Apresentação 2(1)

377 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Apresentação 2(1)

  1. 1. Benfica - Rio Ave 30/03/2013Análise ao momento da perda de bola do Benfica José Mauro Santos
  2. 2. 6 7 6 1 25 16 5 6 1 4 2 5 3 3Perdas de bola do Benfica
  3. 3. Comparação entre corredores• 90 perdas de bola• 20 perdas de bola no corredor lateral direito (22%)• 53 perdas de bola no corredor central (59%)• 17 perdas de bola no corredor lateral esquerdo (19%)Comparação entre meio campo defensivo/ofensivo• 14 perdas de bola no meio campo defensivo (16%)• 76 perdas de bola no meio campo ofensivo (84%)
  4. 4. Jogadores com mais perdas de bola• Melgarejo (9)• Lima (8)• Maxi (9)• Matic (6)• Rodrigo (14)• Gaitan (9)• Enzo (5)
  5. 5. 5 6 4 14 4 3 3 1 4 2 2Perdas de bola do Benfica 1a parte
  6. 6. 1 1 2 1 11 12 3 1 2 3 2 1 1 1Perdas de bola do Benfica 2a parte
  7. 7. Discussão sobre os valores obtidos• Tendo em conta que o Rio Ave abordou o jogo defendendo em bloco médio, iniciando o pressing à entrada do seu meio campo defensivo, os resultados obtidos não são difíceis de analisar• Tendo o Benfica mais posse de bola seria natural que perdesse mais vezes a bola no meio campo ofensivo, devido ao estilo de jogo que privilegia, mas também devido ao posicionamento do adversário• Do mesmo modo, devido à organização defensiva da equipa do Rio Ave percebe-se que o Benfica tenha perdido mais vezes a bola no corredor central, devido ao elevado número de jogadores do Rio Ave nesse mesmo corredor.• Apesar de Rodrigo ter sido o jogador com mais perdas de bola, foi um jogador sempre disponível para ter bola, estando no entanto lento a decidir/executar. É o caso mais estranho neste Benfica.• Perdas de bola de Matic são as mais preocupantes. 3 das 6 perdas de Matic aconteceram no meio campo defensivo perto do círculo central• O facto de os laterais englobarem o lote de jogadores com mais perdas de bola evidencia a importância que os mesmos têm na dinâmica ofensiva da equipa. 12 das 18 perdas de bola dos laterais do Benfica aconteceram no meio campo ofensivo
  8. 8. Discussão sobre os valores obtidos• O maior número de perdas de bola aconteceu na grande área adversária fruto da dinâmica ofensiva do Benfica, criando várias situações passíveis de finalização. O elevado número de jogadores com que o Rio Ave defendeu dentro da grande área e o facto de estarem bem posicionados, dificultou a criação de mais situações de finalização (fundamentalmente antes das duas expulsões do Rio Ave)• Na primeira parte o Benfica atacou mais pelo corredor lateral direito, motivo pelo qual teve mais perdas de bola nesse corredor, no meio campo ofensivo.• Na segunda parte o Benfica variou mais o sentido do ataque, alternando entre o corredor lateral direito e o lateral esquerdo, passando no entanto a perder mais bolas no corredor central.

×