Índice
10 .......................................................... Prefácio
12 .............................. Um Cenário...
Palavra do Presidente
Desde a década de 1990, o panorama educacional brasileiro vem
sofrendo quebras significativas de par...
Helena Kolody
“Pintou estrelas no muro, e teve
o céu ao alcance das mãos.”
ACERVO UNIBRASIL
Nelson Padrella
8 UniBrasil | ...
Um cenário de demanda
ACERVO UNIBRASIL
Painel de Reginaldo Carvalho
12 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil...
Ao final do século XX, vivenciando a expansão da oferta de
cursos superiores e o crescimento da escolarização no país, um
...
Criação das Universidades e a UFPR
ACERVO UNIBRASIL
Ruben Esmanhotto
16 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasi...
O modelo de ensino, na forma de universidade, como centro
pluridisciplinar de desenvolvimento do pensamento humano
e atual...
ACERVO UNIBRASIL
Reginaldo Carvalho
20 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil 21UniBrasil - Aos 15 anos
Em paradoxo, é somente em 1930 que começa o primeiro projeto
com lógica universitária plena, no Brasil, com concepção de
l...
859
UNIVERSIDADE AL
QUARAOUIYINE
Universidade al
Quaraouiyine
Real Academia de Artilharia,
Fortificação e Desenho
Faculdad...
1912
UNIVERSIDADE
FEDERAL DO
PARANÁ
1920
UNIVERSIDADE
FEDERAL DO
RIO DE JANEIRO
(UFRJ)
1934
UNIVERSIDADE
DE SÃO PAULO
(USP...
ACERVO UNIBRASIL
Cássio Mello
O UniBrasil
28 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil 29UniBrasil - Aos 15 anos
O nome
O nome UniBrasil nasceu de um profundo amor pelo país e da
necessidade e vontade de contribuir com a sociedade, agr...
O papel da Universidade
é apontar a necessidade do
aprofundamento democrático, mas
lembrar de que ele deve operar ao lado ...
Infraestrutura
ACERVO UNIBRASIL
Reginaldo Carvalho
38 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil 39UniBrasil - Ao...
Foto: A irmandade chegou a abrigar 70 meninas durante o período mais ativo da instituição.
Oantigoprédio,quehojeconcentrao...
O atual Auditório Edla Van Steen
foi construído originalmente como
uma capela, por iniciativa das irmãs,
e, na época, foi ...
Foto:AcervoUniBrasil.
O projeto arquitetônico UniBrasil foi desenvolvido e concebido para fins
educacionais, com ênfase na...
Blocos
Entre as prioridades do UniBrasil para a construção do
campus,destacaram-seoconfortoepraticidadeparaosalunos
e a pr...
Bloco 1
• Auditório “Edla Van Steen”
• CAA – Central de Atendimento ao Acadêmico
• Financeiro
• FINES – Financiamento Estu...
Jardins
A composição dos jardins do UniBrasil é uma obra
do arquiteto responsável pelo projeto do campus e
doprofessorClèm...
ACERVO UNIBRASIL
Reginaldo Carvalho
ARAUCÁRIA
Araucária,
Nasci forte e altiva,
Solitária.
Ascendo em linha reta
- Uma colu...
Auditório Desembargador
Cordeiro Clève
O auditório Desembargador Cordeiro Clève é uma homenagem
ao paranaense Joerling Cor...
VITRAIS BLOCO 1
Autor Desconhecido
70 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil 71UniBrasil - Aos 15 anos
Biblioteca Helena Kolody
A escritora paranaense Helena Kolody é uma das grandes
inspirações do UniBrasil e nada mais justo...
ACERVO UNIBRASIL
Reginaldo Carvalho
O Ensino
84 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil 85UniBrasil - Aos 15 a...
Ao completar 15 anos de existência, o UniBrasil torna-se Centro Universitário
e reafirma o compromisso que assumiu, desde ...
Escola de Comunicação
A Escola de Comunicação engloba os cursos de Design, Jornalismo e
Publicidade e Propaganda. O projet...
Estar no UniBrasil por todo o meu período de formação me deu
muitas bases essenciais e me tornou apto a começar a concorre...
ACERVO UNIBRASIL
Paula L. Schmidlin
Escola de Direito
A primeira graduação instituída no UniBrasil Centro
Universitário fo...
Em seus 15 anos de existência, o UniBrasil Centro Universitário construiu uma
sólida política institucional, em prol do co...
Escola de Educação e
Humanidades
A Escola de Educação e Humanidades pratica os mesmos
princípios filosóficos do UniBrasil ...
O UniBrasil proporcionou, através do curso
de Serviço Social, um divisor de águas, na
minha carreira profissional; comecei...
Escola de Engenharias
A Escola de Engenharias é a mais recente do UniBrasil e
já conta com quatro cursos de graduação de d...
Escola de Negócios
Os principais diferenciais da Escola de Negócios do UniBrasil Centro
Universitário estão nos programas ...
Escola de Saúde
CongregadosnaEscoladeSaúdeestãooscursosdeBacharelado
em Educação Física, Biomedicina, Enfermagem, Farmácia...
A Pró-reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Assuntos
Comunitários (PROPPEx) atua como assessoria da Reitoria,
co...
ACERVO UNIBRASIL
Reginaldo Carvalho
Relações Acadêmicas
114 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil 115UniBras...
Através da Coordenação de Cooperação Institucional e Internacional
(CCII), o UniBrasil fomenta o relacionamento com univer...
Grutun!
O Grupo de Teatro do UniBrasil foi idealizado em 2006, pelo,
então, professor do curso de Jornalismo, Victor Folqu...
Foto: Grutun! em apresentação teatral – Acervo UniBrasil.
Com muita dedicação, em 2010, o grupo apresentou-se, pela
primei...
ACERVO UNIBRASIL
Constância Nery
Responsabilidade Social
138 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil 139UniBra...
O UniBrasil, enquanto instituição atuante, entende que
todas as ações sociais que estejam ao seu alcance devem ser
concret...
Foto: Os projetos esportivos contam com a estrutura do Complexo
Esportivo UniBrasil em diferentes atividades - Acervo UniB...
O Projeto de extensão Ampliar/Natação Sem Limites foi
implementado pelo curso de Educação Física, em 2011 e,
atualmente, a...
a) Ensino à Distância:
A virtualização das relações de ensino é uma realidade,
expandindo o atendimento das demandas dos u...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Livro - UniBrasil aos 15 anos

573 visualizações

Publicada em

O UniBrasil – Centro Universitário, comemorou seus 15 anos em 2015. E para contar ao mundo este importante momento planejou um livro para colocar esta data na história. Este livro precisava ser grandioso e mostrar a identidade da Instituição em todas as suas formas, além de poder descrever com louvor da criação aos 15 anos, toda a evolução que a tornou uma das mais importes universidades do estado.
Ao iniciar o desenvolvimento nos deparamos com uma grande dificuldade em encontrar documentos e fotos históricas para ilustrar o livro, mas depois de muita pesquisa descobrimos que mais do que fotos, a instituição tinha um enorme acervo artístico, que ao longo do tempo veio retratando a história da mesma de uma forma única. Colocamos então essas obras de arte para contar a história da universidade, e além de enriquecer página a página com trabalho de design gráfico único para cada uma, criamos uma organização simples e interessante para mostrar as pessoas todo o peso dos 15 anos do UniBrasil. Quando o livro foi lançado os elogios foram constantes, grandes personalidades políticas e do meio acadêmico foram presenteadas com o que eles mesmos descrevem como uma “obra memorável” que conta a história da instituição.

