CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAISCURSO TÉCNICO DEMECÂNICAMAQUINAS TERMICAS E DE FLUXODOUGLAS FERNANDE...
garantindoproteção ao motor.Os lubrificantes sintéticos são derivados do petróleo e suas moléculas queforam modificadasatr...
Funcionam em veículos que utilizam sensores de oxigênio - Verdade. Óleos comuns elubrificantessintéticos de motor são feit...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Centro federal de educação tecnológica de minas geraiscurso técnico de mecânicamaquinas termicas e de fluxodouglas fernandes ribeiro

118 visualizações

Publicada em

lubrificantes

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
118
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Centro federal de educação tecnológica de minas geraiscurso técnico de mecânicamaquinas termicas e de fluxodouglas fernandes ribeiro

  1. 1. CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAISCURSO TÉCNICO DEMECÂNICAMAQUINAS TERMICAS E DE FLUXODOUGLAS FERNANDES RIBEIROLUBRIFICANTES SINTÉTICOSBELO HORIZONTE20121.IntroduçãoOs lubrificantes sintéticos podem ser mantidos a elevadas temperaturas sem se decomporem,eao mesmo tempo terem um baixo risco de combustão. Os óleos sintéticos não são derivadosdo petróleo,mas produzidos em laboratório a partir de ensaios em condições criticas. Autilização dos óleos sintéticosacentuou-se gradualmente, em áreas em que o uso dos óleosminerais não satisfazia as necessidadesexigidas.2.O que são LubrificantesOs lubrificantes são substâncias que colocadas entre duas superfícies móveis ouuma fixa eoutra móvel, formam uma película protetora que tem por função principal reduzir o atrito,odesgaste, bem como auxiliar no controle da temperatura e na vedação dos componentes demáquinas emotores, proporcionando a limpeza das peças, protegendo contra a corrosãodecorrente dos processos deoxidação, evitando a entrada de impurezas, podendo também seragente de transmissão de força emovimento.A lubrificação é um dos principais itens de manutenção de máquinas industriais eautomotivase deve, portanto, ser entendida e praticada para garantir um real aumento da vida útildoscomponentesOs lubrificantes apresentam-se principalmente nos estados sólido (grafite), pastoso(graxas) elíquido (óleos lubrificantes).3.O que são Lubrificantes SintéticosSão, ao contrário dos óleos minerais, produzidos artificialmente. Elespossuem, na maioriadas vezes, um bom comportamento de viscosidade-temperatura com pouca tendênciadecoqueificação em temperaturas elevadas, baixo ponto de solidificação em baixastemperaturas, altaresistência contra temperatura e influências químicas.Os lubrificantes sintéticos podem ser mantidos aelevadas temperaturas sem se decomporem,e ao mesmo tempo terem um baixo risco de combustão. Osóleos sintéticos não são derivadosdo petróleo, mas produzidos em laboratório a partir de ensaios emcondições criticas.2.O que são LubrificantesOs lubrificantes são substâncias que colocadas entre duas superfícies móveis ouuma fixa eoutra móvel, formam uma película protetora que tem por função principal reduzir o atrito,odesgaste, bem como auxiliar no controle da temperatura e na vedação dos componentes demáquinas emotores, proporcionando a limpeza das peças, protegendo contra a corrosãodecorrente dos processos deoxidação, evitando a entrada de impurezas, podendo também seragente de transmissão de força emovimento.A lubrificação é um dos principais itens de manutenção de máquinas industriais eautomotivase deve, portanto, ser entendida e praticada para garantir um real aumento da vida útildoscomponentesOs lubrificantes apresentam-se principalmente nos estados sólido (grafite), pastoso(graxas) elíquido (óleos lubrificantes).3.O que são Lubrificantes SintéticosSão, ao contrário dos óleos minerais, produzidos artificialmente. Elespossuem, na maioriadas vezes, um bom comportamento de viscosidade-temperatura com pouca tendênciadecoqueificação em temperaturas elevadas, baixo ponto de solidificação em baixastemperaturas, altaresistência contra temperatura e influências químicas.Os lubrificantes sintéticos podem ser mantidos aelevadas temperaturas sem se decomporem,e ao mesmo tempo terem um baixo risco de combustão. Osóleos sintéticos não são derivadosdo petróleo, mas produzidos em laboratório a partir de ensaios emcondições criticas.4.Lubrificantes Sintéticos em Motores AutomotivosOs lubrificantes sintéticos, ao contrário dos minerais,permitem partidas frias mais seguras epodem melhorar a economia de combustível.É extremamentecrítico que o lubrificante circule rapidamente para proteger efetivamenteonde for necessário,particularmente quando o motor está frio e mais vulnerável ao desgaste,pois 70% do desgaste do motorocorre no momento da partida.Como é mais estável e resistente ao cisalhamento, o lubrificante sintéticomantém sua películaprotetora no motor por mais tempo, pois o óleo não perde sua viscosidade,
