Não sendo possível apresentar o texto integral por ser propriedade da
Sociedad Española de Pedagogía (entidade organizador...
III CONGRESSO IBERO-AMERICANO DE PEDAGOGIA,
      SARAGOÇA, 19 DE SETEMBRO DE 2008




                Comunicação:
 “Os v...
COMUNICAÇÃO

Decorrente do projecto: “Pensamento e formação
ético-deontológicos de professores”, financiado
pela FCT (Fund...
A. CARACTERIZAÇÃO DO PROJECTO

1. Equipa de investigação

Formada por oito docentes de diferentes níveis de ensino
superio...
2. Objectivos Gerais

 Caracterizar o pensamento ético-deontológico de
 professores de diferentes níveis de ensino e ident...
3. Esquema do Projecto


                         Visões divergentes da         Exigências
                            soc...
4. Fases de desenvolvimento do projecto


 1ª fase: Caracterização da situação através da
 recolha de dados por meio de en...
B. COMUNICAÇÃO:
Os valores éticos na profissão docente: da
    concepção pessoal à profissional

1. Objectivos

Mostrar qu...
2. Aspectos Metodológicos


  Amostra de conveniência, formada por
educadores e professores dos diferentes níveis de
ensin...
2. Pressupostos Teóricos

Da análise da sociedade apoiada em autores diversos
destacam-se os seguintes aspectos:

 Mudança...
2. Pressupostos Teóricos

 Da análise do pensamento ético contemporâneo –
 coexistência de heranças várias e de novas corr...
C. APRESENTAÇÃO DE ALGUNS RESULTADOS

1. Concepção da profissão

1.1. Finalidades

  educação em geral
 desenvolvimento ét...
1. Concepção da profissão

1.2. Funções

 Relacional (sensibilidade, ajuda, atenção às
 necessidades dos alunos, escuta…)
...
1. Concepção da profissão

1.3. Competências profissionais

 Curriculares
 Científicas
 Relacionais (tolerância, respeito,...
1. Concepção da profissão

1.4. Dificuldades da profissão

 imputáveis a escola
 imputáveis aos professores (no ensino de ...
2. Concepção pessoal de ética

2.1. Noção de ética

 Ligada à acção(coerente com os valores e as
 regras)

 Ligada a princ...
2. Concepção pessoal de ética
2.2. Origem dos princípios e valores

  inata
  familiar (o próprio ambiente, o exemplo de f...
2. Concepção pessoal de ética

2.3. Natureza dos princípios e valores

 Universalidade (docentes de ensino secundário)
 Re...
3. Manifestações da dimensão ética da profissão

3.1. Relação entre ética pessoal e profissional
   identificação (a maior...
3. Manifestações da dimensão ética da profissão


3.3. Direcção dos princípios e valores

 Em relação aos alunos (respeito...
4. O professor e o desenvolvimento ético e
social do aluno

4.1. Formação ética em geral

 Objectivos (desenvolver a auton...
4. O professor e o desenvolvimento ético e
social do aluno

4.2. Formação dos alunos para cidadania

 Objectivos       (in...
5. Representações sobre a formação ética
do professor

5.1. Formação inicial

   Recebida (poucos a receberam)*
   Necessi...
5. Representações sobre a formação ética
do professor

5.2. Formação contínua

 Recebida (reduzida)
 Necessidades (gestão ...
D. CONCLUSÕES


1. Concepção da profissão

Sobressaem finalidades de desenvolvimento
ético e cívico e, em consistência, fu...
2. Noção pessoal de ética
Situada fundamentalmente   na   perspectiva   da
  relação

 tanto na vertente mais contextualiz...
3. A dimensão ética da profissão

Assente em valores de ética pessoal aplicados a
situações profissionais

A ética present...
4. O desenvolvimento ético e social dos alunos


Os professores sublinham:

 a formação em valores éticos e de cidadania;
...
5. A formação ética desejada


Integrar tanto a formação inicial como a
formação continua.

Ter, sobretudo, uma dimensão r...
6. Implicações para um projecto de formação

Uma formação que integre:
 O saber prático expresso pelos professores
 As sug...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Los valores éticos en la profesión docente: de la concepción personal a la profesional

4.587 visualizações

Publicada em

Los valores éticos en la profesión docente: de la concepción personal a la profesional”, apresentada no “XIV Congreso Nacional Y III Iberoamericano de Pedagogia: Educación, Ciudadania y Convivencia - Diversidad y sentido social de la educación”

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.587
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
142
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
156
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Los valores éticos en la profesión docente: de la concepción personal a la profesional

