ELABORAÇÃO DE PROPOSTAS 
EDITAL CULTURA HIP HOP 2014 | FUNARTE 
José Luís de Freitas 
Serviço de Formação 
Secretaria de C...
OBJETIVOS DO EDITAL: 
 I. Divulgar e dar visibilidade às iniciativas culturais do Hip Hop; 
 II. Valorizar as expressões...
EDITAL CULTURA HIP HOP 2014 - FUNARTE 
 170 iniciativas culturais: 
 20 prêmios no valor bruto de R$ 20.000,00 para 
ins...
PROPOSTAS ANALISADAS: 
 promoção continuada da cultura hip hop: 
- criação, produção e/ou circulação de obras. 
 ativida...
 5.1.1. Pessoas Físicas: 
indivíduos dedicados às expressões da cultura Hip Hop, 
com reconhecimento das comunidades onde...
INSCRIÇÕES: 
 6.6. As inscrições estarão abertas no período de 45 
dias após a publicação da Portaria (03/10 prazo final)...
 DOCUMENTAÇÃO 
 6.7.1. Pessoa Física: 
 a.Roteiro para Inscrição (Anexo 1) respondido de forma escrita (à mão, com letr...
APRESENTAÇÃO 
A apresentação ou descrição é uma síntese do 
projeto. Comece com um histórico do projeto (da 
ação ou ativi...
JUSTIFICATIVA 
Este é o momento de convencimento da importância do projeto e 
da capacidade do proponente em realizá-lo. C...
OBJETIVOS 
Os objetivos devem expor os resultados que se pretende atingir, os 
produtos finais a serem elaborados, benefíc...
PÚBLICO ALVO 
 Identifique, em tópicos, o(s) público(s) ao qual o projeto se 
destina, presumindo, sempre que possível, u...
RESULTADO(S) PREVISTO(S) 
Os resultados devem ser mensuráveis e revelar o 
alcance dos objetivos específicos. Se possível ...
ESTRATÉGIA DE AÇÃO 
A estratégia de ação ou base operacional 
explica como o projeto será realizado, 
detalhando suas etap...
CRONOGRAMA 
O cronograma situa no tempo as ações ou procedimentos 
necessários para a realização do projeto. Deve ser 
apr...
ORÇAMENTO 
 O orçamento também deve ser apresentado em forma 
de tabela, por itens e não em texto. Sugere-se que o 
orçam...
COMUNICAÇÃO & MARKETING 
Plano de Comunicação: 
Indicar em quais veículos de comunicação o projeto 
será divulgado. Em out...
CONTRA PARTIDA 
Deve indicar, com precisão, ações e atividades 
culturais a serem realizadas pelo proponente e demais 
env...
PRESTAÇÃO DE CONTAS 
Deve indicar, com precisão, ações e atividades culturais a 
serem realizadas pelo proponente e demais...
EXERCÍCIO 
 Se junte a um grupo de pessoas que tenham experiência ou 
interesse na mesma área cultural que você – música,...
CONTATO: 
José Luís de Freitas 
reporterze@gmail.com 
11 4072 9320 
Edital publicado no link: 
funarte.gov.br/wp-content/u...
Elaboração de propostas culturais - edital cultura hip hop 2014
Elaboração de propostas culturais - edital cultura hip hop 2014
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Elaboração de propostas culturais - edital cultura hip hop 2014

779 visualizações

Publicada em

Com informações da Funceb - Fundação Cultural do Estado da Bahia, os slides visam auxiliar produtores e artistas da linguagem Hip Hop de Diadema, ABC e região.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
779
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Elaboração de propostas culturais - edital cultura hip hop 2014

  1. 1. ELABORAÇÃO DE PROPOSTAS EDITAL CULTURA HIP HOP 2014 | FUNARTE José Luís de Freitas Serviço de Formação Secretaria de Cultura de Diadema
  2. 2. OBJETIVOS DO EDITAL:  I. Divulgar e dar visibilidade às iniciativas culturais do Hip Hop;  II. Valorizar as expressões culturais do Hip Hop no Brasil, por sua influência no modo de vida da juventude;  III. Fortalecer a identidade cultural do Hip Hop;  IV. Estimular ações inovadoras no âmbito do Hip Hop;  V. Incentivar a participação plena e efetiva dos atores e protagonistas do Hip Hop na elaboração e no desenvolvimento de projetos e ações culturais;  VI. Contribuir para o reconhecimento do Hip Hop como elemento importante da cultura brasileira como um todo;  VII. Estimular o intercâmbio entre os agentes do Hip Hop de todo o Brasil e o fortalecimento de suas redes;  VIII. Subsidiar a elaboração de políticas públicas de cultura específicas para o segmento Hip Hop;  IX. Identificar, catalogar e organizar um banco de dados abrangente sobre os agentes e as ações desenvolvidas e apresentadas ao Prêmio, tornando públicos o seu acesso e conhecimento.
