SlideShare uma empresa Scribd logo

Estás doente?

J
jmeirelles

Apresentação de imagens com fundo musical e textos reflexivos

1 de 24
Baixar para ler offline
MENSAGENS REFLEXIVAS Arte da Imagem, Arte da Música e Arte do Pensamento ESTÁS  DOENTE? Arte da Imagem: Recebidas da internet Arte da Música: Secret Garden e Sonata ao Luar  Texto: Emmanuel
Na medida do progresso espiritual do homem, a Ciência vai aos poucos desvendando os mistérios do corpo humano e seus desequilíbrios – as doenças, no contexto de forças universais.  A sanidade física de uma pessoa passou a ser depen-dente da qualidade das vibrações mentais que energizam o seu organismo.  Realmente, a vida, em última análise, é pensamento, é o imponderável que a Física Quântica está, aos poucos,  desvendando.  J. Meirelles   Admiremos as imagens e, na singeleza dos textos, meditemos sobre alguns  aspectos da LEI, no embalo da arte musical de Beethoven.
Todas as criaturas humanas adoecem, todavia são raros aqueles que cogitam de cura real. Todas as criaturas humanas adoecem, todavia são raros aqueles que cogitam de cura real. Todas as criaturas humanas adoecem, todavia são raros aqueles que cogitam de cura real.
Se te encontras enfermo, não acredites que a ação medica-mentosa, através da boca ou dos poros, te possa restauar integralmente. Se te encontras enfermo, não acredites que a ação medicamentosa, através da boca ou dos poros, te possa restauar integralmente.
O comprimido ajuda, a injeção melhora, entretanto, nunca te esqueças de que os verdadeiros males procedem do coração.  O comprimido ajuda, a injeção melhora, entretanto, nunca te esqueças de que os verdadeiros males procedem do coração.
A mente é fonte criadora.  A mente é fonte criadora.  A mente é fonte criadora.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Disciplina Dos Desejos
Disciplina Dos DesejosDisciplina Dos Desejos
Disciplina Dos Desejosguest39c78c
 
Disciplina dos desejos
Disciplina dos desejosDisciplina dos desejos
Disciplina dos desejosAntonino Silva
 
Bem aventurados os que temos olhos fechados
Bem aventurados os que temos olhos fechadosBem aventurados os que temos olhos fechados
Bem aventurados os que temos olhos fechadosIzabel Cristina Fonseca
 
Vida Feliz - 018
Vida Feliz - 018Vida Feliz - 018
Vida Feliz - 018Joel Macedo
 
Palestra o carater educativo da dor
Palestra  o carater educativo da dorPalestra  o carater educativo da dor
Palestra o carater educativo da dorVal Ruas
 
Doenças e curas - sob a ótica Espírita – Parte 4
Doenças e curas - sob a ótica Espírita – Parte 4Doenças e curas - sob a ótica Espírita – Parte 4
Doenças e curas - sob a ótica Espírita – Parte 4Patricia Farias
 
Dor, Momento de Reflexão e Progresso - Instituto Espírita de Educação
Dor, Momento de Reflexão e Progresso - Instituto Espírita de EducaçãoDor, Momento de Reflexão e Progresso - Instituto Espírita de Educação
Dor, Momento de Reflexão e Progresso - Instituto Espírita de EducaçãoInstituto Espírita de Educação
 
O médico jesus (josé carlos de lucca)
O médico jesus (josé carlos de lucca)O médico jesus (josé carlos de lucca)
O médico jesus (josé carlos de lucca)mateusjardim
 
A paciência
A paciênciaA paciência
A paciênciahome
 
Palestra Pública - A verdadeira cura
Palestra Pública - A verdadeira curaPalestra Pública - A verdadeira cura
Palestra Pública - A verdadeira curanelmarvoc
 
Escutando sentimentos cap 02
Escutando sentimentos cap 02Escutando sentimentos cap 02
Escutando sentimentos cap 02Leonardo Pereira
 
Mocidade Espírita Chico Xavier - Aula 3 - Se eu quiser falar com Deus
Mocidade Espírita Chico Xavier - Aula 3 - Se eu quiser falar com DeusMocidade Espírita Chico Xavier - Aula 3 - Se eu quiser falar com Deus
Mocidade Espírita Chico Xavier - Aula 3 - Se eu quiser falar com DeusSergio Lima Dias Junior
 

Mais procurados (20)

Disciplina Dos Desejos
Disciplina Dos DesejosDisciplina Dos Desejos
Disciplina Dos Desejos
 
Pelo amor ou pela dor!
Pelo amor ou pela dor!Pelo amor ou pela dor!
Pelo amor ou pela dor!
 
