SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 17
Baixar para ler offline
Dinâmica de Grupo
         Prof. Jesus Martins
 Mestrando em Administração
Dinâmica de Grupo
 Objetivo– Identificar características
 psicológicas, sociais e profissionais através
 de atividades de interação em grupo.
Dinâmica de Grupo
 ''O candidato que participa de uma dinâmica
  deve procurar ser ele mesmo'', recomenda
  Irina R. Schuchman, psicóloga e consultora
  de RH da Cia de Talentos. Para Patrícia
  Pereira, psicóloga e consultora de RH da
  Catho Online, é muito importante que o
  candidato tenha bom-senso durante as
  atividades.
Dinâmica de Grupo
   Antes
    . Leia jornais e revistas e inteire-se dos assuntos que estão em
    destaque.
    . Use maquiagem e joias discretas, vá com o cabelo impecável e
    com um bom sapato.
    . Procure saber como os funcionários da empresa se vestem e
    siga o padrão.
    . Caso não consiga obter essa informação, escolha peças
    discretas e de cores neutras. Usar blazer com saia ou com uma
    calça de cor sóbria (como preto, cinza, marrom ou bege) é o
    ideal para as mulheres.
Dinâmica de Grupo
   Durante
    . Não fale sobre assuntos polêmicos, a não ser que isso seja
    proposto como atividade.
    . Você não está competindo com os demais. Não se
    preocupe em eliminar os concorrentes.
    . Ser a candidata mais falante nem sempre é positivo. O
    importante é o que você diz.
    . Não espere o coordenador da dinâmica chegar perto para
    começar a falar. Os candidatos são observados de longe
    também.
Dinâmica de Grupo
Durante.
  Quem é tímida deve se esforçar para participar das
  discussões em grupo.
  . Não invente uma personagem completamente diferente de
  você. Ninguém é capaz de fingir por muito tempo. Caso seja
  contratada, vão exigir que você tenha o mesmo
  comportamento demonstrado durante a dinâmica.
  . Tome iniciativa, mas tenha cuidado para não atropelar
  ninguém.
  . Ao responder às questões propostas, não tente adivinhar o
  que a empresa prefere. O objetivo é evidenciar o que você
  pensa.
Dinâmicas mais comuns

 Autoapresentação:    é o momento em que os
 candidatos falam um pouco sobre si com a
 ajuda de objetos. Podem ser fotos, revistas,
 cartazes ou objetos pessoais (algo que eles
 tenham na carteira, por exemplo). É comum
 a recrutadora distribuir uma palavra e pedir
 para as pessoas improvisarem sobre aquele
 tema. A intenção é observar como o
 candidato fala em público, se é bom de
 improviso e se tem raciocínio lógico.
Dinâmicas mais comuns

    Análise de um caso: o grupo tem de lidar
    com um desafio, geralmente relacionado
    com a empresa que oferece a vaga de
    emprego. A recrutadora observa como os
    candidatos trabalham em equipe e a
    capacidade de argumentação de cada um.
Dinâmicas mais comuns

 Venda  de um produto: a psicóloga propõe
 que os candidatos vendam um produto (um
 rádio quebrado, por exemplo). O objetivo é
 testar a capacidade de persuasão de cada
 um.
DINÂMICAS
Anúncio Classificado
   Apresentação
    Nome da atividade - Anúncio Classificado
   Objetivos - Apresentação do candidato, fluência verbal,
    organização de ideias, criatividade.
   Instruções - Imagine um anúncio de empregos, daqueles que
    se vê em revistas, jornais ou internet, e faça um sobre você.
    Anuncie-se! Venda-se!
Anúncio Classificado
 Dicas - Dê informações sobre sua vida
 pessoal e profissional em, no máximo, 20
 linhas. Observe que não é um currículo que o
 selecionador pede, portanto, seja criativo.
Script Inovador
   Objetivos - Análise da fluência verbal e
    organização de ideias, criatividade, flexibilidade e
    adaptabilidade, objetividade.
   Instruções - Você precisa aumentar seu
    faturamento mensal e, através de uma ótima
    negociação, adquiriu um lote de meias pretas
    masculinas. Você fará ações de telemarketing para
    divulgar e vender seu produto. Sua tarefa, portanto,
    é elaborar um script que usará para fazer contato
    com o cliente pelo telefone. Prepare seus
    argumentos para possíveis objeções.
Script Inovador



