LEILÕES DO PETRÓLEO: UMCRIME CONTRA O PAÍS E OPLANETA!
Áreas ofertadas pelo governo
O Suposto ganho para a Educação é muitomenor do que alardeiam!15% para pré-sal,10% para convencionalCriou-se uma cortina d...
Em contraste com os pequenos ganhos de curto prazo, osprejuízos são enormes, a curto, médio e longo prazos (1)!Há uma ampl...
Quem realmente ganha com os leilões são gigantesmultinacionais, empresas de aliados do governo eoutras com sede em paraíso...
Comparativo do LeilõesRealizadoAno FHC Lula Dilma1ª Rodada (1999) 321,6 milhões2ª Rodada (2000) 468,2 milhões3ª Rodada (20...
Escândalos das privatizações deFHCNo Governo FHC, a Vale do Rio do Doce, foi vendida em 1997, por 3,3bilhões de dólares, t...
Rodada de leilão para exploração de petróleoarrecada R$ 2,8 bilhões
Blocos arrematados no Ceará por empresaCE-M 60350% da ExxonMobil (operadora) e 50% da OGXCE-M 66145% da E&P Brasil (operad...
1ª ConclusãoÉ um crime econômicoÉ um crime econômicoTraz enormes prejuízos financeirosÉ uma enorme entrega de recursos par...
Segundo, sabe-se que a exploração do petróleo emáguas profundas envolve riscos muito elevados, comoEm contraste com os peq...
Chevron-Texaco, no Equador
Shell, na Nigéria
BP, no Golfo do México
2ª ConclusãoÉ um crime ambiental anunciado!Ameaça a Foz do Rio Amazonas, do mesmoAmeaça a Foz do Rio Amazonas, do mesmomod...
Em contraste com os pequenos ganhos de curto prazo, osprejuízos são enormes, a curto, médio e longo prazos (3)!O IPCC trab...
Sensibilidade Climática: Porque temos deimpor limites ao uso do combustível fóssil!Na semana que antecedeu osLeilões, pela...
Mudanças Climáticas Globais e Leilões do Petróleono Brasil - A quem interessamA Ciência do clima é muito clara: o sistemac...
Mudanças Climáticas Globais e Leilões doPetróleo no BrasilA cada 2 bilhões de toneladasde carbono fóssil queimados,acresce...
Com apenas 5 leilões como esse, um únicoPaís pode ser responsável por elevar em 10ppm a concentração de CO2 atmosférico.Ou...
3ª ConclusãoÉ um crime climáticoCompromete inteiramente o poder deCompromete inteiramente o poder denegociação do Brasil n...
E a Educação?E como fica a Educação se limitarmos aexploração do petróleo?Haveria outras fontes de financiamento?
100% para a Educação?
De onde viriam os recursos?Auditoria da Dívida Pública, Já!
Para piorar…“Relatório do SenadorPimentel sobre PlanoNacional de Educação évergonhoso. Além deprivatista, nega os 10% doPI...
4ª ConclusãoA propaganda enganosa dos “royalties para aA propaganda enganosa dos “royalties para aEducação” é uma grande c...
Apresentacao petroleo
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentacao petroleo

187 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Apresentacao petroleo

  1. 1. LEILÕES DO PETRÓLEO: UMCRIME CONTRA O PAÍS E OPLANETA!
