SlideShare uma empresa Scribd logo
EMBALAGEM DOS PRODUTOS
IMPORTÂNCIA DA EMBALAGEM?

   A embalagem é o principal elemento de conexão e de
    comunicação entre o consumidor, o produto e a marca. É
    um dos principais fatores que impulsionam a venda do
    produto. Se a embalagem não for condizente com o
    produto, não chamar a atenção de quem o compra, a
    chance do consumidor não perceber o produto é maior.
IMPORTÂNCIA DO DESIGN E DA COR?

   É um fator muito importante na construção desse poderoso componente
    dos produtos.
   Cada cor possui uma característica única. O vermelho é a cor que mais
    se destaca visualmente e a mais rapidamente distinguida pelos olhos. O
    laranja é resultado da mistura do vermelho com o amarelo e as áreas
    coloridas pelo laranja parecem sempre maiores do que são na
    realidade. O amarelo é uma cor fundamental e passa a ideia de
    atenção. O verde é uma das três cores primárias em cor-luz e
    representa a esperança. O azul é a cor mais escura das três cores
    primárias e todas as cores que se misturam com ela esfriam se, por ser
    ele a mais fria das cores. O violeta significa a conquista impulsiva do
    Vermelho com a entrega delicada do azul. O magenta é uma cor
    próxima ao violeta, e simboliza
    devoção, fé, temperança, castidade, dignidade, abundância, riqueza, au
    toridade e poder. O marrom não existe como luz colorida, por ser um
    amarelo sombrio. O branco é a síntese aditiva das luzes coloridas. Uma
    cor-luz e sua complementar sempre produzem o branco.
IMPACTO VISUAL?

   De grande impacto visual, as embalagens comunicam os valores das
    marcas dos produtos que embalam, fator determinante no processo de
    compra de consumidores cada vez mais exigentes.
   O design da embalagem passa a responder pela diferenciação do
    produto, criando impacto visual necessário para a sua
    identificação, atraindo o consumidor e estabelecendo um contato
    emocional com este. O elo de ligação e de comunicação estabelecido
    entre produto, consumidor e marca, se eficiente, pode resultar em
    fidelidade mesmo que temporária - à marca adquirida. As cores e
    formas conferidas às embalagens podem adquirir significados
    simbólicos e sugerir determinadas impressões e estados emocionais
    resultando num bom funcionamento dos objetivos finais da mensagem
    publicitária. Pois, além de haver identificação do consumidor com o
    produto no ponto de venda através da embalagem, esta ainda pode
    permanecer com o consumidor passando a conviver na sua casa por
    determinado tempo e assim se estabelecer um vínculo emocional
    bastante favorável aos objetivos de marketing.
EMBALAGENS DE PAPEL CARTÃO:

   As empresas utilizam as mais avançadas tecnologias de impressão
    offset para a, criação e produção de cartuchos.
   As embalagens de papel cartão são produzidas em até sete cores mais
    verniz, com a gravação de chapas offset através da tecnologia CTP
    (Computer-to-Plate), diretamente do arquivo digital, ou seja, sem a
    necessidade do uso de filmes.
   Essa tecnologia confere qualidade superior à imagem, um registro de
    cores perfeito e constante, além de menor desgaste do
    material, aumento da resistência da embalagem e garante a ausência
    decontato manual.
EMBALAGEM DE PAPELÃO ONDULADO:

   A impressão direta em policromia (cinco cores + verniz) e a aplicação de rótulos
    pré-impressos possibilitaram à embalagem de transporte uma nova concepção:
    integrar proteção com a comunicação visual do produto.
   Se a embalagem de papelão ondulado pode ser sofisticada e reforçar a
    comunicação visual do produto, pode também se utilizada como um display.
    Descartável, barato, reciclável, leve e resistente, material produzido com
    papelão ondulado viabiliza qualquer projeto promocional.
   Além de melhorar a exposição do produto no ponto-de-venda, aplica o conceito
    de substituição de materiais para transporte: Contêiner Reciclável de 1.000
    litros - para substituir os contentores plásticos ou de metal que geralmente são
    usados; e o Bulk Container - linha de produtos ajustáveis para grandes
    volumes.
O VIDRO:

   O vidro é utilizado em larga escala, em diversas linhas e
    categoria de produtos, e se destaca por ser um material que
    contém as mais completas qualidades exigidas pelas
    embalagens modernas e ainda ser 100% ecologicamente
    correto.
POR QUE UTILIZAR O VIDRO?

   O sucesso do seu produto está diretamente relacionado com o impacto
    visual da embalagem no ponto de venda. O vidro atrai a atenção do
    consumidor, além de seduzir e impulsionar as vendas.
   O vidro possui inúmeras características tornando-o versátil e seguro
    para diversos produtos: alimentos, bebidas
    alcoólicas, cervejas, sucos, águas minerais e refrigerantes.
NAS EMBALAGENS PODEM RETIRAR VARIAS
QUALIDADES:
   Transparente e elegante: o consumidor visualiza o que pretende comprar. Os produtos ganham uma imagem
    nobre, sofisticada e confiável.

