SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 9
As 9 respostas de um Sábio Tales de Mileto nasceu em Tebas,  no ano 625 A.C.  Morreu em Atenas em 547 A.C.,  aos 78 anos.
Tales de Mileto Foi um filósofo grego, fundador da Escola Jônica, considerado como um dos 7 sábios da Grécia Antiga. Matemático, astrônomo e um grande pensador, Tales de Mileto viajou ao Egito, onde realizou estudos e entrou em contato com os mistérios  da religião egípcia.  É atribuído a ele, a previsão de um eclipse do Sol, no ano de 585 A.C. Também realizou uma façanha incrível:  seu talento matemático era tão pouco comum,  que conseguiu estabelecer com precisão  a altura das pirâmides,  apenas medindo a sombra que projetavam.  Alguém disse:  que foi o primeiro a dar una explicação lógica,  para a ocorrência dos eclipses.
Para provar que seu conhecimento teria utilidade prática,  afirmou que em um determinado ano, a colheita de azeitonas seria excepcional. Então ele arrendou a maioria das refinarias de azeite de Mileto. Com esta manobra ganhou um bom dinheiro, somente com o propósito de fazer calar os que diziam que a filosofia era um capricho dos ociosos. Se destacou principalmente por seus trabalhos em filosofia e matemática. Nesta última ciência , lhe atribuem as primeiras demonstrações de teoremas geométricos, mediante o raciocínio lógico, e foi por estes trabalhos que o consideram o pai da Geometria. Foi o primeiro a sustentar que a Lua brilhava pelo reflexo do Sol,  e por conseguinte determinou o número exato de dias, que contém um ano.
As 9 Respostas de um Sábio “ Um sofista se aproximou de Tales de Mileto,  e tentou confundi-lo com as perguntas mais difíceis. Mas o sábio de Mileto estava a altura da prova, porque respondeu a todas as perguntas  sem a menor vacilação, e com a maior exatidão.”
Responda as perguntas antes de clicar no mouse. 1 – O que é mais antigo ? R.– DEUS, porque sempre existiu. 2 – O que é mais belo ? R.– O UNIVERSO, porque é a obra de  Deus.
3 – Qual é a maior de todas as coisas ? R.– O ESPAÇO, porque contém tudo do Criador. 4 – O que é mais constante ? R.– A ESPERANÇA, porque permanece no homem, mesmo depois de ter perdido tudo.
5 – Qual é a melhor de todas as coisas ? R.– A VIRTUDE, porque sem ela não existiria nada de bom. 6 – Qual é a coisa mais rápida de todas ? R.– O PENSAMENTO, porque em menos de um minuto,  nos permite voar até o final do Universo.
7 – Qual é a mais forte de todas as coisas ? R.– A NECESSIDADE, porque é com ela que o homem enfrenta  todos os perigos da vida. 8 – O que é o mais fácil de todas as coisas ? R.– Dar CONSELHOS.
Mas quando chegou a nona pergunta , nosso sábio falou um paradoxo. Deu uma resposta , quiçá não entendida por seu mundano interlocutor. A pergunta foi esta: 9 – O que é o mais difícil ? E o Sábio de Mileto replicou: Conhecer-se a si mesmo.

Mais conteúdo relacionado

Destaque

O Sabio Samurai
O Sabio SamuraiO Sabio Samurai
O Sabio Samuraiklaudia60
 
Grande homem (com som)
Grande homem (com som)Grande homem (com som)
Grande homem (com som)kinhho
 
O SáBio
O SáBioO SáBio
O SáBioedubh1
 
Gotas de luz (psicografia chico xavier espírito casimiro cunha)
Gotas de luz (psicografia chico xavier   espírito casimiro cunha)Gotas de luz (psicografia chico xavier   espírito casimiro cunha)
Gotas de luz (psicografia chico xavier espírito casimiro cunha)Ricardo Akerman
 
Proverbios Japoneses
Proverbios JaponesesProverbios Japoneses
Proverbios JaponesesUCC
 
