Análise dos dados do Inquérito (Anexo 1)

331 visualizações

Publicada em

Análise dos dados do inquérito sobre utilização da Internet (Anexo 1).

Publicada em: Educação
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
331
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Análise dos dados do Inquérito (Anexo 1)

  1. 1. 1 Agrupamento de Escolas Poeta Joaquim Serra EB1 Afonsoeiro Ano Letivo 2013/14 Análise do inquérito sobre Utilização da Internet – Anexo 1 Parte I – Dados Pessoais Relativamente à primeira questão “Sexo”, podemos ver, através do gráfico seguinte, que a maior parte dos inquiridos pertence ao sexo feminino (79%) enquanto que apenas 15 dos inquiridos (21%) pertencem ao sexo masculino. 15 57 Masculino Feminino No que diz respeito à segunda questão “Idade”, podemos verificar que a maior parte dos inquiridos se situa em dois grandes grupos “Menos de 13 anos” e “De 31 a 40 anos”, com 29% e 35% respetivamente. A faixa etária menos representada situa-se entre os 13 e os 20 anos, com apenas uma resposta (1%). 21 1 8 25 12 5 Menos de 13 anos De 13 a 20 anos De 21 a 30 anos De 31 a 40 anos De 41 a 50 anos Mais de 50 anos
  2. 2. 2 Em relação à terceira questão “Profissão”, verificamos que os amigos do facebook da escola têm profissões variadas, como se pode observar através do respetivo quadro, sendo que o grupo maior pertence aos “Estudantes” com 30,56% e aos “Docentes” com 20,83%. Profissão Total Percentagem Administrativa 2 2,78% Advogado 1 1,39% Assistente Operacional 4 5,56% Assistente técnica 1 1,39% Auditor financeiro 1 1,39% Cabeleireira 1 1,39% Comercial 1 1,39% Desempregada 4 5,56% Diretora Técnica de Serviço 1 1,39% Docente 15 20,83% Doméstica 2 2,78% Embaladora 1 1,39% Empresária 2 2,78% Escriturária de contabilidade 1 1,39% Estudante 22 30,56% Gerente de loja 2 2,78% Lojista 1 1,39% Motorista 1 1,39% Operária 1 1,39% Psicopedagoga clínica 1 1,39% Secretária 1 1,39% Técnica 1 1,39% Técnica de laboratório 1 1,39% Técnica de linha 1 1,39% Técnica de saúde ambiental 1 1,39% Tesoureira 1 1,39% TOC 1 1,39%
  3. 3. 3 Parte II – Dados relativos às Tecnologias No que concerne à quarta questão “Possui computador em casa com ligação à Internet?”, obtivemos 100% de respostas positivas ou seja os 72 inquiridos têm computador em casa com acesso à Internet. Uma vez que a resposta à quarta questão foi positiva, não houve respostas relativamente à quinta pergunta “Se respondeu não à questão anterior, em que espaços usa a Internet?”. Relativamente à sexta questão “Há quanto tempo usa a Internet?” verificamos que a maior parte dos inquiridos usa a Internet há mais de 5 anos (52) enquanto que nenhum dos inquiridos usa a Internet há menos de 1 ano. 0; 0% 20; 28% 52; 72% Menos de 1 ano Entre 1 e 5 anos Mais de 5 anos No que diz respeito à sétima questão “Quanto tempo passa em média, por semana, na Internet?”, verificamos que os nossos inquiridos fazem um uso moderado uma vez que a maior parte usa a Internet até 5 horas (41%), 32% dos inquiridos usam entre 5 e 10 horas, 10% usam entre 10 e 20 horas enquanto que 17% usam a Internet mais de 20 horas por semana.
  4. 4. 4 Relativamente à oitava questão “O tipo de acesso à Internet é feito devido a:”, verificamos, através do seguinte gráfico, que os inquiridos usam quase igualmente a Internet tanto para questões de trabalho como para divertimento/curiosidade. A atualização de conhecimentos aparece em último lugar com 26% de respostas. 34% 26% 40% Questões de trabalho Atualização de conhecimentos Divertimento/curiosidade No que concerne à nona questão “Onde estão instalados (ou são mais frequentemente utilizados se forem portáteis) o(s) computador(es) para uso das crianças e jovens (até 16 anos) em sua casa?” verificamos que a maioria dos inquiridos afirma que as crianças e jovens utilizam o computador em áreas comuns da casa (82%) e que apenas três dos inquiridos (4%) responderam que as crianças não tem acesso a computadores em casa. 4% 14% 82% As crianças/jovens não têm acesso a nenhum computador No(s) seu(s) quarto(s) Em áreas comuns da casa
