Modelo de bohr

3.046 visualizações

Publicada em

0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.046
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
125
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Modelo de bohr

  1. 1. Modelo Atômico de Bohr
  2. 2. Comentários sobre o Modelo de Rutherford • Não explicou os espectros atômicos, ou seja, porque os materiais, quando aquecidos emitiam radiação; • Colisão entre elétrons – prótons (física clássica).
  3. 3. • Para conhecermos esse modelo devemos conhecer algumas propriedades de uma das formas de energia mais comum: a luz (onda eletromagnética). Modelo de Bohr
  4. 4. Ondas Eletromagnéticas • Século XVII – Isaac Newton - quando a luz solar atravessa um prisma, ocorre a dispersão dos componentes da luz – espectro contínuo.
  5. 5. • No século XIX, os físicos constataram que o espectro contínuo também era obtido através da luz emitida por filamento incandescente de uma lâmpada comum. • Em 1855 – Bunsen descobriu que um composto quando submetido à ação de uma chama, emite luz com cores características para cada elemento químico. Ondas Eletromagnéticas
  6. 6. Espectros Atômicos
  7. 7. Falando em ondas ... • Acredita-se que uma onda é uma perturbação que se propaga transportando energia (quantum – fóton; pacotes de energia) mas não matéria. • Existem ondas que necessitam de um meio material para se propagar (mecânicas) e outras ondas que não necessitam de um meio, conseguem se propagar no vácuo (eletromagnéticas). • As ondas eletromagnéticas diferem quanto à frequência e sabemos que, quanto maior a frequência da onda, maior será a energia transportada por ela (mais fótons ela emitirá). • As ondas de luz colorida transportam diferentes quantidades de energia, dependendo da sua cor. • Todas as ondas eletromagnéticas possuem a mesma velocidade de propagação no vácuo (300.000 km/s).
  8. 8. Espectros Atômicos • Se fizermos a luz de uma lâmpada comum passar através de um prisma, ela será decomposta em várias cores (arco-íris) obtendo-se o ESPECTRO DA LUZ VISÍVEL. • Contudo, se repetirmos a experiência utilizando a luz proveniente de uma lâmpada de gás (tubo de raios catódicos), não obteremos o espectro completo. Algumas linhas estarão presentes, correspondendo somente a algumas frequências das ondas de luz visível). • Essas linhas formam o espectro de linhas ou ESPECTRO ATÔMICO.
  9. 9. Modelo Atômico de Rutherford - Bohr • Em 1913, Niels Bohr propôs um outro modelo atômico que conseguia explicar o espectro de linhas, ou seja, porque os gases emitem um espectro descontínuo. • Bohr relacionou as raias do espectro descontínuo dos gases às variações de energia dos elétrons contidos nos átomos desses gases. • Esse novo modelo ainda mantinha as principais características do Modelo de Rutherford; por esse razão foi chamado de Modelo de Rutherford-Bohr.
  10. 10. POSTULADOS DE BOHR • Em seu modelo, Bohr incluiu uma série de postulados (afirmação aceita como verdadeira, sem demonstração): • Em um átomo são permitidas somente algumas órbitas circulares ao elétron, sendo que em cada uma dessas órbitas o elétron apresenta energia constante; • Um elétron não pode assumir qualquer valor de energia, mas somente determinados valores que correspondem às órbitas permitidas, tendo, assim, determinados níveis de energia ou camadas energéticas;
  11. 11. POSTULADOS DE BOHR • Um elétron, quando localizado numa dessas órbitas, não perde nem ganha energia espontaneamente. Por isso, diz-se que, nesse caso, ele assume um estado estacionário. • Um elétron pode absorver energia de uma fonte externa somente em unidades discretas (pequenas) chamadas quanta (singular. Quantum). • Quando um elétron absorve um quantum de energia, ele salta para uma órbita mais energética, ligeiramente mais afastada do núcleo. Dizemos que o elétron realizou um salto quântico e atingiu um estado excitado.
  12. 12. • Quando o elétron retorna à órbita menos energética, ele perde, na forma de onda eletromagnética, uma quantidade de energia que corresponde à diferença de energia existente entre as órbitas envolvidas no movimento do elétron. • http://www.seara.ufc.br/tintim/fisica/hidrogenio/hidroge POSTULADOS DE BOHR
  13. 13. • De acordo com esse modelo, o átomo pode ser representado de forma que as órbitas permitidas para os elétrons têm relação com os diferentes níveis de energia e, ainda, com as respectivas raias presentes no espectro característico de cada elemento.
  14. 14. • Cada uma dessas órbitas permitidas para os elétrons foram denominadas níveis de energia. Dentre os elementos conhecidos, aquele que contém o maior número de elétrons apresenta-os distribuídos no máximo em sete níveis (n = 1, 2, 3,...,7). • Esses níveis, denominados também camadas eletrônicas, são representadas pelas letras K, L, M, N, O, P e Q.

×