Disciplina dos desejos
Disciplina dos desejosDisciplina dos desejos
Disciplina dos desejos
 
Bem aventurados os que temos olhos fechados
Bem aventurados os que temos olhos fechadosBem aventurados os que temos olhos fechados
Bem aventurados os que temos olhos fechados
 
Vida Feliz - 018
Vida Feliz - 018Vida Feliz - 018
Vida Feliz - 018
 
Palestra o carater educativo da dor
Palestra  o carater educativo da dorPalestra  o carater educativo da dor
Palestra o carater educativo da dor
 
Doenças da alma
Doenças da almaDoenças da alma
Doenças da alma
 
Doenças e curas - sob a ótica Espírita – Parte 4
Doenças e curas - sob a ótica Espírita – Parte 4Doenças e curas - sob a ótica Espírita – Parte 4
Doenças e curas - sob a ótica Espírita – Parte 4
 
Dor, Momento de Reflexão e Progresso - Instituto Espírita de Educação
Dor, Momento de Reflexão e Progresso - Instituto Espírita de EducaçãoDor, Momento de Reflexão e Progresso - Instituto Espírita de Educação
Dor, Momento de Reflexão e Progresso - Instituto Espírita de Educação
 
O médico jesus (josé carlos de lucca)
O médico jesus (josé carlos de lucca)O médico jesus (josé carlos de lucca)
O médico jesus (josé carlos de lucca)
 
A dor na nossa evolução
A dor na nossa evoluçãoA dor na nossa evolução
A dor na nossa evolução
 
Curas de jesus
Curas de jesusCuras de jesus
Curas de jesus
 
A paciência
A paciênciaA paciência
A paciência
 
79045020 reiki-2-geral
79045020 reiki-2-geral79045020 reiki-2-geral
79045020 reiki-2-geral
 
Palestra Pública - A verdadeira cura
Palestra Pública - A verdadeira curaPalestra Pública - A verdadeira cura
Palestra Pública - A verdadeira cura
 
Palestra Espírita - A paciência
Palestra Espírita - A paciênciaPalestra Espírita - A paciência
Palestra Espírita - A paciência
 
Escutando sentimentos cap 02
Escutando sentimentos cap 02Escutando sentimentos cap 02
Escutando sentimentos cap 02
 
64014763 saude-joao-nunes-maia-pelo-espirito-miramez
64014763 saude-joao-nunes-maia-pelo-espirito-miramez64014763 saude-joao-nunes-maia-pelo-espirito-miramez
64014763 saude-joao-nunes-maia-pelo-espirito-miramez
 
( Apometria) a importancia da reforma intima no tratamento de apometria
( Apometria)   a importancia da reforma intima no tratamento de apometria( Apometria)   a importancia da reforma intima no tratamento de apometria
( Apometria) a importancia da reforma intima no tratamento de apometria
 
Mocidade Espírita Chico Xavier - Aula 3 - Se eu quiser falar com Deus
Mocidade Espírita Chico Xavier - Aula 3 - Se eu quiser falar com DeusMocidade Espírita Chico Xavier - Aula 3 - Se eu quiser falar com Deus
Mocidade Espírita Chico Xavier - Aula 3 - Se eu quiser falar com Deus
 

Semelhante a Estás doente?

Estás doente2
Estás doente2Estás doente2
Estás doente2jmeirelles
 
Leis naturais ou divinas o livro dos espíritos - livro iii - ca ps. i a iii
Leis naturais ou divinas   o livro dos espíritos - livro iii - ca ps. i a iiiLeis naturais ou divinas   o livro dos espíritos - livro iii - ca ps. i a iii
Leis naturais ou divinas o livro dos espíritos - livro iii - ca ps. i a iiiSuely Anjos
 
curso básico de espiritismo 14
curso básico de espiritismo 14curso básico de espiritismo 14
curso básico de espiritismo 14Roseli Lemes
 
Aula 1 - Introdução ao Estudo sobre o Mundo Espiritual - Força do Pensameto
Aula 1 - Introdução ao Estudo sobre o Mundo Espiritual - Força do PensametoAula 1 - Introdução ao Estudo sobre o Mundo Espiritual - Força do Pensameto
Aula 1 - Introdução ao Estudo sobre o Mundo Espiritual - Força do PensametoBreno Ortiz Tavares Costa
 