   Higiénico: o vidro é fabricado com elementos naturais, protegendo os produtos durante mais tempo e
    dispensando conservantes adicionais.

   Inerte: o vidro não reage quimicamente. Por ser neutro, os produtos não sofrem alterações de sabor ou de
    qualidade.

   Impermeável: por não ser poroso, funciona como uma barreira contra qualquer agente exterior, mantendo
    assim os produtos mais frescos, aumentando o "shelf-life" em relação a outros tipos de embalagens.

   Prático: após o uso, o produto pode ser espalmado, caso não seja consumido em sua totalidade.

   Resistente: mudanças bruscas de temperatura, cargas verticais e humidade não são problema para as
    embalagens de vidro.

   Microondas: pode ser usado diretamente no microondas.

   Versátil: formas, cores, tamanhas são detalhes que fazem diferença no ponto de venda.

   Múltiplo uso: as embalagens de vidro podem ser reaproveitadas.

   Reciclável: o vidro é a única embalagem amiga da natureza e 100% reciclável.
COMPOSIÇÃO:

   O vidro é composto por
    areia, calcário, barrilha, alumina e corantes
    ou descorantes.
PROCESSOS DE FABRICAÇÃO

   As embalagens de vidro dividem-se em dois tipos: boca larga e boca estreita, para cada tipo
    existem um processo mais apropriado de fabricação.


   O processo de fabricação da embalagem é dividido em dois estágios. No primeiro estágio é
    moldado o arremate (boca) da embalagem. No segundo estágio, com a utilização da forma, é
    usado o sopro (ar comprimido) e define-se o formato e gravações do produto:
   Blow and Blow: (Soprado e Soprado) é utilizado para embalagens de boca estreita. São
    embalagens com maior peso e velocidades menores.
   Press and Blow: (Prensado e Soprado) utilizado para produtos de boca larga com peso inferior
    e maior velocidade de produção.
EMBALAGENS DE PLÁSTICO:

   Embalagem de plástico é uma técnica e uma ferramenta de
    marketing. A embalagem não é um conceito que facilita o
    manuseio de distribuição e armazenagem de produtos
    domésticos. Ele assegura que os produtos
    naturalmente, proteger a sua qualidade e para sugerir uma
    vida de prateleira. Mas a embalagem de plástico é também
    uma ferramenta excepcional de comunicação que não deve
    ser menosprezada. É um conceito que faz parte de uma
    estratégia global de marketing amplamente estudado pelos
    estudiosos ansiosos para maximizar as vendas.
    Embalagens de plástico torna possível desencadearem um
    impacto visual imediato que aumenta o produto. Ele fornece
    uma maneira sensata de comunicação em tempo real para
    os consumidores e destaca os pontos fortes da marca.
   O desempenho das embalagens de plástico de um fabricante especializado
    boas práticas no domínio.
   Existem vários tipos de embalagens de plástico no mercado. Fabricantes de
    especialistas no assunto em projetar recipientes eficaz mais eficiente. Os
    pacotes padrão plástico se tornam cada vez mais popular com os
    fornecedores, independentemente do sector de mercado. O polipropileno é
    muito utilizado nos contentores porque é um componente robusto e confiável.
    Ele pode gerar umas multi-adaptações de cinema. Muitos fabricantes de
    embalagens plásticas para escolher. Alguns especialistas em embalagens de
    plástico têm também utilizado em técnicas de processamento aplicadas por
    injeção de materiais plásticos.
ROTULAGEM DA ETIQUETA?

   A rotulagem pode ser definida como o acto de atribuir uma
    característica ou uma marca distintiva. No caso concreto dos rótulos
    ecológicos a característica que se pretende atribuir está relacionada
    com o menor impacte ambiental associado a um produto, serviço ou
    empresa.
   Tipo I - Rotulagem ambiental Tipo I (ISO 14024) – prevê a minimização
    dos impactes ambientais ao longo do ciclo de vida do produto, estando
    os critérios disponíveis para todas as partes interessadas e prevendo
    certificação de terceira parte;
    Tipo II ou alegações ambientais auto-declaradas (ISO 14021) – prevê a
    alegação sobre aspectos ambientais de um produto, não sendo
    certificado nem recorrendo a critérios validados, pelo que o seu nível de
    transparência e credibilidade é menor do que os outros dois tipos;
    Tipo III ou declarações ambientais do produto (ISO 14025) – prevê a
    quantificação dos impactes ambientais do produto ao longo do seu ciclo
    de vida, sendo os dados verificados por uma entidade
    independente, servindo como instrumento de comunicação ao fornecer
    informação verificável e rigorosa sobre aspectos ambientais.
   Existem no mercado vários tipos de rótulos ambientais, essencialmente dos
    Tipos I e II, alguns de aplicação a diferentes tipos de produtos, como é o caso
    do Rótulo Ecológico Comunitário, e outros específicos para determinados
    produtos, como, por exemplo, o OEKO-TEX®100 que é aplicável a artigos
    têxteis. Assim, uma empresa têxtil que queira os seus produtos reconhecidos
    com um cariz ambiental, encontra no mercado um leque bastante alargado de
    opções. Embora a sua escolha seja normalmente orientada pelas exigências
    dos clientes, há situações em que as empresas definem uma estratégia para a
    colocação de determinada gama de produtos no mercado e seleccionam o
    rótulo tendo em consideração a estratégia definida.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Fabiomestriner Apresentacao
Fabiomestriner ApresentacaoFabiomestriner Apresentacao
Fabiomestriner Apresentacao
Tribunal de Justiça de Mato Grosso
 
