O pesadelo de goainia

170 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
170
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O pesadelo de goainia

  1. 1. O maior acidente radioativo já ocorrido no Brasil aconteceu em 13 de setembro de 1987. Catadores de lixo encontraram um aparelho utilizado em radioterapia em uma clínica abandonada no centro da cidade. O equipamento continha a substancia radioativa césio-137 que estava revestida por materiais que evitariam seu espalhamento. Porém, um dos catadores desmontou a parte de chumbo para a venda. Após retirar a parte de seu interesse, o catador vendeu o restante do aparelho para Devair Alves Ferreira dono de um ferro velho que encontrou o pó (cloreto de césio) e o distribuiu a toda sua família contaminando todos. O césio é um material dúctil que na forma encontrada (Bário 137) é um material que se desintegrou em um pó azulado e altamente tóxico. Figura 1. Máquina usada emradioterapia. Após um tempo, devido à grande capacidade de espalhamento da radioatividade do césio- 137, a cidade estava contaminada com a radioatividade. As pessoas apresentavam sintomas como diarréia, náusea e tontura. Médicos então começaram a desconfiar de uma intoxicação radioativa que mais tarde foi Figura 2. lixo radioativo sendo coletado confirmada por especialistas. O acidente nuclear foi classificado como de nível 5 (com conseqüências de longo alcance) gerando 3500m² de lixo radioativo. Devido às consequências foram criadas instituições como a Fundação Leide das Neves Ferreira que cuidava e monitorava 975 pessoas que foram contaminadas. Houve também o processo. Houve também o processo de descontaminação na qual os contaminados passavam por banhos de água, sabão, vinagre e azul de Prússia. Figura 3. Azul de Prússia Devido ao grande poder destrutivo de radiação, os imóveis locais sofreram uma enorme desvalorização, e pessoas de fora da cidade ficaram com medo de visitar a cidade ou ter contato com seus moradores. Isso gerou um preconceito que durou alguns anos até que a situação voltou ao normal.
  2. 2. Acidentes como esse poderiam ser evitados através de medidas simples como conscientizar a população sobre materiais radioativos e seus perigos. Clínicas médicas devem também ter mais cuidado na hora de descartar materiais radioativos. Perguntas: 1- Comente sobre a infraestrutura do Brasil em relação ao tratamento de contaminações por radiação. 2- Cite duas conseqüências do acidente com o Césio-137 3- O que poderia ser feito para evitar acidentes radiológicos como o de Goiânia? 4- Explique o motivo da radiação emitida pelo césio-137 ter se espalhado rapidamente. Fontes: Figura1: http://2.bp.blogspot.com/gA28IgwmjDY/UE_6qrk6KoI/AAAAAAAAGFc/bSCCMVSIQX4/ s400/C%C3%A9sio+137+-+Acidente+em+Goi%C3%A2nia+-+25+anos+- +carca%C3%A7a+do+cabe%C3%A7ote+onde+se+encontrava+o++material+radioati vo.jpg Acesso em 22/07/2014 figura2: http://gazeta24horas.com.br/portal/wp-content/uploads/2012/09/1.jpg Acesso em 22/07/2014 figura3: http://2.bp.blogspot.com/-ZEsweruL- ow/Tv7W6W1JjeI/AAAAAAAABNU/FiwjleL42jM/s1600/Azul.png Acesso em 22/07/2014 Fontes: http://pt.wikipedia.org/wiki/C%C3%A9sio Acessoem22/07/2014 http://causasperdidas.literatortura.com/2013/10/09/o-maior-acidente-radiologico-da- historia-cesio-137-o-acidente-nuclear-de-goiania/ Acessoem22/07/2014 http://www.mundoeducacao.com/quimica/cesio-137.htm Acessoem22/07/2014
  3. 3. .

×