  3. 3. EDITAL CULTURA HIP HOP 2014 - FUNARTE  170 iniciativas culturais:  20 prêmios no valor bruto de R$ 20.000,00 para instituições privadas sem fins lucrativos com reconhecida atuação há 3 anos ou mais no segmento Hip Hop;  150 prêmios no valor bruto de R$ 14.300,00 cada, para pessoas físicas e grupos/coletivos sem constituição jurídica.
  4. 4. PROPOSTAS ANALISADAS:  promoção continuada da cultura hip hop: - criação, produção e/ou circulação de obras.  atividades, produtos e ações, tais como: - projetos de composição, arranjos, shows; - vídeos, discos, arquivos audiovisuais, - sítios de internet, revistas, pesquisas; - mapeamentos, seminários, ciclos de debates, palestras, oficinas;  cursos livres, que possam contribuir com o desenvolvimentos sociocultural do segmento.
  5. 5.  5.1.1. Pessoas Físicas: indivíduos dedicados às expressões da cultura Hip Hop, com reconhecimento das comunidades onde vivem e atuam, e comprovada atuação no meio;  5.1.2. Instituições privadas sem fins lucrativos: Associações, Organizações não Governamentais, Fundações e outras instituições do gênero. Coletivos organizados como pessoa jurídica de direito privado, nacionais, sem fins lucrativos, envolvidos em ações de fomento e difusão das expressões culturais do Hip Hop;  5.1.3. Grupos/Coletivos sem constituição jurídica: coletivos organizados segundo suas tradições, mas sem registro como pessoa jurídica de qualquer natureza, envolvidos em ações de fomento e difusão das expressões culturais do Hip Hop, representados por uma liderança escolhida dentre os membros do Grupo e apresentada pela Carta de Representação, documento exigido no ato da inscrição.
  6. 6. INSCRIÇÕES:  6.6. As inscrições estarão abertas no período de 45 dias após a publicação da Portaria (03/10 prazo final) que institui este Edital, no Diário Oficial da União, cuja íntegra estará disponível no Portal da Funarte e do MinC na data de sua publicação, sendo realizada por via postal, fazendo constar no endereço: Prêmio Cultura Hip Hop 2014 Centro da Música/Funarte Rua da Imprensa, nº 16 / sala 1308 CEP 20030-120 − Rio de Janeiro –RJ
  7. 7.  DOCUMENTAÇÃO  6.7.1. Pessoa Física:  a.Roteiro para Inscrição (Anexo 1) respondido de forma escrita (à mão, com letra legível ou impressa ou por gravação oral (CD, DVD, Pendrive ou similares). 32 Questões.  b. Cópia do RG e do CPF;  c. Documento (Anexo 2) que autoriza a Funarte e a SCDC/Ministério da Cultura a divulgar o produto final, as imagens e conteúdos contidos na inscrição, que responsabiliza o proponente pela veracidade das informações conforme item 5.6;  d. Cópias simples de materiais divers os que comprovem a atuação do(a) candidato(a) e que ajudem os avaliadores a conhecerem melhor suas realizações, tais como: cartazes, folders, matérias de jornal, sítios da internet ou material audiovisual (DVDs, CDs, fotografias etc.).  e. Termo de Compromisso (Anexo 3);  f. Documento indicando os dados bancários (banco, agência e conta corrente);  g. Certidão Conjunta de Débitos Relativos aos Tributos Federais e à Dívida Ativa da União.