Embalagens como Ferramentas de Marketing
Embalagens como Ferramentas de MarketingEmbalagens como Ferramentas de Marketing
Embalagens como Ferramentas de Marketing
Alexandre Conte
 
Aula 01 embalagem e rotulagem de alimentos
Aula 01 embalagem e rotulagem de alimentosAula 01 embalagem e rotulagem de alimentos
Aula 01 embalagem e rotulagem de alimentos
CristianeSantos249889
 
Memorial 3.0 (papelaria e embalagem) / Maceió Cultura
Memorial 3.0 (papelaria e embalagem)  / Maceió CulturaMemorial 3.0 (papelaria e embalagem)  / Maceió Cultura
Memorial 3.0 (papelaria e embalagem) / Maceió Cultura
Raphael Araujo
 
Palestra "Design de Embalagem e Estratégia Internacional"
Palestra "Design de Embalagem e Estratégia Internacional"Palestra "Design de Embalagem e Estratégia Internacional"
Palestra "Design de Embalagem e Estratégia Internacional"
Sustentare Escola de Negócios
 
Design e Inovação de Embalagem - Prof. Fábio Mestriner
Design e Inovação de Embalagem - Prof. Fábio MestrinerDesign e Inovação de Embalagem - Prof. Fábio Mestriner
Design e Inovação de Embalagem - Prof. Fábio Mestriner
Sustentare Escola de Negócios
 
Apresentação logistica final
Apresentação logistica finalApresentação logistica final
Apresentação logistica final
aribeiro2013
 
Tipos de Embalagens
Tipos de EmbalagensTipos de Embalagens
Tipos de Embalagens
Willian dos Santos Abreu
 
Design de Embalagens
Design de EmbalagensDesign de Embalagens
Design de Embalagens
Sebastião Ademir da Silva
 
10 pontos chave para o design de embalagem
10 pontos chave para o design de embalagem10 pontos chave para o design de embalagem
10 pontos chave para o design de embalagem
Nucleo de Estudos da Embalagem ESPM
 
Embalagens e movimentação de cargas
Embalagens e movimentação de cargasEmbalagens e movimentação de cargas
Embalagens e movimentação de cargas
Gabriel Castelo Branco
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
Elielba Chapermann
 
Design de embalagem para novos produtos
Design de embalagem para novos produtosDesign de embalagem para novos produtos
Design de embalagem para novos produtos
Ana Carol Campos
 
Slide logistica
Slide logisticaSlide logistica
Slide logistica
Zaymon Zarondy
 
Release rótulo bula plastificado
Release rótulo bula plastificado Release rótulo bula plastificado
Release rótulo bula plastificado
Novelprint | Rótulos e Etiquetas Autoadesivas
 
Indústrias e meio ambiente novo
Indústrias e meio ambiente novoIndústrias e meio ambiente novo
Indústrias e meio ambiente novo
Atividades Diversas Cláudia
 
Tópicos 17, 18, 19 e 20 geografia
Tópicos 17, 18, 19 e 20 geografiaTópicos 17, 18, 19 e 20 geografia
Tópicos 17, 18, 19 e 20 geografia
Atividades Diversas Cláudia
 

Mais procurados (17)

Fabiomestriner Apresentacao
Fabiomestriner ApresentacaoFabiomestriner Apresentacao
Fabiomestriner Apresentacao
 
Embalagens como Ferramentas de Marketing
Embalagens como Ferramentas de MarketingEmbalagens como Ferramentas de Marketing
Embalagens como Ferramentas de Marketing
 
Aula 01 embalagem e rotulagem de alimentos
Aula 01 embalagem e rotulagem de alimentosAula 01 embalagem e rotulagem de alimentos
Aula 01 embalagem e rotulagem de alimentos
 
Memorial 3.0 (papelaria e embalagem) / Maceió Cultura
Memorial 3.0 (papelaria e embalagem)  / Maceió CulturaMemorial 3.0 (papelaria e embalagem)  / Maceió Cultura
Memorial 3.0 (papelaria e embalagem) / Maceió Cultura
 
