Modelos

68 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
68
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
30
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Modelos

  1. 1. Trabalho realizado por: João Silva nº18 e Pedro Carmo nº25
  2. 2.  Modelo utilizado para descrever as cores emitidas ou projetadas, por exemplo as cores que são emitidas por uma fonte de luz; Num modelo aditivo, a ausência de cores e representada pela cor preta, enquanto a mistura das cores vermelho (Red), verde (Green) e azul (Blue) indica a cor branca; O modelo aditivo explica assim a mistura dos comprimentos de onda de qualquer luz emitida. Este modelo (RGB) é utilizado pelos monitores e televisores para representar a cor
  3. 3.  Modelo que serve para descrever as cores impressas, por exemplo as cores que estão numa pintura;  Num modelo subtrativo a mistura das três cores acima referidas representam-se pela cor preta uma vez que são absorvidos os comprimentos de onda; À ausência de luz designa-se por cores brancas porque as cores não são absorvidas e sim refletidas; O modelo subtrativo explica assim a mistura de cores para criarem cores que absorvem alguns comprimentos de onda da luz. As impressoras e posters utilizam modelos subtrativos para representar a cor (Modelo CMYK)
  4. 4.  Ao contrário dos outros modelos, este é definido pela tonalidade (Hue), saturação (saturation) e valor (value) que se refere à luminosidade ou ao brilho;  A tonalidade ou matriz é a cor pura com saturação e luminosidade máximas, o permite distinguir as várias cores puras com diferente grau, visto que cada cor está situada num grau diferente.  A saturação está relacionada com a luminosidade de uma cor
  5. 5.  O valor traduz a luminosidade e o brilho de uma cor, isto é, se uma cor é mais escura ou mais clara, apontando a quantidade de cor que esta exibe.  A tonalidade e a saturação podem-se agrupar e designar em elementos de crominância (fornecem informações acerca da cor) e a luminosidade e o brilho luminância (luz).  É muito utilizado por artistas plásticos nas suas pinturas pois estes combinam as cores com elementos de brilho e saturação.
  6. 6.  Originado a partir do Modelo CMY, mas com a adição da cor preto;  É um modelo subtractivo, que descreve as cores a partir de diferentes cores primárias (ciano, magenta e amarelo);  É bastante semelhante ao seu precedente (modelo CMY), no entanto a posição das cores representadas no cubo é diferente.  Baseia-se nas cores reflectidas e absorvidas no espectro, o que leva este modelo a ser subtractivo, porque as cores são criadas pela redução de outras.

×