Nascer_de_Novo_fesman.ppt
Nascer_de_Novo_fesman.pptNascer_de_Novo_fesman.ppt
Nascer_de_Novo_fesman.pptEdsonAguiar30
 
Palestra Depressão: Doença Física ou Espiritual?
Palestra Depressão: Doença Física ou Espiritual?Palestra Depressão: Doença Física ou Espiritual?
Palestra Depressão: Doença Física ou Espiritual?Marcelo Suster
 
Escutando sentimentos cap 04
Escutando sentimentos cap 04Escutando sentimentos cap 04
Escutando sentimentos cap 04Leonardo Pereira
 
Esclarecedores de Reunião Mediúnica
Esclarecedores de Reunião MediúnicaEsclarecedores de Reunião Mediúnica
Esclarecedores de Reunião MediúnicaM.R.L
 
Caridade paulo instrucoes_espiritos
Caridade paulo instrucoes_espiritosCaridade paulo instrucoes_espiritos
Caridade paulo instrucoes_espiritosEdjard Mota
 
Depressão&espiritismo
Depressão&espiritismoDepressão&espiritismo
Depressão&espiritismoVal Ruas
 
A auto cura, curando os males espirituais
A auto cura, curando os males espirituais A auto cura, curando os males espirituais
A auto cura, curando os males espirituais ThiagoPereiraSantos2
 
Mens sana in corporis sano
Mens sana in corporis sanoMens sana in corporis sano
Mens sana in corporis sanoDr. Walter Cury
 

Semelhante a Estás doente? (20)

Estás doente2
Estás doente2Estás doente2
Estás doente2
 
A DÍVIDA, O TEMPO E A EUTANÁSIA
A DÍVIDA, O TEMPO E A EUTANÁSIAA DÍVIDA, O TEMPO E A EUTANÁSIA
A DÍVIDA, O TEMPO E A EUTANÁSIA
 
A medicina e o espiritismo
A medicina e o espiritismoA medicina e o espiritismo
A medicina e o espiritismo
 
Leis naturais ou divinas o livro dos espíritos - livro iii - ca ps. i a iii
Leis naturais ou divinas   o livro dos espíritos - livro iii - ca ps. i a iiiLeis naturais ou divinas   o livro dos espíritos - livro iii - ca ps. i a iii
Leis naturais ou divinas o livro dos espíritos - livro iii - ca ps. i a iii
 
curso básico de espiritismo 14
curso básico de espiritismo 14curso básico de espiritismo 14
curso básico de espiritismo 14
 
Aula 1 - Introdução ao Estudo sobre o Mundo Espiritual - Força do Pensameto
Aula 1 - Introdução ao Estudo sobre o Mundo Espiritual - Força do PensametoAula 1 - Introdução ao Estudo sobre o Mundo Espiritual - Força do Pensameto
Aula 1 - Introdução ao Estudo sobre o Mundo Espiritual - Força do Pensameto
 
Habitos Saudáveis
Habitos SaudáveisHabitos Saudáveis
Habitos Saudáveis
 
Sentido_da_vida.ppt
Sentido_da_vida.pptSentido_da_vida.ppt
Sentido_da_vida.ppt
 
Nascer_de_Novo_fesman.ppt
Nascer_de_Novo_fesman.pptNascer_de_Novo_fesman.ppt
Nascer_de_Novo_fesman.ppt
 
Palestra Depressão: Doença Física ou Espiritual?
Palestra Depressão: Doença Física ou Espiritual?Palestra Depressão: Doença Física ou Espiritual?
Palestra Depressão: Doença Física ou Espiritual?
 
