26 pesquisa qualitativa

6.588 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.588
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
139
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

26 pesquisa qualitativa

  1. 1. Pesquisa Qualitativa: relevância, história, aspectos Prof. Esp. João Carlos S. Balbi
  2. 2. A Relevância da Pesquisa Qualitativa <ul><li>Deve-se ao fato da pluralização das esferas de vida. </li></ul><ul><li>pluralidade cultural e social de nossa sociedade, envolvendo pequenos grupos para os quais a pesquisa quantitativa clássica não se aplica pela necessidade de representatividade numérica. </li></ul><ul><li>Surge como forma de estudar os objetos de </li></ul><ul><li>pesquisa com foco mais interpretativo e livre de </li></ul><ul><li>adequações deste objeto ao método cientifico. </li></ul>
  3. 3. A Relevância da Pesquisa Qualitativa <ul><li>Proporciona resultados diretamente representativos da complexidade do objeto, levando em conta todos os agentes e questionamentos em suas diversas facetas. </li></ul><ul><li>Considera a subjetividade e interpretação do avaliador/pesquisador durante todo o processo de estudo. </li></ul>
  4. 4. O que é Pesquisa Qualitativa? <ul><li>Busca entender um problema específico em profundidade, ao invés de estatísticas, regras e outras generalizações. </li></ul><ul><li>Trabalha com descrições, comparações e </li></ul><ul><li>interpretações. </li></ul><ul><li>É mais participativa e, portanto, menos </li></ul><ul><li>controlável. </li></ul>
  5. 5. O que é Pesquisa Qualitativa? <ul><li>Os participantes da pesquisa podem direcionar o rumo da pesquisa em suas interações com o pesquisador. </li></ul><ul><li>Envolve em ouvir as pessoas, explorando as suas idéias e preocupações sobre determinado assunto. </li></ul>
  6. 6. Pesquisa qualitativa: utilização <ul><li>Entender o contexto. </li></ul><ul><li>Observação de vários fenômenos em um pequeno grupo. </li></ul><ul><li>Explicar comportamentos. </li></ul>
  7. 7. O que NÃO é pesquisa qualitativa? <ul><li>NÃO é um estudo que simplesmente prescinde de números. </li></ul><ul><li>NÃO é uma oposição aos estudos quantitativos. </li></ul><ul><li>NÃO significa usar um roteiro de entrevista no lugar de um questionário </li></ul>
  8. 8. Pesquisa qualitativa <ul><li>Após definir o problema de pesquisa e estabelecer por que queremos estudá-lo, devemos definir COMO estudá-lo: </li></ul><ul><li>Qual a população em estudo? </li></ul><ul><li>Como será definida? </li></ul><ul><li>Quem são os informantes-chave? </li></ul><ul><li>Onde estudar? </li></ul><ul><li>Qual o tempo disponível? </li></ul><ul><li>Quantos pesquisadores estarão envolvidos? </li></ul><ul><li>Quais os recursos disponíveis? </li></ul>
  9. 9. Limites da Pesquisa Quantitativa <ul><li>Princípios norteadores de pesquisa e de planejamento de pesquisa. </li></ul><ul><li>Isolar claramente as causas e efeitos. </li></ul><ul><li>Operacionalizar corretamente relações teóricas. </li></ul><ul><li>Medir e quantificar problemas. </li></ul><ul><li>Criar planos de pesquisa. </li></ul><ul><li>Formular leis gerais </li></ul>
  10. 10. Quantitativo X Qualitativo Conteúdo ou Caso Padrões a partir dos próprios dados Hermenêutica e Fenomenologia Estatística Inferências a partir de amostras Teste de hipóteses e teorias Análise Interpretativa Não Experimental Estudos Exploratórios Positivista Experimental Estudos Confirmatórios Abordagem Interpretador da Realidade Imerso no contexto Observador Distância Objetiva Papel do Pesquisador <ul><li>Representados verbalmente </li></ul><ul><li>Qualitativos </li></ul><ul><li>Com maior riqueza de detalhes </li></ul><ul><li>Representados </li></ul><ul><li>numericamente </li></ul><ul><li>Quantitativos </li></ul><ul><li>Estruturados e não valorativos </li></ul>Dados Hipotético-Interpretativo Hipotético-Dedutivo Paradigma QUALITATIVA QUANTITATIVA
  11. 11. Pesquisa Qualitativa: vantagens <ul><li>Compreensão da forma de vida. </li></ul><ul><li>Registro do comportamento não-verbal. </li></ul><ul><li>Inclusão de informações não esperadas. </li></ul><ul><li>É culturalmente apropriado </li></ul>
  12. 12. Pesquisa qualitativa: limitações <ul><li>Consome muito tempo. </li></ul><ul><li>Amostragem pequena. </li></ul><ul><li>Necessita entrevistadores bem treinados. </li></ul>
  13. 13. Aspectos Essenciais da Pesquisa Qualitativa <ul><li>Apropriabilidade de métodos e teorias </li></ul><ul><li>A utilização de teorias e processos pré-existentes de forma a melhor embasar a pesquisa. </li></ul><ul><li>Tomando como critério para avaliação e escolha dessas teorias e métodos. </li></ul><ul><li>Adequabilidade e o cotidiano dos objetos estudados. </li></ul>
  14. 14. Aspectos Essenciais da Pesquisa Qualitativa <ul><li>Perspectivas dos participantes e sua diversidade </li></ul><ul><li>A pesquisa qualitativa se preocupa em perceber e cobrir o maior numero de pontos de vista entre os envolvidos no objeto de pesquisa, buscando uma imagem mais ampla e completa deste objeto. </li></ul>
  15. 15. Aspectos Essenciais da Pesquisa Qualitativa <ul><li>Reflexibilidade do pesquisador e da pesquisa </li></ul><ul><li>Métodos qualitativos consideram a comunicação e interferências do pesquisador, como sua subjetividade, durante a avaliação dos dados, como parte explícita da produção do conhecimento </li></ul>
  16. 16. Aspectos Essenciais da Pesquisa Qualitativa <ul><li>Variedade de abordagens e métodos na pesquisa qualitativa </li></ul><ul><li>Não se baseando em um único conceito teórico e metodológico, embasa e orienta o processo de discussão em uma pesquisa qualitativa: </li></ul><ul><li>a subjetividade dos envolvidos, </li></ul><ul><li>o entendimento das interações ou a estruturação das relações sócio-psicológicas envolvidas. </li></ul><ul><li>Todas podem ser ponto de partida para orientar as </li></ul><ul><li>praticas adotadas </li></ul>

×