SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 18
Baixar para ler offline
PEGADA ECOLÓGICA

    “A Pegada Ecológica foi criada para nos
    ajudar a perceber o quanto de recursos da
    Natureza utilizamos para sustentar nosso
    estilo de vida.”

                                                WWF-Brasil


O método da Pegada Ecológica consiste na realização do calculo da
área necessária de terra e água que possa manter, através da
produção de bens requeridos, um certo sistema e para assimilar os
dejetos e resíduos por ele produzidos (BELLEN, 2006).

A pegada ecológica calcula a pressão do ser humano sobre o
planeta, medindo a rapidez com que consumimos recursos naturais
e produzimos resíduos, em comparação com a capacidade do
planeta.

O cálculo da riqueza deve considerar outros aspectos além do
desenvolvimento econômico, como a conservação do meio ambiente
e a qualidade de vida das pessoas.
Caatinga-Fev/ 2011



O Relatório Brundtland apresentado à Assembleia Geral da ONU em 1987, desenvolveu o
conceito de desenvolvimento sustentável como sendo aquele que atende às necessidades
do presente sem comprometer a possibilidade de as gerações futuras atenderem a suas
próprias necessidades.

Em muitos dos países desenvolvidos a prosperidade aumentou, o capital social diminuiu e o
bem-estar/felicidade não aumentou e o grau de satisfação da vida está declinando.
Ocorreram imensos custos ambientais na busca pela prosperidade. (Michael Pennock,2007)

O desenvolvimento econômico é um meio e não um fim. A humanidade é o fim para quem o
desenvolvimento econômico deve contribuir para trazer mais qualidade de vida e não
escravizar o homem.
Qual a relação entre o seu
       cotidiano e o meio ambiente?



Sabemos que a água potável é um recurso cada
vez mais escasso no planeta. Em 2007 a ONU
(Organização das Nações Unidas) declarou que
cerca de 1,1 bilhões de pessoas em todo o mundo
não têm acesso a água potável e estima-se que
dois milhões de crianças morrem todos os anos
pela falta dela ou de saneamento básico.
Segundo a ONG Global Footprint Netwoork (GFN), a capacidade de
regeneração anual do planeta é ilimitada. Diante disso, a capacidade
de consumo do ser humano parece ilimitada e o planeta não é
suficiente para cumprir com as exigências que a Humanidade lhe
impõe.
Desde a década de 1970, os seres humanos vivem muito acima dos
seus meios. Estamos consumindo 50% do que a Terra é capaz de
produzir.
CONFLITO DE USO DAS ÁGUAS




A demanda por água potável continua
crescendo junto com o crescimento
econômico e com o aumento da
população. Cerca de 1,3 bilhão de
pessoas não tem acesso à água potável,
com isso, os países pobres são os mais
vulneráveis(Wordwatch Institute, 2000).   FOTO: REUTERS
Poluição em São Paulo                                     Poluição do Ar




  Os principais responsáveis pelo déficit nos recursos planetários, são as
  emissões de dióxido de carbono e a exploração dos recursos naturais.
  “A mudança climática como consequência dos gases de efeito estufa que se
  emitem mais rápido do que podem ser absorvidos por florestas e oceanos é a
  consequência mais tangível e urgente.” ONG Global Footprint Netwoork
  (GFN)
Meio                                                Meio
          rural                                              urbano

Ao represar rios, queimar florestas, aterrar pântanos, poluirmos os rios e criar cidades,
estamos destramando os fios de uma complexa rede de segurança ecológica.
CENAS DOS NOSSOS DIAS
               “O mundo está do jeito que está, porque
               somos do jeito que somos” (Gurjieff).




                      Lixão na cidade de Jaiba - MG


Chaval - CE
O Uso Sustentável do Espaço


Como uma população específica pode usar de forma mais sustentável
um dado território, considerando-se os recursos naturais disponíveis, o
potencial econômico e o contexto atual de desenvolvimento?

A Humanidade está simplesmente usando mais do que o planeta pode
prover. Atualmente cada habitante da Terra dispõe apenas de 1,5
ha(15.000 m² ou uma área de 100m x 150m), dos quais apenas 0,24 ha
são aráveis (Fonte: Genebaldo Freire, 2001, p.183).

