Guião

245 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
245
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
39
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Guião

  1. 1. Slide nº2 Segurança na escola é a perceção de riscos e/ou perigos dentro do espaço escolar e é divulgada por medidas, que permitem assegurá-la. Agora vamos apresentar um excerto de uma entrevista feita ao Professor Albino Raeiro, em que o professor nos dá a entender o que é a segurança.(mostrar a entrevista em que responde à pergunta O que é a segurança?) Slide nº3 Tal como em todas as infraestruturas a escola é um espaço onde existem diversos perigos para as suas normas de funcionamento, por isso cabe aos funcionários, professores, alunos e outros visitantes da escola (como encarregados de educação) reportarem se existir algum problema na escola, aqui temos alguns dos exemplos de perigos ao longo da escola. Sismos e incêncios Um degrau mais alto Cabo elétrico mal protegido Um pau ou uma vara inclinada onde alguém pode bater com a cabeça Os laboratórios têm cuidados redobrados - num laboratório não pode haver desníveis assim como sítios onde se pode prender um sapato ou uma sapatilha, pois imaginamos que um aluno estava com uma pipeta cheia de ácido ao transferir o ácido de recipiente poderia tropeçar e derramar o ácido. Slide nº4 Apresentação da entrevista feita ao professor Albina Raeiro.
  2. 2. Slide nº5 Devido ao facto de existirem vários perigos no espaço escolar é necessário que sejam tomadas medidas de prevenção com o propósito de diminuir os riscos dos perigos existentes na escola. Aqui temos alguns exemplos dos mesmos: i. Regras Laboratoriais : Existem diversas regras laboratoriais que são necessárias cumprirmos para que ocorra um bom funcionamento no espaço. Por exemplo: Conhecer a localização e o funcionamento de extintores de incêndio, caixas de primeiros socorros, chuveiros e equipamento de proteção; Evitar qualquer contacto dos reagentes com a pele; Findo o trabalho experimental, verificar, se as torneiras de água e de gás se encontram fechadas e se os aparelhos elétricos foram desligados; Em caso de acidente, por mais insignificante que pareça, comunicar imediatamente ao professor. ii. Sinalética (mostrar imagens tiradas pelo rei e pelo nuno) iii. Simulacros (sismos, incêndios) (pdf pai da marta) (experiência com um extintor) iv. Plantas com extintores e saídas de emergência (pdf pai da marta) v. central automático de incêndio (com detetores e corte automático de gás) vi. portas corta fogo nos corredores com imanes automáticos (fecham automaticamente mas deixam as pessoas passar) vii. portas corta-fogo nos laboratórios e nas salas de aula normais viii. caixas de extintores / carreteis embutidas ix. elevadores e rampas de acesso em complemento
  3. 3. x. pavimentos antiderrapantes (principalmente nas escadas e cozinhas) xi. vidros duplos e persianas para rentabilizar a luz natural e o aquecimento central xii. Fazer testes aos equipamentos desportivos para ver o estado da sua condição (pdf pai da marta) Slide nº:12 A escola, embora seja um local considerado seguro (devido às regras de segurança existentes) contém perigos que não podem ser totalmente controlados. Para isso existem medidas de prevenção a que todos devemos obedecer para que ocorra um bom funcionamento escolar.

×