W. eugene smith

324 visualizações

Publicada em

Pesquisa fotografo clássico William Eugene Smith

Publicada em: Arte e fotografia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
324
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
97
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

W. eugene smith

  1. 1. W. Eugene Smith Jéssica Kyvea Ritter Iluminação 2015/2 Curso Superior de Tecnologia em Fotografia Professor Fernando Pires
  2. 2. W. Eugene Smith (1918-1978) foi um fotógrafo norte-americano que ficou conhecido como um dos mais representativos fotojornalistas da "fotografia humanista". Smith promoveu, com suas fotografias, a realidade em situações críticas, resgatando o drama humano sem concessões e desenvolvendo a série "A vida como ela é!" Sua notoriedade conquistada com as reportagens que fez para a revista LIFE entre as décadas de 1940 e 1950 o transformou numa referência o quando o assunto era fotografia jornalística e editorial. Durante a Segunda Guerra Mundial, Smith registrou a mítica Batalha de Iwo Jima, cobrindo a ofensiva norte-americana no Japão. O que chama atenção em suas imagens é a proximidade que ele teve em registrar o horror. Porém, o fotógrafo pagou um preço alto pela coragem de registrar esse lado da guerra: sofreu um grave ferimento que o fez passar por mais de trinta cirurgias.
  3. 3. Fotógrafo completo, Smith entrou na agência Magnum Photos em 1955 e continuou produzindo grandes ensaios. Ficava imerso durante meses, até mesmo anos, em um mesmo tema. Seguindo o lema humanista do fotógrafo, a Fundação Eugene Smith premia, desde 1979, fotógrafos com bolsas para o desenvolvimento de ensaios com temas sociais. Precoce, Smith tirou suas primeiras fotos aos 15 anos, para dois jornais locais. A primeira experiência profissional veio em 1937, na Newsweek (ainda News-Week), mas foi logo demitido por se recusar a utilizar câmeras de médio-formato. A partir daí, tornou-se integrante da agência Black Star como freelancer. “A fotografia é uma pequena voz, na melhor das hipóteses, mas às vezes, apenas às vezes, uma fotografia ou um grupo delas pode atrair nossos sentidos à consciência. Muito depende do espectador. Em alguns, as fotografias podem convocar a emoção o suficiente para se tornarem um catalisador para o pensamento.” W. Eugene Smith.
  4. 4. Autorretrato
  5. 5. Referências • http://fotografeumaideia.com.br • http://foto.espm.br • http://veja.abril.com.br

×