Lenda Samurai
Lenda SamuraiLenda Samurai
Lenda SamuraiJNR
 
Provérbio japonês
Provérbio japonêsProvérbio japonês
Provérbio japonêskinhho
 
O misterio das coisas
O misterio das coisasO misterio das coisas
O misterio das coisasJNR
 
Um Dia Você Aprende
Um Dia Você AprendeUm Dia Você Aprende
Um Dia Você AprendeJNR
 
Reflexões - Borboletas da vida*
Reflexões - Borboletas da vida*Reflexões - Borboletas da vida*
Reflexões - Borboletas da vida*Cristiane Freitas
 
Fábula Os 7 sábios cegos e o elefante unesp
Fábula Os 7 sábios cegos e o elefante   unespFábula Os 7 sábios cegos e o elefante   unesp
Fábula Os 7 sábios cegos e o elefante unespFrancy Pimentel
 
Compromisso
CompromissoCompromisso
CompromissoJNR
 
Sapatos sujos
Sapatos sujosSapatos sujos
Sapatos sujosJNR
 
O voo
O vooO voo
O vooJNR
 
Um Conto Chines
Um Conto ChinesUm Conto Chines
Um Conto Chinesklaudia60
 
A Arte da Guerra - Sun Tzu
A Arte da Guerra - Sun TzuA Arte da Guerra - Sun Tzu
A Arte da Guerra - Sun TzuSergio Montes
 
A cultura japonesa
A cultura japonesaA cultura japonesa
A cultura japonesaAna Pereira
 
O LaçO E O AbraçO
O LaçO E O AbraçOO LaçO E O AbraçO
O LaçO E O AbraçOJNR
 

Destaque (20)

O Sabio Samurai
O Sabio SamuraiO Sabio Samurai
O Sabio Samurai
 
Grande homem (com som)
Grande homem (com som)Grande homem (com som)
Grande homem (com som)
 
O SáBio
O SáBioO SáBio
O SáBio
 
Quando você muda
Quando você mudaQuando você muda
Quando você muda
 
Gotas de luz (psicografia chico xavier espírito casimiro cunha)
Gotas de luz (psicografia chico xavier   espírito casimiro cunha)Gotas de luz (psicografia chico xavier   espírito casimiro cunha)
Gotas de luz (psicografia chico xavier espírito casimiro cunha)
 
Proverbios Japoneses
Proverbios JaponesesProverbios Japoneses
Proverbios Japoneses
 
Lenda Samurai
Lenda SamuraiLenda Samurai
Lenda Samurai
 
Provérbio japonês
Provérbio japonêsProvérbio japonês
Provérbio japonês
 
O misterio das coisas
O misterio das coisasO misterio das coisas
O misterio das coisas
 
Um Dia Você Aprende
Um Dia Você AprendeUm Dia Você Aprende
Um Dia Você Aprende
 
Reflexões - Borboletas da vida*
Reflexões - Borboletas da vida*Reflexões - Borboletas da vida*
Reflexões - Borboletas da vida*
 
Fábula Os 7 sábios cegos e o elefante unesp
Fábula Os 7 sábios cegos e o elefante   unespFábula Os 7 sábios cegos e o elefante   unesp
Fábula Os 7 sábios cegos e o elefante unesp
 
JAPAO
JAPAOJAPAO
JAPAO
 
Compromisso
CompromissoCompromisso
Compromisso
 
Sapatos sujos
Sapatos sujosSapatos sujos
Sapatos sujos
 
O voo
O vooO voo
O voo
 
Um Conto Chines
Um Conto ChinesUm Conto Chines
Um Conto Chines
 
A Arte da Guerra - Sun Tzu
A Arte da Guerra - Sun TzuA Arte da Guerra - Sun Tzu
A Arte da Guerra - Sun Tzu
 