Mediunidade o que é isso apostila 038
Mediunidade o que é isso   apostila 038Mediunidade o que é isso   apostila 038
Mediunidade o que é isso apostila 038
 
Escutando sentimentos cap 04
Escutando sentimentos cap 04Escutando sentimentos cap 04
Escutando sentimentos cap 04
 
Esclarecedores de Reunião Mediúnica
Esclarecedores de Reunião MediúnicaEsclarecedores de Reunião Mediúnica
Esclarecedores de Reunião Mediúnica
 
Caridade paulo instrucoes_espiritos
Caridade paulo instrucoes_espiritosCaridade paulo instrucoes_espiritos
Caridade paulo instrucoes_espiritos
 
Depressão&espiritismo
Depressão&espiritismoDepressão&espiritismo
Depressão&espiritismo
 
Disciplina mental
Disciplina mental  Disciplina mental
Disciplina mental
 
As bem aventuranças
As bem aventuranças As bem aventuranças
As bem aventuranças
 
A auto cura, curando os males espirituais
A auto cura, curando os males espirituais A auto cura, curando os males espirituais
A auto cura, curando os males espirituais
 
CORAÇÃO SEGUNDO A MTC
CORAÇÃO SEGUNDO A MTCCORAÇÃO SEGUNDO A MTC
CORAÇÃO SEGUNDO A MTC
 
Mens sana in corporis sano
Mens sana in corporis sanoMens sana in corporis sano
Mens sana in corporis sano
 

Mais de jmeirelles

Não está deprimido... estás distraído
Não está deprimido...  estás distraídoNão está deprimido...  estás distraído
Não está deprimido... estás distraídojmeirelles
 
Beleza e sabedoria natureza e pensamento
Beleza e sabedoria   natureza e pensamentoBeleza e sabedoria   natureza e pensamento
Beleza e sabedoria natureza e pensamentojmeirelles
 
Conspiração espiritual1
Conspiração espiritual1Conspiração espiritual1
Conspiração espiritual1jmeirelles
 
A ponte para deus. pps
A ponte para deus. ppsA ponte para deus. pps
A ponte para deus. ppsjmeirelles
 
Condicionamento
CondicionamentoCondicionamento
Condicionamentojmeirelles
 
Não estás deprimido imagens grandes...
Não estás deprimido imagens grandes...Não estás deprimido imagens grandes...
Não estás deprimido imagens grandes...jmeirelles
 
Construção da felicidade
Construção da felicidadeConstrução da felicidade
Construção da felicidadejmeirelles
 
A força do amor
A força do amorA força do amor
A força do amorjmeirelles
 
Beleza e sabedoria natureza e pensamento
Beleza e sabedoria   natureza e pensamentoBeleza e sabedoria   natureza e pensamento
Beleza e sabedoria natureza e pensamentojmeirelles
 
Natureza, música e reflexão
Natureza, música e reflexãoNatureza, música e reflexão
Natureza, música e reflexãojmeirelles
 
Por que se vive3
Por que se vive3Por que se vive3
Por que se vive3jmeirelles
 
128 não rejeites a confiança
128   não rejeites a confiança128   não rejeites a confiança
128 não rejeites a confiançajmeirelles
 
128 não rejeites a confiança
128   não rejeites a confiança128   não rejeites a confiança
128 não rejeites a confiançajmeirelles
 
Servir e marchar
Servir e marcharServir e marchar
Servir e marcharjmeirelles
 
Conspiraçao espiritual
Conspiraçao espiritualConspiraçao espiritual
Conspiraçao espiritualjmeirelles
 
Ante o sublime
Ante o sublimeAnte o sublime
Ante o sublimejmeirelles
 
A arte de_michael_e_inassa_gamarsh2
A arte de_michael_e_inassa_gamarsh2A arte de_michael_e_inassa_gamarsh2
A arte de_michael_e_inassa_gamarsh2jmeirelles
 
A arte de_robert_duncan
A arte de_robert_duncanA arte de_robert_duncan
A arte de_robert_duncanjmeirelles
 

Mais de jmeirelles (20)

Não está deprimido... estás distraído
Não está deprimido...  estás distraídoNão está deprimido...  estás distraído
Não está deprimido... estás distraído
 
Caravaggio
CaravaggioCaravaggio
Caravaggio
 
Beleza e sabedoria natureza e pensamento
Beleza e sabedoria   natureza e pensamentoBeleza e sabedoria   natureza e pensamento
Beleza e sabedoria natureza e pensamento
 
Conspiração espiritual1
Conspiração espiritual1Conspiração espiritual1
Conspiração espiritual1
 
A ponte para deus. pps
A ponte para deus. ppsA ponte para deus. pps
A ponte para deus. pps
 
Condicionamento
CondicionamentoCondicionamento
Condicionamento
 
Não estás deprimido imagens grandes...
Não estás deprimido imagens grandes...Não estás deprimido imagens grandes...
Não estás deprimido imagens grandes...
 