  5. 5. 5 No que diz respeito à décima questão “Que dispositivos eletrónicos utilizam essas crianças/jovens?”, podemos constatar, a partir do seguinte gráfico, que os computadores portáteis (29%) e os tablets (23%) são os dispositivos mais utilizados e que o menos utilizado é o telemóvel, com 18% de respostas. 18% 19% 28% 12% 23% Telemóvel Consola Computador portátil Computador fixo Tablet Relativamente à décima primeira pergunta “Quanto tempo é usado por essas crianças/jovens na Internet?”, podemos verificar que a internet é usada entre meia hora e uma hora diária pela maior parte das crianças/jovens (49%) e que apenas 17% utiliza a internet mais do que uma hora por dia. 35% 48% 17% Menos de meia hora por dia Entre meia e uma hora por dia Mais de uma hora por dia
  6. 6. 6 Parte III – Utilização do Facebook No que diz respeito à décima segunda questão “Quanto tempo gasta em média, por dia, no Facebook?” verificamos que a maior parte dos inquiridos (59%) afirma passar menos de uma hora, 22% confirma que passa uma hora enquanto que 7% (5 dos inquiridos) diz que passa mais de três horas diárias no facebook. 59% 22% 11% 1% 7% Menos de 1 hora 1 hora 2 horas 3 horas Mais de 3 horas No que concerne à décima terceira questão “Que informações disponibiliza sobre si no seu perfil público?”, constatamos, através do seguinte quadro, que 28% dos inquiridos afirma que disponibilizam o seu nome completo e o concelho distrito onde vivem e que nenhum dos inquiridos disponibiliza número de telemóvel ou números de identificação pessoal. Informações disponibilizadas Total Percentagem Nome completo 37 28% Morada 7 5% Concelho e Distrito 37 28% Local de trabalho/Escola 31 24% Número de telemóvel 0 0% Números de identificação pessoal 0 0% Nenhuma das anteriores 18 14%
  7. 7. 7 Relativamente à décima quarta questão “As fotos do seu perfil permitem identificá-lo(a)?”, verificamos que 56 dos inquiridos (78%) afirmam que são identificáveis através das suas fotos de perfil enquanto que os restantes não são identificáveis, através da sua foto de perfil. Na décima quinta questão “Quantos amigos tem no facebook?”, verificamos que a maior parte dos inquiridos (39%) tem menos de cem amigos e que 10% (7 inquiridos) têm mais de quinhentos amigos. 39% 32% 19% 10% Menos de 100 Entre 100 e 200 Entre 200 e 500 Mais de 500 No que diz respeito à décima sexta questão “Por norma, aceita todos os pedidos de amizade que lhe são feitos?”, apenas um dos inquiridos o faz enquanto que os restantes (71) afirmam que não aceitam todos os pedidos de amizade que lhes são feitos. No que concerne à décima sétima questão “Conhece pessoalmente todos os seus “amigos” do facebook?”, verificamos que a maior parte dos inquiridos (76%) afirma conhecer todos os amigos do facebook e que dezassete dos inquiridos revela que não conhece pessoalmente todos os amigos do facebook.
  8. 8. 8 Relativamente à décima oitava questão “Partilha fotos suas ou de amigos e familiares?”, verificamos, através do seguinte gráfico, que a maior parte dos inquiridos (76%) partilha fotografias. No entanto, 43% partilha menos de 5 fotografias enquanto que 33% partilham várias vezes. 19% 4% 44% 33% Nunca partilho fotos Não, partilho fotos mas apenas de paisagens Sim, mas poucas vezes (menos de 5) Sim, várias vezes.
  9. 9. 9 Parte IV – Pegada Digital Relativamente à décima nona questão “Já ouviu a expressão "Pegada Digital" e sabe o seu significado?” podemos verificar que a maior parte dos inquiridos (65%) desconhece o significado da expressão “Pegada Digital” e que os restantes inquiridos (25) conhecem a expressão. 35% 65% Sim Não No que diz respeito à vigésima questão “Deixaria um futuro empregador consultar a sua página no Facebook?” verificamos que a maior parte dos inquiridos (57%) não deixaria um futuro empregador consultar a sua página do facebook. 43% 57% Sim Não