Palestra "Design de Embalagem e Estratégia Internacional"
Palestra "Design de Embalagem e Estratégia Internacional"Palestra "Design de Embalagem e Estratégia Internacional"
Palestra "Design de Embalagem e Estratégia Internacional"
 
Design e Inovação de Embalagem - Prof. Fábio Mestriner
Design e Inovação de Embalagem - Prof. Fábio MestrinerDesign e Inovação de Embalagem - Prof. Fábio Mestriner
Design e Inovação de Embalagem - Prof. Fábio Mestriner
 
Apresentação logistica final
Apresentação logistica finalApresentação logistica final
Apresentação logistica final
 
Tipos de Embalagens
Tipos de EmbalagensTipos de Embalagens
Tipos de Embalagens
 
Design de Embalagens
Design de EmbalagensDesign de Embalagens
Design de Embalagens
 
10 pontos chave para o design de embalagem
10 pontos chave para o design de embalagem10 pontos chave para o design de embalagem
10 pontos chave para o design de embalagem
 
Embalagens e movimentação de cargas
Embalagens e movimentação de cargasEmbalagens e movimentação de cargas
Embalagens e movimentação de cargas
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
 
Design de embalagem para novos produtos
Design de embalagem para novos produtosDesign de embalagem para novos produtos
Design de embalagem para novos produtos
 
Slide logistica
Slide logisticaSlide logistica
Slide logistica
 
Release rótulo bula plastificado
Release rótulo bula plastificado Release rótulo bula plastificado
Release rótulo bula plastificado
 
Indústrias e meio ambiente novo
Indústrias e meio ambiente novoIndústrias e meio ambiente novo
Indústrias e meio ambiente novo
 
Tópicos 17, 18, 19 e 20 geografia
Tópicos 17, 18, 19 e 20 geografiaTópicos 17, 18, 19 e 20 geografia
Tópicos 17, 18, 19 e 20 geografia
 

Destaque

Nova luz
Nova luzNova luz
Nova luz
eeciaap
 
A vuelo de neblí aligero x (carlos1)
A vuelo de neblí aligero   x (carlos1)A vuelo de neblí aligero   x (carlos1)
A vuelo de neblí aligero x (carlos1)
Carlos Herrera Rozo
 
Trabajo
TrabajoTrabajo
Trabajo
danielabonett
 
Avas
AvasAvas
Avas
pippesin
 
Actuar como un rebaño o como seres pensantes
Actuar como un rebaño o como seres pensantesActuar como un rebaño o como seres pensantes
Actuar como un rebaño o como seres pensantes
Carlos Herrera Rozo
 
Actividades complementarias grado 11 2014
Actividades complementarias grado 11 2014Actividades complementarias grado 11 2014
Actividades complementarias grado 11 2014
haroldsilvaahumada
 
Organização de espaço de venda
Organização de espaço de vendaOrganização de espaço de venda
Organização de espaço de venda
joaocgoulart
 
5 como integrar las nuevas tecnologías
5 como integrar las nuevas tecnologías5 como integrar las nuevas tecnologías
5 como integrar las nuevas tecnologías
UTPL_XAVIER
 
A los colombianos
A los colombianosA los colombianos
A los colombianos
Carlos Herrera Rozo
 
A proposito de los discursos vacios
A proposito de los discursos vaciosA proposito de los discursos vacios
A proposito de los discursos vacios
Carlos Herrera Rozo
 
Ciencias f
Ciencias fCiencias f
E.P. N°4
E.P. N°4E.P. N°4
O tesouro
O tesouroO tesouro
O tesouro
Piefbenfica3OC
 
Portafolio De Servicios
Portafolio De ServiciosPortafolio De Servicios
Portafolio De Servicios
Rafael Cantillo
 
Soluciones CRM con SugarCRM - ALKAID
Soluciones CRM con SugarCRM - ALKAIDSoluciones CRM con SugarCRM - ALKAID
Soluciones CRM con SugarCRM - ALKAID
Alkaid · Open Source Business Software
 
Vip lounge
Vip loungeVip lounge
Vip lounge
Softnyx Brasil
 
Parceria entre emunah invest e parceiro palestra gratuita sobre 13º
Parceria entre emunah invest e parceiro   palestra gratuita sobre 13ºParceria entre emunah invest e parceiro   palestra gratuita sobre 13º
Parceria entre emunah invest e parceiro palestra gratuita sobre 13º
Emunah Invest
 
Modelos de Negócios
Modelos de NegóciosModelos de Negócios
Modelos de Negócios
Agência de Cocriação
 
Valvula funcionamento
Valvula funcionamentoValvula funcionamento
Valvula funcionamento
Joao Pedro Turibio
 

Destaque (20)