Mais de 100 milhões de pessoas vão morrer e o crescimento econômico
global será reduzido em 3,2% do Produto Interno Bruto (PIB) até 2030 se
o mundo fracassar no combate às mudanças climáticas, alertou um
relatório      conduzido      pela       organização        humanitária
DARA(set/2012),encomendado por 20 governos da Europa.

A ganância juntamente com o consumo de materiais e as atuais
atividades econômicas estão destruindo a ecologia que sustenta a nossa
vida.
IMPACTOS DA
AGRICULTURA
IMPACTOS DA
     EXTRAÇÃO
    DE MADEIRA




IMPACTOS DA
PECUÁRIA
ÁREAS EM PROCESSO DE
            DESERTIFICAÇÃO




      Aratuba
     ARATUBA
                           Canindé




Independência
O   avanço   desordenado        dos        Bairros de classe média espremidos por
   empreendimentos imobiliários.              um cinturão de nobreza e criminalidade.

O desenvolvimento sustentável baseado nos atuais padrões de uso dos recursos
naturais não é nem concebível teoricamente.

As cidades precisam urgentemente evoluir para novos sistemas sustentáveis que
imitem a natureza. Em vez de devorar recursos naturais e devolver poluição ao
ambiente, deve controlar seu apetite e reaproveitar seus detritos.(Banco de dados
da Conferência de Istambul, 1996).
POR ONDE COMEÇAR AS MUDANÇAS?
Dentre os objetivos do Milênio, que são oito, o sétimo foi estabelecido em prol de
garantir a Sustentabilidade Ambiental, que contempla a conservação da natureza
geográfica, o equilíbrio de ecossistemas, a erradicação da pobreza e da exclusão,
bem como o respeito aos direitos humanos e a integração social.

A sustentabilidade implica crescer com base em critérios de equilíbrio ambiental e
inclusão social.

Para o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), “crescimento
em renda e emprego deve ser baseado em investimentos públicos e privados que
reduzem emissões de carbono e poluição, aumentam a eficiência energética e de
recursos, e reduzem a perda de serviços da biodiversidade e dos ecossistemas.”

Para o coordenador executivo da Articulação no Semiárido (ASA), os grandes
projetos que estão sendo implantados, na região do Semiárido, não respeitam as
pessoas. O poder econômico dos grandes projetos passa por cima de todos.

Bhutan, da Comissão de Planejamento do Governo Real do Butão diz que o
“Desenvolvimento devia ser entendido como um processo que busca maximizar a
Felicidade, em vez do crescimento econômico, reconhece que o indivíduo tem
necessidades, materiais, espirituais e emocionais.”
A dieta de cabras é melhorada pela silage, sequeiro   Inauguração de uma cisterna como   fonte de
          região em Ouricuri Pernambuco               abastecimento de água




     No Nordeste do Brasil, é oferecido suporte para projetos que estão sendo
     executados por parceiros locais, para um Semiárido sustentável, com alternativa
     de fontes de renda, de modo a aliviar a pressão sobre os recursos naturais, da
     água sustentável e manejo do solo, bem como do meio ambiente educação.
Mudanças fundamentais na forma como
                                        as Sociedades produzem e consomem,
                                        são indispensáveis para que se alcance
                                        o desejado desenvolvimento sustentável.




      PRODHAM/Canindé- Ce




Associação     Caatinga/Crateús     -
Projeto "No Clima da Caatinga"/2012
Enquanto um número suficiente de pessoas não
                                           colocar a natureza acima de si mesmo –
                                           percebendo que os dois são inseparáveis, não
                                           podemos esperar que as nossas instituições
                                           governamentais executem as ações mais
                                           urgentes e óbvias para remediar a situação.




Foto: Vládia Lima - Comunicação Caatinga


A humanidade agora está lutando não apenas por solo mas também por água e ar, num
ambiente hostil que remonta à era pré-industrialista.
Recomenda-se pois, uma profunda transformação, que exige uma reestruturação político-
econômica global, baseada na democracia, na equidade, dignidade e Promoção
Humana e na sustentabilidade ecológica e socioeconômica da Terra( Genebaldo Freire,
2001.

