Avaliação de empresas

2.482 visualizações

Publicada em

Metodologia DCF para avaliação de empresas

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.482
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
111
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Avaliação de empresas

  1. 1. Nestes últimos meses venho sendo procurado por advogados e empresários paraelaborar a avaliação de diversas empresas. Isto vem ocorrendo por váriosmotivos, sendo que os mais frequentes têm sido processos de entrada ou saída desócios e a venda de empresas decorrente das mais variadas razões.A grande demanda por este serviço configura-se como uma excelente oportunidadede negócios para os escritórios e isso me animou a elaborar esta apresentação, ondebusquei expor de maneira bastante prática o embasamento teórico, os passos a seguire os cuidados a tomar no decorrer da avaliação. A metodologia escolhida aqui foi a doFluxo de Caixa Descontado (FCD) por ser esta a que melhor apresenta o real valor deuma empresa, qual seja, o caixa livre disponível para seus proprietários.Espero com isso contribuir para o desenvolvimento dos negócios de seu escritório ecoloco-me a seu dispor para apresentar o tema pessoalmente.João Telles Corrêa FilhoMarço de 2012
  2. 2. Sete boas razões para avaliar uma empresaEmpresas são avaliadas para: 1. Iniciar o processo de abertura de capital e oferta de ações em bolsas de valores. 2. Facilitar a entrada de novos sócios em empresas de capital fechado. 3. Facilitar a saída de sócios de empresas de capital fechado. 4. Verificar a composição societária resultante da fusão de empresas. 5. Verificar a composição societária resultante da cisão de empresas. 6. Aferir se as metas estratégicas de crescimento vêm sendo alcançadas. 7. Facilitar o processo de fechamento de uma empresa
  3. 3. E como avaliar uma empresa?Existem três métodos clássicos para avaliarmos uma empresa: 1. Valor patrimonial A avaliação é feita com base nos dados dos balanços da empresa. É a metodologia indicada para empresas de grande porte e com grandes valores em seus ativos.
  4. 4. E como avaliar uma empresa?Existem três métodos clássicos para avaliarmos uma empresa: 1. Valor patrimonial A avaliação é feita com base nos dados dos balanços da empresa. É a metodologia indicada para empresas de grande porte e com grandes valores em seus ativos 2. Análise de transações comparáveis (comparação entre empresas) A avaliação toma por base a comparação da empresa/transação (compra, venda ou fusão) objeto com outras que sejam semelhantes em termos de seu “core business”, market share, tecnologia empregada, desempenho financeiro e porte.
  5. 5. E como avaliar uma empresa?Existem três métodos clássicos para avaliarmos uma empresa: 1. Valor patrimonial A avaliação é feita com base nos dados dos balanços da empresa. É a metodologia indicada para empresas de grande porte e com grandes valores em seus ativos 2. Análise de transações comparáveis (comparação entre empresas) A avaliação toma por base a comparação da empresa/transação (compra, venda ou fusão) objeto com outras que sejam semelhantes em termos de seu “core business”, market share, tecnologia empregada, desempenho financeiro e porte. 3. Fluxo de caixa descontado A avaliação é feita a partir da capacidade de geração de valor (resultados) da empresa em um período de tempo representativo de suas operações. São levados em conta as necessidades de investimentos, capital de giro, as dívidas e, principalmente, as metas estratégicas da empresa.
  6. 6. Fluxo de Caixa Descontado – FCDObjetivo da empresa: maximizar o valor para seus proprietários. FCD capta todas as variáveis que impactam na geração de valor com mais precisão que os outros métodos.  Efeito dos investimentos passados  Efeito dos investimentos planejados  Peso e efeito das dívidas  Efeito das reservas contingenciais
  7. 7. Fluxo de Caixa Descontado – FCDACIONISTAS PARA OS VALOR 75 Fluxo de caixa 54 57 61 66 70 50 dos acionistas
  8. 8. Fluxo de Caixa Descontado – FCD VALOR DA 80 85 74 DÍVIDA Fluxo de caixa 69 43 dos credores 36 20ACIONISTAS PARA OS VALOR 75 Fluxo de caixa 54 57 61 66 70 50 dos acionistas
  9. 9. Fluxo de Caixa Descontado – FCD Fluxo de caixa operacional 160 150 140 130 100 90 70 VALOR DA 80 85VALOR DA ENTIDADE 74 DÍVIDA Fluxo de caixa 69 43 dos credores 36 20 ACIONISTAS PARA OS VALOR 75 Fluxo de caixa 54 57 61 66 70 50 dos acionistas
  10. 10. Etapas para avaliação pelo FCD Analisar Estimar valor Calcular e Projetar Estimar custo desempenho da interpretar desempenho de capital histórico perpetuidade resultados• Calcular o lucro • Compreender as • Estabelecer pesos • Selecionar o • Calcular e testar operacional e o estratégias; para as fontes de horizonte das resultados; capital investido; • Desenvolver capital; previsões; • Interpretar os• Desenvolver a cenários de • Estimar custo das • Estimar resultados. perspectiva desempenho; dívidas; parâmetros; histórica; • Projetar rubricas • Estimar custo das • Trazer a• Analisar a saúde individuais; ações/cotas. perpetuidade a financeira da • Checar a valor presente. empresa. razoabilidade das previsões.