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
573
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Livro - UniBrasil aos 15 anos

  1. 1. Índice 10 .......................................................... Prefácio 12 .............................. Um Cenário de Demanda 17 ............. Criação das Universidades e a UFPR 29 ..................................................... O UniBrasil 85 .......................................................... O Ensino 115 ................................... Relações Acadêmicas 123............................................................Cultura 139 .............................. Responsabilidade Social 151 ........................................................ O Futuro ACERVO UNIBRASIL Isael M. Caetano EXPEDIENTE: Realização: Centro Universitário Autônomo do Brasil – UniBrasil Patrícia Russo Gibran Wanda Camargo Coordenação e Plano Editorial: Núcleo de Mídia e Conhecimento Textos: Fábio André Chedid Silvestre e Fernanda Cheffer Coordenação Gráfica: Ponto Design Diagramação: Joaquin Fernandez Presas Mozart Fernando de Brito Eduardo Przybylski Fotografia: Departamento de Marketing do UniBrasil e Núcleo de Mídia e Conhecimento Revisão: Neumar Carta Winter Núcleo de Mídia e Conhecimento N964u UniBrasil, aos 15 anos: 2000-2015/ Núcleo de Mídia e Conhecimento. Curitiba: Farol dos Reis, 2015. 168 p. ISBN: 978-85-69126-00-3 1. UniBrasil - história. 2. Ensino superior - Brasil. 3. Criação das Universidades. I. T. CDD: 370.981 FICHA CATALOGRÁFICA ELABORADA PELO SETOR DE TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO BICEN/UEPG 2 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil UniBrasil - Aos 15 anos 3
  2. 2. Palavra do Presidente Desde a década de 1990, o panorama educacional brasileiro vem sofrendo quebras significativas de paradigma. Saímos de um status quo acomodado, para outro, profundamente renovador. A sedimentação do Estado de Direito valorizou e diversificou a carreira jurídica, a universalização do acesso à saúde abriu perspectivas para as profissões desta área. Novas tecnologias trouxeram a necessidade de profissionais com novas qualificações, e a revolução nas ciências econômicas e administrativas alargou esse campo profissional. Entrávamos, com algum atraso, na era da educação superior para muitos, e a necessidade de atender a todas essas demandas, somente, poderia ser atendida por mais professores e mais instituições de ensino. O Estado, tradicional ofertante desta área, estava no limite de sua capacidade de investimento; aumentar sua participação em educação superior implicaria sacrificarpesadamenteoutrossetores, igualmenteimportantes. Em 1998, reunimo-nos, um grupo de professores, com o ideal de contribuir para o desenvolvimento da sociedade, através da educação superior. Exceto o sonho, havia muito pouco. Um único prédio, uma biblioteca de boa qualidade, porém, modesta, alguns computadores, poucos laboratórios, poucos professores, alunos, funcionários. Uma imensa vontade. O primeirocursofoiodeDireito,oqueécoerente,afinal,oscursos jurídicos estavam entre os primeiros a serem implantados no Brasil, em 1827. No começo, aprendemos. Nós, fundadores, viemos da Universidade Federal do Paraná, e aprendemos que uma instituição privada não conta com os recursos generosos do governo; absolutamente, todas as despesas e investimentos devem ser pagos com o produto das mensalidades e dos aportes dos mantenedores. Outros de nós viemos da iniciativa privada, e aprendemos que professores não são simples mão de obra, estudantes não são clientes e conhecimento não é mercadoria. Instituições de ensino têm alma. Centenas de professores, milhares de alunos, laboratórios, biblioteca, livros, centros de pesquisa, cantinas. Aulas, discussões, debates, provas, pensamento, monografias, teses, namoros, brigas, amizades, confusões, formaturas, não formaturas. O contato contínuo entre os professores e os alunos, e entre os professores de várias áreas, sedimenta-se em alguma coisa que os transcende e ao conhecimento. Desenvolve-se, no espírito de uma instituição de ensino superior, sua Anima. O grande brasileiro Monteiro Lobato afirmou: “Um país se faz com homens e livros”. Também uma instituição de educação não pode prescindir nunca de livros, com a forma que têm hoje e com as que vêm adquirindo, com as novas tecnologias; o conhecimento e a ideia do conhecimento são eternos. Homens e mulheres são importantes, mais do que os livros, porque são eles que os escrevem. Prefácio 4 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil 5UniBrasil - Aos 15 anos
  3. 3. Helena Kolody “Pintou estrelas no muro, e teve o céu ao alcance das mãos.” ACERVO UNIBRASIL Nelson Padrella 8 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil 9UniBrasil - Aos 15 anos
  4. 4. Um cenário de demanda ACERVO UNIBRASIL Painel de Reginaldo Carvalho 12 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil 13UniBrasil - Aos 15 anos
  5. 5. Ao final do século XX, vivenciando a expansão da oferta de cursos superiores e o crescimento da escolarização no país, um grupodeobstinadosprofessoresvislumbrouumainstituiçãode ensino superior particular, a base de uma futura universidade, comprometida com o ensino e pesquisa, cumprindo um papel de aprofundamento democrático e republicano. Onúmerodeuniversitários,noBrasil,jásuperaos7,3milhões[i], praticamente 18% dos estudantes em idade universitária, jovens entre 18 e 24 anos. Um crescimento importante, mas ainda incipiente, num mundo aberto e competitivo, em que a educação superior é estratégica, nesta Era do Conhecimento, a era da educação permanente, como afirma Clemente Ivo Juliato [ii]. E não se trata de quantidade, mas a intenção e ação de educar envolve o ethos nacional. Segundo o Ministério da Educação [iii], atualmente, do total de estudantes universitários, 5,3 milhões (73,5%) estão em instituições particulares. O restante (1,9 milhão), divide-se entre instituições federais (1,1 milhão), estaduais (604 mil) e municipais (190 mil). Os alunos matriculados em cursos de graduação, no Brasil, estão distribuídos em 31.866 cursos, oferecidos por 2.391 instituições. A maior parte, formada por universidades e faculdades particulares (2.090) e o restante, por instituições públicas (301). As universidades são responsáveis por mais da metade das matrículas (53,3%). As faculdades concentram 29,1%; centros universitários, 15,8%; instituições federais de educação tecnológica somam 1,6%. Com a prevalência do ensino privado, o financiamento universitário também integra a pauta de desenvolvimento da educação. Nestes últimos cinco anos, quase 10% do total de alunos cursandoensinosuperioraderiramaoProgramaUniversidade Para Todos (PROUNI) e 15%, ao Fundo de Financiamento Estudantil (FIES). Sem o auxílio desses programas, um terço dos atuais alunos brasileiros, em idade adequada, poderiam não ingressar no ensino superior. É preciso reconhecer que o Estado atua corretamente na democratização do ensino superior, permitindo o acesso a camadas da população que antes eram excluídas. Estanãoéumaquestãoapenasdeumpaísemdesenvolvimento. Nos Estados Unidos, por exemplo, a absoluta maioria dos alunos do ensino superior tem acesso a financiamento estudantil. O próprio presidente Barack Obama terminou de pagar o seu financiamento, durante o mandato de senador. Estudos mostram que os alunos saem da faculdade, ganhando 3,5 vezes mais do que recebiam, quando ingressaram no ensino superior, o que permite natural fluidez econômica da inclusão, que conta com o esforço de qualificação, empregado no estudante, para retornar o investimento em sua formação, através de sua produtividade. Dessa maneira, a evidente ampliação da oferta quantitativa, pública e privada, de suprimento do ensino superior, exige, agora, o foco na qualidade, a meta das próximas décadas. O UniBrasil participa ativamente deste objetivo nacional de ensino, patriótico e cidadão. ACERVO UNIBRASIL Carlos Novaes [i] Censo da Educação Superior de 2013 – MEC-INEP. [ii] Juliatto, Clemente Ivo. De Professor para Professor, falando de educação. Champagnat Editora. Curitiba, 2013. [iii] Retirado de http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=20777:censo-indica-crescimento-de-38-nas-matriculas-e-total-de-alunos-chega-a-73-milhoes-em-2013-&catid=212&Itemid=86 em 23 de janeiro de 2015. 14 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil UniBrasil - Aos 15 anos 15
  6. 6. Criação das Universidades e a UFPR ACERVO UNIBRASIL Ruben Esmanhotto 16 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil 17UniBrasil - Aos 15 anos
  7. 7. O modelo de ensino, na forma de universidade, como centro pluridisciplinar de desenvolvimento do pensamento humano e atualmente de formação profissional qualificada, tem seu início, no século X d.C., com seu maior crescimento, na Europa. A Universidade de Bologna foi a primeira, em 1088. Nas Américas, a partir do século XVI, universidades foram criadas no Peru, México, Bolívia e Argentina, subsidiando a ocupação espanhola. Nos Estados Unidos, desde o século XVII, o governo cedia vastos domínios de terra para um grupo que pretendesse criar uma universidade; estes loteavam a área e, com os recursos, constituíam um fundo para sustentar a instituição de ensino, permanentemente. No preâmbulo da obra Direito Constitucional Brasileiro (i), o ProfessorClèmersonMerlinClèveracionalizaauniversitarização tardia do Brasil, em face das iniciativas de outras nações. Aqui, as primeiras manifestações, desde o final do século XVIII, foram de escolas técnicas isoladas, no Rio de Janeiro, Pernambuco, Bahia e, depois, São Paulo. Isso foi tudo o que o Brasil possuiu, por dois séculos. Em 1911, a Lei Rivadávia Corrêa (Decreto Federal n. 8.659) autoriza a criação de universidades por iniciativa particular, o que desencadeia uma série de iniciativas contemporâneas (no Amazonas, no Paraná e em São Paulo)(ii). Entre as primeiras universidades brasileiras está a Universidade do Mate, a Universidade do Paraná, um projeto arrojado, sonhado por Rocha Pombo - desde o século XIX - e, depois, materializada por Nilo Cairo, Victor Ferreira do Amaral, Daltro Filho e Hugo Simas, em 1912. Entretanto, a Universidade do Paraná foi precocemente dissolvida (1918), em face da Lei Maximiliano (Decreto Federal n. 11.530, de 1915), tendo sobrevivido como conjunto de faculdades congregadas, porém, com uma direção central, até retornar como universidade federalizada, em 1946, surgindo, então, a atual Universidade Federal do Paraná. ACERVO UNIBRASIL Reginaldo Carvalho 18 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil UniBrasil - Aos 15 anos 19