  2. 2. Áreas ofertadas pelo governo
  3. 3. O Suposto ganho para a Educação é muitomenor do que alardeiam!15% para pré-sal,10% para convencionalCriou-se uma cortina de fumaça com o argumento de que uma quantidade enorme derecursos serviria à Educação, ao passo que a realidade é que, uma vez que os royalties noBrasil são baixos (10% para petróleo convencional e 15% no pré-sal, mais baixos do que namaioria dos países sul-americanos) e a fração federal é de apenas 22% do total, uma fraçãomuito menor recursos do petróleo ficaria disponíveis (na verdade, a lei garante apenas quemetade disso seja orientado para a Educação, através do Fundo Social Nacional ).10% para convencional
  4. 4. Em contraste com os pequenos ganhos de curto prazo, osprejuízos são enormes, a curto, médio e longo prazos (1)!Há uma ampla gama de argumentos que podemser apresentados para que estes leilões nãodevam ser realizados. Mesmo se a questãoclimática ainda possa parecer intangível, muitosdeles são facilmente assimiláveis para o grandepúblico, tenho certeza.Primeiro, trata-se de uma entrega aberta de umaenorme soma de recursos para algumas das maispoderosas corporações internacionais.Defendemos o retorno do monopólio deexploração do petróleo e gás natural, através daPetrobrás, transformada em empresainteiramente pública, democratizada e sobcontrole dos trabalhadores. Os leilões, sejaatravés do regime de royalties ou de partilhapermitem que essas corporações se apropriem damaior fatia dos recursos do petróleo.
  5. 5. Quem realmente ganha com os leilões são gigantesmultinacionais, empresas de aliados do governo eoutras com sede em paraísos fiscais
  6. 6. Comparativo do LeilõesRealizadoAno FHC Lula Dilma1ª Rodada (1999) 321,6 milhões2ª Rodada (2000) 468,2 milhões3ª Rodada (2001) 594,9 milhões4ª Rodada (2002) 92,3 milhõesValores arrecadados5ª Rodada (2003) 27,4 milhões6ª Rodada (2004) 665,1 milhões7ª Rodada (2005) 1.085,80 bilhões8ª Rodada (2006)-CANCELADA---------9ª Rodada (2007) 2.109,4 bilhões10ª Rodada (2008) 89,4 milhões11ª Rodada (2013) * 2,8 bilhõesTotal 1.477 Bilhões 3.977,10 Bilhões 2,8 bilhões
  7. 7. Escândalos das privatizações deFHCNo Governo FHC, a Vale do Rio do Doce, foi vendida em 1997, por 3,3bilhões de dólares, tendo seu valor de mercado reavaliado em 2008 por196 bilhões de dólares;O sistema de comunicações (Telebrás), foi vendido em 1998, por 22,058bilhões de dólaresEscândalo dos grampos:Escândalo dos grampos:Algumas semanas após a privatização, foram divulgadas conversastelefônicas obtidas por gravações ilegais em telefones do BNDES queindicavam que fora articulado um favorecimento para que o grupo lideradopelo Banco Opportunity adquirisse a Tele Norte Leste.A repercussão docaso levou à queda do Ministro das Comunicações,Luiz Carlos Mendoçade Barros, do presidente do BNDES, Andrpe Lara Resende e de diretoresdo Bando do Brasil (como o diretor da área externa, Ricardo Sérgio deOliveira) e o presidente da Previ, Jair Bilach
  8. 8. Rodada de leilão para exploração de petróleoarrecada R$ 2,8 bilhões
  9. 9. Blocos arrematados no Ceará por empresaCE-M 60350% da ExxonMobil (operadora) e 50% da OGXCE-M 66145% da E&P Brasil (operadora), 25% da Queiroz Galvão e 30% da OGXCE-M 663CE-M 663100% da OGX (operadora)CE-M 66550% da Premier Oil (operadora) e 50% da CEPSACE-M 71550% da Chevron Brazil (operadora) e 50% da EcopetrolCE-M 71750% Premier Oil (50%) Operadora e CEPSA (50%)
  10. 10. 1ª ConclusãoÉ um crime econômicoÉ um crime econômicoTraz enormes prejuízos financeirosÉ uma enorme entrega de recursos paramultinacionais, o imperialismo e o capitalprivado em geral
  11. 11. Segundo, sabe-se que a exploração do petróleo emáguas profundas envolve riscos muito elevados, comoEm contraste com os pequenos ganhos de curto prazo, osprejuízos são enormes, a curto, médio e longo prazos (2)!águas profundas envolve riscos muito elevados, comobem demonstram o gigantesco vazamento da BritishPetroleum no Golfo do México e da Chevron, emnossa Bacia de Campos, ambos com consequênciasgraves para a biota marinha, a pesca e até mesmo paraatividades turísticas. É sabido que a exploração dopré-sal envolve riscos ainda maiores do que a maioriadas operações em curso nas águas territoriaisbrasileiras.