  8. 8. APRESENTAÇÃO A apresentação ou descrição é uma síntese do projeto. Comece com um histórico do projeto (da ação ou atividade a ser realizada), descreva como surgiu a ideia de realizá-lo, qual a sua importância, número de pessoas envolvidas, principais objetivos, a qual público se destina e, finalmente, em que período e local ocorrerá.
  9. 9. JUSTIFICATIVA Este é o momento de convencimento da importância do projeto e da capacidade do proponente em realizá-lo. Cuidado para não se perder em detalhes que não estão diretamente vinculados ao projeto, dê ênfase aos seus principais atributos. Lembre-se que o projeto deve ser justificado culturalmente. Fale dos seus principais atributos tais como: sua criatividade, contemporaneidade, tradição, irreverência, popularidade, entre outros.
  10. 10. OBJETIVOS Os objetivos devem expor os resultados que se pretende atingir, os produtos finais a serem elaborados, benefícios da ação ou atividade cultural proposta, se possível a curto, médio e longo prazo. Faça um pequeno parágrafo com o objetivo geral e organize em tópicos os específicos. Os objetivos devem iniciar com um verbo, ser claros e sucintos. Um projeto pode ter mais de um objetivo, geralmente tem-se um objetivo geral e outros específicos (decomposição do geral), mencione todos, tendo o cuidado de formular objetivos específicos que contribuam para o alcance do objetivo geral e que, também, possibilitem verificação do cumprimento do projeto.
  11. 11. PÚBLICO ALVO  Identifique, em tópicos, o(s) público(s) ao qual o projeto se destina, presumindo, sempre que possível, uma quantidade direta e indireta do público a ser atingido. As características do projeto ou mesmo a trajetória do proponente podem já ter ou indicar um determinado público, que já possua um envolvimento com a ação ou atividade cultural proposta ou, ao contrário, a desconheça ou não tenha acesso e possa dela se beneficiar de alguma forma.  Alguns aspectos podem auxiliar na definição do público: onde o projeto será desenvolvido, a linguagem a que se refere (artes visuais, dança, rap, etc), sua proposta (experimental, popular, massiva, etc), entre outros. Se o proponente conhecer seu público pode ainda detalhar aspectos como faixa etária, área de atuação, condições socioeconomicas, etc.
  12. 12. RESULTADO(S) PREVISTO(S) Os resultados devem ser mensuráveis e revelar o alcance dos objetivos específicos. Se possível apresentar dados quantitativos, como: número de apresentações ou mostras, público atingido, bairros e/ou cidades que serão atingidas, etc. Volte ao item “objetivos” e tente traduzi-lo em resultados práticos ou produtos, que possam ser vistos ou experimentados. Busque resultados, se possíveis quantificáveis, para cada objetivo específico, analisando os que, de fato, são viáveis de se concretizarem.
  13. 13. ESTRATÉGIA DE AÇÃO A estratégia de ação ou base operacional explica como o projeto será realizado, detalhando suas etapas.  A estratégia de ação deve ser coerente com os itens “orçamento” e “cronograma”.  Para elaborar a estratégia de ação volte aos itens “objetivos” e “resultados previstos” e liste todas as atividades que serão necessárias para atingi-los. Ordene as ações por etapas de realização e preveja o tempo de duração de cada uma.  Liste também, caso existam, os serviços a serem desenvolvidos em cada etapa.
  14. 14. CRONOGRAMA O cronograma situa no tempo as ações ou procedimentos necessários para a realização do projeto. Deve ser apresentado em forma de tabela, por itens e não em texto.  Algumas ações são comuns a vários projetos, como: reserva do local de realização, impressão gráfica, divulgação, inscrições, ensaios, montagem, estreia, pagamento de serviços e profissionais, transporte e hospedagem, assessoria de imprensa, prestação de contas, entre outros.  Em algumas ocasiões os editais e mecanismos de financiamento indicam um período de execução, o que significa que não se pode propor um cronograma que o extrapole o tempo indicado, em geral, 10 ou 12 meses.
