Indução da ovulação.

4.093 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Indução da ovulação.

  1. 1. Técnicas de Reprodução Medicamente assistidas
  2. 2. • Introdução……………………………………………....dia. 3• Técnicas de Reprodução Medicamente assistidas………………………………………...........….dia. 4  Indução da Ovulação…………………………..…………dia. 5/8  Riscos gerais deste tipo de tratamento…............................................dia. 9• Conclusão……………………………………………..dia.10• Bibliografia……………………………………………..dia. 11• Conclusão……………………………………………...dia. 12
  3. 3. Introdução O trabalho que vamos apresentar tem como temaa indução da ovulação(o tema que selecionámos dentrode todos os outros temas deste género) e tem comoprincipais objetivos a abordagem e explicação deste tipode tratamento (não esquecendo a breve explicação doque se tratam e para que servem as técnicas dereprodução medicamente assistidas). Iremos preparar três perguntas acerca deste tema,para que possam verificar se entenderam bem a nossaapresentação e se estiveram com atenção. Pretendemos com este trabalho evidenciar autilidade deste tipo de tratamento, ou seja, a indução daovulação, dando-o a conhecer à turma, de forma simplese clara.
  4. 4. Técnicas de Reprodução Medicamente assistidas A reprodução medicamente assistida (RMA), tambémdesignada por procriação medicamente assistida (PMA) é oprocesso segundo o qual são utilizadas diferentes técnicasmédicas para auxiliar a reprodução humana. Estas técnicassão normalmente utilizadas em casais inférteis e em casaisportadores do vírus da imunodeficiência humana (VIHpositivo), ou do vírus da hepatite B ou C. Outras indicaçõessão casais com elevado risco de transmissão de doençagenética (por exemplo, polineuropatia amiloidótica familiarou ainda trissomia 21). Entre as técnicas usadas distinguem-se a inseminaçãoartificial intrauterina, a fertilização in vitro, a microinjecçãointracitoplasmática de espermatozoides (ICSI - IntraCitoplasmic Sperm Injection), a transferência de embriões oude gâmetas, o diagnóstico genético pré-implantatório (DGPI)e a indução da ovulação.
  5. 5. Indução da Ovulação – que tipo de tratamento é? A ausência de ovulação (libertação do óvulo) é uma das causas mais comuns de infertilidade feminina. Sem ovulação, não é possível engravidar. Os problemas de ovulação são facilmente detetáveis se o ciclo da mulher for, por norma, irregular ou inexistente (ausência de menstruação). Felizmente, ainda que os ovários não libertem um óvulo por mês, é muitas vezes possível induzir este fenómeno com fármacos destinados a estimular a ovulação. Este tratamento designa-se por indução da ovulação.
  6. 6. Este tratamento visa estimular ou induzir aovulação (libertação do óvulo) através daadministração de fármacos. Os fármacos podemser administrados sob a forma de comprimidos,injeções ou através de uma bomba, o que irádepender de vários fatores, nomeadamente dacausa do problema de ovulação.
  7. 7. Para além de serem utilizadospara estimular a ovulação, estesfármacos são também administradosa mulheres que estão a realizartratamentos de fertilidade por outrosmotivos. No entanto, a sua utilizaçãoem combinação com outras técnicasde estimulação da fertilidade, taiscomo a inseminação intrauterina (IIU)e a fertilização in vitro (FIV), ésubstancialmente diferente da suautilização para estimulação daovulação. Nesses casos, o objetivoconsiste em estimular o processo dematuração de vários óvulos e nãoapenas de um. É estabelecida umadistinção entre estimulação ováricaligeira para IIU, em que o objetivo Fig.1 – Método de indução ovulatória.consiste em obter apenas algunsfolículos, e a estimulação ováricacontrolada para técnicas de FIV.
  8. 8. Fig.2 - Processo de ovulação – Implantação.Indução da Ovulação Aqui se observa a formação do folículo no ovário seguido pela rotura e expulsão doIndicações femininas óvulo para dentro da trompa, onde ocorre aDisfunção ligeira da ovulação. Exige fecundação. Após a fecundação, o trompas e endométrio normais, teste de Hunner normal e espermograma embrião passa a dividir-se, e caminha pela normal. trompa de Falópio até ao seu local de implantação dentro do útero.InduçãoAssegura o crescimento folicular e a ovulação espontânea, com suplemento hormonal por via oral. O crescimento folicular pode ser monitorizado por ecografias sequenciadas e a ovulação pode ser artificialmente induzida com hCG, a que se devem seguir relações sexuais durante 3 dias consecutivos.Taxa de gravidez14-20%.Frequência1x por mês, 3x consecutivas (≥35 anos de idade) ou 1x por mês, 6x consecutivas (<35 anos de idade).
  9. 9. Riscos gerais deste tipo de tratamento Para além dos possíveis efeitos secundários dosfármacos, há ainda que ter em consideração osriscos associados ao tratamento. Por exemplo, umdos riscos gerais dos tratamentos em que se recorreà estimulação ovárica é a possibilidade de ocorrerhiperestimulação. Além disso, a estimulação ovárica aumenta orisco de gravidez múltipla. Os riscos dependemtambém do tipo de tratamento.
  10. 10. Com este trabalho pudemos concluir que, dento dastécnicas de reprodução medicamente assistidas, a induçãoda ovulação é uma técnica bastante importante paragarantir a reprodução, a formação de um novo ser, atravésda estimulação do processo de maturação dos óvulos deuma mulher que tenha dificuldades em engravidar, devidoà ausência de ovulação. Como todas as técnicas utilizadas para auxiliar areprodução humana, a indução da ovulação tambémpode trazer alguns riscos, como efeitos secundários dosfármacos utilizados, hiperestimulação ou gravidez múltipla. Este trabalho foi bastante importante e útil para o nossoconhecimento geral, para termos conhecimento dasdiferentes técnicas de reprodução medicamente assistidas,mais precisamente da indução da ovulação, que sãoessenciais para aqueles casais que querem ter filhos e nãopodem, devido a múltiplos problemas/doenças que osimpedem de criar um novo ser.
  11. 11. • http://fertil.com.br/fert_trat_inducaoOvulaca o.asp;• http://www.apfertilidade.org/web/tecnicas- de-reproducao/136-inducao-da-ovulacao;• http://www.notapositiva.com/trab_estudante s/trab_estudantes/biologia/biologia_trabalho s/infertilidadehumanab.htm;• http://pt.wikipedia.org/wiki/Reprodu%C3%A7 %C3%A3o_medicamente_assistida.
  12. 12. 1 - O método daindução da ovulação 1. No que consiste a induçãoconsiste em induzir aovulação através defármacos destinados aestimulá-la, e é usadoquando há ausência de da ovulação? 2. Em que casos é, muitasovulação numa mulher.2 – Este tipo detratamento é utilizadoem casos deinfertilidade feminina, vezes, necessárioquando têm comocausa a ausência de recorrer a este tipo deovulação.3 - Dependendo do tipo tratamento?de tratamento,poderão ocorrer efeitossecundários dos 3. Quais os riscos deste tipofármacos,hiperestimulação ou de tratamento?gravidez múltipla.

×