  11. 11. Etapas para avaliação pelo FCD Desempenho históricoNa primeira etapa é feito o levantamento do histórico daempresa em termos de: • Faturamento 100,000,000 • Custos 90,000,000 • Despesas 80,000,000 70,000,000 • Resultados 60,000,000 Faturamento 50,000,000 Custos 40,000,000 Despesas EBIT 30,000,000 20,000,000 10,000,000 0 2006 2007 2008 2009 2010
  12. 12. Etapas para avaliação pelo FCD Projetar desempenhoNa segunda etapa é necessário: • Compreender as estratégias (crescimento, investimentos, ...); • Compor cenários (economia, concorrência, tecnologia, ...); • Elaborar projeções. 120,000,000.00 100,000,000.00 80,000,000.00 Faturamento 60,000,000.00 Custos Despesas 40,000,000.00 EBIT 20,000,000.00 0.00 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017
  13. 13. Etapas para avaliação pelo FCD Estimar custo de capitalPara ser coerente com a definição de FCD, a taxa de descontodeve refletir o custo de oportunidade de cada fonte decapital, ponderada por sua contribuição no capital total daempresa. Contribuição Fonte de Proporção do Custo de Custo após para média capital capital total oportunidade impostos ponderadaDívidas 15% 7,5% 4,6% 0,7%Ações ou cotas 85% 10,9% 10,9% 9,3% Custo médio ponderado de capital (WACC)* 10,0%* Weighted average cost of capital
  14. 14. Etapas para avaliação pelo FCD Estimar valor da perpetuidadeA perpetuidade é uma ferramenta usada para simplificar aavaliação. Valor = Valor presente do fluxo de caixa no período de projeção explícita + Valor presente do fluxo de caixa após período de projeção explícita PERPETUIDADE
  15. 15. Etapas para avaliação pelo FCD Estimar valor da perpetuidadeA perpetuidade é uma ferramenta usada para simplificar aavaliação. Valor = Valor presente do fluxo de caixa no período de projeção explícita + Valor presente do fluxo de caixa após período de projeção explícita PERPETUIDADECritérios de definição: 1. O período da perpetuidade presume que os fluxos de caixa livre crescerão a um ritmo constante, ou 2. A perpetuidade é igual a um multiplicador do resultado livre do último ano da projeção.
  16. 16. Etapas para avaliação pelo FCD Calcular e interpretar os resultados 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017Faturamento 74.489.061 80.943.539 86.690.530 92.403.436 97.527.206 102.442.577 107.605.683 (-) Custos e deduções -56.798.789 -61.720.404 -66.102.553 -70.458.711 -74.365.647 -78.113.675 -82.050.605 (-) Despesas -16.309.258 -17.722.456 -18.980.750 -20.231.582 -21.353.423 -22.429.635 -23.560.089Resultado líquido 1.381.014 1.500.679 1.607.227 1.713.143 1.808.137 1.899.267 1.994.990 Projeção das receitas, custos e despesas com base no passado.Cuidado com a qualidade das informações contábeis e financeiras.