  1. 1. Não sendo possível apresentar o texto integral por ser propriedade da Sociedad Española de Pedagogía (entidade organizadora da conferência), apresentamos seguidamente o suporte à comunicação oral.
  2. 2. III CONGRESSO IBERO-AMERICANO DE PEDAGOGIA, SARAGOÇA, 19 DE SETEMBRO DE 2008 Comunicação: “Os valores éticos na profissão docente: da concepção pessoal à profissional” Por M. Rosa Afonso
  3. 3. COMUNICAÇÃO Decorrente do projecto: “Pensamento e formação ético-deontológicos de professores”, financiado pela FCT (Fundação para a Ciência Tecnologia) Unidade de Investigação e Desenvolvimento da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Lisboa.
  4. 4. A. CARACTERIZAÇÃO DO PROJECTO 1. Equipa de investigação Formada por oito docentes de diferentes níveis de ensino superior e não superior Maria Teresa Estrela (coordenadora) Aline Seiça (mestre, ensino secundário) Ana Paula Caetano (doutorada, ensino universitário) Francisco Cordeiro Alves (doutorado, ensino politécnico) Luís Mourinha (mestre, ensino secundário) Maria de Lurdes Oliveira (doutorada, ensino politécnico) Maria de Lurdes Silva (mestre, 2.º ciclo do ensino básico) Maria Rosa Afonso (mestre, 1.º ciclo do ensino básico) Joana Marques (bolseira, licenciada em Cas da Educação)
  5. 5. 2. Objectivos Gerais Caracterizar o pensamento ético-deontológico de professores de diferentes níveis de ensino e identificar variáveis de diferenciação; Identificar estratégias dos professores para a promoção do desenvolvimento moral e social dos alunos; Identificar eventuais relações entre as concepções éticas dos docentes e a escolha de estratégias; Desenvolver acções de formação ajustadas às necessidades identificadas; Avaliar os efeitos da formação desenvolvida.
  6. 6. 3. Esquema do Projecto Visões divergentes da Exigências sociedade actual educativas Formação ética dos professores para a sociedade de amanhã Complexidade e Investigação sobre a ambiguidade do formação ética de pensamento ético professores contemporâneo Exercício ético da profissão Promoção do desenvolvimento sócio- moral dos educandos
  7. 7. 4. Fases de desenvolvimento do projecto 1ª fase: Caracterização da situação através da recolha de dados por meio de entrevistas, questionários; 2ª fase: Intervenção através do desenvolvimento de situações de formação e sua avaliação.
  8. 8. B. COMUNICAÇÃO: Os valores éticos na profissão docente: da concepção pessoal à profissional 1. Objectivos Mostrar que: os valores éticos e de convivência estão presentes na concepção que os professores têm da sua profissão; O discurso dos professores acerca da ética integra os valores sociais e de cidadania, muitos dos quais pretendem que os seus alunos adquiram.
  9. 9. 2. Aspectos Metodológicos Amostra de conveniência, formada por educadores e professores dos diferentes níveis de ensino das regiões de Lisboa e Bragança; Análise de conteúdo de 26 entrevistas semi- directivas, correspondentes aos níveis de educação pré-escolar e ensino básico e secundário; Categorização indutiva.
  10. 10. 2. Pressupostos Teóricos Da análise da sociedade apoiada em autores diversos destacam-se os seguintes aspectos: Mudanças na vida social durante a 2.ª metade do século XX; Explosão escolar; Desenvolvimento económico, científico e tecnológico; Globalização; Sociedade de informação; Desequilíbrios económicos, sociais e escolares. Diferentes papéis para os profesores
  11. 11. 2. Pressupostos Teóricos Da análise do pensamento ético contemporâneo – coexistência de heranças várias e de novas correntes Conceitos éticos aplicáveis à análise do pensamento os professores (em função de estudos anteriores) Éticas de natureza teleológica (a consideração de ben). Éticas de natureza deontológica (a determinação por deveres). Éticas substantivas (atenção aos valores dos contextos para a superação dos conflitos).
  12. 12. C. APRESENTAÇÃO DE ALGUNS RESULTADOS 1. Concepção da profissão 1.1. Finalidades educação em geral desenvolvimento ético-social (autonomia, justiça, respeito…) desenvolvimento da cidadania (regras, participação, consciência crítica e sentido comunitário) desenvolvimento cognitivo mudança social
  13. 13. 1. Concepção da profissão 1.2. Funções Relacional (sensibilidade, ajuda, atenção às necessidades dos alunos, escuta…) Colegial Supletiva das famílias Disciplinar Ética (destacam o exemplo do professor) Transmissiva Promoção do desenvolvimento moral e cognitivo (valores e atitudes)
  14. 14. 1. Concepção da profissão 1.3. Competências profissionais Curriculares Científicas Relacionais (tolerância, respeito, diálogo…) Disciplinares Administrativas Reflexivas Deontológicas (cumprir regras, desempenhar tarefas...)
  15. 15. 1. Concepção da profissão 1.4. Dificuldades da profissão imputáveis a escola imputáveis aos professores (no ensino de valores éticos e na interacção com alunos e colegas) imputáveis ao sistema imputáveis à sociedade (desvalorização da profissão, desfasamento entre os valores da sociedade e da escola, falta de respeito pelos outros, exposição a modelos de violência…)
  16. 16. 2. Concepção pessoal de ética 2.1. Noção de ética Ligada à acção(coerente com os valores e as regras) Ligada a princípios e valores (respeito pelo outro, liberdade, distinção entre o bem e o mal, o moral e o legal).