  12. 12. Chevron-Texaco, no Equador
  13. 13. Shell, na Nigéria
  14. 14. BP, no Golfo do México
  15. 15. 2ª ConclusãoÉ um crime ambiental anunciado!Ameaça a Foz do Rio Amazonas, do mesmoAmeaça a Foz do Rio Amazonas, do mesmomodo que o Delta do Rio NigerAmeaça nossos rios, como no EquadorAmeaça nossas praias, nossos manguezais,nossa pesca e nosso turismo, em todo olitoral, do Amapá ao Rio Grande do Norte
  16. 16. Em contraste com os pequenos ganhos de curto prazo, osprejuízos são enormes, a curto, médio e longo prazos (3)!O IPCC trabalha com o intervalo de 2 a4,5°C de aquecimento por duplicação deCO2, com 3°C como a melhor estimativaUsando esta estimativa de 3°C pode-seimediatamente fazer alguns cálculos simples,apenas usando logaritmos, para se ter umaideia do efeito do aumento da concentraçãode CO para diferentes níveis. Como osde CO2 para diferentes níveis. Como osvalores pré-industriais eram da ordem de275 partes por milhão (ppm), a conclusãomais simples é que a temperatura médiaglobal tende a crescer em aproximadamente3°C se atingirmos 550 ppm.Também indicam que a concentração do ano passado de 394 ppm está associada a umaquecimento global de aproximadamente 1,6°C. Como estamos 0,8°C acima do períodopré-industrial, a conclusão é a de que há outros 0,8°C já “encomendados”, isto é, que mesmoque a concentração de CO2 venha a se estabilizar nos níveis atuais, a temperaturacontinuaria a crescer (e o gelo continuaria a derreter, e os oceanos a se elevarem) rumo a umvalor 1,6°C acima da média pré-industrial.
  17. 17. Sensibilidade Climática: Porque temos deimpor limites ao uso do combustível fóssil!Na semana que antecedeu osLeilões, pela primeira vez aConcentração de CO2 medidachegou a 400 ppm.Existe uma ligação forte entre a quantidade de CO2 que é liberada na atmosfera e a dimensãodo risco climático que está sendo imposto. Quanto maiores as emissões, mais abrangente emais profundo se torna o risco climático. Evidências paleoclimáticas indicam que durante aera Cenozóica, o Polo Norte não possuía calota polar permanente com níveis de CO2 acimade 400 ppm e que a formação da calota polar da Antártica esteve associada com a quedadessa concentração para valores abaixo de 500 ppmO que isto significa?
  18. 18. Mudanças Climáticas Globais e Leilões do Petróleono Brasil - A quem interessamA Ciência do clima é muito clara: o sistemaclimático está realmente aquecendo, esteaquecimento é causado pela acumulação degases de vida estufa de vida longa,especialmente dióxido de carbono (seguido demetano, óxido nitroso e halocarbonetos) e aorigem desse desequilíbrio químico atmosféricoorigem desse desequilíbrio químico atmosféricoestá nas atividades humanas, especialmente nouso de combustíveis fósseis (carvão, petróleo egás natural), como estabelecido nos relatórios deavaliação do Painel Intergovernamental sobreMudança Climática.Os impactos da mudança global imposta pelas emissões antrópicas de gases de efeitoestufa são universais. Acompanhando a consequência mais óbvia, que é o aquecimento,pode-se citar uma enorme lista deles, incluindo o aumento na ocorrência de ondas decalor mais fortes, secas mais intensas e tempestades severas, assim como incêndiosflorestais mais frequentes, perigosos e devastadores, derretimento de gelo polar, que setornará o causador mais importante de elevação do nível dos oceanos.