  17. 17. Etapas para avaliação pelo FCD Calcular e interpretar os resultados 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017Faturamento 74.489.061 80.943.539 86.690.530 92.403.436 97.527.206 102.442.577 107.605.683 (-) Custos e deduções -56.798.789 -61.720.404 -66.102.553 -70.458.711 -74.365.647 -78.113.675 -82.050.605 (-) Despesas -16.309.258 -17.722.456 -18.980.750 -20.231.582 -21.353.423 -22.429.635 -23.560.089Resultado líquido 1.381.014 1.500.679 1.607.227 1.713.143 1.808.137 1.899.267 1.994.990 (-) Giro operacional 0 0 0 0 0 0 0 (-) Investimentos 0 0 0 0 0 0 0 (+) Aportes de capital 0 0 0 0 0 0 0 (+) Receita financeira 172.627 14.802 176.795 14.964 180.814 15.145 189.524Fluxo de caixa livre 1.553.640 1.515.481 1.784.022 1.728.107 1.988.950 1.914.412 2.184.514 Projeção do fluxo de caixa livre.
  18. 18. Etapas para avaliação pelo FCD Calcular e interpretar os resultados 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017Faturamento 74.489.061 80.943.539 86.690.530 92.403.436 97.527.206 102.442.577 107.605.683 (-) Custos e deduções -56.798.789 -61.720.404 -66.102.553 -70.458.711 -74.365.647 -78.113.675 -82.050.605 (-) Despesas -16.309.258 -17.722.456 -18.980.750 -20.231.582 -21.353.423 -22.429.635 -23.560.089Resultado líquido 1.381.014 1.500.679 1.607.227 1.713.143 1.808.137 1.899.267 1.994.990 (-) Giro operacional 0 0 0 0 0 0 0 (-) Investimentos 0 0 0 0 0 0 0 (+) Aportes de capital 0 0 0 0 0 0 0 (+) Receita financeira 172.627 14.802 176.795 14.964 180.814 15.145 189.524Fluxo de caixa livre 1.553.640 1.515.481 1.784.022 1.728.107 1.988.950 1.914.412 2.184.514 Taxa de desconto (%) 5,5% 5,5% 5,0% 5,0% 4,5% 5,0% 5,0%Valor presente FCL 1.468.190 1.353.362 1.513.517 1.392.776 1.530.869 1.399.823 1.605.774 Projeção do fluxo de caixa livre descontado.
  19. 19. Etapas para avaliação pelo FCD Calcular e interpretar os resultados 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 PerpetuidadeFaturamento 74.489.061 80.943.539 86.690.530 92.403.436 97.527.206 102.442.577 107.605.683 (-) Custos e deduções -56.798.789 -61.720.404 -66.102.553 -70.458.711 -74.365.647 -78.113.675 -82.050.605 (-) Despesas -16.309.258 -17.722.456 -18.980.750 -20.231.582 -21.353.423 -22.429.635 -23.560.089Resultado líquido 1.381.014 1.500.679 1.607.227 1.713.143 1.808.137 1.899.267 1.994.990 (-) Giro operacional 0 0 0 0 0 0 0 (-) Investimentos 0 0 0 0 0 0 0 (+) Aportes de capital 0 0 0 0 0 0 0 (+) Receita financeira 172.627 14.802 176.795 14.964 180.814 15.145 189.524Fluxo de caixa livre 1.553.640 1.515.481 1.784.022 1.728.107 1.988.950 1.914.412 2.184.514 12.669.126 Taxa de desconto (%) 5,5% 5,5% 5,0% 5,0% 4,5% 5,0% 5,0%Valor presente FCL 1.468.190 1.353.362 1.513.517 1.392.776 1.530.869 1.399.823 1.605.774 10.264.312Valor da perpetuidade 32.585.118Valor residual presente 33.312.718(-) Valor desc. dívida 13.684.916Valor da empresa 29.892.114
  20. 20. Etapas para avaliação pelo FCD Calcular e interpretar os resultados 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 PerpetuidadeFaturamento 74.489.061 80.943.539 86.690.530 92.403.436 97.527.206 102.442.577 107.605.683 (-) Custos e deduções -56.798.789 -61.720.404 -66.102.553 -70.458.711 -74.365.647 -78.113.675 -82.050.605 (-) Despesas -16.309.258 -17.722.456 -18.980.750 -20.231.582 -21.353.423 -22.429.635 -23.560.089Resultado líquido 1.381.014 1.500.679 1.607.227 1.713.143 1.808.137 1.899.267 1.994.990 (-) Giro operacional 0 0 0 0 0 0 0 (-) Investimentos 0 0 0 0 0 0 0 (+) Aportes de capital 0 0 0 0 0 0 0 (+) Receita financeira 172.627 14.802 176.795 14.964 180.814 15.145 189.524Fluxo de caixa livre 1.553.640 1.515.481 1.784.022 1.728.107 1.988.950 1.914.412 2.184.514 12.669.126 Taxa de desconto (%) 5,5% 5,5% 5,0% 5,0% 4,5% 5,0% 5,0%Valor presente FCL 1.468.190 1.353.362 1.513.517 1.392.776 1.530.869 1.399.823 1.605.774 10.264.312Valor da perpetuidade 32.585.118Valor residual presente 33.312.718(-) Valor desc. dívida 13.684.916Valor da empresa 29.892.114
