alfa Romeu Uniform ( passe a publicidade :-) Nota : Todas estas informações foram retiradas de: As sociação de Radioamadorismo da Universidade de Aveiro - http://sweet.ua.pt/~arua - arua@ua.pt

×