Hidratação monstraaaa

539 visualizações

Publicada em

monstroo

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
539
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
25
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Hidratação monstraaaa

  1. 1. HIDRATAÇÃO
  2. 2.  O corpo humano não possui reservas de água e por isso ela deve ser reposta para manter a saúde e as funções básicas do organismo.  Para um adulto em condições normais, a recomendação é de 35ml/kg de peso corporal, ou 2 a 2,5 litros de água por dia. Os riscos de uma desidratação no verão são maiores, por isso é preciso ficar atento com a ingestão.  A desidratação ocorre quando você tem uma perda de água corpórea muito grande, através de uma ingestão insuficiente ou de uma perda excessiva, como por exemplo a transpiração.
  3. 3.  A sede é uma das formas de controle da ingestão de água no organismo. A sede é estimulada quando a quantidade de água no meio extracelular diminui ou quando a água ou o sangue se tornam muito concentrados. A água também pode ser ingerida como parte dos alimentos, já que após a oxidação dos mesmos ocorre a liberação de água.
  4. 4.  Se houver a prática de atividade física, a necessidade de água aumenta para repor as perdas com a transpiração e com a respiração. Muito da água perdida vem do sangue, levando a uma diminuição do fluxo sanguíneo, podendo prejudicar a função cardiovascular.  Por isso é importante beber bastante água. Se o exercício for intenso, a reposição de líquidos deve ser frequente. Com o aumento da temperatura corporal, o suor entra em cena para dissipar o calor e manter a temperatura do corpo.
  5. 5.  Mas, os cuidados devem ser também com a qualidade da água e não só com o seu consumo. A água costuma ser o veículo de muitas doenças, como a diarréia. Para evitar esse e outros inconvenientes, somente consuma água filtrada ou fervida, tanto para beber como para o preparo dos alimentos.  Os alimentos crus, como frutas, verduras e legumes devem ser lavados em água corrente, um a um e, em seguida, devem ser submersos em uma solução de hipoclorito de sódio a 200 ppm por 15 minutos.
  6. 6. Pouca água...  - Pode aumentar a temperatura corporal, porque, com menos suaor, o organismo não faz trocas suficientes de calor com o ambiente.  - Faz com que o volume sanguíneo diminua, dificultando o trabalho cardíaco e o transporte de oxigênio para os músculos.
  7. 7. muita água ...  - Inibe a ação do hormônio antidiurético, estimulando a produção de urina e a eliminação de líquidos  - Dilui as concentrações corporais de sódio, o que pode resultar em estado de hiponatremia (baixa concentração de sódio no sangue). Pode causar confusão mental e, em casos extremos, convulsão.
  8. 8. Mitos e Verdades
  9. 9. Se eu tomar sucos e outras bebidas que levem água, não preciso tomar o líquido puro? MITO: Existem várias fontes de água. O líquido puro não é a única maneira de se ingerir a bebida. Muitas vezes tomamos água sem perceber quando bebemos sucos e chás. Há água também nos alimentos, como as frutas. Mas apesar de a água estar incluída em vários alimentos e bebidas, ingeri-la pura também é importante. Isso porque nem sempre é fácil saber se bebemos o suficiente somente com a ingestão de tais alimentos.
  10. 10. É preciso beber, em média, 2 litros de água por dia? VERDADE: Em situações normais, recomenda-se 30 ml de água por quilo de peso por dia. Para facilitar, os médicos indicam uma média de 2 litros por dia por pessoa. "Ao longo do dia o nosso corpo produz uma média de 7 litros de água, incluída na saliva, na secreção gástrica, na bile etc. O nosso intestino absorve 9 litros. Logo, temos um déficit de 2 litros entre a produção e a absorção. Por isso, a ingestão de água é necessária", explica a nutróloga Andrea Pereira.
  11. 11. Para matar a sede, a água gelada é sempre mais eficiente? MITO: Não tem nenhum estudo que confirme essa afirmação. "O mecanismo fisiológico que garante a saciedade diz respeito à quantidade de água ingerida. Se ela é quente, morna ou fria, isso não importa", diz o nefrologista Lúcio Requião Moura. O que varia é a sensação que se tem na boca, que é muito pessoal. "Para alguns a gelada é palatável. Outros acham ruim e preferem a natural"
  12. 12. Se eu tomar água em excesso, posso passar mal? VERDADE: Em pessoas saudáveis, os rins filtram em média 800 a 1000 ml de água em uma hora. Segundo a nutróloga Andrea Pereira, do Hospital Albert Einstein, em condições normais, não há risco de passar mal com quantidades de água que não excedam esses valores. Porém, há perigo se alguém beber volumes maiores. "Quantidades superiores a 3-4 litros de água por hora podem aumentar o risco de hiponatremia, que é a queda do nível de sódio sanguíneo, podendo causar torpor, confusão e até convulsões", destaca a nutróloga.

×