Dicas - Seja claro e objetivo; considere que a venda por
telefone é uma das mais difíceis, portanto prepare
alguns argumentos criativos e interessantes para
oferecer seu produto ao cliente. Não é necessário ser
da área de vendas para realizar esta atividade; amplie
seus horizontes!
Construção de um Produto


Objetivos - Criatividade, flexibilidade e adaptabilidade,
clareza e objetividade, análise de conhecimento da área
comercial, trabalho em equipe.
Instruções - Em subgrupos construa um manual técnico
para seu produto. Defina nome, marca, características
físicas, formas de uso, benefícios de utilização, preço.
Através deste manual seu produto será vendido para
outros subgrupos.
Construção de um Produto

 Dicas - Os produtos oferecidos pelos 
 selecionadores costumam estar quebrados 
 ou faltando peças (caneta sem carga, bola 
 de futebol murcha, bolsa rasgada). Isso quer 
 dizer que é essencial ser criativo, inovador. 
 Jamais reclame do produto que deve vender; 
 aceite a atividade como um desafio. 
Referências
   Acessado em 03/09/2012
   http://mdemulher.abril.com.br/carreira-dinheiro/reportagem/curriculo-entrevista/como-se-dar-bem-
    dinamica-grupo-604892.shtml 
   http://carreiras.empregos.com.br/carreira/administracao/ge/dinamica/prepare_se/040706-
    tipos_dinamica.shtm 
   http://www.curricular.com.br/artigos/entrevista-emprego/dinamicas-de-grupo.aspx 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Curso de Oratória - Oratória NÃO é dom, é TREINO!
Curso de Oratória - Oratória NÃO é dom, é TREINO!Curso de Oratória - Oratória NÃO é dom, é TREINO!
Curso de Oratória - Oratória NÃO é dom, é TREINO!Diego Andreasi
 
Comunicação Assertiva - Karime Kamel
Comunicação Assertiva  - Karime KamelComunicação Assertiva  - Karime Kamel
Comunicação Assertiva - Karime KamelKarime Kamel
 
Desenvolvendo Inteligência emocional
Desenvolvendo Inteligência emocionalDesenvolvendo Inteligência emocional
Desenvolvendo Inteligência emocionalAlexandre Rivero
 
Comunicação Não Violenta - Pilares, Princípios e Atitudes
Comunicação Não Violenta - Pilares, Princípios e AtitudesComunicação Não Violenta - Pilares, Princípios e Atitudes
Comunicação Não Violenta - Pilares, Princípios e AtitudesAdriano Levy
 
RELAÇÕES INTERPESSOAIS
RELAÇÕES INTERPESSOAISRELAÇÕES INTERPESSOAIS
RELAÇÕES INTERPESSOAISAndréa Dantas
 
Slides Palestra - Marketing Pessoal
Slides Palestra - Marketing PessoalSlides Palestra - Marketing Pessoal
Slides Palestra - Marketing PessoalCaput Consultoria
 
Assertividade
AssertividadeAssertividade
Assertividadepsimais
 
Encontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoal
Encontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoalEncontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoal
Encontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoaladanipalma
 
Comunicação Não Violenta
Comunicação Não ViolentaComunicação Não Violenta
Comunicação Não ViolentaTISocor
 
Relacionamento Interpessoal no Ambiente de Trabalho
Relacionamento Interpessoal no Ambiente de TrabalhoRelacionamento Interpessoal no Ambiente de Trabalho
Relacionamento Interpessoal no Ambiente de TrabalhoLuis Paulo Barros
 
Relacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoalRelacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoalNome Sobrenome
 
Palestra Comunicação assertiva e feedback na Avaliação de Desempenho - Encont...
Palestra Comunicação assertiva e feedback na Avaliação de Desempenho - Encont...Palestra Comunicação assertiva e feedback na Avaliação de Desempenho - Encont...
Palestra Comunicação assertiva e feedback na Avaliação de Desempenho - Encont...Bernardo Leite Moreira
 

Mais procurados (20)

Comportamento e Postura Profissional
Comportamento e Postura ProfissionalComportamento e Postura Profissional
Comportamento e Postura Profissional
 
Curso de Oratória - Oratória NÃO é dom, é TREINO!
Curso de Oratória - Oratória NÃO é dom, é TREINO!Curso de Oratória - Oratória NÃO é dom, é TREINO!
Curso de Oratória - Oratória NÃO é dom, é TREINO!
 