Nova luz
Nova luzNova luz
Nova luz
 
A vuelo de neblí aligero x (carlos1)
A vuelo de neblí aligero   x (carlos1)A vuelo de neblí aligero   x (carlos1)
A vuelo de neblí aligero x (carlos1)
 
Trabajo
TrabajoTrabajo
Trabajo
 
Avas
AvasAvas
Avas
 
Resums Carla Cofiño
Resums Carla CofiñoResums Carla Cofiño
Resums Carla Cofiño
 
Actuar como un rebaño o como seres pensantes
Actuar como un rebaño o como seres pensantesActuar como un rebaño o como seres pensantes
Actuar como un rebaño o como seres pensantes
 
Actividades complementarias grado 11 2014
Actividades complementarias grado 11 2014Actividades complementarias grado 11 2014
Actividades complementarias grado 11 2014
 
Organização de espaço de venda
Organização de espaço de vendaOrganização de espaço de venda
Organização de espaço de venda
 
5 como integrar las nuevas tecnologías
5 como integrar las nuevas tecnologías5 como integrar las nuevas tecnologías
5 como integrar las nuevas tecnologías
 
A los colombianos
A los colombianosA los colombianos
A los colombianos
 
A proposito de los discursos vacios
A proposito de los discursos vaciosA proposito de los discursos vacios
A proposito de los discursos vacios
 
Ciencias f
Ciencias fCiencias f
Ciencias f
 
E.P. N°4
E.P. N°4E.P. N°4
E.P. N°4
 
O tesouro
O tesouroO tesouro
O tesouro
 
Portafolio De Servicios
Portafolio De ServiciosPortafolio De Servicios
Portafolio De Servicios
 
Soluciones CRM con SugarCRM - ALKAID
Soluciones CRM con SugarCRM - ALKAIDSoluciones CRM con SugarCRM - ALKAID
Soluciones CRM con SugarCRM - ALKAID
 
Vip lounge
Vip loungeVip lounge
Vip lounge
 
Parceria entre emunah invest e parceiro palestra gratuita sobre 13º
Parceria entre emunah invest e parceiro   palestra gratuita sobre 13ºParceria entre emunah invest e parceiro   palestra gratuita sobre 13º
Parceria entre emunah invest e parceiro palestra gratuita sobre 13º
 
Modelos de Negócios
Modelos de NegóciosModelos de Negócios
Modelos de Negócios
 
Valvula funcionamento
Valvula funcionamentoValvula funcionamento
Valvula funcionamento
 

Semelhante a Embalagem dos produtos

Embalagem Uma Poderosa Ferramenta De Marketing
Embalagem Uma Poderosa Ferramenta De MarketingEmbalagem Uma Poderosa Ferramenta De Marketing
Embalagem Uma Poderosa Ferramenta De Marketing
keilajsantos
 
Ap Emb
Ap EmbAp Emb
Premio abre 2009
Premio abre 2009Premio abre 2009
Premio abre 2009
Elielba Chapermann
 
Design responsabilidade social e sustentabilidade
Design responsabilidade social e sustentabilidadeDesign responsabilidade social e sustentabilidade
Design responsabilidade social e sustentabilidade
Nuno Tasso de Figueiredo
 
Premio abre 2010
Premio abre 2010Premio abre 2010
Premio abre 2010
Elielba Chapermann
 
Gestão de Produtos
Gestão de ProdutosGestão de Produtos
Gestão de Produtos
Mario Borges Neto
 
Portfolio Ecoview
Portfolio EcoviewPortfolio Ecoview
Portfolio Ecoview
Ecoview
 
Packaging
PackagingPackaging
Packaging
BarbaraMarques38
 
Aula 11 - AEN Embalagens
Aula 11 - AEN EmbalagensAula 11 - AEN Embalagens
Aula 11 - AEN Embalagens
Angelo Peres
 
Portfólio Ecoview Comunicação Visual em Sorocaba
Portfólio Ecoview Comunicação Visual em Sorocaba Portfólio Ecoview Comunicação Visual em Sorocaba
Portfólio Ecoview Comunicação Visual em Sorocaba
Sorocaba - SP
 
Design de Rótulo e Embalagem
Design de Rótulo e EmbalagemDesign de Rótulo e Embalagem
Design de Rótulo e Embalagem
Tribunal de Justiça de Mato Grosso
 
Semi7-Mercado-Verde-Marketing-Ambiental.pdf
Semi7-Mercado-Verde-Marketing-Ambiental.pdfSemi7-Mercado-Verde-Marketing-Ambiental.pdf
Semi7-Mercado-Verde-Marketing-Ambiental.pdf
LucasBoto2
 
Gestão de produtos tangíveis e intangíveis.
Gestão de produtos tangíveis e intangíveis.Gestão de produtos tangíveis e intangíveis.

