Independência dos Estados Unidos

222 visualizações

Publicada em

Trabalho sobre a Independência do EUA, bem detalhado e explicado

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
222
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Independência dos Estados Unidos

  1. 1. Os Estados Unidos era constituído por Treze Colônias antes de sua independência, sendo de posse da Coroa Britânica. Quando começou a ser colonizada pela Inglaterra, essa região viu surgir em suas Treze Colônias dois tipos de colonização diferentes, uma de povoamento, no norte e no centro, e outra de exploração, no sul. As colônias do norte e do centro foram colonizadas em geral por imigrantes fugidos de conflitos políticos e religiosos na Europa. Viviam da policultura, da pecuária e utilizavam o trabalho livre.
  2. 2. Já as colônias do sul, foram de grande importância econômica para os Ingleses. Eram obrigados pela Inglaterra a seguir o Pacto Colonial. O clima era favorável a plantações, predominando o sistema de plantation em latifúndios, onde a produção era voltada pra exportação principalmente para a Metrópole em grande escala e com uso de mão de obra escrava.
  3. 3. Ao longo do século XVII, o envolvimento da Inglaterra em guerras pela Europa tornou-se um dos grandes fatores explicativos de toda liberdade política e econômica concedida às Treze Colônias. Entre os conflitos em que a Inglaterra se envolveu, a Guerra dos Sete Anos (1756 – 1763) foi responsável pelo esvaziamento dos cofres públicos do país. Buscando sanar suas contas, a Inglaterra resolveu enrijecer suas relações com as colônias.
  4. 4. Em 1764, a chamada Lei do Açúcar obrigava os colonos a pagar uma taxa adicional sob qualquer carregamento de açúcar que não pertencesse às colônias britânicas. Com tal exigência, a autonomia econômica dos colonos começava a ser ameaçada. No ano seguinte, a Lei do Selo exigia a compra de um selo presente em todos os documentos que circulassem pelo território. Já em 1773, a Lei do Chá obrigava a colônia a consumir somente o chá oriundo das embarcações britânicas.
  5. 5. Inconformados com tais leis os colonos norte- americanos começaram a se opor à presença britânica nas Treze Colônias. Em dezembro de 1773, organizaram uma revolta contra o monopólio do chá que ficou conhecida como Boston Tea Party. Intransigente aos protestos coloniais, a Inglaterra decidiu fechar o porto de Boston (local da revolta) e impor as chamadas Leis Intoleráveis.
  6. 6. No ano seguinte, reunidos no Primeiro Congresso da Filadélfia, os colonos redigiram um documento exigindo o fim das exigências metropolitanas. No Segundo Congresso da Filadélfia, ocorrido em 4 de julho de 1776, os colonos resolveram romper definitivamente com a Inglaterra, proclamando a sua Independência. Não reconhecendo as resoluções do Congresso da Filadélfia, a Inglaterra entrou em conflito contras as 13 colônias. Esses confrontos marcaram a chamada Guerra de Independência das Treze colônias. Apoiados pelos franceses, inimigos históricos da Inglaterra, as Treze Colônias venceram a guerra, tendo sua independência reconhecida em 1783.
  7. 7. Adotando um sistema político republicano e federalista, os Estados Unidos promulgaram sua carta constitucional em 1787. Os ideais de liberdade e prosperidade defendidos pelos fundadores da república norte-americana não refletiam a situação entre os estados do Norte e do Sul. Tais diferenças acabaram por promover um conflito interno, que ficou conhecido como Guerra de Secessão. George Washington tornou-se o primeiro presidente dos Estados Unidos da América.
  8. 8. Centro de Educação Objetivo Professor: André Bozzetto Aluno: João Pedro Schmitz Série: 1 ano do E.M. Matéria: História Pinhalzinho – SC 26/06/2014

×