  19. 19. Mudanças Climáticas Globais e Leilões doPetróleo no BrasilA cada 2 bilhões de toneladasde carbono fóssil queimados,acrescenta-se cerca de 1 ppmde CO2 na atmosfera e istoequivale a pouco mais de 15bilhões de barris de petróleo.Se em um único leilão, umSe em um único leilão, umúnico País entregar 30 bilhõesde barris de petróleo, estarádando permissão à indústria decombustíveis fósseis adicionarquase 2 ppm de CO2 naatmosfera. É isto que oGoverno Brasileiro se propôs afazer ontem, 14 de Maio de2013, 5 dias após o recorde de400 ppm!
  20. 20. Com apenas 5 leilões como esse, um únicoPaís pode ser responsável por elevar em 10ppm a concentração de CO2 atmosférico.Outro leilão, desta vez com o petróleo dopré-sal, já está marcado para Novembro. Seapenas 5 outros países seguirem o mesmocurso, estaremos comprometendo a emissãoMudanças Climáticas Globais e Leilões doPetróleo no Brasilcurso, estaremos comprometendo a emissãode 50 ppm de CO2 para a atmosfera numestalar de dedos. Vai-se a 450 ppm, o queequivale provavelmente, ao perigosoaquecimento de 2°°°°C, capaz de derreter acalota polar do Ártico, liberar enormesquantidades de metano do permafrost,acidificar os oceanos ao ponto de dizimar amaior parte dos corais e promover grandemortandade de moluscos, ampliar aincidência de ondas de calor e incêndiosflorestais, exacerbar ainda mais eventosextremos.
  21. 21. 3ª ConclusãoÉ um crime climáticoCompromete inteiramente o poder deCompromete inteiramente o poder denegociação do Brasil nos acordos climáticosinternacionaisViola abertamente a legislação nacional declima (LEI Nº 12.187, DE 29 DE DEZEMBRODE 2009)Revela uma postura irresponsável do GovernoBrasileiro para com as gerações futuras
  22. 22. E a Educação?E como fica a Educação se limitarmos aexploração do petróleo?Haveria outras fontes de financiamento?
  23. 23. 100% para a Educação?
  24. 24. De onde viriam os recursos?Auditoria da Dívida Pública, Já!
  25. 25. Para piorar…“Relatório do SenadorPimentel sobre PlanoNacional de Educação évergonhoso. Além deprivatista, nega os 10% doPIB para a educação. Écínico.Definitivamente, educação1• Convence-se a população que os recursos daEducação virão do petróleo22• Usa-se da boa fé da população para entregar opetróleo para as multinacionaisDefinitivamente, educaçãonão é prioridade para essegoverno. Na Câmara, oprojeto de destinação de10% do PIB para a área foiaprovado por unanimidade.Agora vem esse retrocesso.O governo quer transferirmais recursos públicos parao setor privado. Abandona aescola pública e enriqueceos mercadores do ensino.”(Deputado Ivan Valente,PSOL-SP)33• Os recursos, muito abaixo do valor do petróleo,cujo grosso da riqueza ficou com as empresas,vão para o ensino privado!4• Nada ou muito pouco de melhoria na EducaçãoPública• Aumento dos lucros das escolas particulares5• Risco de vazamentos e catástrofes ambientais emnossos rios, praias e matas, agravamento dascondições climáticas de seca, enchentes, ondasde calor, etc.
  26. 26. 4ª ConclusãoA propaganda enganosa dos “royalties para aA propaganda enganosa dos “royalties para aEducação” é uma grande cortina de fumaçapara legitimar a privatização do petróleo.Os leilões são prejudiciais, ilegais e devem sersuspensos e anulados

×