  15. 15. ORÇAMENTO  O orçamento também deve ser apresentado em forma de tabela, por itens e não em texto. Sugere-se que o orçamento pelo menos indique: item, valor unitário, quantidade e valor total. O valor total do projeto é a multiplicação de todos os itens anteriores.  Remeta-se às ações indicadas no cronograma e veja quais gastos estão implícitos em cada uma delas.  Geralmente os projetos prevêem recursos para: pessoal e serviços; infra-estrutura e montagem; material de consumo; material gráfico; custos; administrativos; comunicação e divulgação; impostos e taxas.
  16. 16. COMUNICAÇÃO & MARKETING Plano de Comunicação: Indicar em quais veículos de comunicação o projeto será divulgado. Em outras palavras, o plano descreve que tipo de publicidade, assessoria de imprensa e/ou marketing estão previstos. É possível formular um plano de comunicação alternativo, mais barato e eficiente, se o proponente conhecer o seu público.
  17. 17. CONTRA PARTIDA Deve indicar, com precisão, ações e atividades culturais a serem realizadas pelo proponente e demais envolvidos no projeto a título de contrapartida social.  As ações e/ou atividades culturais indicadas devem estar articuladas com o projeto proposto e com as diretrizes da política cultural da instância a qual o projeto solicita financiamento, neste caso política federal.  Toda ação ou atividade cultural incide em um contexto, econômico, social e político. Por esta razão, o proponente deverá pensar em como atuar neste contexto, tendo como princípio o compromisso com o munícipe. Como fazer: Proponha ações ou atividades que estimulem a participação do público no projeto proposto ou que complementem ou potencializem os seus resultados.
  18. 18. PRESTAÇÃO DE CONTAS Deve indicar, com precisão, ações e atividades culturais a serem realizadas pelo proponente e demais envolvidos no projeto a título de contrapartida social. As ações e/ou atividades culturais indicadas devem estar articuladas com o projeto proposto e com as diretrizes da política cultural da instância a qual o projeto solicita financiamento. Toda ação ou atividade cultural incide em um contexto econômico, social e político. Por esta razão, o proponente deverá pensar em como atuar neste contexto, tendo como princípio o compromisso cidadão. Como fazer: Proponha ações ou atividades que estimulem a participação do público no projeto proposto ou que complementem ou potencializem os seus resultados.
  19. 19. EXERCÍCIO  Se junte a um grupo de pessoas que tenham experiência ou interesse na mesma área cultural que você – música, teatro, dança, artes visuais ou cultura popular. O grupo deve escolher um “projeto” para elaborar (pode ser um “projeto” que já exista ou o grupo pode criar um novo). Sugestões:  Discuta a idéia do projeto em conjunto com seu grupo e, em seguida, distribua funções entre os participantes e forme alguns subgrupos: uma parte se responsabiliza pela justificativa, pelos objetivos e resultados previstos, o segundo grupo desenvolve as estratégias de ação, o cronograma e orçamento, o terceiro grupo descreve qual o público-alvo do projeto, plano de contrapartida e elabora o plano de comunicação. Dessa maneira contemplamos todos os itens necessários em um projeto cultural.  Trabalhe a partir de uma idéia simples, de preferência em uma única área cultural, com um único produto – isso facilitará o entendimento do processo de elaboração.
  20. 20. CONTATO: José Luís de Freitas reporterze@gmail.com 11 4072 9320 Edital publicado no link: funarte.gov.br/wp-content/uploads/2014/08/Edital_corrigido-II_27.08.14_Pr%C3%AAmio-Cultura-Hip-Hop-2014.pdf Esclarecimentos a respeito deste edital podem ser obtidos por meio dos seguintes telefones: (21) 2215-5278 / 279-8109 / 2240-5151 fonte: Orientações para elaboração de projetos culturais Assessoria de Projetos da

×