  2. 2. garantindoproteção ao motor.Os lubrificantes sintéticos são derivados do petróleo e suas moléculas queforam modificadasatravés de processos químicos que permitem um melhor desempenho sob condiçõesextremasde temperatura, pressão e força. Os lubrificantes minerais são compostos por moléculaspresentesno petróleo bruto que são separadas no processo de destilação na refinaria.Outra vantagem crucial doslubrificantes sintéticos é que eles que possuem agentes de limpezaativa: eles protegem ativamente omotor de impurezas resultantes da queima do combustível,pois capturas as partículas de fuligem quepossam aparecer, além de gerar menos ácidoscorrosivos.Resumindo, um lubrificante sintético tem umcusto-benefício maior e maior proteção.5.Tipos de Lubrificantes/Óleos SintéticosQuando falamos em óleos sintéticos temos de distinguir cincotipos diferentes:a)Hidrocarbonetos sintéticosEntre os hidrocarbonetos sintéticos destacam-se hoje com maior importância de um ladoospolialfaoleofinas (PAO) e os óleos hidrocraqueados.Estes óleos são fabricados a partir de óleosminerais, porém levam um processo desinteticação, o qual elimina os radicais livres e impurezas,deixando-os assim mais estável aoxidação. Também se consegue através desde processo um comportamento excelente em ralação aviscosidade-temperatura.Estes hidrocarbonetos semi-sintético atingem IV (Índices de Viscosidade) até 150.b)PoliolésteresPara a fabricação de lubrificantes especiais, fluidos de freios, óleos hidráulicos e fluídos decorteos poli-alquileno-glicois, miscível ou não-miscível em água tem hoje cada vez maisimportância.c)DiésteresSão ligações entre ácidos e alcoóis através da perda de água.Certos grupos formam óleos de éster que sãousados para a lubrificação e, também, fabricaçãode graxas lubrificantes.Osdiésteres estão hoje aplicadosem grande escala em todas as turbinas da aviação civil porresistir melhor a altas e baixas temperaturas erotações elevadíssimas.Dos óleos sintéticos eles tem o maior consumo mundial.d)Óleos de siliconeOs silicones destacam-se pela altíssima resistência contra temperaturas baixas, altas eenvelhecimento,como também pelo seu comportamento favorável quanto ao índice deviscosidade.Para a produção delubrificantes destacam-se os Fenil-polisiloxanes e Methil-polisiloxanes.Grande importância tem osFluorsilicones na elaboração de lubrificantes resistentes ainfluência de produtos químicos, tais comosolventes, ácidos etc. e) Óleos de fluor e fluorclorocarbonos tem uma estabilidade extraordinária contra influênciaquímica.São compatíveis com os produtos petrolíferos –Verdade. Hoje, todos oslubrificantessintéticossão totalmente compatíveis com lubrificantes de petróleo. No entanto, no início daprodução delubrificantes sintéticos alguns fabricantes utilizam ingredientes que não eramcompatíveis, mas isso já épassado.f)Não são facilmente acessíveis –Mito. Quando começaram a ser desenvolvidos, essesprodutos sintéticos até podiam ser mais raros, masagora muitas fabricantes de lubrificantestêm sua própria linha de lubrificantes sintéticos, como é o casodaKlüberLubrication, daMolybras , Castrol, Shell, Ingrax, Mobil, entre outras.g)
  3. 3. Funcionam em veículos que utilizam sensores de oxigênio - Verdade. Óleos comuns elubrificantessintéticos de motor são feitos de compostos similares, os quais não sãoprejudiciais para sensores deoxigênio.h)Veículos consomem maislubrificantes sintéticos –Mito. Enquanto o motor estiverem bom estado de funcionamento e não apresentarem falhas, oslubrificantes sintéticos nãofarão com que um motor use mais lubrificante, na verdade, é completamente ooposto. Devidoàs propriedades de materiais sintéticos, o motor irá beneficiar-se de maior vedação entreanéisde pistão e as paredes do cilindro

×