  8. 8. ACERVO UNIBRASIL Reginaldo Carvalho 20 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil 21UniBrasil - Aos 15 anos
  9. 9. Em paradoxo, é somente em 1930 que começa o primeiro projeto com lógica universitária plena, no Brasil, com concepção de ligação e integração dos cursos, quando a Universidade de São Paulo (USP), trazendo professores e um modelo da França, deu um passo extremamente importante para o êxito desse projeto. O Paraná se emancipa em 1853, mas, até o surgimento da Universidade Federal do Paraná, os paranaenses formavam-se no Rio de Janeiro, em Minas Gerais ou São Paulo; havia a necessidade de que os jovens secundaristas não mais deixassem o estado, especialmente “a fim de aumentar a massa crítica da intelectualidade local” e “resgatar o sentimento de identidade paranaense”. (iii) É no século XX que o estado começa a criar quadros que conduziram à condição de quinta economia do país, no início do século XXI, formados, inicialmente, e em sua maioria, pela UFPR. Instalada na Praça Santos Andrade, ela é símbolo de Curitiba, mas, na verdade, é um símbolo do Paraná. A UFPR é determinante para a emergência do Paraná, como um dos estados mais importantes da federação, mas era necessária a expansão e descentralização do ensino superior no estado. Talnecessidadecomeçaasersuperada, com a implantação da Pontífícia Universidade Católica do Paraná, em 1959. Depois, incrementada pelas Universidades Estaduais de Maringá e Ponta Grossa (1969) e a de Londrina (1970), até a explosão do ensino superior particular, que se deu a partir de 1990. É evidente que a grande diferença de um país para o outro é sua capacidade de gestão e o nível educacional atingido pela sua população. A universidade tem um papel fundamental nisso, seja para formarquadrosesejaparaformar,ainda, professores que educarão as novas gerações,nosdiversosníveisdeensino. O UniBrasil tem consciência de que um país se constrói e se enriquece, em função do capital intelectual de seu povo. Há paísessemrecursosnaturaisquesãoricos,comooJapão,epaíses com imensos recursos naturais, que não são protagonistas no cenário mundial, como na África e na América Latina. O Brasil precisa somar aos espaços educacionais públicos os espaços educacionais privados; só assim será possível dar conta do desafio da formação das novas gerações. ACERVO UNIBRASIL Reginaldo Carvalho ACERVO UNIBRASIL Érico da Silva i - CLÉVE, Clémerson Merlin. “Direito Constitucional Brasileiro”. Editora Revista dos Tribunais. São Paulo,2014. ii - WACHOVICZ, Ruy Christovam. “Universidade do Mate - História da Universidade Federal do Paraná”. Editora UFPR. Curitiba 2006. iii - SIQUEIRA, Marcia Dalledone. “UFPR Centenário”. Editora UFPR. Curitiba 2013. UniBrasil - Aos 15 anos 2322 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil
  10. 10. 859 UNIVERSIDADE AL QUARAOUIYINE Universidade al Quaraouiyine Real Academia de Artilharia, Fortificação e Desenho Faculdade de Direito de Olinda Universidade de Paris Universidade de Harvard Faculdade de Direito de São Paulo Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado UNIVERSIDADESNOMUNDO 1096 UNIVERSIDADE DE OXFORD 1175 UNIVERSIDADE DE MODENA 1218 UNIVERSIDADE DE SALAMANCA 1551 UNIVERSIDADE NACIONAL DE SAN MARCOS 1088 UNIVERSIDADE DE BOLONHA 1170 UNIVERSIDADE DE PARIS 1209 UNIVERSIDADE DE CAMBRIDGE 1551 UNIVERSIDADE NACIONAL AUTÔNOMA DO MÉXICO Marrocos Reino Unido Itália Espanha Espanha Itália França Reino Unido México As universidades são parte importante da produção e conservação do conhecimento no mundo, há muitos séculos, e no Brasil, mais recentemente.Nográfico,épossívelvisualizarestefato,emperspectiva, e de modo particular, a inserção do UniBrasil, neste universo. 1562 COLÉGIO UNIVERSITÁRIO DE SAN TOMÁS 1613 UNIVERSIDADE NACIONAL DE CÓRDOBA 1636 UNIVERSIDADE DE HARVARD 1832 UNIVERSIDAD MAYOR DE SAN SIMÓN 1676 UNIVERSIDADE DE SAN CARLOS DE GUATEMALA México Argentina Estados Unidos BolíviaGuatemala 1624 UNIVERSIDADE MAIOR REAL E PONTIFÍCIA SAN FRANCISCO XAVIER DE CHUQUISACA 1653 UNIVERSIDADE DE ROSÁRIO 1728 UNIVERSIDADE DE HAVANA Bolívia Colombia Cuba 1792 REAL ACADEMIA DE ARTILHARIA, FORTIFICAÇÃO E DESENHO 1827 FACULDADE DE DIREITO DE OLINDA 1876 ESCOLA DE MINAS Rio de Janeiro Pernanbuco Minas Gerais 1808 ESCOLA DE CIRURGIA DA BAHIA 1839 ESCOLA DE FARMÁCIA DE OURO PRETO 1891 FACULDADE NACIONAL DE DIREITO 1827 FACULDADE DE DIREITO DE SÃO PAULO Bahia Minas Gerais Rio de Janeiro São Paulo OBRASILDASESCOLASTÉCNICAS 1901 ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ 1908 ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA DE LAVRAS 1912 FACULDADE DE DIREITO DO RIO GRANDE DO SUL São Paulo Minas Gerais Rio Grande do Sul 1902 FUNDAÇÃO ESCOLA DE COMÉRCIO ÁLVARES PENTEADO 1908 FACULDADE DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS DE SÃO BENTO São Paulo São Paulo Linha do tempo Criação das Universidades 24 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil UniBrasil - Aos 15 anos 25
  11. 11. 1912 UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ 1920 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO (UFRJ) 1934 UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO (USP) Paraná Rio de Janeiro São Paulo Rio de Janeiro Minas Gerais São Paulo 1913 UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO 1927 UNIVERSIDADE DE MINAS GERAIS 1941 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS 1946 UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO 1954 UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ 1957 UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ Rio de Janeiro Ceará Pará São Paulo Rio Grande do Sul Paraná Minas Gerais Goiás 1952 UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE 1956 UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL 1958 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS 1959 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ 1960 UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS 1962 UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA 1968 UNIVERSIDADE DE SÃO CARLOS Goiás Distrito Federal São PauloSanta Catarina São Paulo 1959 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS 1960 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA 1966 UNIVERSIDADE DE CAMPINAS 1969 UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA 1970 UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA 1990 EXPANSÃO DO ENSINO SUPERIOR PARTICULAR Paraná Paraná Brasil/ParanáParaná Paraná Paraná 1969 UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ 1988 UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ 2000 O UNIBRASIL OBRASILUNIVERSITÁRIO Universidade Federal do Paraná Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Universidade de São Paulo (USP) Universidade de Minas Gerais Universidade Federal de Santa Catarina Universidade de Brasília (UNB) UniBrasil 26 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil UniBrasil - Aos 15 anos 27
  12. 12. ACERVO UNIBRASIL Cássio Mello O UniBrasil 28 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil 29UniBrasil - Aos 15 anos
  13. 13. O nome O nome UniBrasil nasceu de um profundo amor pelo país e da necessidade e vontade de contribuir com a sociedade, agregando educação de qualidade. Foi escolhido exatamente no momento de comemoração dos 500 anos do descobrimento do Brasil, celebrado em 2000. O UniBrasil exorta a descoberta que surge do processo educacional. O símbolo O arco do horizonte simboliza o conhecimento infinito e, ao mesmo tempo, a solidão existencial de cada pessoa, pois, apesar das relações familiares e amistosas, as decisões e as escolhas são muito solitárias e pessoais. Mas, para o ser humano tomar essas decisões, de forma consciente, e estruturar o seu projeto de autonomia, de construção de uma vida social, individual e de seu próprio futuro, é necessário uma estrela guia, e essa estrela é o conhecimento. Esse é o papel do UniBrasil para os seus alunos e comunidade: oferecer um caminho, um guia, uma indicação, mapear o terreno, para que as pessoas possam tomar suas próprias decisões, de maneira consciente. A logomarca do UniBrasil foi inspirada em um poema da escritora paranaense Helena Kolody: A marca O compromisso do UniBrasil, enquanto instituição de ensino, é fazer com que as pessoas possam ver a sua própria estrela. Esse é o papel do ensino, da educação. Todos nascem com uma estrela, alguns fazem dela um sol e outros nem sequer conseguem vê-la. ACERVO UNIBRASIL Piveni Piaci Moraes UniBrasil - Aos 15 anos 3534 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil
  14. 14. O papel da Universidade é apontar a necessidade do aprofundamento democrático, mas lembrar de que ele deve operar ao lado do aprofundamento das preocupações republicanas. O UniBrasil busca cumprir esse papel. Clèmerson Merlin Clève, presidente do UniBrasil. ACERVO UNIBRASIL N. Cordeiro 36 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil 37UniBrasil - Aos 15 anos
  15. 15. Infraestrutura ACERVO UNIBRASIL Reginaldo Carvalho 38 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil 39UniBrasil - Aos 15 anos