Semelhante a Embalagem dos produtos (13)

Embalagem Uma Poderosa Ferramenta De Marketing
Embalagem Uma Poderosa Ferramenta De MarketingEmbalagem Uma Poderosa Ferramenta De Marketing
Embalagem Uma Poderosa Ferramenta De Marketing
 
Ap Emb
Ap EmbAp Emb
Ap Emb
 
Premio abre 2009
Premio abre 2009Premio abre 2009
Premio abre 2009
 
Design responsabilidade social e sustentabilidade
Design responsabilidade social e sustentabilidadeDesign responsabilidade social e sustentabilidade
Design responsabilidade social e sustentabilidade
 
Premio abre 2010
Premio abre 2010Premio abre 2010
Premio abre 2010
 
Gestão de Produtos
Gestão de ProdutosGestão de Produtos
Gestão de Produtos
 
Portfolio Ecoview
Portfolio EcoviewPortfolio Ecoview
Portfolio Ecoview
 
Packaging
PackagingPackaging
Packaging
 
Aula 11 - AEN Embalagens
Aula 11 - AEN EmbalagensAula 11 - AEN Embalagens
Aula 11 - AEN Embalagens
 
Portfólio Ecoview Comunicação Visual em Sorocaba
Portfólio Ecoview Comunicação Visual em Sorocaba Portfólio Ecoview Comunicação Visual em Sorocaba
Portfólio Ecoview Comunicação Visual em Sorocaba
 
Design de Rótulo e Embalagem
Design de Rótulo e EmbalagemDesign de Rótulo e Embalagem
Design de Rótulo e Embalagem
 
Semi7-Mercado-Verde-Marketing-Ambiental.pdf
Semi7-Mercado-Verde-Marketing-Ambiental.pdfSemi7-Mercado-Verde-Marketing-Ambiental.pdf
Semi7-Mercado-Verde-Marketing-Ambiental.pdf
 
Gestão de produtos tangíveis e intangíveis.
Gestão de produtos tangíveis e intangíveis.Gestão de produtos tangíveis e intangíveis.
Gestão de produtos tangíveis e intangíveis.
 

Mais de joaocgoulart

Fnac - Fidelização de clientes
Fnac - Fidelização de clientesFnac - Fidelização de clientes
Fnac - Fidelização de clientes
joaocgoulart
 
Comunicação interpessoal tiago e goulart
Comunicação interpessoal tiago e goulartComunicação interpessoal tiago e goulart
Comunicação interpessoal tiago e goulart
joaocgoulart
 
Estratégia de Fidelizaçao de Clientes
Estratégia de Fidelizaçao de ClientesEstratégia de Fidelizaçao de Clientes
Estratégia de Fidelizaçao de Clientes
joaocgoulart
 
Circuito de correspondência
Circuito de correspondênciaCircuito de correspondência
Circuito de correspondência
joaocgoulart
 
Aprovisionamento
AprovisionamentoAprovisionamento
Aprovisionamento
joaocgoulart
 
Armazenagem de mercadorias
Armazenagem de mercadoriasArmazenagem de mercadorias
Armazenagem de mercadorias
joaocgoulart
 
Armazenagem de mercadorias
Armazenagem de mercadoriasArmazenagem de mercadorias
Armazenagem de mercadorias
joaocgoulart
 
Aprovisionamento
AprovisionamentoAprovisionamento
Aprovisionamento
joaocgoulart
 
4º trabalho de sm
4º trabalho de sm4º trabalho de sm
4º trabalho de sm
joaocgoulart
 

Mais de joaocgoulart (9)

Fnac - Fidelização de clientes
Fnac - Fidelização de clientesFnac - Fidelização de clientes
Fnac - Fidelização de clientes
 
Comunicação interpessoal tiago e goulart
Comunicação interpessoal tiago e goulartComunicação interpessoal tiago e goulart
Comunicação interpessoal tiago e goulart
 
Estratégia de Fidelizaçao de Clientes
Estratégia de Fidelizaçao de ClientesEstratégia de Fidelizaçao de Clientes
Estratégia de Fidelizaçao de Clientes
 
Circuito de correspondência
Circuito de correspondênciaCircuito de correspondência
Circuito de correspondência
 
Aprovisionamento
AprovisionamentoAprovisionamento
Aprovisionamento
 
Armazenagem de mercadorias
Armazenagem de mercadoriasArmazenagem de mercadorias
Armazenagem de mercadorias
 
Armazenagem de mercadorias
Armazenagem de mercadoriasArmazenagem de mercadorias
Armazenagem de mercadorias
 