  17. 17. 2. Concepção pessoal de ética 2.2. Origem dos princípios e valores inata familiar (o próprio ambiente, o exemplo de familiares) escolar experiência profissional eus significativos sociedade experiências de vida (mudanças, aprender com situações difíceis, assumir responsabilidades…) religião leituras formação profissional; desconhecimento da origem;
  18. 18. 2. Concepção pessoal de ética 2.3. Natureza dos princípios e valores Universalidade (docentes de ensino secundário) Relativismo (educadores) 2.4. Domínio dos valores legislativo ético-social e cívico (honestidade, respeito pelo outro, justiça, solidariedade, democracia…) Pessoal (rectidão, autenticidade, autonomia…)
  19. 19. 3. Manifestações da dimensão ética da profissão 3.1. Relação entre ética pessoal e profissional identificação (a maioria dos professores não distingue) identificação parcial (dependente de papéis) 3.2. Domínios Organização curricular Relação com os alunos (disponibilidade, gestão de conflitos, respeito pela individualidade…) Relação dentro da escola (interacção, respeito pelos colegas, empenho…); Relação professor-família-comunidade (respeito e diálogo com as famílias (pré-escolar e 1º ciclo) Conduta do professor (exemplo e atitudes)
  20. 20. 3. Manifestações da dimensão ética da profissão 3.3. Direcção dos princípios e valores Em relação aos alunos (respeito, verdade, responsabilidade e justiça) A si próprio como profissional (autonomia, respeito pelas regras, admissão do erro) Aos colegas (respeito, cooperação e sinceridade) Aos pais À escola À sociedade Ao sistema
  21. 21. 4. O professor e o desenvolvimento ético e social do aluno 4.1. Formação ética em geral Objectivos (desenvolver a autonomia, o respeito pelo outro…) Modalidades/estratégias (trabalho em grupo, projectos, discussão de situações quotidianas…) Contextos (a sala de aula, exterior à aula…) Efeitos (melhorar a participação, o respeito pelo outro, a diminuição dos conflitos, o crescimento como pessoa…)
  22. 22. 4. O professor e o desenvolvimento ético e social do aluno 4.2. Formação dos alunos para cidadania Objectivos (integração, responsabilização, comportamentos sociais, espírito crítico…) Modalidades (projectos, estratégias de participação democrática, análise de situações concretas…) Contextos (escola, recreio…) Efeitos (solidariedade e confiança) Dificuldades (falta de formação e desfasamento entre a vida familiar e escolar).
  23. 23. 5. Representações sobre a formação ética do professor 5.1. Formação inicial Recebida (poucos a receberam)* Necessidades (clarificar regras, aprender a pensar…) Modalidades desejadas (trabalho de projecto, reflexão sobre casos concretos; um programa aberto, construído a partir dos problemas dos alunos…) Conteúdos (conceitos, valores e deveres profissionais) Efeitos (mais segurança e mais auto-estima) *(Em Portugal não existe um código deontológico e muitos cursos não têm qualquer disciplina de ética ou deontologia).
  24. 24. 5. Representações sobre a formação ética do professor 5.2. Formação contínua Recebida (reduzida) Necessidades (gestão de conflitos, reflexão acerca dos problemas actuais…) Modalidades desejadas (discussão de casos concretos, resolução de problemas, dinâmicas de grupo e parcerias com organizações…) Conteúdos (conceitos, comportamentos e aspectos de animação sócio-cultural) Efeitos (poder ser transferível para as práticas)
  25. 25. D. CONCLUSÕES 1. Concepção da profissão Sobressaem finalidades de desenvolvimento ético e cívico e, em consistência, funções e competências profissionais dessa natureza. O desenvolvimento da cidadania é comum ao pensamento de todos os grupos.
  26. 26. 2. Noção pessoal de ética Situada fundamentalmente na perspectiva da relação tanto na vertente mais contextualizada, nos valores da afectividade, da disponibilidade, da ajuda e da atenção; como na vertente mais universalista, nos valores de autonomia, de reciprocidade, de respeito e de justiça. Concepções com alguns pontos comuns, mas variáveis de sujeito para sujeito
  27. 27. 3. A dimensão ética da profissão Assente em valores de ética pessoal aplicados a situações profissionais A ética presente em toda a acção docente: nos domínios relacionais (é o enfoque principal) na organização do trabalho pedagógico, na própria conduta nas relações com a escola e a comunidade nos princípios e valores a que fazem referência.
  28. 28. 4. O desenvolvimento ético e social dos alunos Os professores sublinham: a formação em valores éticos e de cidadania; a formação em valores da vida pessoal e social.
  29. 29. 5. A formação ética desejada Integrar tanto a formação inicial como a formação continua. Ter, sobretudo, uma dimensão reflexiva e de participação. Partir das situações e dos problemas dos contextos.
  30. 30. 6. Implicações para um projecto de formação Uma formação que integre: O saber prático expresso pelos professores As sugestões pedagógicas feitas. O contributo de uma ética de sabedoria prática e dos valores de justiça e de democracia. Uma formação que possa contribuir: Para a constituição de escolas como comunidades éticas, através da reflexão, da discussão e da partilha. Para que do predomínio de uma ética pessoal possa passar-se para uma ética de grupo (profissional).

×