A crise ecológica é um sintoma da crise espiritual do ser humano, que vem da
ignorância (Rio 92)
JORNAL O POVO, 2010                         AP IMAGENS

Uma análise da pegada ecológica expõe o drama da insustentabilidade e salienta a
necessidade de ajustes e redirecionamentos urgentes, nas formas de relacionamento
dos seres humanos com o ambiente e no seu estilo de vida.

A transformação da vida no sistema global que se pretende alcançar de modo
sustentável, só começará com o trabalho interior da transformação individual.

Diminuir a pegada ecológica e os custos financeiros, e manter um contato mais próximo
com os vizinhos, tudo isso se traduz em menos stress e um estilo de vida com mais
sentido e realização.
Paz e Bem!

liduina.carvalho@srh.ce.gov.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento SustentávelMariana Cordeiro
 
Desenvolvimento sustentavel rgtsd
Desenvolvimento sustentavel  rgtsdDesenvolvimento sustentavel  rgtsd
Desenvolvimento sustentavel rgtsdIlda Bicacro
 
Desenvolvimento sustentável
Desenvolvimento  sustentávelDesenvolvimento  sustentável
Desenvolvimento sustentávelThais Oliveira
 
Desenvolvimento sustentável
Desenvolvimento sustentávelDesenvolvimento sustentável
Desenvolvimento sustentáveltirsense
 
2013 Anpur csiebert Mudanças Climáticas e Resiliência Urbana
2013 Anpur csiebert Mudanças Climáticas e Resiliência Urbana2013 Anpur csiebert Mudanças Climáticas e Resiliência Urbana
2013 Anpur csiebert Mudanças Climáticas e Resiliência UrbanaClaudia Siebert
 
O Desenvolvimento Sustentável Na Prática/ Pnuma
O Desenvolvimento Sustentável Na Prática/ PnumaO Desenvolvimento Sustentável Na Prática/ Pnuma
O Desenvolvimento Sustentável Na Prática/ PnumaInstituto Besc
 
Aula 2 ___desenvolvimento_sustentavel
Aula 2 ___desenvolvimento_sustentavelAula 2 ___desenvolvimento_sustentavel
Aula 2 ___desenvolvimento_sustentavelNaisa Leal
 
O desenvolvimento sustentável
O desenvolvimento sustentávelO desenvolvimento sustentável
O desenvolvimento sustentávelcattonia
 
Desenvolvimento SustentáVel
Desenvolvimento SustentáVelDesenvolvimento SustentáVel
Desenvolvimento SustentáVelNiise
 
Sustentabilidade - Recursos naturais e valores ambientais
Sustentabilidade - Recursos naturais e valores ambientaisSustentabilidade - Recursos naturais e valores ambientais
Sustentabilidade - Recursos naturais e valores ambientaisCarlos Elson Cunha
 
Princípios em ecologia 1 (2014)
Princípios em ecologia 1 (2014)Princípios em ecologia 1 (2014)
Princípios em ecologia 1 (2014)Marcelo Gomes
 
Sustentabilidade no brasil
Sustentabilidade no brasilSustentabilidade no brasil
Sustentabilidade no brasil-
 
(Apo) de portugues
(Apo) de portugues(Apo) de portugues
(Apo) de portuguespsi-fca
 
Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento SustentávelMichele Pó
 
Sustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambientalSustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambiental-
 
Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento SustentávelVânia Marques
 
Problemas ambientais em debate
Problemas ambientais em debateProblemas ambientais em debate
Problemas ambientais em debate15825
 
Questões ambientais e desenvolvimento sustentável
Questões ambientais e desenvolvimento sustentávelQuestões ambientais e desenvolvimento sustentável
Questões ambientais e desenvolvimento sustentávelJosé Nascimento
 

Mais procurados (20)

Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento Sustentável
 
Desenvolvimento sustentavel rgtsd
Desenvolvimento sustentavel  rgtsdDesenvolvimento sustentavel  rgtsd
Desenvolvimento sustentavel rgtsd
 
Desenvolvimento sustentável
Desenvolvimento  sustentávelDesenvolvimento  sustentável
Desenvolvimento sustentável
 
Desenvolvimento sustentável
Desenvolvimento sustentávelDesenvolvimento sustentável
Desenvolvimento sustentável
 