Aprovisionamento
AprovisionamentoAprovisionamento
Aprovisionamento
 
4º trabalho de sm
4º trabalho de sm4º trabalho de sm
4º trabalho de sm
 

Embalagem dos produtos

  • 2. IMPORTÂNCIA DA EMBALAGEM?  A embalagem é o principal elemento de conexão e de comunicação entre o consumidor, o produto e a marca. É um dos principais fatores que impulsionam a venda do produto. Se a embalagem não for condizente com o produto, não chamar a atenção de quem o compra, a chance do consumidor não perceber o produto é maior.
  • 3. IMPORTÂNCIA DO DESIGN E DA COR?  É um fator muito importante na construção desse poderoso componente dos produtos.  Cada cor possui uma característica única. O vermelho é a cor que mais se destaca visualmente e a mais rapidamente distinguida pelos olhos. O laranja é resultado da mistura do vermelho com o amarelo e as áreas coloridas pelo laranja parecem sempre maiores do que são na realidade. O amarelo é uma cor fundamental e passa a ideia de atenção. O verde é uma das três cores primárias em cor-luz e representa a esperança. O azul é a cor mais escura das três cores primárias e todas as cores que se misturam com ela esfriam se, por ser ele a mais fria das cores. O violeta significa a conquista impulsiva do Vermelho com a entrega delicada do azul. O magenta é uma cor próxima ao violeta, e simboliza devoção, fé, temperança, castidade, dignidade, abundância, riqueza, au toridade e poder. O marrom não existe como luz colorida, por ser um amarelo sombrio. O branco é a síntese aditiva das luzes coloridas. Uma cor-luz e sua complementar sempre produzem o branco.
  • 4. IMPACTO VISUAL?  De grande impacto visual, as embalagens comunicam os valores das marcas dos produtos que embalam, fator determinante no processo de compra de consumidores cada vez mais exigentes.  O design da embalagem passa a responder pela diferenciação do produto, criando impacto visual necessário para a sua identificação, atraindo o consumidor e estabelecendo um contato emocional com este. O elo de ligação e de comunicação estabelecido entre produto, consumidor e marca, se eficiente, pode resultar em fidelidade mesmo que temporária - à marca adquirida. As cores e formas conferidas às embalagens podem adquirir significados simbólicos e sugerir determinadas impressões e estados emocionais resultando num bom funcionamento dos objetivos finais da mensagem publicitária. Pois, além de haver identificação do consumidor com o produto no ponto de venda através da embalagem, esta ainda pode permanecer com o consumidor passando a conviver na sua casa por determinado tempo e assim se estabelecer um vínculo emocional bastante favorável aos objetivos de marketing.
  • 5. EMBALAGENS DE PAPEL CARTÃO:  As empresas utilizam as mais avançadas tecnologias de impressão offset para a, criação e produção de cartuchos.  As embalagens de papel cartão são produzidas em até sete cores mais verniz, com a gravação de chapas offset através da tecnologia CTP (Computer-to-Plate), diretamente do arquivo digital, ou seja, sem a necessidade do uso de filmes.  Essa tecnologia confere qualidade superior à imagem, um registro de cores perfeito e constante, além de menor desgaste do material, aumento da resistência da embalagem e garante a ausência decontato manual.
  • 6. EMBALAGEM DE PAPELÃO ONDULADO:  A impressão direta em policromia (cinco cores + verniz) e a aplicação de rótulos pré-impressos possibilitaram à embalagem de transporte uma nova concepção: integrar proteção com a comunicação visual do produto.  Se a embalagem de papelão ondulado pode ser sofisticada e reforçar a comunicação visual do produto, pode também se utilizada como um display. Descartável, barato, reciclável, leve e resistente, material produzido com papelão ondulado viabiliza qualquer projeto promocional.  Além de melhorar a exposição do produto no ponto-de-venda, aplica o conceito de substituição de materiais para transporte: Contêiner Reciclável de 1.000 litros - para substituir os contentores plásticos ou de metal que geralmente são usados; e o Bulk Container - linha de produtos ajustáveis para grandes volumes.
  • 7. O VIDRO:  O vidro é utilizado em larga escala, em diversas linhas e categoria de produtos, e se destaca por ser um material que contém as mais completas qualidades exigidas pelas embalagens modernas e ainda ser 100% ecologicamente correto.
  • 8. POR QUE UTILIZAR O VIDRO?  O sucesso do seu produto está diretamente relacionado com o impacto visual da embalagem no ponto de venda. O vidro atrai a atenção do consumidor, além de seduzir e impulsionar as vendas.  O vidro possui inúmeras características tornando-o versátil e seguro para diversos produtos: alimentos, bebidas alcoólicas, cervejas, sucos, águas minerais e refrigerantes.
