Abrindo Janelas, Portas e Arquivos 
Redescobrindo o acervo arquivístico do Museu Histórico de Santa Catarina
Contextualizando... 
Orientador de Estágio: Valdemar de Assis Lima 
Supervisor: Renilton Roberto da Silva Matos de Assis (...
Atividades de Estágio...
Abrindo a primeira janela... 
Saí da reunião abismada com as possibilidades de atividades a serem desempenhadas durante o ...
Abrindo a primeira porta... 
Segundo o Relatório de Estágio 
“Palácio Cruz e Souza: uma história através de documentos” (2...
Acervos do Museu... 
Arquivístico 
Arqueológico 
Museológico 
Bibliográfico
Abrindo o arquivo...
Triagem e classificação dos documentos 
04 grandes áreas (gavetas) 
44 subcategorias (pastas) 
o 
o
Santa Catarina 
Personagens 
Personagens 
Catarinenses 
Anita Garibaldi 
João Cruz e 
Sousa 
Martinho de Haro Negritude e ...
Cada pasta recebeu uma Ficha de Registro para identificar os documentos nela contidos. 
Em seguida a estante foi higieniza...
GAVETA 
Nº DE DOCUMENTOS 
Gaveta 1 – MHSC 
461 
Gaveta 2 – SANTA CATARINA 
360 
Gaveta 3 – PERSONAGENS 
80 
Gaveta 4 – OUT...
Refletindo para além do documento... 
O ato de documentar (ou arquivar) é um conhecimento situado em específicas relações ...
Considerações Finais... 
Como que uma instituição guiará suas ações, se nem ao menos sabe de sua história, de sua trajetór...
Abrindo janelas, portas e arquivos Redescobrindo o acervo arquivístivo do Museu Histórico de Santa Catarina 
∴ 
juliamgodi...
Abrindo Janelas, Portas e Arquivos: redescobrindo o acervo arquivístico do Museu Histórico de Santa Catarina
Abrindo Janelas, Portas e Arquivos: redescobrindo o acervo arquivístico do Museu Histórico de Santa Catarina
Abrindo Janelas, Portas e Arquivos: redescobrindo o acervo arquivístico do Museu Histórico de Santa Catarina
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Abrindo Janelas, Portas e Arquivos: redescobrindo o acervo arquivístico do Museu Histórico de Santa Catarina

230 visualizações

Publicada em

Apresentação do "Seminário Museus Possíveis: diferentes experiências na área da Museologia" na 8ª Primavera de Museus.

Setembro de 2014

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Abrindo Janelas, Portas e Arquivos: redescobrindo o acervo arquivístico do Museu Histórico de Santa Catarina

  1. 1. Abrindo Janelas, Portas e Arquivos Redescobrindo o acervo arquivístico do Museu Histórico de Santa Catarina
  2. 2. Contextualizando... Orientador de Estágio: Valdemar de Assis Lima Supervisor: Renilton Roberto da Silva Matos de Assis (Museólogo do MHSC) Estágio Curricular Supervisionado Obrigatório do Curso de Graduação em Museologia (UFSC) 17 de março de 2014 a 8 de julho de 2014 20 horas semanais Setor Museológico do MHSC O quê? Orientação Local Período
  3. 3. Atividades de Estágio...
  4. 4. Abrindo a primeira janela... Saí da reunião abismada com as possibilidades de atividades a serem desempenhadas durante o meu estágio... com apenas uma ressalva: não queria, de jeito nenhum, trabalhar com documentação museológica. Fui para casa naquela tarde sem saber que aquela janela permanecia aberta.
  5. 5. Abrindo a primeira porta... Segundo o Relatório de Estágio “Palácio Cruz e Souza: uma história através de documentos” (2011), o acervo arquivístico, que provavelmente começou a ser formado durante a gestão de Jessy Cherem (1977 – 1987), parou de ser alimentado por volta do ano de 2002. Desde então permaneceu fechado.
  6. 6. Acervos do Museu... Arquivístico Arqueológico Museológico Bibliográfico
  7. 7. Abrindo o arquivo...
  8. 8. Triagem e classificação dos documentos 04 grandes áreas (gavetas) 44 subcategorias (pastas) o o
  9. 9. Santa Catarina Personagens Personagens Catarinenses Anita Garibaldi João Cruz e Sousa Martinho de Haro Negritude e Escravidão Rendas da Ilha Patrimônio/ História de Florianópolis Ponte Hercílio Luz Patrimônio/História Estadual Legislação Estadual Cidades Catarinenses Governadores do Estado Imagens de Santa Catarina Museus do Estado Jornal Ô Catarina Jornal Fala Bernunça Catálogo de exposições Convites de exposições Instituições Museológicas Clippings Imagens Boletins Informativos Folders Outros Materiais Museu Histórico de Santa Catarina Correspondência Comunicação Interna Relatórios Técnicos Portarias Convênios Administrativo MHSC Legislação MHSC Visitação MHSC Doações para o MHSC Planta-Baixa Projetos Expositivos/de Eventos do MHSC Imagens Clipping MHSC Informativos MHSC Eventos MHSC Histórico do Palácio Exposições Convite para Eventos no MHSC Material Gráfico MHSC Cursos/Palestras no MHSC Conservação e Restauração no MHSC
  10. 10. Cada pasta recebeu uma Ficha de Registro para identificar os documentos nela contidos. Em seguida a estante foi higienizada e as pastas de papel cartão foram substituídas por pastas suspensas de poliuretano e receberam etiquetas de identificação.
  11. 11. GAVETA Nº DE DOCUMENTOS Gaveta 1 – MHSC 461 Gaveta 2 – SANTA CATARINA 360 Gaveta 3 – PERSONAGENS 80 Gaveta 4 – OUTROS MATERIAIS 130 TOTAL 1031
  12. 12. Refletindo para além do documento... O ato de documentar (ou arquivar) é um conhecimento situado em específicas relações históricas e culturais. A ação documental tradicional envolve a coleta, categorização e conservação de “dados” racional e objetivamente, sem levar em conta que esse processamento técnico não é um ato neutro. Há um viés metodológico e epistemológico que guia a técnica, a prática, que é causa e efeito da teoria. Ou seja, é um ato político.
  13. 13. Considerações Finais... Como que uma instituição guiará suas ações, se nem ao menos sabe de sua história, de sua trajetória, ou sequer tem dimensão do acervo que tem sobre sua guarda? O arquivo e o acervo devem ser entendidos como processos, e não um trabalho acabado. Há necessidade de se dar continuidade ao projeto a fim de se desvendar e compreender a história do museu... “ ”
  14. 14. Abrindo janelas, portas e arquivos Redescobrindo o acervo arquivístivo do Museu Histórico de Santa Catarina ∴ juliamgodinho@gmail.com // Seminário Museus Possíveis: diferentes experiências na área da Museologia Florianópolis/SC, 22 de setembro de 2014

×