  16. 16. Foto: A irmandade chegou a abrigar 70 meninas durante o período mais ativo da instituição. Oantigoprédio,quehojeconcentraossetoresadministrativos, foi construído na década de 1960, pelas Irmãs Oblatas. A história da congregação teve início em 1870, quando os fundadores, Pe. Serra e Madre Maria Antônia da Misericórdia, abriram uma Casa de Acolhida para mulheres, nos arredores de Madri. No Estado do Paraná, as irmãs começaram o trabalho social na década de 60, em Curitiba, onde atendiam meninas de 7 a 18 anos e promoviam eventos beneficentes, bazares e doações, para manter o trabalho social, com caráter de educandário, chegando a atender 70 meninas. Com o passar dos anos, o trabalho da Congregação das Irmãs Oblatas passou a ser inviável, financeiramente, em alguns estados, entre eles, o Paraná. Após 40 anos de atuação em Curitiba, as irmãs fecharam as portas do educandário e passaram a alugar o espaço. Após alguns locatários passarem pelo imóvel, inclusive o Governo do Estado do Paraná, o local estava vazio e era exatamente o que os fundadores do UniBrasil procuravam. A partir do antigo prédio, os demais blocos da instituição foram sendo construídos, um por ano, e as escolas, sendo inauguradas. Foto: Corredores da instituição, nos tempos do convento. Foto: As meninas acolhidas recebiam cuidados especiais, além de ensino e treinamento para o desenvolvimento profissional. Crédito:AcervodoInstitutodasIrmãsOblatasdoSantíssimoRedentor ACERVO UNIBRASIL Autor Desconhecido 42 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil UniBrasil - Aos 15 anos 43
  17. 17. O atual Auditório Edla Van Steen foi construído originalmente como uma capela, por iniciativa das irmãs, e, na época, foi o principal local de comunhão cristã da comunidade do Tarumã. Alguns itens da Capela permanecem preservados, como os vitrais e o púlpito, que antigamente servia como altar. A ampliação do campus não demorou em mostrar-se necessária. Com a criação de novos cursos e o aumento de circulação dos alunos, foram construídos os demais blocos de ensino. O projeto arquitetônico visou a construção em fases, conforme o crescimento da instituição. Desde o início, ficou claro que o UniBrasil prezaria pelo crescimento horizontal, fornecendo aos alunos e colaboradores áreas para caminhada e lazer dentro do campus, contando, ainda, com bastante reserva técnica de áreas, para expansão consistente. Foto: Vitrais do Auditório Edla Van Steen – Acervo UniBrasil. 44 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil 45UniBrasil - Aos 15 anos
  18. 18. Foto:AcervoUniBrasil. O projeto arquitetônico UniBrasil foi desenvolvido e concebido para fins educacionais, com ênfase na valorização da funcionalidade e nos diversos aspectos arquitetônicos, espaciais e plásticos, integrado com o entorno local e objetivando a responsabilidade social e ambiental, considerando-se também a ordenação e distribuição dos espaços, para o equilíbrio e a harmonia do conjunto. Arquiteto Hélio Sato, CAU24035-4 CREA49042, Curitiba-PR. UniBrasil - Aos 15 anos 4746 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil
  19. 19. Blocos Entre as prioridades do UniBrasil para a construção do campus,destacaram-seoconfortoepraticidadeparaosalunos e a preservação da área verde. Para alcançar esses objetivos, o projeto arquitetônico baseou-se em conceitos pós-modernos, prezando pela simplicidade e o uso de traços limpos. Nos oito blocos que constituem o UniBrasil, os alunos encontram salas de aulas, laboratórios, auditórios, biblioteca, cantinas e demais estruturas de apoio. O campus está em constante processo de expansão e melhorias. O visual harmônico permite deduzir a originalidade do projeto, incorporando o tradicional e o funcional, que, juntos, agregam solidez e conforto, no estímulo ao ensino, como objetivo de uso diário. Ambientes O campus é acolhedor. Na época, antes da construção de todos os pavilhões, ficávamos lendo nos bancos do jardim, onde, hoje, é a administração, pois as primeiras turmas foram alojadas nesse prédio. Mas, já no terceiro ano, estávamos nos prédios novos, e, no quinto ano, no prédio construído especificamente para o curso de Direito, sendo que, então, ganhamos outro jardim, para que dele desfrutássemos. Ficávamos espantados com a rapidez com que as obras eram concluídas. A infraestrutura toda crescia rapidamente, e, quando nós colamos grau, em 2005, tudo já estava pronto. Lucia Sombrio, egressa da primeira turma de Direito do UniBrasil. 48 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil UniBrasil - Aos 15 anos 49
  20. 20. Bloco 1 • Auditório “Edla Van Steen” • CAA – Central de Atendimento ao Acadêmico • Financeiro • FINES – Financiamento Estudantil • Marketing • Ouvidoria • Pós – graduação • Presidência • Procuradoria Jurídica • Pró - Reitoria de Planejamento e Administração • Pró – Reitoria de Pós – Graduação, Pesquisa, Extensão e Assuntos Comunitários • Recepção • Recursos Humanos • Reitoria • SRI – Setor de Recepção ao Ingressante • Tecnologia da Informação e Comunicação • Cantina Bloco 3 Cursos • Biomedicina • Design • Engenharia Civil • Farmácia • Fisioterapia • Nutrição • Psicologia • Relações Públicas • Serviço Social Demais Instalações • Biblioteca “Helena Kolody” • Infraestrutura Bloco 5 Cursos • Administração • Ciências Contábeis • Engenharia de Produção • Secretáriado Executivo Coordenações • Administração • Ciências Contábeis • Secretariado Executivo • Sistemas de Informação Demais Instalações • Auditório “Barão do Serro Azul” • Estágio – TCC • Gabinetes de TCC – Administração • Laboratórios de Informática (7 a 13) • Pesquisa de Extensão • Sala de professores • Cantina Bloco 6 Cursos • Direito Coordenações • Direito Demais Istalações •Auditório“ProfessorRenèArielDotti” • Fotocopiadora • Gabinetes de TCC • Mestrado em Direito • Pesquisa e Extensão de Direito • Protocolo • Sala dos Professores • CantinaBloco 7 Laboratórios • Avaliação e Educação Nutricional • Farmacognosia e Fitoquímica • Farmacotécnica • Fisiologia e farmacologia • Hardware • Laboratório de Materiais • Laboratório de Mecânica • Oficina Integrada II • Postura, Movimento Humano e Avaliação Física • Química II • Técnica Dietética e Análise Sensorial Demais Instalações • Almoxarifado • Estúdio de Fotografia • Fotocopiadora Bloco 8 Coordenações • Engenharia Civil • Engenharia Elétrica • Engenharia de Produção • Engenharia Mecânica Laboratórios • Análises Clínicas • Anatomia I • Anatomia II • Desenho Bloco 4 Cursos • Educação Física • Enfermagem • Pedagogia • Sistemas de informação Coordenações • Educação Física • Pedagocia • Serviço Social • Sala dos Professores Bloco 2 Cursos • Engenharia Mecânica • Jornalismo • Psicologia • Publicidade e Propaganda Coordenações • Biomedicina • Design • Enfermagem • Farmácia • Fisioterapia • Jornalismo • Nutrição • Psicologia • Publicidade e Propaganda • Relações Públicas Demais Instalações • Secretaria Geral • Laboratório de Jornalismo – Caverna “ José Hamilton Ribeiro” • Laboratórios de Informática (2 a ¨) • Estúdio de Rádio e TV • Central de Estágios • Posto do Centro de Integração Empresa Escola – CIEE • Pró – Reitoria Acadêmica • Centro Didático Psicopedagógico – CEDIPE • Sala dos Professores • CONEAD – Coordenação do Núcleo de Educação a Distância • Cantina Laboratórios • Bioquímica • Genética e Biologia Molecular • Microbiologia e Parasitologia • Microscopia I • Microscopia II • Microscopia III • Química I • Técnico de Preparo Demais Instalações • Ambulatório • Auditório “Profª. Glaci Zancan” • Cantina • Ergonomia e Usabilidade • Fisioterapia • Ginásio Terapêutico • Imunologia e Bioquímica Clínica • Laboratório de Fotografia • Microbiologia Clínica • Multidisciplinar (Física, Fenômenos Trasp, e Eletricidade Básica) • Semiologia e Semiotécnica • Tecnologia Farmacêutica e Controle de Qualidade Demais Instalações • Agência Experimental UniBrasil – Interage • Rádio Web • Sala de Anatomia I • Sala de Anatomia II • Sala de Desenho • Sala de Espelhos Bloco 1 Complexo Esportivo Ginásio Laboratórios de Expressão Corporal e Oficina Integrada I Sala de Educação Sala de Lutas Academia / Musculação Piscinas Clínicas de Fisioterapia Quadras Poliesportiva e de Grama Bloco 1 Bloco 2Bloco 2 Bloco 3 Bloco 4 Bloco 7 Bloco 8 Complexo Esportivo Bloco 5Bloco 5 Bloco 6Bloco 6 Auditório Desembargador Cordeiro Clève 52 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil 53UniBrasil - Aos 15 anos
  21. 21. Jardins A composição dos jardins do UniBrasil é uma obra do arquiteto responsável pelo projeto do campus e doprofessorClèmersonMerlinClève,umamanteda botânica. Contrariando o comportamento habitual de projetos desse porte, nos quais o empreendedor limpa o terreno de toda a vegetação existente, a maioria das árvores do campus do UniBrasil foi preservada, resultando, hoje, em um dos locais mais arborizados da região. Através do campus, os alunos podem usufruir de árvores frutíferas, como castanheiras, gabirobeiras, caquizeiros e outros. A sombra dessas árvores permite aos frequentadores a execução de atividades ao ar livre, como a leitura ou a simples apreciação da natureza. ACERVO UNIBRASIL André Bucher (réplica) ACERVO UNIBRASIL Reginaldo Carvalho 54 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil 55UniBrasil - Aos 15 anos
  22. 22. ACERVO UNIBRASIL Reginaldo Carvalho ARAUCÁRIA Araucária, Nasci forte e altiva, Solitária. Ascendo em linha reta - Uma coluna verde-escura No verde cambiante da campina. Estendo braços hirtos e serenos. Não há na minha fronde Nem veludos quentes de folhas, Nem risos vermelhos de flores, Nem vinhos estonteantes de perfumes. Só há o odor agreste da resina E o sabor primitivo dos frutos. Espalmo a taça verde no infinito. Embalo o sono dos ninhos Ocultos em meus espinhos, Na silente nudez do meu isolamento. Helena Kolody (in Paisagem Interior, 1941). 58 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil 59UniBrasil - Aos 15 anos
  23. 23. Auditório Desembargador Cordeiro Clève O auditório Desembargador Cordeiro Clève é uma homenagem ao paranaense Joerling Cordeiro Clève; formado pela UniversidadeFederaldoParaná,emDireito, atuoucomojuizem diversas cidades do Paraná, como Pitanga, Pato Branco, União da Vitória, Foz do Iguaçu, Piraí do Sul, Ivaiporã e Guarapuava, até ser transferido para a capital, em 1978. Joerling é membro da Academia Paranaense de Letras e, como educador,dedicou-seàfundaçãodoColégioEstadualdePitanga e foi professor de Direito Processual Civil, na escola Superior da Magistratura do Paraná. Foto: Entre dezenas de célebres personalidades, o auditório já recebeu o jurista Eros Grau. Foto: Fachada do Auditório Desembargador Cordeiro Clève – Acervo UniBrasil. UniBrasil - Aos 15 anos 6968 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil
  24. 24. VITRAIS BLOCO 1 Autor Desconhecido 70 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil 71UniBrasil - Aos 15 anos
  25. 25. Biblioteca Helena Kolody A escritora paranaense Helena Kolody é uma das grandes inspirações do UniBrasil e nada mais justo do que associar o seu nome ao da Biblioteca da instituição, que tem por missão proporcionar o acesso à informação, fomentar e favorecer o estudo e a investigação científica a toda a comunidade acadêmica. Fundada em 2000, a Biblioteca está localizada no Bloco 03, e ocupa uma área de 1.000m2, destinada ao acervo, composto por 100 mil volumes. No espaço, os visitantes encontram ainda salas de leitura e de estudos, estações de computador, espaço para processo técnico e terminais para consulta ao acervo. Helena Kolody foi uma poetisa paranaense descendente de ucranianos e suas obras alcançaram grande destaque, no cenário nacional. Em sua vida profissional, dedicou-se à carreira de professora, lecionando por mais de 20 anos. Suas obras serviram de inspiração para outras manifestações artísticas, como o teatro e o cinema. Em 2003, Helena recebeu o título de ‘Doutora Honoris Causa’, pela Universidade Federal do Paraná. Nas mãos inspiradas nascem antigas palavras com novo matiz. Helena Kolody ACERVO UNIBRASIL Reginaldo de Carvalho ACERVO UNIBRASIL Reginaldo Carvalho 72 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil 73UniBrasil - Aos 15 anos
  26. 26. ACERVO UNIBRASIL Reginaldo Carvalho O Ensino 84 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil 85UniBrasil - Aos 15 anos
  27. 27. Ao completar 15 anos de existência, o UniBrasil torna-se Centro Universitário e reafirma o compromisso que assumiu, desde o projeto que antecedeu a sua fundação, qual seja, o de ofertar um ensino superior de excelência, nas suas dimensões científica, humanística e profissional. Com esse espírito, lapidado ao longo dos anos, professores, coordenações de curso, pró-reitorias e reitoria dedicaram-se a um amplo debate que envolveu um processo de formação continuada, com destaque para o âmbito pedagógico, culminando na revisão, reelaboração e aprimoramento dos Projetos Pedagógicos dos Cursos (PPC). Esse amplo debate favoreceu o entendimento de que a gestão acadêmica deve-se conduzir, de forma articulada e consonante com os diversos níveis de planejamento educacional, a saber: Plano Nacional de Educação, Diretrizes Curriculares Nacionais, Projeto Pedagógico Institucional (PPI), Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI), Projetos Pedagógicos dos Cursos (PPC), Planos de Ação das Coordenações de Curso e Planos de Ensino Docente. Dessa forma, o perfil do egresso almejado, em cada curso, está vinculado, desde as DCNs dos respectivos cursos, até os planos de ensino de cada professor, e passa, também, pelas estratégias de ensino selecionadas pelos recursos didáticos utilizados, pelas práticas e experiências propiciadas, tudo articulado em uma excelente infraestrutura. Além disso, são valiosos aliados dos documentos e da prática pedagógica os indicadores externos, especialmente os oriundos das avaliações realizadas pelo MEC, bem como os dados das avaliações institucionais internas, promovidas pela Comissão Própria de Avaliação (CPA). Tais indicadores são objetos de análise que contribuem para corrigir rumos, impulsionar as potencialidades e qualificar o trabalho acadêmico desenvolvido na instituição. Assim, ao comemorar a conquista de tornar-se Centro Universitário Autônomo do Brasil, a expectativa é de que, cada vez mais, os ideais e compromissos fundantes se consolidem: no cotidiano dos envolvidos, no processo educacional, nas instâncias administrativas, no espaço das salas de aula, de modo que os egressos sejam profissionais qualificados e capazes de contribuir para a melhoria da sociedade. ACERVO UNIBRASIL Reginaldo Carvalho “A excelência do ensino e da aprendizagem só pode ser construída pela comunidade acadêmica, por meio dos talentos e dos esforços individuais, congregados num projeto educacional e político que se define, a partir de princípios, compromissos e projetos, que se efetivam com planejamento e ações e com o precioso auxílio da informação e da tecnologia.” Professor Jairo Marçal, reitor do UniBrasil Centro Universitário. “O principal objetivo do UniBrasil Centro Universitário é a qualidade do processo de ensino-aprendizagem de nossos alunos. Dentro deste escopo, um componente importante é o Projeto Pedagógico dos Cursos (PPC), que busca refletir o compromisso institucional, com o desafio da criação de um ambiente propício ao aprendizado. O foco é a transmissão do saber, pelo ensino, pesquisa, extensão, publicações e outras formas de comunicação, criatividade e inovação. Esforço centrado e dirigido em ações que abrangem todas as áreas de conhecimento. “ Professora Lilian Pereira Ferrari, pró-reitora de graduação do UniBrasil. Ensino no UniBrasil 86 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil UniBrasil - Aos 15 anos 87
  28. 28. Escola de Comunicação A Escola de Comunicação engloba os cursos de Design, Jornalismo e Publicidade e Propaganda. O projeto pedagógico das graduações preza pela constituição de um egresso com forte formação humanista, apto a posicionar-se com inovação, alinhado aos avanços tecnológicos da área e capaz de agir e pensar de forma propositiva. Com o amplo acesso à informação dos dias de hoje, principalmente através da internet, o profissional da área de comunicação, com habilidades para atuar de forma inédita, guiado por um amplo repertório de referências, é extremamente valorizado, e um dos objetivos da Escola é contribuir para que o aluno conquiste essas qualidades e seja capaz de destacar-se, no mercado de trabalho. Através de aulas, nos laboratórios de comunicação, os docentes deixam claro aos alunos que teoria e prática caminham juntas e contribuem para a concepção de um profissional completo e reflexivo, que não apenas executa funções, mas é capaz de envolver-se e usar as ferramentas que tem à sua disposição, da melhor maneira possível. Ao longo das graduações, são transmitidos aos discentes valores éticos, que visam provocar ponderações acerca do papel de cada indivíduo na coletividade, despertando-os à responsabilidade social. Cursos Fui professora do Curso de Jornalismo do UniBrasil, durante dois anos, de 2007 a 2009. Nesse período, ministrei a disciplina de Telejornalismo. Uma forma de passar um pouco da minha experiência para os futuros jornalistas. E, pude perceber, com que avidez os alunos gostavam de ter esse contato com a realidade do mercado, a partir dos meus relatos sobre as rotinas produtivas, o dia a dia do repórter de televisão, e também estimulados com a parte prática de poder construir, dentro do ambiente acadêmico, um telejornal completo, englobando todo o processo de produção, desde a coleta de informações à edição e apresentação. Inclusive, com entradas ao vivo. Enquanto estive na instituição, vivenciei o que o UniBrasil oferecia aos alunos, no que diz respeito às disciplinas do Curso de Comunicação Social: toda uma estrutura adequada ao desenvolvimento deles e preparação para o futuro, como profissionais de imprensa. Hoje, tenho orgulho de encontrar muitos deles trabalhando em empresas de comunicação. Agora, são meus colegas de profissão. Dulcinéia Novaes, professora universitária e jornalista da Rede Globo. ACERVO UNIBRASIL Carlos Novaes 88 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil UniBrasil - Aos 15 anos 89
  29. 29. Estar no UniBrasil por todo o meu período de formação me deu muitas bases essenciais e me tornou apto a começar a concorrer no mercado, antes mesmo de sair da faculdade. Foi Imprescindível ter passado pela instituição. Mozart Fernando de Brito, egresso do curso de Publicidade e Propaganda. Foto: Equipe no laboratório de fotografia do UniBrasil - Acervo UniBrasil. Foto: Laboratório de Rádio UniBrasil - Acervo UniBrasil. Foto: Alunos e professores de comunicação na agência de propaganda experimental e laboratório de jornalismo do UniBrasil - Acervo UniBrasil. 90 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil UniBrasil - Aos 15 anos 91
  30. 30. ACERVO UNIBRASIL Paula L. Schmidlin Escola de Direito A primeira graduação instituída no UniBrasil Centro Universitário foi a de Direito, por um motivo bastante claro: oferecer à sociedade curitibana bacharéis em Direito, formados, a partir da experiência que seus fundadores adquiriram, como professores da Universidade Federal do Paraná, por meio de um ensino dinâmico, atualizado e contextualizado, com vistas a uma aprendizagem plena e crítica. A formação do Bacharel pretende sercompatívelcomasnecessidadesdeumprofissionalecidadão que atue como agente de transformações, inserido na realidade, possuidor de valores socioculturais e ambientais, comprometido com o todo que compõe a sociedade em que atua. Desde o seu início, o curso buscou propiciar aos alunos, não só o conhecimento, mas também a sua reflexão, com o objetivo de formar estudantes capazes de compreender a relevância do Direito, na sociedade, bem como a maneira de sua efetivação, por meio de profunda reflexão crítica, que só pode ser alcançada pela pesquisa. O fomento à iniciação científica relaciona-se com o mestrado em Direito, também ofertado pelo UniBrasil, com o qual a graduação possui uma sólida relação, permitindo aos alunos inserção em um ambiente de excelência, no estudo e no desenvolvimento da dogmática jurídica. ACERVO UNIBRASIL Luciano Corel Corbellini 92 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil UniBrasil - Aos 15 anos 93 Desde o seu início, o curso buscou propiciar aos alunos, não só o conhecimento, mas também a sua reflexão, com o objetivo compreender a relevância do Direito, na sociedade, bem como a maneira de sua efetivação, por meio de profunda reflexão crítica, que só pode ser alcançada pela pesquisa. O fomento à iniciação científica relaciona-se com o mestrado em Direito, também ofertado pelo UniBrasil, com o qual a graduação possui uma sólida relação, permitindo aos alunos inserção em um ambiente de excelência, no estudo e no desenvolvimento da dogmática jurídica. ACERVO UNIBRASIL Luciano Corel Corbellini