Comunicação Assertiva - Karime Kamel
Comunicação Assertiva  - Karime KamelComunicação Assertiva  - Karime Kamel
Comunicação Assertiva - Karime Kamel
 
Desenvolvendo Inteligência emocional
Desenvolvendo Inteligência emocionalDesenvolvendo Inteligência emocional
Desenvolvendo Inteligência emocional
 
Comunicação Não Violenta - Pilares, Princípios e Atitudes
Comunicação Não Violenta - Pilares, Princípios e AtitudesComunicação Não Violenta - Pilares, Princípios e Atitudes
Comunicação Não Violenta - Pilares, Princípios e Atitudes
 
RELAÇÕES INTERPESSOAIS
RELAÇÕES INTERPESSOAISRELAÇÕES INTERPESSOAIS
RELAÇÕES INTERPESSOAIS
 
Slides Palestra - Marketing Pessoal
Slides Palestra - Marketing PessoalSlides Palestra - Marketing Pessoal
Slides Palestra - Marketing Pessoal
 
Comunicação Não Violenta
Comunicação Não ViolentaComunicação Não Violenta
Comunicação Não Violenta
 
Assertividade
AssertividadeAssertividade
Assertividade
 
Inteligencia emocional no trabalho
Inteligencia emocional no trabalhoInteligencia emocional no trabalho
Inteligencia emocional no trabalho
 
Encontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoal
Encontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoalEncontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoal
Encontro 2 - 2016 - comunicação assertiva e relacionamento interpessoal
 
Marketing Pessoal
Marketing PessoalMarketing Pessoal
Marketing Pessoal
 
CNV - Simoni Aquino
CNV - Simoni AquinoCNV - Simoni Aquino
CNV - Simoni Aquino
 
Comunicação Não Violenta
Comunicação Não ViolentaComunicação Não Violenta
Comunicação Não Violenta
 
Escuta Ativa
Escuta AtivaEscuta Ativa
Escuta Ativa
 
Relacionamento Interpessoal no Ambiente de Trabalho
Relacionamento Interpessoal no Ambiente de TrabalhoRelacionamento Interpessoal no Ambiente de Trabalho
Relacionamento Interpessoal no Ambiente de Trabalho
 
Relacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoalRelacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoal
 
Cultura feedback
Cultura feedbackCultura feedback
Cultura feedback
 
Palestra Comunicação assertiva e feedback na Avaliação de Desempenho - Encont...
Palestra Comunicação assertiva e feedback na Avaliação de Desempenho - Encont...Palestra Comunicação assertiva e feedback na Avaliação de Desempenho - Encont...
Palestra Comunicação assertiva e feedback na Avaliação de Desempenho - Encont...
 
Relacionamento Interpessoal 20h
Relacionamento Interpessoal 20hRelacionamento Interpessoal 20h
Relacionamento Interpessoal 20h
 

Semelhante a 3 dinâmica de grupo

Capítulo do Livro_Marketing Pessoal (2).pdf
Capítulo do Livro_Marketing Pessoal (2).pdfCapítulo do Livro_Marketing Pessoal (2).pdf
Capítulo do Livro_Marketing Pessoal (2).pdffranmafesoni
 
ufcd-8598 mecanica formaçao inicial para
ufcd-8598 mecanica formaçao inicial paraufcd-8598 mecanica formaçao inicial para
ufcd-8598 mecanica formaçao inicial paraTiagoMachado413761
 
