Relatório nºv

252 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
252
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relatório nºv

  1. 1. Escola: Escola Secundária Augusto GomesData: 19/02/12 Turma: 7ºA Nº: 19Nome: João Pedro Pinheiro dos Santos Relatório de Físico Química! Relatório nº5 Saturno: Saturno é o planeta mais exterior do sistema solar dos quese conhecem desde a Antiguidade, e o segundo maior. Fig.1- Planeta Saturno
  2. 2. Está situado a uma distância do Sol que varia entre as 9,0 eas 10 UA e descreve uma volta em torno deste cada 29,5 anos. Adistância entre a Terra e Saturno é de 9,50 UA. Possui um diâmetro equatorial de 120.600km e umdiâmetro polar de 108.500km razão pela qual o seuachatamento, de 0,1, é o maior de todos os planetas e se deve àrápida rotação que se realiza à volta do seu eixo, alcançandovalores de 10horas e 39,4minutos no limite superior da camadade nuvens situada a 40º de latitude. A sua massa é 95,2 maior que a da Terra e a sua densidademédia é de 0,69 vezes a da água, sendo por isso a menor detodos os planetas do sistema solar. Fig.2- Comparação entre o planeta Terra e o Planeta Saturno Saturno faz parte do grupo dos planetas exteriores eapresenta um albedo muito elevado (0,6), devido à suaatmosfera densa de nuvens.
  3. 3. Tal como Júpiter, irradia quase o dobro da energia querecebe do Sol, devido, por um lado, ao colapso do seu núcleointerno. A sua estrutura interna, muito parecida com a deJúpiter, supõe-se ser constituída por um núcleo rochoso dediâmetro semelhante ao da Terra e com uma massa três vezessuperior à do nosso planeta, rodeado por uma camada deaproximadamente 0,23 raios do planeta composta por gasesquentes líquidos (metano, amoníaco, água) e seguida por umacamada (0,58 raios planetários de espessura) de hélio ehidrogénio metálicos, sobre o qual se encontra uma camada dehidrogénio molecular líquido (com mistura de hélio) de cerca de37.000km de espessura. Fig.3- Planeta Saturno e os seus anéis.
  4. 4. Viajar até ao planeta Saturno é um sonho impossível, poisnão temos as condições necessárias para a viagem, paraconstruir uma base espacial e para sobreviver. Se talacontecesse, iríamos precisar de muito dinheiro e de novastecnologias. Sendo, assim, um sonho, só poderá ser realizadoapós muitos anos de estudo e de inovações no mundotecnológico. Mas, um dia, ir ao planeta Saturno irá ser um passatempo. João SantosRecursos Bibliográficos:Grande Enciclopédia das Ciências (Astronomia);Ciências e Físico-Químicas_7ºano_3º Ciclo do Ensino Básico;Google Imagens;Stellarium.

×