Construção da felicidade
Construção da felicidadeConstrução da felicidade
Construção da felicidade
 
A força do amor
A força do amorA força do amor
A força do amor
 
Beleza e sabedoria natureza e pensamento
Beleza e sabedoria   natureza e pensamentoBeleza e sabedoria   natureza e pensamento
Beleza e sabedoria natureza e pensamento
 
Natureza, música e reflexão
Natureza, música e reflexãoNatureza, música e reflexão
Natureza, música e reflexão
 
Por que se vive3
Por que se vive3Por que se vive3
Por que se vive3
 
128 não rejeites a confiança
128   não rejeites a confiança128   não rejeites a confiança
128 não rejeites a confiança
 
128 não rejeites a confiança
128   não rejeites a confiança128   não rejeites a confiança
128 não rejeites a confiança
 
Servir e marchar
Servir e marcharServir e marchar
Servir e marchar
 
Conspiraçao espiritual
Conspiraçao espiritualConspiraçao espiritual
Conspiraçao espiritual
 
Ante o sublime
Ante o sublimeAnte o sublime
Ante o sublime
 
Mascara1...
Mascara1...Mascara1...
Mascara1...
 
A arte de_michael_e_inassa_gamarsh2
A arte de_michael_e_inassa_gamarsh2A arte de_michael_e_inassa_gamarsh2
A arte de_michael_e_inassa_gamarsh2
 
A arte de_robert_duncan
A arte de_robert_duncanA arte de_robert_duncan
A arte de_robert_duncan
 

Estás doente?