EMPREGABILIDADE - 20 dicas para se dar bem na dinâmica de grupo
EMPREGABILIDADE - 20 dicas para se dar bem na dinâmica de grupoEMPREGABILIDADE - 20 dicas para se dar bem na dinâmica de grupo
EMPREGABILIDADE - 20 dicas para se dar bem na dinâmica de grupoWandick Rocha de Aquino
 
7 Ferramentas Empreendedoras
7 Ferramentas Empreendedoras7 Ferramentas Empreendedoras
7 Ferramentas EmpreendedorasRenata Tárrio
 
Como conquistar o emprego desejado na empresa que quiser
Como conquistar o emprego desejado na empresa que quiserComo conquistar o emprego desejado na empresa que quiser
Como conquistar o emprego desejado na empresa que quiserFabio Scussolino
 
BootCamp Design Thinking - Como criar estratégias criativas para criação de ...
BootCamp Design Thinking - Como criar estratégias criativas para criação de ...BootCamp Design Thinking - Como criar estratégias criativas para criação de ...
BootCamp Design Thinking - Como criar estratégias criativas para criação de ...Laboratorium
 
Apresentação sobre como realizar um briefing
Apresentação sobre como realizar um briefingApresentação sobre como realizar um briefing
Apresentação sobre como realizar um briefingmateusffreire
 
Ebook-GuiaPraticoparaConsultoresObterClientes.pdf
Ebook-GuiaPraticoparaConsultoresObterClientes.pdfEbook-GuiaPraticoparaConsultoresObterClientes.pdf
Ebook-GuiaPraticoparaConsultoresObterClientes.pdfMarceloLapastini
 
Teste de perfil_empreendedor_dornellas
Teste de perfil_empreendedor_dornellasTeste de perfil_empreendedor_dornellas
Teste de perfil_empreendedor_dornellasnilson aguilar
 
Construção da imagem pessoal
Construção da imagem pessoalConstrução da imagem pessoal
Construção da imagem pessoalRenato Soares
 
E- book 6 - Design Thinking em Vendas
E- book 6 - Design Thinking em VendasE- book 6 - Design Thinking em Vendas
E- book 6 - Design Thinking em VendasErnesto Costa Santos
 
Marketing e vendas de T&D
Marketing e vendas de T&DMarketing e vendas de T&D
Marketing e vendas de T&DINSTITUTO MVC
 
Dicas para os planners do futuro
Dicas para os planners do futuroDicas para os planners do futuro
Dicas para os planners do futurocarlosbronze
 
Apostila de dinamicas de grupo
Apostila de dinamicas de grupoApostila de dinamicas de grupo
Apostila de dinamicas de grupoAna Paula Nogueira
 
Treinamento Design Thinking - 2016
Treinamento Design Thinking - 2016Treinamento Design Thinking - 2016
Treinamento Design Thinking - 2016.add
 
5w1h livro 2 licoes 21 a 30
5w1h livro 2   licoes 21 a 305w1h livro 2   licoes 21 a 30
5w1h livro 2 licoes 21 a 30SOMOSMAISQUE1
 

Semelhante a 3 dinâmica de grupo (20)

Capítulo do Livro_Marketing Pessoal (2).pdf
Capítulo do Livro_Marketing Pessoal (2).pdfCapítulo do Livro_Marketing Pessoal (2).pdf
Capítulo do Livro_Marketing Pessoal (2).pdf
 
ufcd-8598 mecanica formaçao inicial para
ufcd-8598 mecanica formaçao inicial paraufcd-8598 mecanica formaçao inicial para
ufcd-8598 mecanica formaçao inicial para
 
EMPREGABILIDADE - 20 dicas para se dar bem na dinâmica de grupo
EMPREGABILIDADE - 20 dicas para se dar bem na dinâmica de grupoEMPREGABILIDADE - 20 dicas para se dar bem na dinâmica de grupo
EMPREGABILIDADE - 20 dicas para se dar bem na dinâmica de grupo
 
7 Ferramentas Empreendedoras
7 Ferramentas Empreendedoras7 Ferramentas Empreendedoras
7 Ferramentas Empreendedoras
 
Como conquistar o emprego desejado na empresa que quiser
Como conquistar o emprego desejado na empresa que quiserComo conquistar o emprego desejado na empresa que quiser
Como conquistar o emprego desejado na empresa que quiser
 