  21. 21. Etapas para avaliação pelo FCD Calcular e interpretar os resultadosA metodologia do FCD depende de cuidados com vários fatores: Faturamento bruto projetado Lucro Lucro operacional operacional projetado após imposto Custos projetado projetados Investimento líquido projetado
  22. 22. Etapas para avaliação pelo FCD Calcular e interpretar os resultadosO modelo apresentado depende de cuidados com vários fatores: Faturamento Taxa de bruto desconto projetado Lucro Lucro operacional operacional Período de projetado após imposto previsão Custos projetado projetados Investimento líquido projetado
  23. 23. Etapas para avaliação pelo FCD Calcular e interpretar os resultadosO modelo apresentado depende de cuidados com vários fatores: Faturamento Taxa de bruto desconto projetado Valor do Lucro Lucro fluxo de operacional operacional Período de caixa projetado após imposto previsão descontado Custos projetado projetados Fluxo de Ajustes caixa livre para + Investimento projetado líquido ou para - projetado Valor Valor líquido da perpetuidade empresa
  24. 24. Vantagens do FCDO método de avaliação através do Fluxo de Caixa Descontado apresentavantagens importantes sobre os demais: 1. Dispensa a avaliação dos estoques de matéria prima e produtos acabados, pois os mesmos já se encontram presentes nos históricos e projeções de vendas e de custos;
  25. 25. Vantagens do FCDO método de avaliação através do Fluxo de Caixa Descontado apresentavantagens importantes sobre os demais: 1. Dispensa a avaliação dos estoques de matéria prima e produtos acabados, pois os mesmos já se encontram presentes nos históricos e projeções e vendas e de custos; 2. Na maior parte das vezes também elimina a avaliação técnica de imóveis e bens do ativo fixo pois seus valores estão implícitos nas rubricas de investimentos, depreciações e amortizações que compõem os resultados de caixa livre;
  26. 26. Vantagens do FCDO método de avaliação através do Fluxo de Caixa Descontado apresentavantagens importantes sobre os demais: 1. Dispensa a avaliação dos estoques de matéria prima e produtos acabados, pois os mesmos já se encontram presentes nos históricos e projeções e vendas e de custos; 2. Na maior parte das vezes também elimina a avaliação técnica de imóveis e bens do ativo fixo pois seus valores estão implícitos nas rubricas de investimentos, depreciações e amortizações que compõem os resultados de caixa livre. 3. A avaliação pode ser desmembrada pelas unidades de negócios das empresas, facilitando a negociação destes elementos separadamente;
  27. 27. Vantagens do FCDO método de avaliação através do Fluxo de Caixa Descontado apresentavantagens importantes sobre os demais: 1. Dispensa a avaliação dos estoques de matéria prima e produtos acabados, pois os mesmos já se encontram presentes nos históricos e projeções e vendas e de custos; 2. Na maior parte das vezes também elimina a avaliação técnica de imóveis e bens do ativo fixo pois seus valores estão implícitos nas rubricas de investimentos, depreciações e amortizações que compõem os resultados de caixa livre. 3. A avaliação pode ser desmembrada pelas unidades de negócios das empresas, facilitando a negociação destes elementos separadamente. 4. É o método que melhor expressa o real valor de uma empresa (o fluxo de caixa livre para seus proprietários).
  28. 28. ConclusãoA avaliação de empresas, além de ser um instrumento precioso para que seussócios e administradores verifiquem se o empreendimento está dando oretorno desejado, é também uma ferramenta de acompanhamento deextrema valia para todos que desejam acompanhar o desempenho dasmedidas adotadas.Para os escritórios de advocacia é de grande utilidade para a completaprestação de serviços de assessoria legal aos clientes empresariais e pode seruma interessante fonte complementar de receitas.
  29. 29. www.tellescorrea.com.br

×