2013 Anpur csiebert Mudanças Climáticas e Resiliência Urbana
2013 Anpur csiebert Mudanças Climáticas e Resiliência Urbana2013 Anpur csiebert Mudanças Climáticas e Resiliência Urbana
2013 Anpur csiebert Mudanças Climáticas e Resiliência Urbana
 
O Desenvolvimento Sustentável Na Prática/ Pnuma
O Desenvolvimento Sustentável Na Prática/ PnumaO Desenvolvimento Sustentável Na Prática/ Pnuma
O Desenvolvimento Sustentável Na Prática/ Pnuma
 
Aula 2 ___desenvolvimento_sustentavel
Aula 2 ___desenvolvimento_sustentavelAula 2 ___desenvolvimento_sustentavel
Aula 2 ___desenvolvimento_sustentavel
 
O desenvolvimento sustentável
O desenvolvimento sustentávelO desenvolvimento sustentável
O desenvolvimento sustentável
 
Desenvolvimento SustentáVel
Desenvolvimento SustentáVelDesenvolvimento SustentáVel
Desenvolvimento SustentáVel
 
Sustentabilidade - Recursos naturais e valores ambientais
Sustentabilidade - Recursos naturais e valores ambientaisSustentabilidade - Recursos naturais e valores ambientais
Sustentabilidade - Recursos naturais e valores ambientais
 
Princípios em ecologia 1 (2014)
Princípios em ecologia 1 (2014)Princípios em ecologia 1 (2014)
Princípios em ecologia 1 (2014)
 
Sustentabilidade no brasil
Sustentabilidade no brasilSustentabilidade no brasil
Sustentabilidade no brasil
 
(Apo) de portugues
(Apo) de portugues(Apo) de portugues
(Apo) de portugues
 
Ecologia Política e Marxismo
Ecologia Política e MarxismoEcologia Política e Marxismo
Ecologia Política e Marxismo
 
Meio ambiente questoes
Meio ambiente questoesMeio ambiente questoes
Meio ambiente questoes
 
Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento Sustentável
 
Sustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambientalSustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambiental
 
Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento Sustentável
 
Problemas ambientais em debate
Problemas ambientais em debateProblemas ambientais em debate
Problemas ambientais em debate
 
Questões ambientais e desenvolvimento sustentável
Questões ambientais e desenvolvimento sustentávelQuestões ambientais e desenvolvimento sustentável
Questões ambientais e desenvolvimento sustentável
 

Destaque

Vicente gomes fib nas organizações nov2012 fortaleza
Vicente gomes fib nas organizações nov2012 fortalezaVicente gomes fib nas organizações nov2012 fortaleza
Vicente gomes fib nas organizações nov2012 fortalezajoaovictorsoaressampaio
 
Aula expositiva histórico do ambientalismo
Aula expositiva histórico do ambientalismoAula expositiva histórico do ambientalismo
Aula expositiva histórico do ambientalismoCarlos Barbosa
 
Pegada ecológica
Pegada ecológicaPegada ecológica
Pegada ecológicazeopas
 
A pegada ecologica
A pegada ecologicaA pegada ecologica
A pegada ecologicaIlda Bicacro
 

Destaque (7)

Vicente gomes fib nas organizações nov2012 fortaleza
Vicente gomes fib nas organizações nov2012 fortalezaVicente gomes fib nas organizações nov2012 fortaleza
Vicente gomes fib nas organizações nov2012 fortaleza
 
Aula expositiva histórico do ambientalismo
Aula expositiva histórico do ambientalismoAula expositiva histórico do ambientalismo
Aula expositiva histórico do ambientalismo
 
A Pegada Ecológica
A Pegada EcológicaA Pegada Ecológica
A Pegada Ecológica
 
Pegada ecológica
Pegada ecológicaPegada ecológica
Pegada ecológica
 
Pegada ecológica
Pegada ecológicaPegada ecológica
Pegada ecológica
 
Pegada Ecológica
Pegada EcológicaPegada Ecológica
Pegada Ecológica
 
A pegada ecologica
A pegada ecologicaA pegada ecologica
A pegada ecologica
 

Semelhante a Liduina carvalho pegada ecológica

A insustentabilidade dos atuais padrões de produção
A insustentabilidade dos atuais padrões de produçãoA insustentabilidade dos atuais padrões de produção
A insustentabilidade dos atuais padrões de produçãoAtividades Diversas Cláudia
 