Estratégias de negócio
Estratégias de negócioEstratégias de negócio
Estratégias de negócio
 
Em busca do 1º emprego
Em busca do 1º empregoEm busca do 1º emprego
Em busca do 1º emprego
 
Habilidades
HabilidadesHabilidades
Habilidades
 
BootCamp Design Thinking - Como criar estratégias criativas para criação de ...
BootCamp Design Thinking - Como criar estratégias criativas para criação de ...BootCamp Design Thinking - Como criar estratégias criativas para criação de ...
BootCamp Design Thinking - Como criar estratégias criativas para criação de ...
 
Apresentação sobre como realizar um briefing
Apresentação sobre como realizar um briefingApresentação sobre como realizar um briefing
Apresentação sobre como realizar um briefing
 
Ebook-GuiaPraticoparaConsultoresObterClientes.pdf
Ebook-GuiaPraticoparaConsultoresObterClientes.pdfEbook-GuiaPraticoparaConsultoresObterClientes.pdf
Ebook-GuiaPraticoparaConsultoresObterClientes.pdf
 
Teste de perfil_empreendedor_dornellas
Teste de perfil_empreendedor_dornellasTeste de perfil_empreendedor_dornellas
Teste de perfil_empreendedor_dornellas
 
Construção da imagem pessoal
Construção da imagem pessoalConstrução da imagem pessoal
Construção da imagem pessoal
 
E- book 6 - Design Thinking em Vendas
E- book 6 - Design Thinking em VendasE- book 6 - Design Thinking em Vendas
E- book 6 - Design Thinking em Vendas
 
Marketing e vendas de T&D
Marketing e vendas de T&DMarketing e vendas de T&D
Marketing e vendas de T&D
 
Dicas para os planners do futuro
Dicas para os planners do futuroDicas para os planners do futuro
Dicas para os planners do futuro
 
Cartilha do Trabalhador
Cartilha do TrabalhadorCartilha do Trabalhador
Cartilha do Trabalhador
 
Apostila de dinamicas de grupo
Apostila de dinamicas de grupoApostila de dinamicas de grupo
Apostila de dinamicas de grupo
 
Treinamento Design Thinking - 2016
Treinamento Design Thinking - 2016Treinamento Design Thinking - 2016
Treinamento Design Thinking - 2016
 
5w1h livro 2 licoes 21 a 30
5w1h livro 2   licoes 21 a 305w1h livro 2   licoes 21 a 30
5w1h livro 2 licoes 21 a 30
 