  31. 31. Em seus 15 anos de existência, o UniBrasil Centro Universitário construiu uma sólida política institucional, em prol do conhecimento. Os acordos internacionais de cooperação, firmados pelo UniBrasil com algumas das mais renomadas instituições de ensino do mundo, criaram base sólida à formação dos seus graduandos. Para mim, é motivo de orgulho ter concluído parte da minha formação nesta escola. O meu empenho e os mestres que tive me tornaram preparado para executar e contribuir com projetos e ações de gestão, que, hoje, elevam o conceito do Hospital Angelina Caron como um centro de referência em saúde, em nível nacional.” Bernardo Caron, egresso do curso de Direito do UniBrasil e diretor administrativo do Hospital Angelina Caron. Testemunha-se o aniversário de quinze anos do UniBrasil. Impressiona o glorioso caminho percorrido, em tão pouco tempo, por esta Instituição, trazendo consigo a marca indelével do sucesso institucional. A proposta oferecida, no que tange ao curso de Direito que mais próximo acompanhamos, coaduna-se com o que de melhor se colhe das demais universidades. Nota-se o tripé da formação de excelência: ensino, pesquisa e extensão. Como coordenador do grupo de pesquisa “Virada de Copérnico”, observo o UniBrasil como instituição de ensino sempre aberta ao diálogo profícuo e ao aprofundamento da pesquisa, fazendo de suas atividades uma referência a todos os estudiosos do ramo. Em nosso projeto interinstitucional, com mais de uma década de atividades, posso atestar essa relevante presença. Vejo, nesse espaço institucional, marcas de um compromisso que transcende seus muros e, ainda, enorme potencial para a reflexão e construção do Direito. É certo que o caminho será ainda mais luminoso. Gestores, professores e alunos comungam de similares travessias, quando têm ideais comuns. Nas palavras de Eleanor Roosevelt, “o futuro pertence àqueles que acreditam na beleza de seus sonhos”. Que assim seja! Luiz Edson Fachin, pesquisador convidado do Instituto Max Planck (Alemanha), Professor Visitante do King´s College (Inglaterra) e Professor Titular de Direito Civil da Faculdade de Direito da Universidade Federal do Paraná. Foto: Núcleo de Prática Jurídica - Acervo UniBrasil. 94 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil UniBrasil - Aos 15 anos 95
  32. 32. Escola de Educação e Humanidades A Escola de Educação e Humanidades pratica os mesmos princípios filosóficos do UniBrasil Centro Universitário, quais sejam, princípios de liberdade, de justiça social, de democracia e de construção de uma sociedade humanista e solidária. Entende a educação como um bem social, concepção que fundamenta a atividade docente da Escola de Educação e Humanidades, pois privilegia o estudo, a análise e a crítica sobre os conhecimentos produzidos pela humanidade, para que se compreendam os modelos e determinantes das relações sociais, em seus diferentes tempos históricos, sobretudo, na atualidade. Quando o aluno apreende, reflete criticamente sobre a gênese do conhecimento e sobre seu próprio processo de aprender, reconhecendo-se como um sujeito histórico, participante ativo na produção desse conhecimento. Assim, ele se torna coautor desta construção e reafirma sua autonomia e identidade social. Nesse sentido, é entendido como sujeito do processo educacional e os professores consideram seus modos de ser e de compreender e suas histórias de vida como ponto de partida do trabalho pedagógico. A Escola de Educação e Humanidades, composta pelos cursos de Educação Física, Pedagogia e Serviço Social, vincula a qualidade do ensino com a aprendizagem, com a formação cidadã, com a qualificação profissional, com vistas a tornar os egressos seres humanos éticos, capazes de intervir na sociedade para a melhoria das relações sociais e políticas, em busca de uma sociedade, com menos injustiças e desigualdades. Para cumprir sua missão, um centro universitário precisa exercer, diariamente, o ofício da educação. Neste exercício, o componente mais importante é a vontade humana: um quadro de professores e funcionários qualificados, comprometidos com o ensino, com a pesquisa e com a extensão. A ação desses professores e funcionários refletirá diretamente no comprometimento e qualidade de seus alunos. Cria-se, assim, uma cultura universitária de pensamento independente e de inserção social. A Escola de Educação e Humanidades do UniBrasil tem primado por cultivar valores éticos, por promover a cultura e por disseminar o conhecimento; forma, assim, profissionais aptos a bem exercer não só o seu ofício mas a cidadania. Uma vida cultural própria pulsa no UniBrasil: seus alunos fazem e frequentam o teatro, assistem palestras e tomam parte em debates, encontrando-se com importantes nomes da política, da educação e do mundo da arte e da cultura. É todo um universo cultural que é oferecido aos alunos. Além, é claro, da formação profissional propriamente dita. É esta real e ampla experiência universitária que a Escola de Educação e Humanidades do UniBrasil tem oferecido a alunos, professores e comunidade, nos seus 15 anos, transformando seus egressos em profissionais competentes e indivíduos mais completos. Liana Leão, doutora em Literatura Comparada pela Universidade de São Paulo e especialista em Shakespeare Digital. ACERVO UNIBRASIL Ruben Esmanhotto 96 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil UniBrasil - Aos 15 anos 97
  33. 33. O UniBrasil proporcionou, através do curso de Serviço Social, um divisor de águas, na minha carreira profissional; comecei o curso em 2009, formando-me em 2013. Grande parte da minha formação acadêmica e profissional foi embasada em aulas com professores capacitados e éticos, os quais incentivaram a ampliação do meu conhecimento, gerando a minha entrada no grupo de estudos GETRAVI, o qual despertou o interesse pelo universo da pesquisa. Após um ano, formada e com uma especialização, continuo a trajetória da minha formação acadêmica e profissional, agora, como mestranda da UTFPR, tendo certeza de que parte do meu sucesso devo ao UniBrasil, ao corpo docente e à estrutura ofertada por este Centro Universitário. Glacielli Thaiz Souza De Oliveira, egressa do curso de Serviço Social do UniBrasil e Assistente Social - CRESS 11º Região 10010. Foto: Espaços para o desenvolvimento de técnicas pedagógicas dos cursos de educação - Acervo UniBrasil Foto: Alunos no laboratório de Pedagogia - Acervo UniBrasil. 98 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil UniBrasil - Aos 15 anos 99
  34. 34. Escola de Engenharias A Escola de Engenharias é a mais recente do UniBrasil e já conta com quatro cursos de graduação de destaque: Engenharia de Produção, Mecânica, Civil e Elétrica. O intuito da Escola é formar profissionais capazes de projetar soluções em suas áreas de atuação, atender o setor de bens e serviços com sistemas produtivos, criar ferramentas de integração e minimizar os impactos no meio ambiente. Com base em tais capacitações, o egresso está apto a tornar-se um gestor, com visão macro, capaz de solucionar problemas de forma eficaz, aliando sustentabilidade e o melhor custo-benefício. Ao longo das graduações, os discentes recebem sólida formação acadêmica, técnica e social, e, quando formados, além de engenheiros capazes, são também profissionais que aliam o exercício da cidadania com a carreira. Os cursos buscam a multidisciplinaridade e integração das atividades entre si, oferecendo aos alunos um ambiente de crescimento profissional, repleto de oportunidades para desenvolvimento nas três dimensões: ensino, pesquisa e extensão. A infraestrutura da Escola conta com laboratórios especializados e cooperação com outras instituições da área de energia, com o propósito de aproximar o acadêmico da vivência profissional. Inovação, Tecnologia, Ensino e Pesquisa são essenciais para o desenvolvimento do Brasil. Considerando que o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) aponta e projeta escassez de engenheiros até 2020, iniciativas empreendedoras para a formação de engenheiros são dignas de respeito. Parabéns, UniBrasil: o Brasil precisa de Engenheiros, os agentes do desenvolvimento. Eng. Civil Janilce dos Santos Negrão Messias, professora da UFPR, ex-diretora CREA-PR e ex coord. da CEAP (Comissão de Educação e Atribuição Profissional do CREA- PR) Exercício 2013/2014. Foto: Alunos nos laboratórios de informática/engenharia - Acervo UniBrasil. 100 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil UniBrasil - Aos 15 anos 101
  35. 35. Escola de Negócios Os principais diferenciais da Escola de Negócios do UniBrasil Centro Universitário estão nos programas acadêmicos que estimulam o raciocínio crítico, de maneira a ampliar a visão sistêmica das organizações. A infraestrutura moderna e o perfil acadêmico e profissional do corpo docente são suporte à formação dos alunos. O UniBrasil mantém convênio com importantes empresas, nas quais os alunos podem relacionar teoria e prática, contribuindo para a formação de líderes preparados para protagonizar as necessárias e constantes mudanças que as organizações requerem. Por meio de aulas dinâmicas e integradas aos aspectos do mercado de trabalho, as graduações de Administração, Ciências Contábeis, Secretariado Executivo e Sistemas de Informação proporcionam ao acadêmico uma sólida formação teórica e técnica, além de pleno desenvolvimento de suas habilidades interpessoais. O curso de Administração é signatário dos Princípios para a Educação em Gestão Responsável (PRME) da ONU, portanto, assumiu o compromisso de graduar ACERVO UNIBRASIL Carlos Novaes ACERVO UNIBRASIL Carlos Novaes Nos últimos dez anos, tenho tido a oportunidade de trabalhar, com o UniBrasil, em projetoscompartilhadosdecidadaniaempresarialeeducaçãoemsustentabilidade. É notável como essa instituição desenvolveu, em 15 anos, sua competência, para harmonizar tradição e inovação. Na sua Escola de Negócios, seus alunos são desafiados a aplicar, de imediato, o conhecimento teórico, na prática profissional, sob a orientação de professores de mentalidade empreendedora. Modelos avançados para facilitar a aprendizagem, como esse, fazem uma enorme, diferença num mundo que já não pode mais ignorar a questão crucial da sustentabilidade e os dilemas do desenvolvimento. Rodrigo Costa da Rocha Loures, presidente do Conselho Deliberativo do Instituto Brasileiro da Qualidade e Produtividade (IBQP). gestores empresariais mais conscientes dos impactos de suas escolhas em diversos níveis, de acordo com um conjunto de valores aceitos internacionalmente como fundamentais para o alcance da sustentabilidade. Um dos principais objetivos da Escola de Negócios é a formação de profissionais que preservem o olhar humano e sejam aptos a aplicar os conhecimentos adquiridos para inovar, buscando a solução de problemas da sociedade. 102 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil UniBrasil - Aos 15 anos 103