Aula 1 ciência ambiental
Aula 1 ciência ambientalAula 1 ciência ambiental
Aula 1 ciência ambientalMarcelo Gomes
 
O ambiente, base da sustentabilidade
O ambiente, base da sustentabilidadeO ambiente, base da sustentabilidade
O ambiente, base da sustentabilidadeAdilson P Motta Motta
 
NOVA ORDEM AMBIENTAL
NOVA ORDEM AMBIENTALNOVA ORDEM AMBIENTAL
NOVA ORDEM AMBIENTALMarcelo Dores
 
Desenvolvimento sustentável (abordagem panorâmica).
Desenvolvimento sustentável (abordagem panorâmica).Desenvolvimento sustentável (abordagem panorâmica).
Desenvolvimento sustentável (abordagem panorâmica).Jacqueline Matilde
 
Sustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambientalSustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambiental-
 
Manual de Etiqueta - Planeta Sustentável - 5º Ano
Manual de Etiqueta - Planeta Sustentável - 5º AnoManual de Etiqueta - Planeta Sustentável - 5º Ano
Manual de Etiqueta - Planeta Sustentável - 5º AnoVanise Potenciano Queiroz
 
Consumo x sustentabilidade
Consumo x sustentabilidadeConsumo x sustentabilidade
Consumo x sustentabilidadeFabio Cruz
 
Trabalho de geografia....pptx sustentabilidades ana paula edmara isabelle -...
Trabalho de geografia....pptx sustentabilidades ana paula   edmara isabelle -...Trabalho de geografia....pptx sustentabilidades ana paula   edmara isabelle -...
Trabalho de geografia....pptx sustentabilidades ana paula edmara isabelle -...norivalfp
 
Resenha ambiente, ecologia, biodiversidade e desenvolvimento sustentavel
Resenha ambiente, ecologia, biodiversidade e desenvolvimento sustentavelResenha ambiente, ecologia, biodiversidade e desenvolvimento sustentavel
Resenha ambiente, ecologia, biodiversidade e desenvolvimento sustentavelCaroline Pegorari
 
Pegada Ecológica.pptx
Pegada Ecológica.pptxPegada Ecológica.pptx
Pegada Ecológica.pptxEniGomes3
 

Semelhante a Liduina carvalho pegada ecológica (20)

A insustentabilidade dos atuais padrões de produção
A insustentabilidade dos atuais padrões de produçãoA insustentabilidade dos atuais padrões de produção
A insustentabilidade dos atuais padrões de produção
 
Sustentabilidade
SustentabilidadeSustentabilidade
Sustentabilidade
 
Sustentabilidade
SustentabilidadeSustentabilidade
Sustentabilidade
 
Aula 1 ciência ambiental
Aula 1 ciência ambientalAula 1 ciência ambiental
Aula 1 ciência ambiental
 
O ambiente, base da sustentabilidade
O ambiente, base da sustentabilidadeO ambiente, base da sustentabilidade
O ambiente, base da sustentabilidade
 
NOVA ORDEM AMBIENTAL
NOVA ORDEM AMBIENTALNOVA ORDEM AMBIENTAL
NOVA ORDEM AMBIENTAL
 
Agenda ambiental
Agenda ambientalAgenda ambiental
Agenda ambiental
 
Desenvolvimento sustentável (abordagem panorâmica).
Desenvolvimento sustentável (abordagem panorâmica).Desenvolvimento sustentável (abordagem panorâmica).
Desenvolvimento sustentável (abordagem panorâmica).
 
Sustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambientalSustentabilidade ambiental
Sustentabilidade ambiental
 
Ecologia e valores
Ecologia e valoresEcologia e valores
Ecologia e valores
 
Sustentabilidade 2 E
Sustentabilidade 2 ESustentabilidade 2 E
Sustentabilidade 2 E
 
34 119-3-pb
34 119-3-pb34 119-3-pb
34 119-3-pb
 
Manual de Etiqueta - Planeta Sustentável - 5º Ano
Manual de Etiqueta - Planeta Sustentável - 5º AnoManual de Etiqueta - Planeta Sustentável - 5º Ano
Manual de Etiqueta - Planeta Sustentável - 5º Ano
 
Gestão Ambiental
Gestão AmbientalGestão Ambiental
Gestão Ambiental
 
Ufba ecologica
Ufba ecologicaUfba ecologica
Ufba ecologica
 
Consumo x sustentabilidade
Consumo x sustentabilidadeConsumo x sustentabilidade
Consumo x sustentabilidade
 
Rcman35
Rcman35Rcman35
Rcman35
 
Trabalho de geografia....pptx sustentabilidades ana paula edmara isabelle -...
Trabalho de geografia....pptx sustentabilidades ana paula   edmara isabelle -...Trabalho de geografia....pptx sustentabilidades ana paula   edmara isabelle -...
Trabalho de geografia....pptx sustentabilidades ana paula edmara isabelle -...
 
Resenha ambiente, ecologia, biodiversidade e desenvolvimento sustentavel
Resenha ambiente, ecologia, biodiversidade e desenvolvimento sustentavelResenha ambiente, ecologia, biodiversidade e desenvolvimento sustentavel
Resenha ambiente, ecologia, biodiversidade e desenvolvimento sustentavel
 
Pegada Ecológica.pptx
Pegada Ecológica.pptxPegada Ecológica.pptx
Pegada Ecológica.pptx
 

Mais de joaovictorsoaressampaio

Inez cabral fib valores humanos fonte_dafelicidade.09.11.2012
Inez cabral fib valores humanos fonte_dafelicidade.09.11.2012Inez cabral fib valores humanos fonte_dafelicidade.09.11.2012
Inez cabral fib valores humanos fonte_dafelicidade.09.11.2012joaovictorsoaressampaio
 
Vicente gomes fib nas organizações nov2012 fortaleza
Vicente gomes fib nas organizações nov2012 fortalezaVicente gomes fib nas organizações nov2012 fortaleza
Vicente gomes fib nas organizações nov2012 fortalezajoaovictorsoaressampaio
 
Roberto pinto valores humanos nas_organizações fib
Roberto pinto valores humanos nas_organizações fibRoberto pinto valores humanos nas_organizações fib
Roberto pinto valores humanos nas_organizações fibjoaovictorsoaressampaio
 
Renata peluso importancia da filosofia para o mundo atual
Renata peluso importancia da filosofia para o mundo atualRenata peluso importancia da filosofia para o mundo atual
Renata peluso importancia da filosofia para o mundo atualjoaovictorsoaressampaio
 

Mais de joaovictorsoaressampaio (6)

Inez cabral fib valores humanos fonte_dafelicidade.09.11.2012
Inez cabral fib valores humanos fonte_dafelicidade.09.11.2012Inez cabral fib valores humanos fonte_dafelicidade.09.11.2012
Inez cabral fib valores humanos fonte_dafelicidade.09.11.2012
 
Vicente gomes fib nas organizações nov2012 fortaleza
Vicente gomes fib nas organizações nov2012 fortalezaVicente gomes fib nas organizações nov2012 fortaleza
Vicente gomes fib nas organizações nov2012 fortaleza
 
Roberto pinto valores humanos nas_organizações fib
Roberto pinto valores humanos nas_organizações fibRoberto pinto valores humanos nas_organizações fib
Roberto pinto valores humanos nas_organizações fib
 
Renata peluso importancia da filosofia para o mundo atual
Renata peluso importancia da filosofia para o mundo atualRenata peluso importancia da filosofia para o mundo atual
Renata peluso importancia da filosofia para o mundo atual
 
Lenise garcia em prol da vida fib
Lenise garcia em prol da vida fibLenise garcia em prol da vida fib
Lenise garcia em prol da vida fib
 
Andre feitosa slide fib
Andre feitosa slide fibAndre feitosa slide fib
Andre feitosa slide fib
 