3 dinâmica de grupo

  • 1. Dinâmica de Grupo Prof. Jesus Martins Mestrando em Administração
  • 2. Dinâmica de Grupo  Objetivo– Identificar características psicológicas, sociais e profissionais através de atividades de interação em grupo.
  • 3. Dinâmica de Grupo  ''O candidato que participa de uma dinâmica deve procurar ser ele mesmo'', recomenda Irina R. Schuchman, psicóloga e consultora de RH da Cia de Talentos. Para Patrícia Pereira, psicóloga e consultora de RH da Catho Online, é muito importante que o candidato tenha bom-senso durante as atividades.
  • 4. Dinâmica de Grupo  Antes . Leia jornais e revistas e inteire-se dos assuntos que estão em destaque. . Use maquiagem e joias discretas, vá com o cabelo impecável e com um bom sapato. . Procure saber como os funcionários da empresa se vestem e siga o padrão. . Caso não consiga obter essa informação, escolha peças discretas e de cores neutras. Usar blazer com saia ou com uma calça de cor sóbria (como preto, cinza, marrom ou bege) é o ideal para as mulheres.
  • 5. Dinâmica de Grupo  Durante . Não fale sobre assuntos polêmicos, a não ser que isso seja proposto como atividade. . Você não está competindo com os demais. Não se preocupe em eliminar os concorrentes. . Ser a candidata mais falante nem sempre é positivo. O importante é o que você diz. . Não espere o coordenador da dinâmica chegar perto para começar a falar. Os candidatos são observados de longe também.
  • 6. Dinâmica de Grupo Durante. Quem é tímida deve se esforçar para participar das discussões em grupo. . Não invente uma personagem completamente diferente de você. Ninguém é capaz de fingir por muito tempo. Caso seja contratada, vão exigir que você tenha o mesmo comportamento demonstrado durante a dinâmica. . Tome iniciativa, mas tenha cuidado para não atropelar ninguém. . Ao responder às questões propostas, não tente adivinhar o que a empresa prefere. O objetivo é evidenciar o que você pensa.
  • 7. Dinâmicas mais comuns  Autoapresentação: é o momento em que os candidatos falam um pouco sobre si com a ajuda de objetos. Podem ser fotos, revistas, cartazes ou objetos pessoais (algo que eles tenham na carteira, por exemplo). É comum a recrutadora distribuir uma palavra e pedir para as pessoas improvisarem sobre aquele tema. A intenção é observar como o candidato fala em público, se é bom de improviso e se tem raciocínio lógico.
  • 8. Dinâmicas mais comuns  Análise de um caso: o grupo tem de lidar com um desafio, geralmente relacionado com a empresa que oferece a vaga de emprego. A recrutadora observa como os candidatos trabalham em equipe e a capacidade de argumentação de cada um.
  • 9. Dinâmicas mais comuns  Venda de um produto: a psicóloga propõe que os candidatos vendam um produto (um rádio quebrado, por exemplo). O objetivo é testar a capacidade de persuasão de cada um.
  • 11. Anúncio Classificado  Apresentação Nome da atividade - Anúncio Classificado  Objetivos - Apresentação do candidato, fluência verbal, organização de ideias, criatividade.  Instruções - Imagine um anúncio de empregos, daqueles que se vê em revistas, jornais ou internet, e faça um sobre você. Anuncie-se! Venda-se!
  • 12. Anúncio Classificado  Dicas - Dê informações sobre sua vida pessoal e profissional em, no máximo, 20 linhas. Observe que não é um currículo que o selecionador pede, portanto, seja criativo.
  • 13. Script Inovador  Objetivos - Análise da fluência verbal e organização de ideias, criatividade, flexibilidade e adaptabilidade, objetividade.  Instruções - Você precisa aumentar seu faturamento mensal e, através de uma ótima negociação, adquiriu um lote de meias pretas masculinas. Você fará ações de telemarketing para divulgar e vender seu produto. Sua tarefa, portanto, é elaborar um script que usará para fazer contato com o cliente pelo telefone. Prepare seus argumentos para possíveis objeções.
  • 14. Script Inovador Dicas - Seja claro e objetivo; considere que a venda por telefone é uma das mais difíceis, portanto prepare alguns argumentos criativos e interessantes para oferecer seu produto ao cliente. Não é necessário ser da área de vendas para realizar esta atividade; amplie seus horizontes!
  • 15. Construção de um Produto Objetivos - Criatividade, flexibilidade e adaptabilidade, clareza e objetividade, análise de conhecimento da área comercial, trabalho em equipe. Instruções - Em subgrupos construa um manual técnico para seu produto. Defina nome, marca, características físicas, formas de uso, benefícios de utilização, preço. Através deste manual seu produto será vendido para outros subgrupos.
  • 16. Construção de um Produto  Dicas - Os produtos oferecidos pelos  selecionadores costumam estar quebrados  ou faltando peças (caneta sem carga, bola  de futebol murcha, bolsa rasgada). Isso quer  dizer que é essencial ser criativo, inovador.  Jamais reclame do produto que deve vender;  aceite a atividade como um desafio. 
  • 17. Referências  Acessado em 03/09/2012  http://mdemulher.abril.com.br/carreira-dinheiro/reportagem/curriculo-entrevista/como-se-dar-bem- dinamica-grupo-604892.shtml   http://carreiras.empregos.com.br/carreira/administracao/ge/dinamica/prepare_se/040706- tipos_dinamica.shtm   http://www.curricular.com.br/artigos/entrevista-emprego/dinamicas-de-grupo.aspx