  36. 36. Escola de Saúde CongregadosnaEscoladeSaúdeestãooscursosdeBacharelado em Educação Física, Biomedicina, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Nutrição e Psicologia, os quais atuam na formação de profissionais comprometidos com a melhoria da qualidade de vida da população e capazes de desenvolver atividades, à luz de preceitos éticos, voltados para a prestação de serviços à comunidade. Dada a relevância social da saúde e todos os cuidados que a área inspira, os cursos da Escola estimulam uma formação que aprimore a visão crítica e capacidade propositiva, de modo que o egresso seja capaz de ponderar as necessidades de cada indivíduo, para aliar respeito ambiental, social e bem-estar. Osvaloresatitudinais,quepermeiamapráticaéticaehumanista do egresso, são pilares vivenciados, nos contextos formais e informais de ensino. Desta forma, a Escola de Saúde tem, por objetivo, formar profissionais competentes, em suas áreas de desempenho e generalistas, em sua formação intelectual e cultural, aptos a diagnosticar a realidade, em um mundo cada vez mais globalizado. Foto: Alunos no laboratório de Anatomia - Acervo UniBrasil. Tenho participado, como palestrante convidado, de algumas atividades, junto à Escola de Saúde do UniBrasil e percebo a constante preocupação da instituição na formação adequada do quadro discente. Além disso, os coordenadores têm incentivado a formação de grupos de pesquisas, para consolidar o tripé Ensino- Pesquisa-Extensão. Parabéns pelo trabalho que vem sendo desenvolvido, ao longo desses 15 anos, em prol de nossa comunidade. Rui Fernando Pilotto, Mestre (UFPR) e Doutor (UNICAMP) em Genética e Professor Associado IV do Departamento de Genética da Universidade Federal do Paraná. O UniBrasil Centro Universitário foi o início para minha carreira profissional e será de futuros colegas de profissão. Tenho certeza que a qualidade de ensino e exigência dos professores continuarão a formar, mais e mais, profissionais capacitados e bem requisitados, no mercado de trabalho. Línica Guimarães, egressa do curso de Enfermagem e docente no Instituto Federal do Paraná. 106 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil UniBrasil - Aos 15 anos 107
  37. 37. A Pró-reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Assuntos Comunitários (PROPPEx) atua como assessoria da Reitoria, com o fito de organizar, superintender e avaliar as políticas de ensino de pós-graduação (lato e stricto sensu), de pesquisa e de extensão, além de promover o intercâmbio com a comunidade regional, nacional e internacional. No cumprimento do dever de incentivar e promover a pesquisa científica, a PROPPEx estimula a formação de grupos de estudos que reúnem professores e alunos para aprofundarem temas relevantesparaasociedade,nasdiversasáreasdoconhecimento, com a intensão de atingirem dois resultados: a publicação de trabalhos e a geração de competências específicas, para a interação extensionista com a sociedade. Para apoiar a publicação de trabalhos científicos, o UniBrasil disponibiliza e mantém sete revistas científicas, que recepcionam artigos de pesquisadores nacionais e estrangeiros. A PROPPEx tem a incumbência de manter uma política zelosa de qualificação constante dessas publicações. PROPPEx Revista Latino-americana de Política, Filosofia e Direito - Crítica Jurídica - Crítica Jurídica - Cadernos UniBrasil O UniBrasil concebe as ações de extensão, como princípio e fim das atividades desenvolvidas pela instituição universitária. São as demandas da sociedade, seus problemas e a necessidade de transformação do país que impulsionam as políticas de ensino e pesquisa universitárias. Por isso, a PROPPEx se ocupa da concepção, da implementação e da gerência de politicas que possibilitem o intercâmbio produtivo entre a sociedade e a academia. Não se trata de uma via de mão única, pela qual todo o conhecimento gerado, nos grupos de estudos e de pesquisa, servirádeinstrumentodeintervenção,nasociedade.APROPPEx procura estimular e desenvolver ações de extensão, concebidas como uma relação de reciprocidade com a comunidade. As competências e habilidades desenvolvidas, no interior do UniBrasil,são,defato,utilizadosparaaresoluçãodosproblemas sociais e consecução das expectativas da comunidade. Todavia, são esses mesmos problemas e expectativas que devem impulsionar os projetos de pesquisa e de extensão, dentro da instituição universitária. No fomento às atividades de pesquisa, a PROPPEx gere e busca o aperfeiçoamento constante de políticas, como o Programa Nosso maior propósito é a integração das atividades de pesquisa e extensão com o ensino. Esse objetivo nos remete à busca pela gradativa vinculação entre as diversas políticas institucionais voltadas à pesquisa, como o Programa Institucional de Iniciação Científica, os Grupos de Estudos e os Grupos de Pesquisa. Quanto mais articulação conseguirmos na formação de um sistema de pesquisa, mais capacitados estaremos para gerar um conhecimento verticalizado sobre a realidade e, por conseguinte, mais aptos estaremos para as intervenções transformadoras, na comunidade. Professor Valter Fernandes da Cunha Filho, pró-reitor de Pós-graduação, Pesquisa, Extensão e Assuntos Comunitários do UniBrasil. - Revista Expressão- Direitos Fundamentais & Democracia - Teses e Dissertações UniBrasil - Periódicos Institucional de Monitorias e o Programa Institucional de Iniciação Científica. O primeiro, visa despertar, no estudante, a vocação para a docência e constitui-se num grupo de alunos previamente selecionados que, incentivados pela Instituição, inclusive com a oferta de bolsas, desenvolvem ações de auxílio aos docentes. O segundo, procura descobrir, entre os discentes, os talentos para a pesquisa cientifica e é estabelecido por incentivos institucionais que levam à interação entre aluno- -pesquisador e professor-orientador, no âmbito de um projeto de pesquisa, que deve culminar com a publicação de alguma modalidade de trabalho científico. Como complemento dessas duas políticas, a PROPPEx implementa e acompanha o Programa de Subvenção à Participação em Eventos, que apoia financeiramente a apresentação dos resultados das pesquisas de professores e alunos, em eventos científicos nacionais e internacionais. A PROPPEx, em suma, atua como elemento promotor da pesquisa e da ampliação do horizonte científico. Também atua como agente articulador entre a academia e a sociedade, tendo o cultivo do conhecimento e o compromisso com o país como princípios norteadores. Caderno da Escola de Direito do UniBrasil Caderno da Escola de Negócios do UniBrasil Caderno da Escola de Comunicação do UniBrasil Caderno da Escola de Educação e Humanidades do UniBrasil Caderno da Escola de Saúde do UniBrasil - Capital de Notícias - Revista 12 horas - Repórter 110 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil UniBrasil - Aos 15 anos 111
  38. 38. ACERVO UNIBRASIL Reginaldo Carvalho Relações Acadêmicas 114 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil 115UniBrasil - Aos 15 anos
  39. 39. Através da Coordenação de Cooperação Institucional e Internacional (CCII), o UniBrasil fomenta o relacionamento com universidades e instituições de ensino do exterior. Tal política é viabilizada por meio de acordos de cooperação e convênios, que incluem intercâmbio de alunos, professores e gestores, além do compartilhamento e realização de pesquisas científicas. O CCII é responsável, ainda, pela gestão e coordenação do Programa Ciência Sem Fronteiras, na instituição. O Programa de Intercâmbio do UniBrasil seleciona alunos, através de edital, no início de cada semestre, com base no currículo dos interessados e demais itens da Resolução sobre Intercâmbio. Os professores são indicados, através das Escolas do UniBrasil. As atividades de apoio e suporte do programa incluem a orientação sobre documentação, convalidação de estudos obtidos no exterior, preparação e despacho de documentos, além da gestão conjunta com o setor financeiro do UniBrasil. Os alunos e professores selecionados para o Programa de Intercâmbio recebem todo o suporte necessário para o melhor aproveitamento dessa experiência internacional, bem como os estrangeiros aqui recebidos, que desfrutam de todo o apoio disponível, para conhecer a cultura e o ensino brasileiros. Para que a experiência no exterior seja ainda mais frutífera, o CCII busca parceiros que ofereçam cursos e atividades semelhantes aos do UniBrasil. Além do meu crescimento intelectual, conhecendo novos horizontes, culturas e pessoas, o intercâmbio me possibilitou abrir a cabeça, com relação ao novo e ao diferente. Acredito que todos os universitários que tiverem a oportunidade de ir para o exterior, devem fazer um intercâmbio, pois, profissionalmente, é um diferencial e muda muito a perspectiva de como você passa a ver e perceber o mundo. Agradeço ao UniBrasil Centro Universitário por acreditar em mim e me darem essa oportunidade. Talita Amaral, egressa de Direito, que realizou intercâmbio educacional, em diversos países europeus. Mundo Convênios Internacionais UNIVERSIDADES INSTITUIÇÕES Portugal Instituto Politécnico de Leiria Universidade Técnica de Lisboa Universidade da Beira Interior Universidade de Coimbra Universidade de Lisboa Universidade do Porto Colombia Universidad de Caldas Chile Universidad de Talca Universidad de los Andes Argentina Universidade de Congreso Espanha Universidade da Coruña Universidade Pablo de Olavide Universidade de Girona Itália Università del Salento Università degli Studi di Palermo Universidade Livre Mediterrânea Jean Monet Peru Universidade Nacional Mayor de San Marcos Relações Internacionais 1 2 3 5 6 7 8 9 4 10 16 23 24 21 22 17 18 19 20 13 14 15 11 12 ONU - Programa Global Compact AULP - Assoc. de Universidades de Língua Portuguesa El Colégio de America (Universidad Pablo de Olavide) UM- Partnerships for Sustainable Development México Universidade Contemporánea EUA Fordham Law School Polônia Universidade de Wroclaw 120 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil UniBrasil - Aos 15 anos 121
