O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

Apresentação do livro food at work

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Próximos SlideShares
Pesquisa Mulheres da Classe C
Pesquisa Mulheres da Classe C
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 45 Anúncio
Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Quem viu também gostou (18)

Anúncio

Mais recentes (20)

Apresentação do livro food at work

  1. 1. “food at work” Alimentação Sustentável e a Responsabilidade Social dos Fornecedores
  2. 2. alimentação no trabalho?
  3. 3. Trabalho gosta da ligação Alimentação há cerca de 20 anos • Gosto • Comentar • Partilhar
  4. 4. trabalho sedentário 1,8 Kcal/min
  5. 5. trabalho manual 5-10 Kcal/min
  6. 6. obesidade hipertensão diabetes cardiovasculares (…)
  7. 7. +/- 1 bilião dos trabalhadores estão mal nutridos (Qtd) +/- 1 bilião dos trabalhadores são obesos deficiência em ferro são causas de descoordenação e fraqueza hipoglicémia pontual que diminui a atenção e a capacidade de concentração ausência de programas alimentares nas empresas são perdas de oportunidade ILO “Decente work” agenda
  8. 8. Saúde deficiente Limitação energia, Nutrição coordenação e Pobre aprendizagem Salários baixos, Mercado de níveis de saúde trabalho Dispares pouco qualificado Aumento de custos, baixo Diminuição de investimento e produtividade crescimento (€) Perda de Competitividade
  9. 9. Soluções de Alimentação
  10. 10. refeitório e cafetarias vouchers de refeição (tickets) salas de refeições (mess rooms) comércio local (vending, vendedores ambulantes) soluções familiares (vouchers, supermercados e take away) distribuição água potável
  11. 11. restaurantes sociais cantinas cafetarias
  12. 12. Cantinas um refeitório popular reflecte uma empresa eficiente serviço cómodo, rápido e agradável potência segurança alimentar benefícios fiscais no equipamento programa nutricionais e saúde precisa de espaço, dedicação e investimento
  13. 13. vouchers de refeições
  14. 14. Vouchers de Refeições a entrega de vales de refeição aos empregados pelo empregador para aquisição de uma refeição em restaurantes seleccionados permite a entrega de uma refeição sem o funcionamento do refeitório um benefício social que nasceu em Inglaterra em 1950´s ligado à regulamentação fiscal
  15. 15. Vouchers de Refeições 9 milhões de trabalhadores (+) reduz a fome (-) não é aceite pela economia informal
  16. 16. Vouchers de Refeições 80% dos trabalhadores (+) melhora a transparência fiscal (-)utilizados em “junk” food
  17. 17. Vouchers de Refeições bem implementado 10 % dos trabalhadores 1 refeição, 1 trabalhador, 1 dia de trabalho (+) Relação entre partes
  18. 18. Vouchers de Refeições 0,3% dos trabalhadores (UK) (+) o sistema perdura (-) poucos benefícios fiscais
  19. 19. Vouchers de Refeições Força de Isenção Salário Salário Isenção/ Actual trabalho máxima Voucher médio mínimo Salário ização (€) (€) mínimo envolvida diária (€) Médio (€) (%) (%) Áustria 1994 10.0 4.40 1.96 1,811 1,200 7.9 Bélgica 2003 25.0 4.91 5.00 2,032 1,290 7.5 Republica Checa 2002 28.3 1.52 1.57 430 150 21.9 Finlândia 2003 2.9 3.20 7.00 1,900 n/a n/a Franca 2001 10.5 4.60 6.50 1,850 1,090 8.8 Alemanha 2002 1.8 3.10 4.04 2,270 1,155 5.8 Grécia 1995 0.6 2.70 2.50 1,000 528 11.0 Hungria 2004 80 1.22 1.10 433 204 12.3 Itália 1998 10.1 5.29 4.94 1,735 1,077 10.6 Luxemburgo 2001 16.7 5.60 8.25 2,032 1,290 9.4 Holanda 2001 0.2 0 5. 68 1,808 1,050 n/a Polonia 1998 0.4 2.30 1.60 530 210 23.7 Portugal 2003 2.2 6.09 3.41 645 356 38.8 Romania 2002 17.3 1.60 1.60 125 70 43.4 Eslováquia 2002 5.2 1.74 1.43 316 144 26.2 Espanha 1999 1.4 7.81 4.34 1,813 450 37.5 Suécia 1991 4.1 0 6. 60 2,000 n/a n/a Suíça 2000 0.9 4.74 5.73 3,185 1,910 7.6 Turquia 2002 2.9 3.86 1.70 800 377 25.4 Reino Unido 1999 0.3 0.217 4.18 2,950 1,022 0.5