  10. 10. 10 No que concerne à vigésima primeira questão “Se um amigo partilhar uma foto sua numa rede social:”, constatamos que a maior parte dos inquiridos (24) afirmou que se isso aconteceu, foi sem o seu conhecimento mas por outro lado, 24% dos inquiridos afirmaram não se importar com esse facto. 32% 17% 10% 17% 24% Que eu saiba, isso nunca aconteceu Peço que retire a foto imediatamente A maioria das vezes até gosto Gosto e normalmente identifico-me e/ou partilho É-me indiferente, não faço nada Relativamente à vigésima segunda questão “Conhece algum caso de alguém que tenha visto fotos suas publicadas na Internet sem o seu consentimento sem conseguir que sejam retiradas?”, verificamos que a maior parte dos inquiridos (89%) respondeu negativamente enquanto que os restantes oito inquiridos responderam que conhecem alguém a quem esta situação já tenha acontecido. Relativamente à vigésima terceira questão “Que tipo de dados seus pensa que é possível encontrar na internet por qualquer pessoa?”, podemos verificar, a partir das respostas dadas, que a idade (22%), fotos (22%) e Escola/trabalho (20%) são os dados que os inquiridos pensam ser possíveis de encontrar com mais facilidade, por qualquer pessoa. Em último lugar, com 7% de respostas, aparece o local de residência. 21% 7% 20% 22% 16% 8% 6% Idade Local de Residência Escola/trabalho Fotos Estado Civil Desportos que pratica Hobbies
  11. 11. 11 Parte V – Encontros e Comportamentos No que diz respeito à vigésima quarta questão “Existe alguém que possa considerar um verdadeiro amigo/amiga mas que conhece apenas virtualmente?” constatamos que 10% dos inquiridos respondeu que existem algumas pessoas que apesar de só as conhecerem virtualmente, podem ser consideradas como amigas enquanto que os outros 90% consideram que não podem ser consideradas amigas, pessoas que só se conhece virtualmente. Relativamente à vigésima quinta questão “Conhece alguém fisicamente que tenha encontrado primeiro virtualmente?” verificamos que 78% dos inquiridos respondeu que não tem nenhum amigo físico que tenha encontrado primeiro virtualmente enquanto que os restantes inquiridos (16) afirmam que têm amigos físicos que encontraram virtualmente. 16; 22% 56; 78% Sim Não No que concerne à vigésima sexta questão “Encontrou virtualmente alguém que conhecia mas não via há muito tempo?”, verificamos que a maior parte dos inquiridos (65%) respondeu afirmativamente enquanto que os outros (25) responderam que não encontraram ninguém virtualmente e que já não viam há muito tempo.
  12. 12. 12 Relativamente à vigésima sétima questão “Se alguém, que apenas conhece virtualmente, pedisse para se encontrar consigo, o que faria?”, obtivemos muitas respostas diferentes, como podemos ver a partir da seguinte tabela: Respostas Total de inquiridos Percentagem Dizia que não 40 55,55% Nunca daria confiança para isso 2 2,77% Seria logo bloqueado 1 1,38% Não ia porque poderia ser perigoso 3 4,16% Conheço todos os meus amigos pessoalmente 7 9,72% Ia dizer logo a um adulto/Pais 2 2,77% Nada 2 2,77% Dependeria da pessoa e do contexto 5 6,94% Iria se fosse amigo de alguém que eu conhecesse pessoalmente 1 1,38% Ia e encontrava-me com a pessoa num sítio público. * 4 5,55% Avisaria as autoridades policiais 1 1,38% Ia ao encontro 2 2,77% Dependeria do grau de empatia que tivesse com a pessoa 2 2,77% * Dois dos inquiridos explicam a resposta dada de acordo com a sua vida pessoal uma vez que conheceram os(as) companheiros(as) numa situação semelhante e dizem que são muito felizes. No entanto, referem que foi “um tiro no escuro” e que algo poderia ter corrido mal. No que diz respeito à última questão “Conhece alguém que possa considerar já ter sido vítima de:”, a maior parte dos inquiridos (53%) referiu que conhecem pessoas dependentes das tecnologias e que apenas 4 inquiridos (5%) conhecem pessoas vítimas de cyberbullying. 16% 26% 5% 53% uma burla através da internet subscrição involuntária de serviços pagos pelo telemóvel cyberbullying Vício/dependência das tecnologias

×