A cultura japonesa
A cultura japonesaA cultura japonesa
A cultura japonesa
 
O LaçO E O AbraçO
O LaçO E O AbraçOO LaçO E O AbraçO
O LaçO E O AbraçO
 

Mais de JNR

Ainda tomaremos um cafe juntos
Ainda tomaremos um cafe juntosAinda tomaremos um cafe juntos
Ainda tomaremos um cafe juntosJNR
 
7 encontro propaganda, promoção e rp
7 encontro propaganda, promoção e rp7 encontro propaganda, promoção e rp
7 encontro propaganda, promoção e rpJNR
 
O voo
O vooO voo
O vooJNR
 
Tormentas
TormentasTormentas
TormentasJNR
 
é Loucura
é Loucuraé Loucura
é LoucuraJNR
 
Amizade jb
Amizade jbAmizade jb
Amizade jbJNR
 
Caminhos e escolhas
Caminhos e escolhasCaminhos e escolhas
Caminhos e escolhasJNR
 
Ciclos em nossas vidas
Ciclos em nossas vidasCiclos em nossas vidas
Ciclos em nossas vidasJNR
 
A felicidade e uma viagem e nao um destino
A felicidade e uma viagem e nao um destinoA felicidade e uma viagem e nao um destino
A felicidade e uma viagem e nao um destinoJNR
 
O amor e o tempo
O amor e o tempoO amor e o tempo
O amor e o tempoJNR
 
Avos
AvosAvos
AvosJNR
 
Relacionamentos
RelacionamentosRelacionamentos
RelacionamentosJNR
 
A coragem e a vontade
A coragem e a vontadeA coragem e a vontade
A coragem e a vontadeJNR
 
O amor e o tempo
O amor e o tempoO amor e o tempo
O amor e o tempoJNR
 
Caminhos e escolhas
Caminhos e escolhasCaminhos e escolhas
Caminhos e escolhasJNR
 
Muitas vidas muitos mestres
Muitas vidas muitos mestresMuitas vidas muitos mestres
Muitas vidas muitos mestresJNR
 
Valioso tempo
Valioso tempoValioso tempo
Valioso tempoJNR
 
Posta de natal divertido
Posta de natal divertidoPosta de natal divertido
Posta de natal divertidoJNR
 
O abacaxi
O abacaxiO abacaxi
O abacaxiJNR
 
Desapêgo emocionall
Desapêgo emocionallDesapêgo emocionall
Desapêgo emocionallJNR
 

Mais de JNR (20)

Ainda tomaremos um cafe juntos
Ainda tomaremos um cafe juntosAinda tomaremos um cafe juntos
Ainda tomaremos um cafe juntos
 
7 encontro propaganda, promoção e rp
7 encontro propaganda, promoção e rp7 encontro propaganda, promoção e rp
7 encontro propaganda, promoção e rp
 
O voo
O vooO voo
O voo
 
Tormentas
TormentasTormentas
Tormentas
 
é Loucura
é Loucuraé Loucura
é Loucura
 
Amizade jb
Amizade jbAmizade jb
Amizade jb
 
Caminhos e escolhas
Caminhos e escolhasCaminhos e escolhas
Caminhos e escolhas
 
Ciclos em nossas vidas
Ciclos em nossas vidasCiclos em nossas vidas
Ciclos em nossas vidas
 
A felicidade e uma viagem e nao um destino
A felicidade e uma viagem e nao um destinoA felicidade e uma viagem e nao um destino
A felicidade e uma viagem e nao um destino
 
O amor e o tempo
O amor e o tempoO amor e o tempo
O amor e o tempo
 
Avos
AvosAvos
Avos
 
Relacionamentos
RelacionamentosRelacionamentos
Relacionamentos
 
A coragem e a vontade
A coragem e a vontadeA coragem e a vontade
A coragem e a vontade
 
O amor e o tempo
O amor e o tempoO amor e o tempo
O amor e o tempo
 
Caminhos e escolhas
Caminhos e escolhasCaminhos e escolhas
Caminhos e escolhas
 
Muitas vidas muitos mestres
Muitas vidas muitos mestresMuitas vidas muitos mestres
Muitas vidas muitos mestres
 