  20. 20. Vouchers de Refeições permite que pequenas empresas planos na alimentação o sucesso requere isenção fiscal, uma relação harmoniosa entre empregados, empregadores , restaurantes e empresas emissoras ajuda o estado na colecta fiscal, mantendo as transacções registadas um programa de vouchers de refeições é diferente de remuneração (€€€€) no recibo
  21. 21. sala de Refeições kitchenette “mess rooms”
  22. 22. mess rooms os empregados podem guardar, trazer, cozinhar e reaquecer refeições os alimentos podem ser entregues pelo empregador eletrodomésticos : microondas, frigorifico, torradeira e máquina de café restaurantes de proximidade podem abastecer alimentos vending pode estar disponível
  23. 23. mess rooms mais económico que uma cantina menos espaço e investimento adaptável aos trabalhadores (TV, musica, jogos e decoração) a alimentação é menos variada problemas de limpeza e manutenção
  24. 24. comércio local (refreshement, vending e vendedores ambulantes, …)
  25. 25. Comércio local vendedores ambulantes, roulottes, carrinhos de alimentos , vending e alimentação em pausas de trabalho apoio negócio/ecomomia local muito económico pode ser saudável não é confortável falta higiene, segurança alimentar e valor nutricional
  26. 26. apoiar vendedores locais melhorar condições aos vendedores ambulantes (água, eletricidade ,….) persuadir vendedores locais/vending para a oferta de opções saudáveis através de acordos comerciais coffee break mais saudáveis vending equilibrado nutricionalmente
  27. 27. soluções familiares (vouchers, supermercados e take away))
  28. 28. Alemanha $500,07 por semana
  29. 29. EUA $341,98 por semana
  30. 30. Itália $260.11 por semana
  31. 31. México $189,09 por semana
  32. 32. Polónia $151,27 por semana
  33. 33. Egipto $68,53 por semana
  34. 34. Equador $31,55 por semana
  35. 35. Butão $5,03 por semana
  36. 36. Chade $1,23 por semana
  37. 37. Soluções familiares supermercados sociais com alimentos a baixo custo vouchers de alimentos dormitórios e abrigos familiares países em desenvolvimento take home/away meal
  38. 38. distribuição água potável
  39. 39. distribuição e água potável direito básico reconhecido pela Nações Unidas 2,4 biliões de pessoas não têm saneamento básico e 1,4 biliões de pessoas não têm acesso a água 2,2 milhões morrem de doenças associadas a desadequadas rede de saneamento e águas os países industrializados tem água potável a cloração é um processo efectivo de desinfecção
  40. 40. distribuição e água potável hidratação melhora o rendimento do trabalho água é mais saudável que refrigerantes alguns custos planeamento, reposição e armazenamento exigente várias soluções de tratamento, refrigeração e distribuição
  41. 41. e agora ?
  42. 42. soluções Alta Supermer- cados Cantinas investimento em infrastrutura Sociais Carros de Alimentação Mess room com cozinha Mess room Venda ambulante Cozinha Média Saudável Kitchenet -tes Vending Saudável Roulottes Vouchers Baixa Baixa Média Alta nível subvenção alimentar
  43. 43. processo de decisão Sim Cantinas Supermercado Social Sim Pouco Mess Rooms/Kitchenette Verbas para investimentos? Vending Saudável Nada Mercados de agricultores locais On site Roulotte Sim Sala de repouso Kitchenette Existem Pouco Pouco Verbas para Kitchenette pequena Espaço investimentos? Vending disponível ? Nada Mercados de agricultores locais Roulotte Sim Vouchers Pouco Nada Verbas para Melhoria da Venda ambulante investimentos? Nada Relação com Vendedores locais
  44. 44. conclusão a alimentação é factor de produtividade e motivação diminui acidentes de trabalho aumenta a saúde do trabalhador governo, empregadores, empregados, sindicatos são partes interessada envolvidas promove a imagem do empregador aumenta o PIB e a fiscalidade
  45. 45. Obrigado!!! joao.costa@trivalor.pt

×