  • 9. NAS EMBALAGENS PODEM RETIRAR VARIAS QUALIDADES:  Transparente e elegante: o consumidor visualiza o que pretende comprar. Os produtos ganham uma imagem nobre, sofisticada e confiável.  Higiénico: o vidro é fabricado com elementos naturais, protegendo os produtos durante mais tempo e dispensando conservantes adicionais.  Inerte: o vidro não reage quimicamente. Por ser neutro, os produtos não sofrem alterações de sabor ou de qualidade.  Impermeável: por não ser poroso, funciona como uma barreira contra qualquer agente exterior, mantendo assim os produtos mais frescos, aumentando o "shelf-life" em relação a outros tipos de embalagens.  Prático: após o uso, o produto pode ser espalmado, caso não seja consumido em sua totalidade.  Resistente: mudanças bruscas de temperatura, cargas verticais e humidade não são problema para as embalagens de vidro.  Microondas: pode ser usado diretamente no microondas.  Versátil: formas, cores, tamanhas são detalhes que fazem diferença no ponto de venda.  Múltiplo uso: as embalagens de vidro podem ser reaproveitadas.  Reciclável: o vidro é a única embalagem amiga da natureza e 100% reciclável.
  • 10. COMPOSIÇÃO:  O vidro é composto por areia, calcário, barrilha, alumina e corantes ou descorantes.
  • 11. PROCESSOS DE FABRICAÇÃO  As embalagens de vidro dividem-se em dois tipos: boca larga e boca estreita, para cada tipo existem um processo mais apropriado de fabricação.   O processo de fabricação da embalagem é dividido em dois estágios. No primeiro estágio é moldado o arremate (boca) da embalagem. No segundo estágio, com a utilização da forma, é usado o sopro (ar comprimido) e define-se o formato e gravações do produto:  Blow and Blow: (Soprado e Soprado) é utilizado para embalagens de boca estreita. São embalagens com maior peso e velocidades menores.  Press and Blow: (Prensado e Soprado) utilizado para produtos de boca larga com peso inferior e maior velocidade de produção.
  • 12. EMBALAGENS DE PLÁSTICO:  Embalagem de plástico é uma técnica e uma ferramenta de marketing. A embalagem não é um conceito que facilita o manuseio de distribuição e armazenagem de produtos domésticos. Ele assegura que os produtos naturalmente, proteger a sua qualidade e para sugerir uma vida de prateleira. Mas a embalagem de plástico é também uma ferramenta excepcional de comunicação que não deve ser menosprezada. É um conceito que faz parte de uma estratégia global de marketing amplamente estudado pelos estudiosos ansiosos para maximizar as vendas. Embalagens de plástico torna possível desencadearem um impacto visual imediato que aumenta o produto. Ele fornece uma maneira sensata de comunicação em tempo real para os consumidores e destaca os pontos fortes da marca.
  • 13. O desempenho das embalagens de plástico de um fabricante especializado boas práticas no domínio.  Existem vários tipos de embalagens de plástico no mercado. Fabricantes de especialistas no assunto em projetar recipientes eficaz mais eficiente. Os pacotes padrão plástico se tornam cada vez mais popular com os fornecedores, independentemente do sector de mercado. O polipropileno é muito utilizado nos contentores porque é um componente robusto e confiável. Ele pode gerar umas multi-adaptações de cinema. Muitos fabricantes de embalagens plásticas para escolher. Alguns especialistas em embalagens de plástico têm também utilizado em técnicas de processamento aplicadas por injeção de materiais plásticos.
  • 14. ROTULAGEM DA ETIQUETA?  A rotulagem pode ser definida como o acto de atribuir uma característica ou uma marca distintiva. No caso concreto dos rótulos ecológicos a característica que se pretende atribuir está relacionada com o menor impacte ambiental associado a um produto, serviço ou empresa.  Tipo I - Rotulagem ambiental Tipo I (ISO 14024) – prevê a minimização dos impactes ambientais ao longo do ciclo de vida do produto, estando os critérios disponíveis para todas as partes interessadas e prevendo certificação de terceira parte;  Tipo II ou alegações ambientais auto-declaradas (ISO 14021) – prevê a alegação sobre aspectos ambientais de um produto, não sendo certificado nem recorrendo a critérios validados, pelo que o seu nível de transparência e credibilidade é menor do que os outros dois tipos;  Tipo III ou declarações ambientais do produto (ISO 14025) – prevê a quantificação dos impactes ambientais do produto ao longo do seu ciclo de vida, sendo os dados verificados por uma entidade independente, servindo como instrumento de comunicação ao fornecer informação verificável e rigorosa sobre aspectos ambientais.
  • 15. Existem no mercado vários tipos de rótulos ambientais, essencialmente dos Tipos I e II, alguns de aplicação a diferentes tipos de produtos, como é o caso do Rótulo Ecológico Comunitário, e outros específicos para determinados produtos, como, por exemplo, o OEKO-TEX®100 que é aplicável a artigos têxteis. Assim, uma empresa têxtil que queira os seus produtos reconhecidos com um cariz ambiental, encontra no mercado um leque bastante alargado de opções. Embora a sua escolha seja normalmente orientada pelas exigências dos clientes, há situações em que as empresas definem uma estratégia para a colocação de determinada gama de produtos no mercado e seleccionam o rótulo tendo em consideração a estratégia definida.