Liduina carvalho pegada ecológica

  • 1. PEGADA ECOLÓGICA “A Pegada Ecológica foi criada para nos ajudar a perceber o quanto de recursos da Natureza utilizamos para sustentar nosso estilo de vida.” WWF-Brasil O método da Pegada Ecológica consiste na realização do calculo da área necessária de terra e água que possa manter, através da produção de bens requeridos, um certo sistema e para assimilar os dejetos e resíduos por ele produzidos (BELLEN, 2006). A pegada ecológica calcula a pressão do ser humano sobre o planeta, medindo a rapidez com que consumimos recursos naturais e produzimos resíduos, em comparação com a capacidade do planeta. O cálculo da riqueza deve considerar outros aspectos além do desenvolvimento econômico, como a conservação do meio ambiente e a qualidade de vida das pessoas.
  • 2. Caatinga-Fev/ 2011 O Relatório Brundtland apresentado à Assembleia Geral da ONU em 1987, desenvolveu o conceito de desenvolvimento sustentável como sendo aquele que atende às necessidades do presente sem comprometer a possibilidade de as gerações futuras atenderem a suas próprias necessidades. Em muitos dos países desenvolvidos a prosperidade aumentou, o capital social diminuiu e o bem-estar/felicidade não aumentou e o grau de satisfação da vida está declinando. Ocorreram imensos custos ambientais na busca pela prosperidade. (Michael Pennock,2007) O desenvolvimento econômico é um meio e não um fim. A humanidade é o fim para quem o desenvolvimento econômico deve contribuir para trazer mais qualidade de vida e não escravizar o homem.
  • 3. Qual a relação entre o seu cotidiano e o meio ambiente? Sabemos que a água potável é um recurso cada vez mais escasso no planeta. Em 2007 a ONU (Organização das Nações Unidas) declarou que cerca de 1,1 bilhões de pessoas em todo o mundo não têm acesso a água potável e estima-se que dois milhões de crianças morrem todos os anos pela falta dela ou de saneamento básico. Segundo a ONG Global Footprint Netwoork (GFN), a capacidade de regeneração anual do planeta é ilimitada. Diante disso, a capacidade de consumo do ser humano parece ilimitada e o planeta não é suficiente para cumprir com as exigências que a Humanidade lhe impõe. Desde a década de 1970, os seres humanos vivem muito acima dos seus meios. Estamos consumindo 50% do que a Terra é capaz de produzir.
  • 4. CONFLITO DE USO DAS ÁGUAS A demanda por água potável continua crescendo junto com o crescimento econômico e com o aumento da população. Cerca de 1,3 bilhão de pessoas não tem acesso à água potável, com isso, os países pobres são os mais vulneráveis(Wordwatch Institute, 2000). FOTO: REUTERS
  • 5. Poluição em São Paulo Poluição do Ar Os principais responsáveis pelo déficit nos recursos planetários, são as emissões de dióxido de carbono e a exploração dos recursos naturais. “A mudança climática como consequência dos gases de efeito estufa que se emitem mais rápido do que podem ser absorvidos por florestas e oceanos é a consequência mais tangível e urgente.” ONG Global Footprint Netwoork (GFN)
  • 6. Meio Meio rural urbano Ao represar rios, queimar florestas, aterrar pântanos, poluirmos os rios e criar cidades, estamos destramando os fios de uma complexa rede de segurança ecológica.
  • 7. CENAS DOS NOSSOS DIAS “O mundo está do jeito que está, porque somos do jeito que somos” (Gurjieff). Lixão na cidade de Jaiba - MG Chaval - CE
  • 8. O Uso Sustentável do Espaço Como uma população específica pode usar de forma mais sustentável um dado território, considerando-se os recursos naturais disponíveis, o potencial econômico e o contexto atual de desenvolvimento? A Humanidade está simplesmente usando mais do que o planeta pode prover. Atualmente cada habitante da Terra dispõe apenas de 1,5 ha(15.000 m² ou uma área de 100m x 150m), dos quais apenas 0,24 ha são aráveis (Fonte: Genebaldo Freire, 2001, p.183). Mais de 100 milhões de pessoas vão morrer e o crescimento econômico global será reduzido em 3,2% do Produto Interno Bruto (PIB) até 2030 se o mundo fracassar no combate às mudanças climáticas, alertou um relatório conduzido pela organização humanitária DARA(set/2012),encomendado por 20 governos da Europa. A ganância juntamente com o consumo de materiais e as atuais atividades econômicas estão destruindo a ecologia que sustenta a nossa vida.
