Relatório nº3

1.055 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.055
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
62
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relatório nº3

  1. 1. Escola: Escola Secundária Augusto GomesData: 11/12/2011 Turma: 7ºA Nº: 19Nome: João Pedro Pinheiro dos Santos Relatório de Físico Química! Trabalho nº 3“Afinal o que é uma praia, do ponto de vista das Ciências físico-químicas”1.Introdução: As Ciências Físico-Químicas, como ciência experimental que trata dos objectosmateriais e das suas propriedades, interessou todas as culturas que tentaram descobrirqual é a estrutura do mundo em que vivemos. Assim sendo, os quatro elementos: terra,fogo, ar e água são campos de estudo importantes. O planeta Terra é uma fonte imensa de materiais muito diferentes e comutilidades diversas, sendo grande parte deles misturas cujos componentes é possívelseparar. Nesta disciplina pretende-se conhecer transformações que constantementeocorrem nos materiais, umas físicas, como as responsáveis pela formação das nuvens,da chuva e dos glaciares; outras químicas que permitem produzir materiais novos maisúteis para a nossa vida, à custa de materiais existentes na Natureza. No âmbito do projeto “Como na Vida”, realizamos uma visita de estudo à praiado Aterro. Fig. 2- Chegada à praia do Aterro Fig. 1- Partida para a praia do Aterro 1
  2. 2. Posteriormente foram realizadas atividades práticas, tais como, simulação dociclo da água, classificação de materiais recolhidos na praia e preparação de soluções.2.Desenvolvimento: A atividade de simulação do ciclo da água, teve como objetivo transmitir aosalunos que a água está em constante movimento da superfície terrestre para a atmosferae da atmosfera para a superfície terrestre. Assim sendo, o Sol aquece a água; estaevapora-se e sobe; o vapor de água arrefece, formando nuvens; as nuvens deixam cair aágua sob a forma de chuva ou de neve. Este movimento constante da água em que há evaporação, condensação (ousolidificação se for formada neve ou granizo) e precipitação (queda da chuva ou daneve) chama-se ciclo da água. Parte da água que se precipita no solo regressa aos lagos,aos rios, ao mar e aos seres vivos. Fig.3 - Atividade experimental do ciclo da água Na figura 3 podemos observar a existência de uma camada de água que separecia como uma “nuvem”, uma vez que, dava a sensação que estava a chover. Paraalém disso, podemos visualizar que uma parte da água do recipiente grande tinhaevaporado, dando origem à “nuvem”, por isso, a terra encontrava-se húmida. 2
  3. 3. Na praia do Aterro foram recolhidos alguns materiais e, posteriormente, aclassificação dos mesmos. Os materiais observados e recolhidos na praia foram: Areia; Rochas; Penas; Água; Plantas aquáticas; Madeira; … Fig.4- Os alunos na recolha de materiais na praia do Aterro. Fig.5- Mar (água salgada) Fig.6- Rocha Fig.7- Areia da praia do Aterro Fig.8- Pedaço de corda entre as rochas A água (fig.5), as rochas (fig.6), a areia (fig.7) estão incluídas no grupo dosminerais. Com este trabalho pude consolidar o que pesquisei na minha visita de estudo àpraia do Aterro com a matéria referente aos materiais. Deste modo, constatei que sepoderiam dividir em materiais naturais (utilizados na forma em que se encontram na 3
  4. 4. natureza) ou materiais manufaturados (são transformados pelo ser humano parapoderem ser utilizados). A corda que encontrei entre as rochas (fig.8) é um exemplo deum material manufaturado. Os materiais podem ainda ser classificados como homogéneos (substânciasuniformes a todo o seu comprimento), heterogéneos (substâncias em que é possível vertodos os seus componentes a olho nu) e coloidais (a olho nu parecem misturashomogéneas, mas ao microscópio/lupa consegue-se visualizar os seus componentes). Arocha (fig.6) é considerada uma mistura heterogénea; o mar (fig.5) é considerado umamistura homogénea e, por fim, o nevoeiro pode ser considerado uma mistura coloidal. Na atividade prática “preparação de soluções” percebi que o processo pelo qualuma substância (soluto) se dissolve noutra (solvente) tem o nome de solução. Osolvente é a substância que está presente em maior quantidade na solução (por exemploa água), enquanto que o soluto é a substância que não está presente em maiorquantidade (por exemplo o cloreto de sódio pelo qual a água do mar é constituída). Assoluções podem ser divididas em sólidas (ex: o aço tem como solvente o ferro e comosoluto o carbono, entre outros), líquidas (ex: a água do mar tem como solvente a água ecomo soluto o cloreto de sódio, entre outros) e gasosas (ex: o ar tem como solvente oazoto e como soluto o oxigénio, entre outros). Sabendo a constituição de uma solução podemos também calcular a suacomposição quantitativa (consiste na identificação da quantidade de soluto por unidadede volume da solução) através da seguinte fórmula: e a densidadeda substância dividindo a massa de uma porção de substância pelo volume (podemoscalcular desta forma a salinidade do mar).3.Conclusão: A praia pode estar enquadrada do ponto de vista das Ciências Físico-Químicas,na medida em que, o que aprendi nesta disciplina pude aplicar, de uma forma prática,neste trabalho de campo. A experiência do ciclo da água abordou os diferentes estados físicos que a águado mar pode ter, nomeadamente sólido quando congela; gasoso quando se evapora elíquido quando precipita. 4
  5. 5. A areia e as rochas são misturas heterogéneas porque podemos observar os seuscomponentes a olho nu; o nevoeiro é uma mistura coloidal e a água do mar uma misturahomogénea. Por sua vez, o passadiço de madeira que é utilizado, principalmente para aproteção das dunas é considerado um material natural e a corda, encontrada entre asrochas, é um material sintético, ou seja, manufaturado. Os cálculos da densidade e da concentração mássica aprendidos no contexto deaula podem ser usados para saber, por exemplo, quantas gramas de soluto (cloreto desódio) existem por unidade de volume na água do mar. Fig.9: Afinal o que é uma praia?4.Referências bibliográficas:Cavaleiro, M. G., & Beleza, M. D. Ciências Físico-Químicas 7ºano. ASA.Klein, A. Grande Enciclopédia das Ciências. In Física (Vol. VIII).Neto, H. Novo Despertar 4. Livro Directo.Ortiz, A. Grande Enciclopédia das Ciências. In Química (Vol. IX).Caderno de Apontamentos de Físico-Química 5

×