  • 1. MENSAGENS REFLEXIVAS Arte da Imagem, Arte da Música e Arte do Pensamento ESTÁS DOENTE? Arte da Imagem: Recebidas da internet Arte da Música: Secret Garden e Sonata ao Luar Texto: Emmanuel
  • 2. Na medida do progresso espiritual do homem, a Ciência vai aos poucos desvendando os mistérios do corpo humano e seus desequilíbrios – as doenças, no contexto de forças universais. A sanidade física de uma pessoa passou a ser depen-dente da qualidade das vibrações mentais que energizam o seu organismo. Realmente, a vida, em última análise, é pensamento, é o imponderável que a Física Quântica está, aos poucos, desvendando. J. Meirelles Admiremos as imagens e, na singeleza dos textos, meditemos sobre alguns aspectos da LEI, no embalo da arte musical de Beethoven.
  • 3. Todas as criaturas humanas adoecem, todavia são raros aqueles que cogitam de cura real. Todas as criaturas humanas adoecem, todavia são raros aqueles que cogitam de cura real. Todas as criaturas humanas adoecem, todavia são raros aqueles que cogitam de cura real.
  • 4. Se te encontras enfermo, não acredites que a ação medica-mentosa, através da boca ou dos poros, te possa restauar integralmente. Se te encontras enfermo, não acredites que a ação medicamentosa, através da boca ou dos poros, te possa restauar integralmente.
  • 5. O comprimido ajuda, a injeção melhora, entretanto, nunca te esqueças de que os verdadeiros males procedem do coração. O comprimido ajuda, a injeção melhora, entretanto, nunca te esqueças de que os verdadeiros males procedem do coração.
  • 6. A mente é fonte criadora. A mente é fonte criadora. A mente é fonte criadora.
  • 7. A vida, pouco a pouco, plasma em torno de teus passos aquilo que desejas. A vida, pouco a pouco, plasma em torno de teus passos aquilo que desejas. A vida, pouco a pouco, plasma em torno de teus passos aquilo que desejas.
  • 8. De que vale a medicação exterior, se prossegues triste, acabrunhado ou insubmisso? De que vale a medicação exterior, se prossegues triste, acabrunhado ou insubmisso? De que vale a medicação exterior, se prossegues triste, acabrunhado ou insubmisso?
  • 9. De outras vezes, pedes o socorro de médicos humanos ou de benfeitores espirituais, mas, ao surgirem as primeiras melho-ras, abandonas o remédio ou o conselho salutar e voltas aos mesmos abusos que te conduziram à enfermidade. De outras vezes, pedes o socorro de médicos humanos ou de benfeitores espirituais, mas, ao surgirem as primeiras melhoras, abandonas o remédio ou o conselho salutar e voltas aos mesmos abusos que te conduziram à enfermidade. De outras vezes, pedes o socorro de médicos humanos ou de benfeitores espirituais, mas, ao surgirem as primeiras melhoras, abandonas o remédio ou o conselho salutar e voltas aos mesmos abusos que te conduziram à enfermidade.
  • 10. Como regenerar a saúde, se perdes longas horas na posição da cólera ou do desânimo? Como regenerar a saúde, se perdes longas horas na posição da cólera ou do desânimo? Como regenerar a saúde, se perdes longas horas na posição da revolta ou do desânimo? Como regenerar a saúde, se perdes longas horas na posição da revolta ou do desânimo?
  • 11. Em serviços de elevação; contudo, a indignação diária, a propósito de tudo, de todos e de nós mesmos, é um hábito pernicioso, de conseqüências imprevisíveis. Em serviços de elevação; contudo, a indignação diária, a propó-sito de tudo, de todos e de nós mesmos, é um hábito pernicioso, de conseqüências imprevisíveis . Em serviços de elevação; contudo, a indignação diária, a propósito de tudo, de todos e de nós mesmos, é um hábito pernicioso, de consequências imprevisíveis.
  • 12. O desalento, por sua vez, é clima anestesiante,que entorpece e destrói. O desalento, por sua vez, é clima anestesiante,que entorpece e destrói. O desalento, por sua vez, é clima anestesiante,que entorpece e destrói.
  • 13. E que falar da maledicência ou da inutilidade, com as quais despendes tempo valioso e longo em conversação infrutífera, extinguindo as tuas forças? E que falar da maledicência ou da inutilidade, com as quais despendes tempo valioso e longo em conversação infrutífera, extinguindo as tuas forças? E que falar da maledicência ou da inutilidade, com as quais despendes tempo valioso e longo em conversação infrutífera, extinguindo as tuas forças?
  • 14. Que gênio milagroso te doará o equilíbrio orgânico, se não sabes calar, nem desculpar, se não ajudas, nem compreendes, se não te humilhas para os desígnios superiores, nem procuras harmonia com os homens? Que gênio milagroso te doará o equilíbrio orgânico, se não sabes calar, nem desculpar, se não ajudas, nem compreendes, se não te humilhas para os desígnios superiores, nem procuras harmonia com os homens?
  • 15. Por mais se apressem socorristas da Terra e do Plano Espiritual, em teu favor, devoras as próprias energias, vítima imprevidente do suicídio indireto. Por mais se apressem socorristas da Terra e do Plano Espiritual, em teu favor, devoras as próprias energias, vítima imprevidente do suicídio indireto .
  • 16. Se estás doente, meu amigo, acima de qualquer medicação, aprende a orar e a entender, a auxiliar e a preparar o coração para a Grande Mudança. Se estás doente, meu amigo, acima de qualquer medicação, aprende a entender as LEIS DA VIDA - auxiliar, orar e preparar o coração para a Grande Mudança.
  • 17. Desapega-te de bens transitórios que te foram emprestados pelo Poder Divino, de acordo com a lei do Uso, Desapega-te de bens transitórios que te foram emprestados pelo Poder Divino, de acordo com a lei do Uso, Desapega-te de bens transitórios que te foram empresta-dos pelo Poder Divino, de acordo com a lei do Uso,
  • 18. e lembra-te de que serás, agora ou depois, reconduzido à Vida Maior, onde encontramos sempre a própria consciência. e lembra-te de que serás, agora ou depois, reconduzido à Vida Maior, onde encontramos sempre a própria consciência.
  • 19. Foge à brutalidade. Foge à brutalidade!
  • 20. Enriquece os teus fatores de simpatia pessoal, pela prática do amor fraterno . Enriquece os teus fatores de simpatia pessoal, pela prática do amor fraterno.
  • 21. Busca a intimidade com a sabedoria, pelo estudo e pela meditação. Busca a intimidade com a sabedoria, pelo estudo e pela meditação . Busca a intimidade com a sabedoria, pelo estudo e pela meditação .
  • 22. Não manches teu caminho! Serve sempre! Trabalha na extensão do bem! Não manches teu caminho! Serve sempre! Trabalha na extensão do bem!
  • 23. Guarda lealdade ao ideal superior que te ilumina o coração e permanece convicto de que se cultivas a oração da fé viva, em todos os teus passos, aqui ou além, o Senhor te levantará. Guarda lealdade ao ideal superior que te ilumina o coração e permanece convicto de que se cultivas a oração da fé viva, em todos os teus passos, aqui ou além, o Senhor te levantará.
  • 24.