  • 10. IMPACTOS DA EXTRAÇÃO DE MADEIRA IMPACTOS DA PECUÁRIA
  • 11. ÁREAS EM PROCESSO DE DESERTIFICAÇÃO Aratuba ARATUBA Canindé Independência
  • 12. O avanço desordenado dos Bairros de classe média espremidos por empreendimentos imobiliários. um cinturão de nobreza e criminalidade. O desenvolvimento sustentável baseado nos atuais padrões de uso dos recursos naturais não é nem concebível teoricamente. As cidades precisam urgentemente evoluir para novos sistemas sustentáveis que imitem a natureza. Em vez de devorar recursos naturais e devolver poluição ao ambiente, deve controlar seu apetite e reaproveitar seus detritos.(Banco de dados da Conferência de Istambul, 1996).
  • 13. POR ONDE COMEÇAR AS MUDANÇAS? Dentre os objetivos do Milênio, que são oito, o sétimo foi estabelecido em prol de garantir a Sustentabilidade Ambiental, que contempla a conservação da natureza geográfica, o equilíbrio de ecossistemas, a erradicação da pobreza e da exclusão, bem como o respeito aos direitos humanos e a integração social. A sustentabilidade implica crescer com base em critérios de equilíbrio ambiental e inclusão social. Para o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), “crescimento em renda e emprego deve ser baseado em investimentos públicos e privados que reduzem emissões de carbono e poluição, aumentam a eficiência energética e de recursos, e reduzem a perda de serviços da biodiversidade e dos ecossistemas.” Para o coordenador executivo da Articulação no Semiárido (ASA), os grandes projetos que estão sendo implantados, na região do Semiárido, não respeitam as pessoas. O poder econômico dos grandes projetos passa por cima de todos. Bhutan, da Comissão de Planejamento do Governo Real do Butão diz que o “Desenvolvimento devia ser entendido como um processo que busca maximizar a Felicidade, em vez do crescimento econômico, reconhece que o indivíduo tem necessidades, materiais, espirituais e emocionais.”
  • 14. A dieta de cabras é melhorada pela silage, sequeiro Inauguração de uma cisterna como fonte de região em Ouricuri Pernambuco abastecimento de água No Nordeste do Brasil, é oferecido suporte para projetos que estão sendo executados por parceiros locais, para um Semiárido sustentável, com alternativa de fontes de renda, de modo a aliviar a pressão sobre os recursos naturais, da água sustentável e manejo do solo, bem como do meio ambiente educação.
  • 15. Mudanças fundamentais na forma como as Sociedades produzem e consomem, são indispensáveis para que se alcance o desejado desenvolvimento sustentável. PRODHAM/Canindé- Ce Associação Caatinga/Crateús - Projeto "No Clima da Caatinga"/2012
  • 16. Enquanto um número suficiente de pessoas não colocar a natureza acima de si mesmo – percebendo que os dois são inseparáveis, não podemos esperar que as nossas instituições governamentais executem as ações mais urgentes e óbvias para remediar a situação. Foto: Vládia Lima - Comunicação Caatinga A humanidade agora está lutando não apenas por solo mas também por água e ar, num ambiente hostil que remonta à era pré-industrialista. Recomenda-se pois, uma profunda transformação, que exige uma reestruturação político- econômica global, baseada na democracia, na equidade, dignidade e Promoção Humana e na sustentabilidade ecológica e socioeconômica da Terra( Genebaldo Freire, 2001. A crise ecológica é um sintoma da crise espiritual do ser humano, que vem da ignorância (Rio 92)
  • 17. JORNAL O POVO, 2010 AP IMAGENS Uma análise da pegada ecológica expõe o drama da insustentabilidade e salienta a necessidade de ajustes e redirecionamentos urgentes, nas formas de relacionamento dos seres humanos com o ambiente e no seu estilo de vida. A transformação da vida no sistema global que se pretende alcançar de modo sustentável, só começará com o trabalho interior da transformação individual. Diminuir a pegada ecológica e os custos financeiros, e manter um contato mais próximo com os vizinhos, tudo isso se traduz em menos stress e um estilo de vida com mais sentido e realização.