  40. 40. Grutun! O Grupo de Teatro do UniBrasil foi idealizado em 2006, pelo, então, professor do curso de Jornalismo, Victor Folquening, que tinha a intenção de usar o teatro como ferramenta para os alunos do curso de Jornalismo, e, nesse primeiro momento, os alunos de Comunicação Social realmente foram os maiores interessados em integrar o grupo; hoje, caracteriza-se pela diversidade de participações. Desde o início, o objetivo do Grutun! era atuar como um meio de socialização e estímulo da criatividade e capacidade de expressão. Logo, ficou claro que o trabalho desenvolvido conseguia ainda mais resultados do que o esperado: promovia o bom comportamento dos participantes, a tolerância e a possibilidade de conhecer novas realidades. Alex Wolf é um ótimo diretor, escolhe textos excelentes e obtém dos alunos participantes atuações primorosas, não apenas do ponto de vista artístico, mas também de responsabilidade social e inclusão, o que muito nos orgulha. Wanda Camargo, Coordenadora de Projetos Culturais do UniBrasil. Foto: Grutun! em apresentação – Acervo UniBrasil . 126 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil 127UniBrasil - Aos 15 anos
  41. 41. Foto: Grutun! em apresentação teatral – Acervo UniBrasil. Com muita dedicação, em 2010, o grupo apresentou-se, pela primeira vez, no Festival de Teatro de Curitiba, com a peça ‘O Pagador de Promessas’, que foi totalmente adaptada, para ser encenada ao ar livre. Após essa participação, o grupo passou a apresentar-se em todas as edições do Festival. Porreceberalunosdediversoscursosepessoasdacomunidade, logo ficou clara a delimitação de subgrupos dentro do Grutun!, o que permitiu que ele crescesse ainda mais e atingisse novos públicos, através do Grutun! Literatura, Comunidade, Repertório e Pesquisa. Desde sua fundação, o Grutun! coleta sucessos e reconhecimento: foi considerado o grupo universitário mais expressivo e representativo, pelo Anuário de Teatro de Curitiba e, no Festival de Teatro de Curitiba de 2015, haverá a Mostra de Teatro Grutun!, que reunirá espetáculos universitários de várias instituições de ensino superior da capital paranaense. O perfil dos participantes do Grutun! mudou, e dos atuais 90 inscritos, estima-se que mais da metade seja do curso de Direito. Gratuito, aberto a todos, alunos e pessoas de fora do UniBrasil, o grupo de teatro é motivo de orgulho para a instituição e referência, no cenário cultural de Curitiba. Após quase 10 anos, desde sua fundação, o Grutun! tornou realidade o sonho de seus idealizadores e continua crescendo. É imprescindível um verniz, um polimento cultural, uma suplementação do conhecimento técnico com os conhecimentos de cultura. Esse polimento vai tornar o aluno, que está se formando em áreas não diretamente culturais, em um profissional muito mais redondo, muito mais bem acabado, com uma visão de mundo muito mais holística. José Roberto O’Shea, professor, escritor e tradutor brasileiro. O UniBrasil se preocupa em promover palestras e incentivar a arte. José Plínio, ator. UniBrasil - Aos 15 anos 131130 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil
  42. 42. ACERVO UNIBRASIL Constância Nery Responsabilidade Social 138 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil 139UniBrasil - Aos 15 anos
  43. 43. O UniBrasil, enquanto instituição atuante, entende que todas as ações sociais que estejam ao seu alcance devem ser concretizadas, com foco em auxiliar, o máximo possível, a comunidade em seu entorno e agregar possibilidades e acesso a uma população carente de tais elementos. São nortes dos projetos sociais da instituição oportunizar capacitações, inclusão social e digital, lazer, saúde e ampliar os horizontes do mercado de trabalho dos participantes. Dessa forma, os projetos não buscam prestar assistencialismo, e, sim, contribuir para o enriquecimento e evolução da comunidade beneficiada com as ações. Com tais ações, o UniBrasil promove, ainda, a mudança para a educação mais democrática e pluralista, envolvendo a mudança na postura docente, com reflexos na sua formação, e as medidas garantidoras da compreensão do aluno, para com os problemas sociais, são implementadas, promovendo o contato da comunidade acadêmica com as comunidades carentes, para que possamos atingir uma educação verdadeiramente transformadora. Responsabilidade Social no UniBrasil ACERVO UNIBRASIL Isael M. Caetano UniBrasil - Aos 15 anos 141140 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil
  44. 44. Foto: Os projetos esportivos contam com a estrutura do Complexo Esportivo UniBrasil em diferentes atividades - Acervo UniBrasil. Projetos Esportivos Entre os seus projetos de extensão, o UniBrasil busca o fomento e incentivo ao esporte, através do patrocínio e apoio a atletas e equipes esportivas. O objetivo dessa interação é agregar opções de lazer aos acadêmicos e popularizar práticas esportivas, como um meio de alcançar uma vida saudável e a realização pessoal. Agradeço imensamente pelo apoio e incentivo, ao longo desses anos, sem o qual nada disso seria possível, pois, além do financeiro, vocês me proporcionam amigos, que ficam sempre na torcida por mim, em pensamentos e orações. Representá-los é meu maior orgulho. Rafael Gomes Sentone, atleta patrocinado pelo UniBrasil. Fazer faculdade sempre foi um sonho; estudar no UniBrasil abriu portas para minha profissão de Professora de Educação Física: criei um vinculo afetivo, fui atleta da instituição, onde fiz representações a nível nacional e internacional de competições. Devo muito ao UniBrasil, por ser, hoje, uma atleta profissional de Corrida e também por poder repassar todo o conhecimento que adquiri, ao longo destes anos. Fui atleta bolsista, após o segundo período de ensino. Letícia Saltori, atleta patrocinada pelo UniBrasil. ACERVO UNIBRASIL Otávio Gomide 144 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil UniBrasil - Aos 15 anos 145
  45. 45. O Projeto de extensão Ampliar/Natação Sem Limites foi implementado pelo curso de Educação Física, em 2011 e, atualmente, atende a mais de 40 pessoas com deficiência intelectual ou física, a partir dos dois anos de idade, ofertando desde iniciação aquática até o treinamento. O atendimento é voltado para a comunidade e algumas escolas parceiras. Os objetivos do projeto são a promoção da prática da natação entre portadores de deficiência, esporte que desenvolve o condicionamento aeróbico, a coordenação motora, proporciona a sensação de liberdade e possibilita ao praticante vivenciar e descobrir suas limitações. Projeto Natação Sem Limites Ações como essa demonstram a preocupação da instituição com o aprimoramento da educação, especialmente, pelo esforço em responder aos princípios de inclusão, acessibilidade e cidadania plena das pessoas com deficiência. Flávio Arns, Secretário para Assuntos Estratégicos do Estado do Paraná. Foto: Participantes do Projeto Natação Sem Limites, em momentos de atividades no Complexo Esportivo – Acervo UniBrasil. 148 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil 149UniBrasil - Aos 15 anos
  46. 46. a) Ensino à Distância: A virtualização das relações de ensino é uma realidade, expandindo o atendimento das demandas dos usuários a todo o território nacional, constituindo-se a plataforma eletrônica em um verdadeiro espaço construído (ciberespaço), tendo o curso de Administração como primeira oferta efetiva aos alunos distantes. b) Bloco 9: A construção abrigará 27 laboratórios da Escola de Engenharias, divididosemdoispavimentos,afimdeprovidenciarumambiente colaborativo entre os diversos cursos e ciências exigidos, ampliando a sinergia criativa e executiva das habilidades de pesquisa e desenvolvimento. Dentre os laboratórios, estão o de Fabricação Mecânica, Materiais de Construção Mecânica, Metalografia, Mecânica dos As obras e construções físicas executadas e em execução revelam a dinâmica espacial da nossa instituição. Mas, os espaços são as molduras para a construção do saber. Eles apresentam cada tempo que o UniBrasil viveu nos primeiros 15 anos. É esta evolução dos espaços universitários, que materializa e dá forma visível ao projeto UniBrasil, estruturando o corpo para o movimento e expressão do espírito acadêmico. Wilhelm Milward Meiners, pró-reitor de Planejamento e Administração do UniBrasil. Fluidos e Tubulações, Motores e Térmica, Metrologia, Dinâmica e Vibrações, Robótica e Automação, Redes e Telecomunicações, Química e Saneamento, Mecânica dos Solos, Materiais de Construção Civil, Hidrologia, dois laboratórios de Química Tecnológica, Topografia, Instalações Elétricas e Eletrotécnica, três laboratórios de Desenho divididos por tipo de software instalado (CAD/CAM/CAE), Design e Modelagem, dois laboratórios de Física, dois laboratórios de Hardware, além dos espaços destinados a Grupos de Pesquisa em Engenharia Mecânica (GPEM), Engenharia Civil (GPEC), Engenharia da Produção (GPEP) e Engenharia Elétrica (GPEE). c) Sala de Leitura: Adequada à expansão do debate acadêmico e atividades em grupo, a Sala de Leitura estará ligada institucionalmente à biblioteca, mas instalada em um espaço próprio de 400m2 e ambientes diferenciados. MAQUETE ELETRÔNICA Bloco de Engenharia MAQUETE ELETRÔNICA Sala de Leitura 156 UniBrasil | Centro Universitário Autônomo do Brasil 157UniBrasil - Aos 15 anos

×