ApresentaçãO Rede Colaborativas Desafios E Vantagens

1.056 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.056
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ApresentaçãO Rede Colaborativas Desafios E Vantagens

  1. 1. GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA APLICADA A EDUCAÇÃO NÚCLEO DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL – BENEVIDES REDES COLABORATIVAS BENEVIDES - PARÁ 2009
  2. 2. Redes Colaborativos: Desafios e Vantagens Com a utilização das novas tecnologias de comunicação e informação (TICs), defrontamo-nos com novas possibilidades e desafios no processo de ensino-aprendizagem. Ambientes virtuais de aprendizagem e projetos colaborativos estão se desenvolvendo rápido e progressivamente. Vamos apresenta nossas primeiras reflexões sobre comunicação significativa e como tornar viáveis comunidades de aprendizagem e projetos colaborativos via rede.
  3. 3. NTE BENEVIDES MARITUBA BENEVIDES STA. BÁRBARA MURINIM STA. IZABEL VIGIA BUJARU COLARES STO.ANTONIO DO TAUÁ TOMÉÁÇU CONCORDIA DO PARÁ SÃO JOÃO DA PONTA MOSQUEIRO BELÉM CASTANHAL CTAE/SEDUC BRAGANÇA NIED/SEMEC/BELÉM MARABÁ REDE C O L A B A O R T I V A URE 11
  4. 4. REDE COLABORATIVA ESCOLAS DA RÊDE BENEVIDES ANA TELES OTÁVIO MEIRA Ruth Guimarães João B. Tavares Bertila
  5. 5. REDE COLABORATIVA ESCOLAS DA RÊDE EDUARDO LAUNDE MARITUBA FERNANDO FERRARI EDMUNDO QUEIRÓS JUSCELINO KUBSCHECK
  6. 6. REDE COLABORATIVA ESCOLAS DA RÊDE SANTA BÁRBARA Escola SANTA BÁRBARA PÁDUA COSTA
  7. 7. REDE COLABORATIVA ESCOLAS DA RÊDE URE 11 BUJARU STO. ANTONIO DO TAUÁ COLARES TOMÉ-AÇU SÃO JOAO DA PONTA SANTA IZABEL VIGIA CONCÓRDIA DO PARÁ
  8. 8. Rede Colaborativa NTE/Benevides BENEVIDES ANA TELES OTÁVIO MEIRA Ruth Guimarães João B. Tavares Bertila MARITUBA FERNANDO FERRARI EDMUNDO QUEIRÓS JUSCELINO KUBSCHECK SANTA BÁRBARA Escola Sta. BÁRBARA PÁDUA COSTA URE 11 BUJARU STO. ANTONIO DO TAUÁ COLARES TOMÉ-AÇU SÃO JOAO DA PONTA SANTA IZABEL VIGIA CONCÓRDIA DO PARÁ
  9. 9. PROJETOS COLABORATIVOS <ul><li>Jornal Mural Cidadão </li></ul><ul><li>Rádio Escola </li></ul><ul><li>Hortas Comunitárias </li></ul><ul><li>Cultura Popular na Comunidade </li></ul><ul><li>Inclusão Digital: Uma questão social </li></ul><ul><li>Arte na Escola: Criando saberes </li></ul>
  10. 10. INTERNET TV-ESCOLA RÁDIO ESCOLA JORNAL MURAL BIBLIOTECA MÍDIAS BLOGS PESQUISAS PODCAST EMAIL GRUPOS FORUNS WEBQUEST WIKI E-Proinfo PORTAIS WWW FOTOLOG JCLIK VIDEOLOG HTML EDITORES REDE COLABORATIVA
  11. 11. PODCAST Podcasting é uma forma de publicação de arquivos de mídia digital (AUDIO, VÍDEO, FOTO, PPS, etc...) pela INTERNET, através de um Feed RSS, que permite aos utilizadores acompanhar a sua atualização. Com isso, é possível o acompanhamento e/ou DOWNLOAD automatico do conteudo de um Podcast.
  12. 12. BLOG Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Ir para: navegação , pesquisa Um blog (contração do termo &quot;Web log&quot;), também chamado de blogue em Portugal, é um site cuja estrutura permite a atualização rápida a partir de acréscimos dos chamados artigos, ou &quot;posts&quot;. Estes são, em geral, organizados de forma cronológica inversa, costumam abordar a temática do blog e podem ser escritos por um número variável de pessoas, de acordo com a política do blog. A Wikipédia possui o(s) portal(is): Portal de entretenimento
  13. 13. AMBIENTES DE APRENDIZAGEM Explorando o princípio da aprendizagem cooperativa <ul><li>Cooperação não se dá entre vontades, </li></ul><ul><li>Cooperação é de saberes , </li></ul><ul><li>Através da cooperação, diferentes conhecimentos são combinados e transformados. </li></ul><ul><li>É importante a existência de um ambiente que demande rapartição de saberes, </li></ul><ul><li>É necessário se mudar a cultura da força bruta, isto é, apenas reunir material existente para a cultura da inteligência. </li></ul><ul><li>Nos trabalhos de grupo é comum a cooperação de vontades e não costuma ocorrer a integração de saberes. </li></ul><ul><li>A escola, na maior parte dos casos, não ensina o trabalho cooperativo que o aluno vai precisar no mundo do trabalho. </li></ul>

×