Valioso tempo
Valioso tempoValioso tempo
Valioso tempo
 
Posta de natal divertido
Posta de natal divertidoPosta de natal divertido
Posta de natal divertido
 
O abacaxi
O abacaxiO abacaxi
O abacaxi
 
Desapêgo emocionall
Desapêgo emocionallDesapêgo emocionall
Desapêgo emocionall
 

Último

Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniCassio Meira Jr.
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASBCRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASBAline Santana
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxOsnilReis1
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasRosalina Simão Nunes
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdfJorge Andrade
 

Último (20)

Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASBCRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
 

As 9 respostas de Tales de Mileto

  • 1. As 9 respostas de um Sábio Tales de Mileto nasceu em Tebas, no ano 625 A.C. Morreu em Atenas em 547 A.C., aos 78 anos.
  • 2. Tales de Mileto Foi um filósofo grego, fundador da Escola Jônica, considerado como um dos 7 sábios da Grécia Antiga. Matemático, astrônomo e um grande pensador, Tales de Mileto viajou ao Egito, onde realizou estudos e entrou em contato com os mistérios da religião egípcia. É atribuído a ele, a previsão de um eclipse do Sol, no ano de 585 A.C. Também realizou uma façanha incrível: seu talento matemático era tão pouco comum, que conseguiu estabelecer com precisão a altura das pirâmides, apenas medindo a sombra que projetavam. Alguém disse: que foi o primeiro a dar una explicação lógica, para a ocorrência dos eclipses.
  • 3. Para provar que seu conhecimento teria utilidade prática, afirmou que em um determinado ano, a colheita de azeitonas seria excepcional. Então ele arrendou a maioria das refinarias de azeite de Mileto. Com esta manobra ganhou um bom dinheiro, somente com o propósito de fazer calar os que diziam que a filosofia era um capricho dos ociosos. Se destacou principalmente por seus trabalhos em filosofia e matemática. Nesta última ciência , lhe atribuem as primeiras demonstrações de teoremas geométricos, mediante o raciocínio lógico, e foi por estes trabalhos que o consideram o pai da Geometria. Foi o primeiro a sustentar que a Lua brilhava pelo reflexo do Sol, e por conseguinte determinou o número exato de dias, que contém um ano.
  • 4. As 9 Respostas de um Sábio “ Um sofista se aproximou de Tales de Mileto, e tentou confundi-lo com as perguntas mais difíceis. Mas o sábio de Mileto estava a altura da prova, porque respondeu a todas as perguntas sem a menor vacilação, e com a maior exatidão.”
  • 5. Responda as perguntas antes de clicar no mouse. 1 – O que é mais antigo ? R.– DEUS, porque sempre existiu. 2 – O que é mais belo ? R.– O UNIVERSO, porque é a obra de Deus.
  • 6. 3 – Qual é a maior de todas as coisas ? R.– O ESPAÇO, porque contém tudo do Criador. 4 – O que é mais constante ? R.– A ESPERANÇA, porque permanece no homem, mesmo depois de ter perdido tudo.
  • 7. 5 – Qual é a melhor de todas as coisas ? R.– A VIRTUDE, porque sem ela não existiria nada de bom. 6 – Qual é a coisa mais rápida de todas ? R.– O PENSAMENTO, porque em menos de um minuto, nos permite voar até o final do Universo.
  • 8. 7 – Qual é a mais forte de todas as coisas ? R.– A NECESSIDADE, porque é com ela que o homem enfrenta todos os perigos da vida. 8 – O que é o mais fácil de todas as coisas ? R.– Dar CONSELHOS.
  • 9. Mas quando chegou a nona pergunta , nosso sábio falou um paradoxo. Deu uma resposta , quiçá não entendida por seu mundano interlocutor. A pergunta foi esta: 9 – O que é o mais difícil ? E o Sábio de Mileto replicou: Conhecer-se a si mesmo.